O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 Compartilhados 2 Comentários

Porque é que a Nokia não optou pela plataforma Android? Parte 2

(Imagem: 123rf.com, editada por AndroidPIT)

No dia 17 de abril escrevemos um artigo sobre como a Nokia estava com problemas para conseguir ter uma quota considerável no mercado de smartphones na Europa e que as operadoras europeias foram muito diretas ao dizerem que a Nokia simplesmente não consegue competir com os smartphones Android e iOS. Mas aqui fica um fato interessante: sabia que a Google ofereceu à Nokia o uso de Android antes de terem feito a parceria com a Microsoft? É verdade! De fato, a Nokia passou imenso tempo a negociar a opção com a Google, e no final optou por formar uma parceria com a Microsoft. As ações da Nokia estão num mínimo de 15 anos, e então achamos justo fazer duas perguntas: 1. porque é que a Nokia não escolheu o sistema operacional da Google? e 2. será que a Nokia lamenta essa decisão? As respostas a essas perguntas podem parecer óbvias, mas a situação é realmente muito mais complexa do que parece.

Resumindo a parte 1 deste artigo: A Nokia dominou o mercado de smartphones, o iPhone e o sistema Android chegaram, a Nokia perdeu 99% da sua quota no mercado, o seu CEO admitiu publicamente que a Google e a Apple fizeram com que a Nokia se tornasse insignificante «, e comentou que a Nokia se encaixaria perfeitamente no "ecossistema" Android. Parecia que esta união iria funcionar e a Google estava mais do que disposta a isso. Mas aqui fica a resposta ao porquê de esta parceria não se ter concretizado.

Por que é que a Nokia não escolheu a plataforma Android

Ao mesmo tempo que disse coisas ótimas sobre o sistema Android, mencionou também o Windows Phone e admitiu que o Android estava muito mais avançado: "O Android está a crescer muito bem e detém uma quota de mercado significativa. O Windows Phone está apenas na sua fase inicial." Uma coisa que temos de nos relembrar é que Stephen Elop (CEO da Nokia) antes de ter começado a trabalhar para a empresa finlandesa, era chefe do departamento de negócios de uma empresa chamada... (você adivinhou!)... Microsoft.

Dessa forma, a relação já existia, e a Microsoft aproveitou-se dela. O raciocínio adicional que fez com que Elop escolhesse a Microsoft é complexo e discutível. O CEO da Nokia respondeu numa conferência de imprensa da Nokia, em fevereiro de 2011, ao porquê de ter escolhido o Windows Phone: "Dá-nos a oportunidade de liderar. Oferece-nos a oportunidade de penetrar no mercado norte-americano mais rápidamente." Mas o que é interessante é que disse porque é que a Nokia estava relutante em utilizar o Android, dizendo que com a plataforma da Google, a Nokia tornar-se-ia "em apenas mais um fabricante que utiliza o sistema Android nos seus celulares." E acrescentou "passámos algum tempo com os nossos colegas da Google. Cremos que teríamos dificuldades em diferenciar o nosso produto. O risco de comoditização era muito alto."

Uma jogada arriscada

Então, basicamente, parece que a escolha da Nokia não teve nada a ver com quotas de mercado ou vantagens técnicas, mas apenas por medo de se tornarem irrelevantes ou "apenas mais um fabricante que utiliza o sistema Android nos seus celulares." Na sua opinião, um terceiro "ecossistema" que competisse com o Android e a Apple seria um incentivo para que as operadoras ajudassem a Nokia a ultrapassar os seus problemas. Descobrimos outra questão interessante quando conversámos com um ex-funcionário da Nokia, a empresa finlandesa se tivesse optado por escolher o Android, a Nokia daria à Google e ao seu sistema operacional uma quota de mercado ainda maior num mercado que já dominam, fazendo com que as únicas escolhas dos consumidores fossem os dispositivos Android ou iOS. Mas sejamos honestos... não é isso que vai acontecer de qualquer maneira? Não seria melhor ter formado uma parceria com a empresa que de certeza ia fazer com que houvesse maior demanda dos seus aparelhos em vez de se ter juntado a uma plataforma que nunca triunfou no mercado de celulares móveis?

O tempo dirá. A gama de smartphones Lumia está a ficar cada vez melhor, não tenha dúvidas. Mas será que vai conseguir tornar-se interessante para que os consumidores optem pelo Windows Phone em vez de um Android ou iPhone e salvar a Nokia dos seus problemas financeiros? E se realmente lamentam a decisão de não terem formado uma parceria com o Android? Jamais admitirão.

2 Comentários

Escreva um comentário:
  • 21

    Obrigado pelas suas palavras. Aqui na AndroidPIT achamos exatamente o mesmo.
    Cumprimentos.

  • Pedro N Ribeiro, gostei da excelente matéria. Na verdade três sistemas operacionais competindo entre si, nos dá a oportunidade de conhecer cada um deles e escolher o que nos for melhor. Porém eu penso que a Nokia já perdeu muito terreno para Android e Iphone. Difícil conseguir a liderança de novo. O melhor a fazer agora pra não ruir de vez é um sensata aliança, como nas guerras medievais. Um império cai, outro o substitui, e quem reinava antes tem de propô logo uma aliança, em quanto pode,pois isso permite ao lado perdedor gozar ainda de algum benefício e prestígio,do contrário chegará o tempo em que o império dominante verá que não tem mais nenhuma vantagem em formar um acordo. Se esse tempo chegar e a Nokia não tiver tomado uma posição, ou não tiver oferendo um WP7/8 que faça a diferença, ela rui completamente, fato histórico.

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi