O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 16 Compartilhado 1 comentário

100 bi de apps baixados em 2013 - Você faz parte desta estatística?

Segundo análise da Gartner, com o crescimento contínuo no número de downloads nas lojas de aplicativos móveis, podemos chegar aos 102 bilhões de apps baixados até o fim deste ano. Lojas como Apple App Store, Google Play Store e Windows Phone Store são as principais responsáveis por estes números. Isto representa um ganho de 59,38% em comparação aos 64 bilhões de apps baixados no ano passado. Como usuário de aplicativos móveis, você se encaixa nesta estatística?

papp downloads teaser
© Google/Appple/Microsoft/aresauburn™/flickr.com/AndroidPIT

E como era de se esperar, o aumento do número de downloads coincide com o crescimento da receita que será gerada por lojas móveis como Apple App Store, Google Play Store e Windows Phone Store. A previsão é a de que a receita atinja os 26 bilhões de dólares em 2013. Aumentando, assim, em 44,45% em relação ao ano passado, quando tivemos 18 bilhões em receita.

Apps gratuitos

A Gartner também prevê um crescimento em comparação ao download de aplicativos gratuitos em geral. Este ano, os aplicativos sem custos para baixar representarçao 91% de todas as instalações de aplicativos, subindo para 94,5% em 2017.

Apps pagos e compras dentro do App

Outro ponto interessante apresentado pela empresa de métricas mostra que as compras dentro do app crescerão mais rápido do que as de aplicativos Premium. As versões Pro irão crescer a uma taxa composta de crescimento anual de 14,22% entre 2012-2017. Entretanto, durante o mesmo período, as compras dentro dos apps deverão crescer a uma taxa composta de crescimento anual de 27,83%.

Aliás, de acordo com o diretor de pesquisas da Gartner, Brian Blau, a relação dos usuários com os aplicativos ditará uma tendência de menor número de downloads no futuro, para um uso mais frequente dos mesmos apps:

Aplicativos gratuitos representam atualmente cerca de 60% e 80% do total de aplicativos disponíveis na App Store e na Play Store, respectivamente. Lojas de aplicativos Android e iOS juntas estão previstos para dar conta de 90% dos downloads globais em 2017. Estas lojas estão cada vez mais ativas devido a melhora dos seus ecossistemas e ao crescimento da comunidade de desenvolvedores ativa. Entretanto, esperamos uma queda no número de download médios mensais por dispositivo iOS de 4,9 em 2013 para 3.9 em 2017, enquanto a média mensal de downloads por dispositivo Android cairá de 6,2 em 2013 para 5,8 em 2017. Isso remete à tendência global de usuários que utilizam os mesmos aplicativos com mais freqüência ao invés de baixar novos.

Qual é a sua relação com os seus aplicativos? 

O crescimento do mercado de aplicativos móveis demonstra que cada vez mais pessoas estão tirando proveito destes softwares em detrimento dos tradicionais. Por exemplo, há mais de um ano que não mexo com o pacote office, da Microsoft. Entretanto, utilizo programas alternativos como o Google Drive, que permite editar documentos online a partir de qualquer plataforma ou dispositivo. Apesar de não ser perfeito, visto que o usuário precisa de uma conexão para realizar a edição, se tornou uma alternativa e uma tendência de comportamento, pois venho administrando as minhas necessidades de acordo com as possibilidades que o serviço me oferece. Quando não tenho acesso ao Drive, utilizo um bloco de notas.

Pelo fato de buscar aplicativos e serviços que sirvam de ferramentas sincronizáveis com qualquer um dos meus dispositivos móveis - smartphone, tablet e computador pessoal -  minha primeira reação é baixar um app e testá-lo, caso eu goste, mantenho o mesmo no meu dispositivo móvel. Um detalhe que vale a pena mencionar é que sempre dou prioridade a aplicativos gratuitos. Esta é a minha relação com aplicativos, por isso, compreendo a tendência mencionada pelo diretor de pesquisa da Gartner: a de que acabamos por utilizar os mesmos aplicativos com o passar do tempo, em vez de realizar novos downloads.

Agora, se levarmos em consideração esta estatística, onde você se encaixa enquanto usuário de aplicativos móveis? Com qual regularidade você baixa novos apps na Play Store? Qual é a sua relação com estes aplicativos?

Qual é a frequência com a qual você baixa aplicativos? Qual é a sua relação com estes aplicativos?

 

Via Phone Arena Fonte: Gartner

16 Compartilhado

1 comentário

Escreva um comentário:
  • faz muito tempo que uso os mesmos apps,gosto muito de jogos de tabuleiro online como bilhar,, dominó,cartas e abro algum desses quase todo dia p jogar,de vez em quando baixo outros mais rapidinho caem no esquecimento,os jogos estão cada vez mais mercenários vc instala joga um pouco e ja pede pra comprar alguma coisa,,uma espada,uma arma,umas moedas,umas gemas,acabo desinstalando, infelizmente é uma tendência desanimadora.

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi