O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
12 min para ler 1.576 Compartilhado 335 Comentários

Estes 20 recursos todos os smartphones Android deveriam ter!

Todos os anos os smartphones Android recebem novos recursos e funções que aprimoram a nossa experiência de uso com o dispositivo e o software. Com isso, nossos celulares acabam virando um aliado indispensável para diversas situações cotidianas, sejam elas simples ou de extrema urgência. Neste artigo nós reunimos as principais características e recursos que você encontrará em modelos topos de linha e intermediários mais avançados. Confira a seguir.

Eu acho a versão flat do Galaxy S7 melhor do que o Galaxy S8 de bordas curvas.
O que você acha?
50
50
1869 participantes

1 - Leitor de impressões digitais

Esse recurso é relativamente novo, mas é comprovadamente útil e importante. Com a chegada do Android 6.0 Marshmallow, o suporte para sensores de impressões digitais foi implementado de forma nativa, assim, todos os fabricantes e desenvolvedores poderão incorporar este recurso em softwares e aplicativos específicos. Assim, o sensor de impressões digitais poderá se tornar uma regra para os próximos topos de linha e, futuramente, chegará em intermediários mais avançados em algum momento.

A presença do leitor de impressões digitais em um modelo não deve, teoricamente, encarecer muito o preço final do dispositivo, visto que esse item é mais um implemento de segurança do que um recurso de luxo. O OnePlus 2 é um belo exemplo dessa teoria, oferecendo um scanner de digitais por um preço acessível internacionalmente.

AndroidPIT oneplus 3 vs samsung galaxy s7 8792
Sensor biométrico / © AndroidPIT

2. NFC

O NFC não é um recurso tão notável como o sensor de impressões digitais, mas é um item que está presente em muitos dispositvos de segmentos diferentes. É possível utilizar o NFC de diversas formas, como: transferir arquivos, compartilhar contatos, pagamentos de compras e contas através de estabelecimentos credenciados com o Android Pay ou Samsung Pay. 

O uso do NFC ainda não é muito praticado por fabricantes chinesas, como a Meizu, OnePlus e Xiaomi, embora essa tecnologia possa estar cada mais presente em mercados específicos. Os pagamentos móveis por NFC são uma realidade remota para os brasileiros, mas incluir esse chip em dispositivos intermediários ou topo de linha já pode representar um pequeno passo para que essa mudança aconteça.

aldi nord nfc bezahlen
O NFC pode ser utilizado para transmissão de informações, arquivos e pagamento móveis. / © Aldi Nord

3.  Dual-SIM (não slot híbrido)

A função de Dual-SIM pode ser de grande utilidade para muitos usuários, visto que hoje duas linhas de telefone é boa alternativa para driblar a falta de cobertura em algumas cidades brasileiras. Você provavelmente conhece alguém que possui dois celulares com linhas diferentes ativas, sendo uma para fins pessoais e outra para trabalho. A tecnologia Dual-SIM deixou de ser um privilégio do segmente de entrada e hoje pode ser visto em smartphones topos de linha, como o Xperia Z3+, da Sony.

AndroidPIT honor 5x 6
Dual-SIM / © ANDROIDPIT

4. Entrada para cartões microSD

O cartão microSD está desaparecendo de algumas linhas de smartphones mais modernos, principalmente com a chegada das memórias expansíveis através da tecnologia USB OTG e dos serviços em nuvem, como o Google Drive. No entanto, a inclusão desse recurso é algo que não impacta na produção do dispositivo ou interfere em seu acabamento externo, visto que em alguns modelos o slot para cartão microSD passa facilmente despercebido.

Alguns fabricantes adaptaram o slot para chip-SIM tornando-os híbrido, para que o usuário possa utilizar dois cartões SIM em uma única bandeja. O mesmo deveria ser feito com o cartão microSD, que poderia ganhar uma bandeja híbrida junto com o SIM ou então para uso com dois cartões SD. 

androidpit sony xperia x sim sd slot
microSD / © AndroidPIT

5. Carregamento turbo

O carregamento turbo está presente em dispositivos como Galaxy S6 e S6 Edge, S6 Edge Plus, Zenfone 2Moto Maxx, Moto X StyleNexus 6, nos quais, em 30 minutos de carregamento podemos atingir aproximadamente 30% de carga respectivamente. Esse recurso é extremamente útil para momentos corridos, onde precisamos carregar o dispositivo para uso imediato, e não temos muito tempo para esperar por uma carga completa.

Por enquanto, a função está disponível em carregadores e dispositivos compatíveis, mas não deve demorar muito para que alternativas sejam lançadas no mercado.

turbopowerchargermotoxstyle
O carregador potente do Moto X Style. / © ANDROIDPIT

6. Monitor cardíaco

Muitos usuários podem achar essa função inútil, mas a presença de um monitor cardíaco em um dispositivo não deixa de ser um fato interessante. Os amantes de exercícios físicos encontraram um aliado perfeito nessa nova função. O monitor de frequência cardíaca pode ser encontrado na parte traseira de dispositivos como: Galaxy Note 4, Galaxy S6 e Galaxy S5. O sensor funciona em conjunto com o aplicativo S Health, que monitora e registra todos os dados do usuário para acompanhamento. 

Além de smartphones, o monitor cardíaco tem sido de extrema utilidade para as pulseiras fitness que, por sua vez, estão atingindo dados mais precisos sobre a saúde dos usuários com a ajuda deste recurso.

samsung galaxy s6 8
Sensor de frequência cardíaca presente no Galaxy S6. / © ANDROIDPIT

7. Sensor infravermelho 

Hoje em dia, podemos encontrar alguns dispositivos com sensor infravermelho, como o HTC One M9. Através dessa função, podemos utilizar nosso smartphone como controle remoto de televisores, rádios, DVDs, ar-condicionados entre outros aparelhos. Inicialmente, a função foi introduzida em dispositivos como, o Xperia ZQ, LG G2 e Galaxy S5, os primeiros smartphones Android que incorporaram um sensor infravermelho.

htc one m9 infrared
O sensor infravermelho presente no HTC One M9.  © ANDROIDPIT

8. Função anti-roubo

O smartphone é um objeto muito valioso, não apenas pelo seu valor de mercado, mas também pela quantidade de informações pessoais que o mesmo carrega. O gerenciador de dispositivos Android, nos permite rastrear o smartphone remotamente em casos de roubo ou perda. O Android Lollipop 5.1 introduziu a função anti-roubo, que solicitará a senha da conta Google ativa no dispositivo, em caso de furto do dispositivo.

Caso a informação não seja fornecida, o dispositivo se tornará inutilizável, sendo impossível realizar um reset para as configurações de fábrica. A função pode ser encontrada nas configurações de "Privacidade e Segurança" em dispositivos que rodem com a versão 5.1 do sistema.

9. Tela curva

A tela curva dos Galaxy S6 Edge e S6 Edge Plus dividem opiniões, mas uma coisa é certa: é um dos smartphones mais atraentes e inovadores já lançados no mercado. Essa tela curva não funciona apenas para funções específicas, mas contém um conjunto de características interessantes.

O recurso de "borda iluminada" notifica através de luzes com cores diferentes, quando o dispositivo está recebendo uma ligação, mas encontra-se virado para baixo e no modo silencioso. As cores precisam ser pré-definidas para os contatos VIPs, os demais contatos recebem a coloração laranja.

AndroidPIT galaxy s7 edge vs lenovo moto z 0310
Tela curva / © AndroidPIT

10. Acesso rápido à câmera

Outra função muito útil é a ativação da câmera através de um leve chacoalho. Essa função pode ser encontrada em dispositivos da Motorola, como o Moto X de primeira e segunda geração, Moto E 2015 , Moto G 2015, Moto X Play e outros. Muitos podem pensar que se trate de um gesto pouco natural, mas não se trata de sacudir fortemente o celular. Um gesto suave já basta para que a câmera esteja pronta. 

Outros fabricantes estão implementando esse recurso em seus dispositivos, como Huawei e HTC. O LG G4 permite o acesso rápido à câmera de maneira muito prática: mesmo com a tela bloqueada é possível ativar a câmera, através de um clique duplo no botão de volume para baixo. A Sony foi mais além e criou um botão físico especial para a câmera, permitindo o acesso imediato da câmera em seus dispositivos com apenas um clique.

motorola moto g 2015 moto x style screen back
Últimos lançamentos da Motorola contam com acesso rápido à câmera. / © ANDROIDPIT

11. Nova gestão de notificações

O Android Lollipop tornou as notificações mais interativas. É possível acessar mensagens ou abrir aplicativos de redes sociais, através de suas respectivas notificações na tela de bloqueio, tornando o processo mais rápido. Também é possível silenciar as notificações menos importantes, que podem tirar sua concentração. 

androiduserquantumgo
Gestão de notificações do Android Lollipop. / © ANDROIDPIT

12. Google Now e Now On Tap

O Google Now se tornou essencial para os dispositivos Android. Para ativar o serviço, basta dizer as palavras  "Ok Google" e seguir com os comandos habituais, como buscas na internet ou enviar uma mensagem para um contato. Alguns dispositivos da Motorola, como o Moto X 2014 e Moto Maxx, possuem a função "sempre ativa", que mantém o serviço em alerta mesmo que o dispositivo esteja com a tela bloqueada. Também podemos criar notas ou escrever mensagens. Sem dúvida, uma das funções com mais potencial para futuros acréscimos.

O Google Now recebeu o recurso Now On Tap no Android 6.0 que, resumidamente, irá manter o assistente ativo entre aplicativos de terceiros e nativos. É possível acionar o assistente e executar novas ações de acordo com o desejado pelo usuário, como responde ruma mensagem no WhatsApp ou descobrir qual é o nome de algum artista ou cantor específico. Tudo isso enquanto outro aplicativo estiver sendo executado no dispositivo.

androidpit google now voice commands 2
Google now e now On Tap são recursos indispensáveis. / © ANDROIDPIT

13. Bloqueio inteligente

Definir um código PIN é uma ótima alternativa de segurança para o seu dispositivo. No entanto, nem sempre é confortável tirar o dispositivo do bolso para inserir o código de desbloqueio, principalmente à noite quando estamos chegando em casa.  Qualquer dispositivo com Android 5.0 Lollipop pode aproveitar o novo recurso para bloqueio de tela, que mantém o smartphone desbloqueado em regiões ou conexões que determinarmos seguras, como no trabalho ou durante a conexão com um smartwatch.  Para ativar a função vá até: Configurações -> Segurança -> Smart Lock.

14. Knock On

A LG surpreendeu a todos ao introduzir essa função simples e prática no mundo Android com o LG G2. O Knock On nos permite bloquear e desbloquear o dispositivo simplesmente com duas batidinhas na tela. Por vezes, as funções mais simples são também as mais bem-sucedidas. Tanto que as outras fabricantes decidiram incorporar essa função aos seus dispositivos, com exceção da Samsung. No caso do HTC One M8, essa forma de desbloqueio não funciona se estivermos na tela de início, algo que não entendo muito bem.

15. Motion Launch

A função motion launch está presente em dispositivos da HTC, como o One M8 e One M9. Encontramos o acesso direto a diferentes aplicativos a partir da tela apagada. Por exemplo, se deslizamos o dedo da esquerda para a direita, abre-se automaticamente o BlinkFeed; o movimento inverso nos leva para a tela de início. O gesto que considero mais útil é o que nos permite acessar o último aplicativo aberto deslizando o dedo debaixo para cima. Por último, deslizando o dedo de cima para baixo, abrimos o aplicativo do telefone. Funções bem práticas, em suma.

16. Padrões para ativar aplicativos

Dentro da categoria de funções de acesso direto, existe uma fabricante que foi particularmente original. Trata-se da Oppo. A companhia chinesa criou padrões que nos permitem iniciar diferentes aplicativos. Para poder desenhá-los, precisamos de uma tela especial que acessamos deslizando o dedo do canto esquerdo para baixo. Uma vez nessa tela, podemos desenhar um “G” para abrir o Google ou um círculo para ativar o app da câmera. Claro, esses gestos também são configuráveis e podem ser alterados.

17. Notificações inteligentes

Uma vez mais, a protagonista de software é a Motorola. As chamadas notificações inteligentes (Active Display), nos permitem ter acesso às mensagens do WhatsApp ou chamadas perdidas, por exemplo, sem ter que ativar a tela ou desbloqueá-la. A Samsung nos mostrou uma versão dessa ideia com a Glance, função que nos mostra as informações da bateria e as notificações quando passamos a mão por cima da tela.

A diferença entre a Glance da Samsung e as notificações inteligentes da Motorola é que estas últimas mostram a informação em si a partir da tela de bloqueio. Isso economiza bateria e, além disso, evita aquela consulta constante ao smartphone.

telamototela
Função de notificações inteligentes da Motorola. / © ANDROIDPIT

18. Movimentos

O primeiro a integrar esse tipo de funções foi o Samsung Galaxy S3, há quase 4 anos. Agora elas foram padronizadas, e é difícil achar um smartphone que não as tenha. As funções de movimento se referem a todos os gestos que implicam algum tipo de movimento com o smartphone. Assim, por exemplo, se recebemos uma mensagem e queremos ligar para o remetente, basta aproximar o telefone da orelha.

O mesmo vale para atender a uma chamada. Outros exemplos são a possibilidade de silenciar o smartphone virando-o ou a famosa captura de tela passando a mão por cima do display (para alguns uma função muito útil, para outros nem tanto). A maioria das funções estão presentes no Galaxy S5, Galaxy S6 e S6 Edge.

19. Controle multimídia com wearables

Os wearables representam a nova tendência tecnológica. Sinceramente, não preciso saber quantos passos eu dei, a minha frequência cardíaca ou as calorias queimadas. A utilidade principal que veja para eles está no fato de podermos ter acesso rápido ao nosso smartphone. Isso quer dizer que podemos controlar a música e também saber se nos chegou alguma notificação. A integração do Android Wear com aplicativos, como o Play Music, torna o manuseio do conteúdo multimídia ainda mais prático.

20. Modo imersivo

Ele começou com o Android 4.4 KitKat, e nos oferece uma melhor visualização dos conteúdos. Por exemplo, se abrimos um aplicativo de leitura ou algum jogo, eles passam a ocupar toda a tela, fazendo com que desapareça a barra de status. Novamente, uma função simples, mas extremamente útil.

Conclusão

Acredito que tenha ficado bastante claro que o acesso direto aos nossos dados ou aplicativos mais usados é o que mais nos interessa. A maioria das funções descritas envolvem os atalhos, controles por gestos e sensores, funções que facilitam uma experiência e um uso mais direto do nosso dispositivo. Todos os dispositivos descritso nesse artigo possuem particularidades implementadas por suas respectivas fabricante mas, de modo geral, nos oferecem mais agilidade em funções cotidianas. 

Agora chegou a sua vez. Que funções você considera essenciais no seu Android?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Robson N. 11/jun/2014

    Fale por vc meu caro, pois eu li.... B-)

  • joao Vitor da silva vera 11/jun/2014

    Todas são ótimas funções, mas concordo com o carinha q comentou ali em cima, mtos aparelhos de hoje em dia não tem nenhum desses recursos, acho q a google deveria investir em lançar recursos como esses nativamente no android, e nao esperar que as fabricantes criem e coloquem esses recursos nos seus aparelhos. Pois dessa forma que está atualmente, o android fica muito fragmentado, enquanto tem celular que reconhece o dedo do usuário antes de encostar na tela, tem celular q nem o modo imersivo tem...
    Sei que com isso ia tirar o diferencial de cada empresa e tals, mas a google precisar adicionar recursos novos no android puro para chamar mais a atenção dos usuário.

  • - marcosmaiacv 11/jun/2014

    Faltou o Google Now offline do Moto X rs

  • Making a Wish! 5/out/2015

    21. Câmera com foco a Laser
    22. Câmera com IOS (Estabilizador de Imagem para quem não sabe)
    23. Câmera frontal com flash e IOS
    24. Bateria de longa duração kkkk
    25. 16GB de memória pelo menos. 8gb é ridículo.
    26. Tela com grande ângulo, tipo IPS, AMOLED. Tem vários tablets androids péssimos de ler por causa do TFT.
    27. Botões Virtuais do Android personalizáveis como os da Sony e os da LG.
    28. Saída de som que não seja traseira.
    29. Multi windows. Que recurso maravilhoso PQP.
    30. 2GB de ram é o mínimo aceitável.
    31. Beidu GPS, porque Glonass e A-GPS ainda erram muito.
    32. Estabilizador de imagem via software. (É tipo IOS, mas só a Sony que tem. Esqueci o nome, mas funciona muito bem)

  • Diniz 6/out/2015

    Faltou, para mim, a divisão de tela.

335 Comentários

Escreva um comentário:
  • Permitir que qualquer aplicativo Rode a partir do cartão SD é grave sua informações lá, se for a preferência do usuário.

  • knock on da LG.

  • De fato, com esses itens os aparelhos estariam próximos da perfeição. Como nem tudo é possível, abriria mão dos itens 6, 9 e 12.
    Adicionaria um limite mínimo de ram e memória interna, bem como um para a câmera.

  • Todas funções são essenciais, mas acho difícil encontrar a maioria delas num Smartphone com preço convidativo. Hoje tudo é feito para encarecer o aparelho, mas eu gostei do anti roubo. Imprescindível num celular. Parabéns pelo artigo.

  • Como esqueceram de TV Digital? Galera que volta do trabalho no engarrafamento, tem uma distração e tanto no buzão!

  • O que eu mais uso é o Infravermelho. Controle remoto de bolso é o que há! Hehehehe

  • Pra mim, o necessário é : Bateria Removível, Dual chip, Entrada para Cartão de Memória, TV digital. Eu queria que algumas fabricantes fizessem um Intermediário com 4,5" polegadas. Tá enchendo o saco de se você quiser um celular bom, ele ter 5" polegadas ou mais.

  • Tela curva para que? Isso nem é tão essencial. Da para conviver de boas sem. Sem contar que a Samsung estava com um problema de que algumas telas curvas estavam trincando do nada.

  • 1 - Smart vir com política de acessibilidade, dando condições a mais Updates de versões do Android!
    2 - Oque vier é lucro para o usuário......

  • Outra função que a Samsung deveria colocar em seus dispositivos, seria o duplo toque pra ativar a tela e a opção de acionar o dispositivo somente em posicionar o dedo no botão home.

  • Acho bem bacana essa função de cartão Micro Sd, mas ao mesmo tempo acho um absurdo um Smartphone caro como o S7 edge vir com míseros 32 Gb de memória interna, pois sabemos que o cartão sd é apenas um afago aos desprovidos de memória, pois ela não substitui de forma total e plena a memória interne, que sempre foi e é melhor que os cartões.

  • Para mim o mais importante na escolha de um aparelho além das citadas é os botões fora da tela!
    Não é possível que você pague caro em um aparelho pelo tamanho da tela e só tenha direito de usar parte dela devido aos botões virtuais que ocupam parte mesmo que pequena da tela.

  • Conclusão, todo android deveria custar uma pila e meia, porque não existem essas funções pra públicos-gerais, que optam por modelos mais em conta.

  • Eu acrescentaria tela ocupando no mínimo 90 % da area frontal do gadget e baterias com no mínimo 4.000 mHa

  • Quase todas são boas exceto a tela curva, que na minha humilde opinião não serve pra nada só pra encarecer o smartphone.
    O resto ficou bom a sua opinião

  • CONCORDO PLENAMENTE com a matéria, principalmente o item 8. Função anti-roubo!!! Absurdo o Google ainda não usar a função anti-roubo que existe no iOS. O Google deveria instalar a função na raiz do sistema Android e OBRIGAR QUEM USA seu código fonte a usar também. O Gerenciador de Dispositivos(Google) e o Buscar Meu Telefone(Samsung) SÃO UMA PIADA DE MUITO MAU GOSTO!!!!!

  • Concordo com quase todos os itens, menos o de número 3 e 9. O plano que estou utilizando, não se faz preciso outro micro sim, ou nano sim, tenho minutos suficiente para ligar para outras operadoras, e tela curva, apesar de muito bonita, é muito frágil, e assim, estou fora.

Mostrar todos os comentários
1.576 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi