O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
6 min para ler 58 Compartilhado 5 Comentários

7 vantagens do Android Auto que você precisa conhecer

Desde que o Google anunciou o Android Auto, muitos usuários ainda consideram o sistema apenas como mais uma central multimídia igual a muitas outras que são comercializadas nas lojas. Mas já pararam para pensar quais são as reais vantagens de uma central multimídia com o Android Auto, ou suporte a ele, comparadas às centrais comuns? Pensando nessas dúvidas, fizemos abaixo uma lista com 7 benefícios que os usuários do Android Auto têm em relação a equipamentos comuns.

Android auto40
Confira abaixo 7 vantagens do Android Auto. / © Google

1. Android Auto evita distrações perigosas

As centrais de multimídia comuns, inclusive aquelas embarcadas nos carros mais modernos, possuem muitas telas diferentes. Normalmente, para cada função você precisa ir para o menu, apertar um ícone especifico e ir para outra tela; depois, dentro dessa tela nova, são necessários infinitos scrollings (rolar a tela) até chegar em determinada música, estação de rádio, contato, endereço ou outra coisa. Nem preciso dizer que isso representa um sério risco ao motorista, pois é comprovado que apenas alguns segundos com a visão desviada da pista para que um acidente fatal aconteça.

Com o Android Auto é tudo mais simples. Basicamente temos apenas uma tela principal e 4 ícones de navegação, sendo que é possível mudar para cada item com apenas um movimento swipe.

O navegador GPS é embutido na tela, ou seja, não é necessário ir até um menu e apertar um ícone para abrir outra aplicação em outro display. A mesma coisa acontece com o leitor de mídia e os contatos.

Android auto41
Segurança é uma prioridade para o Android Auto e sua interface. / © Google

Além disso, é possível controlar tudo por meio de comandos de voz. Mas aí alguém pode questionar: as centrais atuais embarcadas pelas montadoras também possuem comando de voz! Isso nos leva ao próximo item.

2. Comandos de voz mais naturais e sem distrações

Como dito acima, a maioria das centrais embarcadas atualmente também possuem comandos de voz, porém não são nada intuitivas. São comandos pré-programados. Você vai conseguir ligar para um contato ("chamar + nome memorizado" no Blue & Me da Fiat, por exemplo); até ai tudo bem. O problema é que é necessário sempre apertar algum botão para depois começar a falar, e depois soltar o mesmo: ou seja, mais uma distração.

Android auto42
Os comandos de voz do Android Auto são bem mais avançados do que aqueles das montadoras. / © Google

No Google Now, assistente do Android Auto, basta falar “Ok, Google Now” e depois o comando de voz que você deseja, que, como sabemos muito bem, são muitos.

3. Interface sem poluição visual

Como dito no item 1, as interfaces das centrais multimídias vendidas separadamente costumam parecer um espetáculo de luzes e cores. Além da quantidade enorme de telas, há ícones coloridos (normalmente florescentes) que cansam a visão. Há também o fato de não serem nem um pouco intuitivas, sendo difícil realizar funções simples.

Aqui vale o mesmo comentário do item 1: no Android Auto são pouquíssimas as telas que permitem chegar ao objetivo com poucos toques. Repito: Menos distrações significam menos acidentes.

4. Tecnologias novas na hora de ouvir músicas e assistir a vídeos

Esse ponto é relativo, já que pode dividir opiniões. Mas o fato é que a maioria dos sistemas novos ainda estão presos a mídias antigas, especialmente às centrais vendidas avulsas. O máximo de tecnologia que elas muitas vezes oferecem é uma conexão Bluetooth ou, na maioria dos casos, apenas via cabo com o Android ou iOS. Como o Android Auto é totalmente dependente de um smartphone, ele automaticamente usufrui de várias características do dispositivo.

Em vez de colocar um CD, um Pendrive ou conectar um cabo, que tal ouvir suas playlists do Spotify, Deezer, Play Música ou outro app de streaming preferido? São as vantagens que um smartphone oferece.

Nesse ponto, vale ressaltar que algumas centrais multimídia, como o sistema My Link da Chevrolet/ Microsoft, são capazes de se conectar ao aplicativos citados acima através de um smartphone.

5. Pontos de interesses no GPS

É interessante notar que os aparelhos de GPS que equipam as centrais comuns são todos offline. É claro que isso é vantajoso quando você não tem uma conexão de dados por perto. Por outro lado, se você está dentro de uma cidade grande e possui conexão de dados, um navegador on-line como o Google Maps traz funções muito melhores. Uma delas são os POIs (Pontos de interesse).

Nos modelos offline os POIs são salvos previamente. Por isso é comum você procurar por “Shopping” e ele trazer uma lista com Shoppings de outras cidades. No Google Maps, como tudo é online, ele mostra o que realmente está perto de você, facilitando assim achar um destino.

Android auto43
O GPS do Android Auto. / © Google

6. Interface OBD: Controles de temperatura, velocidade e muito mais

O Android Auto possui interação total com o computador do carro através da conexão ODB. Isso significa que a montadora poderá colocar na tela do Android Auto informações em tempo real da temperatura do veículo (ar condicionado e motor), velocidade exata, falhas no motor, superaquecimento e etc.

Pode parecer irrelevante, mas através desses acessos o motorista poderá receber avisos de falhas no motor ou superaquecimento. Sabendo essas informações, poderá parar o carro e evitar que algo pior aconteça. Além disso, será possível ajustar a temperatura do ar condicionado, temperatura dos bancos e etc.

7. Seus aplicativos e informações ao seu alcance

Embora muitos aplicativos não possam ser abertos no momento que o carro estiver em movimento, alguns apps pessoais como o de Mapas, música e rádios poderão ser acionados.

Isso significa que tudo o que você faz sem o carro continuará à sua disposição dentro dele. Por exemplo: um endereço que você procurou no seu PC através do Google Maps estará salvo e com a rota escolhida. Em outro aparelho você precisará digitar tudo de novo, ou seja, perderá tempo ou terá que parar o carro para isso. Outro exemplo: você poderá continuar a ouvir sua playlist de músicas de onde parou. Não precisará ficar procurando a música que você quer ouvir em uma lista de CDs ou arquivos em pendrive, por exemplo.

Sem dúvidas que as vantagens do Android Auto vão além dessas citadas. Como se trata de um sistema novo, muita coisa ainda será agregada até ele ser disseminado em vários aparelhos e carros. Mas e você leitor, lembra de mais alguma vantagem de ter o Android Auto no seu carro? Conta aí pra gente!

5 Comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi