O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 Compartilhados Sem comentários

1 App, 3 Opiniões: O que nossos especialistas acham do Google Earth?

 

Toda semana, três membros de nossa equipe editorial incrível dividem opiniões especializadas sobre um aplicativo específico; tanto os pontos positivos quanto os negativos. Hoje Steven, Leila e eu compartilhamos nossas impressões sobre o novo Google Earth para Android. Recentemente, o aplicativo foi atualizado com imagens em 3D detalhado para, supostamente, fazer com que você sinta como se estivesse pairando sobre a cidade de um helicóptero. Será que o app satisfez as nossas expectativas? Leia mais para descobrir.

Steven

Editor criativo do site inglês. Formado em Antropologia e Jornalismo, mas um “techie” de coração. O primeiro computador foi um Compaq Presario em que toda a família costumava lutar para ver quem iria jogar Paciência. Atualmente tem um Galaxy Nexus. Apps que unem estilo e funcionalidade fazem o coração disparar. Supervalorizados? Angry Birds - existem jogos muito melhores lá fora. Aplicativos devem permitir aos usuários uma enorme liberdade criativa ou então se tornam entediantes rapidamente. Quando não esta jogando no celular, gosta de um bom sanduíche de pastrami.

Prós
Eu estava mais que animado quando o Google lançou imagens de seus novos mapas mais detalhados em 3D. Eu sempre gostei do fato de que os mapas pudessem apresentar prédios em 3D, mas os novos mapas 3D apareceram para elevar tudo para o próximo nível. Já não são apenas arranha-céus em tom de cinza escuro monótonos, agora, parecem edifícios reais. Quando eu baixei o novo Google Earth, instantaneamente procurei pelas cidades com mais arranha-céus: Nova York, Xangai, Hong Kong. Assim que o aplicativo começou a renderização dos gráficos em 3D, eu comecei a ficar animado. Fiquei espantado que cada pequeno detalhe apareceu em 3D - das árvores às montanhas ao fundo. Especialmente interessante é a capacidade de “sobrevoar” sobre famosos monumentos listados na parte inferior da tela.

Contras
Renderização. Acho que é compreensível que um aplicativo que tenta fazer muito teria problemas de buffering nas imagens rápidas, mas o problema é especialmente visível no Google Earth. Mexer com a qualidade da imagem ajudou, mas não totalmente a resolver o problema. Fiquei frustrado com o fato de que o Google Earth não parece suficiente para armazenar em cache as informações para criar imagens em 3D detalhadas rapidamente. Em vez disso, você tem que passar o girar em volta do prédio e gasta muito tempo fazendo isso para que a qualidade da imagem melhorare, o que normalmente não faz. Dito isto, quando a imagem 3D funciona, você realmente sente como se estivesse voando através de linha horizontal da cidade dentro de um helicóptero. É a imagem de mapa mais realista que eu já vi. Mas esperar para carregar totalmente a imagem pode ser incrivelmente chato.

Leila

 

Editora do site francês. Tem um HTC bonito, um Macbook Pro e uma Xbox 360. Apaixonou-se pelo Pokeomon Red para Game Boy Pocket Color quando era pequena (e ainda é uma fã). Gosta de passar dias chuvosos acessando sites enquanto cozinha gaspacho (ou creme de espargos com bacon defumado). Claro, os aplicativos gastronômicos são seus favoritos.

 

Prós
A sensação de "estar lá" é quase realizada com o novo Google Earth. Com a capacidade de mudar o ângulo de visão, a altura e o nível de zoom, você pode realmente sentir como se você possuísse um pé gigante e andasse pelas ruas. Os thumbnails super úteis nos levam a uma bela viagem de avião em slow-motion. Eu fiz um passeio de 360 ​​graus por Hollywood e isso foi muito legal.

Contras
Borrões demais. O 3D, às vezes, parece estar longe de ser completo. Às vezes, quando você está nem muito longe nem muito perto, parece uma SIMcity onde te largaram. Outras vezes, um edifício parece foto-realista, enquanto a parte de trás é pouco visível.

Os passeios “como se estivesse voando” também são arruinados pelo tempo de carregamento lento. Às vezes, você vê apenas um borrão em câmera lenta. "Tataaaaa! E agora o Portão de Brandemburgo (ou Chinatown em San Francisco)!" "Obrigado, linda, eu adoro esses tons de cinza." Porém, eu vou dar ao Google o benefício da dúvida, este nível de 3D acaba de ser trazido lançado e eu tenho certeza que ele vai ficar melhor.

Camila

Editora do site brasileiro. Jornalista com forte tendência TDA, consegue usar cinco aplicativos ao mesmo tempo enquanto conversa em uma mesa de bar, não que os outros não se importem com isso. Tem um HTC Desire, mas deseja o Google Nexus que será lançado em novembro. Acredita em tudo que seja funcional e dê jeito na desorganização do cotidiano. É viciada em seriados, adora vídeos e luta contra o desejo compulsivo de compartilhar todas as imagens do Instagram no Facebook. A única coisa que a tira do sério é o tempo de duração da bateria.

Prós
A impressão de ter o mundo na ponta dos dedos nos faz acreditar no impossível. O App Google Earth traz mais que as imagens em 3D de qualquer cidade do mundo, é uma mescla de informativo, guia prático e mapa. Nunca tive um aplicativo que tenha me surpreendido tanto quanto este. Quando estamos procurando lugares no mapa, o Google Earth oferece alguns pontos turísticos da cidade, muito bom para viajantes, quando pedi para ver um destes lugares, confesso que me arrepiei dos pés a cabeça! Foi como se estivesse sobrevoando a cidade e indo de encontro ao que queria, sem obstáculos e com um ponto de vista único.

Foi super pontual com a minha localização, sai de Berlim e fui para Porto Alegre em 5 segundos e uma das coisas que mais me impressionaram foi a capacidade de informação em apenas um aplicativo. Se quiser saber onde comer em um raio de 1km, o Google Earth mostra onde, se quiser uma informação sobre transporte, também está lá, o app ainda vem com dados da wikipedia em inúmeros pontos da cidade, é um cérebro eletrônico!

Contras
Não tenho muita paciência para esperar, assim, senti a busca ainda lenta e uma certa demora para a imagem se formar. Compreendo que é muita informação e que também depende da velocidade de conexão, mas isso me incomodou um pouco. Claro, o fato de ainda não ser possível acessar offline também é uma tristeza. Porém, uma vez que você procurou determinado mapa, ele permance como último acesso e você pode até encontrar o locar que deseja se for uma daquelas pessoas visualmente coordenadas.

O curioso do ser humano é que não está satisfeito nunca, como me enquadro muito bem nisso, senti falta de um botão que me desse a chance de rotacionar completamente o meu ângulo de visão, pois cheguei até a minha casa, mas não consegui ver a porta de entrada.

 

Sem comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi