O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 min para ler 91 Compartilhado 62 Comentários

Enquete: o Android já tem prazo de validade?

Durante a última semana tivemos novas informações sobre o sistema Fuchsia que, além do nome estranhíssimo, deve ser o grande responsável por integrar os serviços do Google entre múltiplos aparelhos, como em TVs, carros e smartphones. Algo que me chamou atenção no dia em que uma leva de screenshots do novo SO foi divulgado foi a recepção dos nossos leitores, que pode ser resumida em único sentimento: frustração

Não preciso me estender a respeito dos comentários que dominaram nossas redes sociais e o artigo com informações sobre o Fuchsia (link acima), mas, de modo geral, muitos usuários não se empolgaram com a novidade, e sobrou até para o Android. Isso porque parte dessas pessoas acham que o Android 'já deu o que tinha que dar', e que o Fuchsia pode ser uma mera continuidade do que vimos ao longo dos últimos anos, apesar do sistema trazer mudanças profundas em sua estrutura.

É verdade que o Android pouco mudou desde o Lollipop e, para muitos leitores do site, as melhorias que o Google tem implementado são básicas, e que já deveriam estar presentes na plataforma há anos. De fato, o Big G sempre altera algo no código do Android e também em suas APIs, mas para o usuário final, a sensação que fica é a de que se espera muito tempo por algo que já não surpreende mais.

O Android pouco mudou desde o Lollipop

O Android já se igualou bastante ao iOS em otimização com o hardware, visto que em usabilidade ele sempre esteve na frente, mas precisamos olhar para a evolução do sistema como um todo. Alguns comentários foram bem enfáticos a respeito do sistema do robô verde que, segundo alguns deles, já está com prazo de validade.

Sabemos que o Fuchsia não representa o fim do Android e nem mesmo sua substituição na prática, mas hoje, quero saber de você: estaria o Android em via de se aposentar?

Enquete: o Android já tem prazo de validade?
91 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Felipe Lima há 3 meses

    Como algo que está em constante mudança possui prazo de validade? O android só acaba quando surgir um sistema tão flexível e melhor que o SO móvel da Google, algo que pode demorar um bom tempo para acontecer.

  • Steven há 3 meses

    Claro que um dia acaba, mas o Windows já tem mais de 20 anos e está aí firme e forte. Então, estamos perdendo tempo discutindo isso.

  • Claudio R. há 3 meses

    Não tão cedo

  • Roger Olivier há 3 meses

    É obvio que não! O Android permanecerá por muito tempo ainda, não seria razoável a Google descontinuá-lo. Sendo um dos sistemas operacionais mais difundidos e popular do mundo, o Android está bem consolidado e já é preferência mundial. Mudá-lo seria algo insano. Por trás desse (SO), existe uma marca, um nome. Logo, isso é intangível. O que eu acredito é que a Google estaria desenvolvendo um novo SO, mas que funcionará, concomitantemente, com o atual. A ideia é trazer ao público uma nova experiência e saber se dará certo. Acredito também, que esse novo SO será algo mais personalizável e pessoal, esse é o foco.

62 Comentários

Escreva um comentário:
  • Que um dia vai mudar isso e certeza, mas não vai ser tão cedo

  • A tendência dos SO como foi o caso do Windows e do Android é ficarem cada vez mais pesados graças a perfumarias de todo o tipo. O próprio LINUX, vide caso do Ubuntu, repetiu os erros do Windows... hoje no mínimo um Core i5 pra rodar liso a última versão do Ubuntu, o que me parece absurdo. Eu apostaria em um SO híbrido que funcionasse tanto em PCs de uso comum (não empresariais) quanto em Smartphones, mas que contasse com 2 versões: uma completa e outra mais enxuta, light. Poderíamos instalar a mais leve em aparelhos antigos e reverter o upgrade sempre que necessário caso o desempenho não agradasse (com informações detalhadas para realizarmos esses procedimentos nas páginas das fabricantes).

    E as atualizações de aplicativos NÃO deveriam tornar os sistemas antigos tão lentos, ou seja, deveríamos ter sempre em mente a compatibilidade entre o SO e os aplicativos (é isso o que torna a fragmentação tão problemática). Não precisamos ter sempre o SO mais atual, nem todos precisam disso. Particularmente, acho que não existem grandes recursos a serem inventados... e nem existe a necessidade de um processador Snapdragon 930 de 3.5Ghz (evoluções que só fazem disparar os preços com recursos que 90% dos usuários nunca irão utilizar).

    Um exemplo disso é a longevidade do Snapdragon 410 que funciona mal em aparelhos antigos, mas se comporta relativamente bem em aparelhos lançados em 2016, com um pequeno acréscimo de memória RAM (o eterno problema da adequação entre software e hardware que elogiamos nos Iphones). É só diminuirem a quantidade de perfumarias quando quiserem privilegiar o desempenho. Se persistissem problemas de desempenho, deveríamos poder culpar somente a Interface de Usuário... aí, condenaríamos a fabricante. Um processador como o Snapdragon 615 e 2Gb de RAM já deveria conseguir controlar um drone sobre o curdistão iraquiano, e nós o utilizamos apenas pra ler mensagens no WhatsApp! Como um aparelho com esse processador pode ficar obsoleto (lento) em 3 anos?!? Tem algo errado nessa lógica...

  • Duvido muito que vá existir os dois sistemas simultaneamente. Creio que um será otimização do outro e não fará sentido manter dois sistemas com mesmas funcoes. Porém não vejo uma migração acontecendo nos próximos 2 anos.

  • Só uso o Android porque o Windows Phone não vingou. Tive uma ótima experiência com meus dois Lumias.

    • eu tbm tive uma boa experiencia com ele pra falar a verdade foram meus primeiros smartphones. ate hj minha esposa espera que ele volte. ta tipo viúva.

  • Acho que precisa de uma modernidade no Android pois não muda quase nada de um para outro

    • Acho que em parte isso se deve pq todo ano eles se obrigam a lançar uma nova versão acho que seria melhor mudar esse cronograma. Ai sim teria mais tempo para ser planejado e vim com mais melhorias

      • Concordo com vc. Essa obrigatoriedade de lançarem uma nova versão todo ano não se justifica, poderiam focar em lapidar melhor o sistema atual, dando também mais tempo para as fabricantes poderem adotá-lo e assim diminuir a fragmentação.

  • É só pegar de ex do windows, a Microsoft lançou o seu sistema "final" e ainda continuar tendo máquinas com windows XP acho difícil, então não tão cedo isso acontece.

  • Não tão cedo. O que acabou foi o Windows Phone (já foi tarde).

  • Sabe quando o Android vai acabar? Quando o Windows acabar para os computadores

  • De jeito nenhum!!! Enquanto estiver dando lucros bilionários vai continuar existindo!!!

  • Acho que validade se dá ao sistema que será atualizado por um mais novo e que, a priori, corrigiu as falhas da versão anterior.

  • Acredito que o fuschia mais a frente sera o substituto do Android mas mantendo a marca Android, um passo a revolução do sistema.

  • O Android já superou o Windows em popularidade

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi