O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
60 Compartilhado 25 Comentários

Review do Android Wear 2.0: uma segunda chance para os smartwatches

Fizemos uma série de testes com o Android 2.0 Wear, e decidimos escrever este artigo contando como foi nossa experiência. Utilizamos como base um smartphone da Huawei, e no relógio rodamos a versão Developer Preview do nosso sistema. O novo Android para vestíveis mostra um potencial interessante, que dará uma segunda chance aos relógios mais antigos.

Nota: o Android Wear 2.0 já foi liberado pelo Google. Inclusive, alguns relógios foram lançados no MWC rodando com Android 2.0 Wear de fábrica, como os LG Watch Sport e Style. Mesmo se tratando de uma versão de testes, o Developer Preview nos dá uma prévia sobre todos os principais recursos presentes no novo SO.

Desde 2014, muitas fabricantes estão desenvolvendo relógios inteligentes, como a Apple. Infelizmente, esses dispositivos não se tornaram popular como os fabricantes inicialmente esperavam. O motivo? A vida útil da bateria é baixa, os relógios são limitados quando não emparelhados com algum smartphone e, no caso do Android Wear, muitos desses acessórios se mostraram ineficientes.

Os desenvolvedores do Android Wear 2.0 ouviram inúmeras críticas e desenvolveram um sistema à altura, como uma resposta forte. Não devemos esperar nenhum milagre, mas sim um sistema otimizado. O novo Wear pode ainda dar sobrevida aos relógios que conhecemos, sobretudo os mais antigos.

O que torna o Android 2.0 Wear especial?

O Google quer tornar os smartwatches menos dependentes dos smartphones. Isso é especialmente útil para usuários de iPhones, uma vez que modelos Android rodando com o novo sistema se tornarão mais vantajosos e menos dependentes do iOS. A interface de notificação, por exemplo, não é compatível com o iOS, o que não é uma vantagem do ponto de vista do usuário. A Samsung fez seu próprio caminho com o Tizen, que está otimizado no Gear S3 e conta com um app mais completo para iOS.

AndroidPIT Samsung Gear Apple 1382
Gear S3 e seu aplicativo rodando no iOS / © AndroidPIT

Modelos mais novos e antigos serão beneficiados com o Android Wear 2.0, principalmente aqueles que contam com alto-falante, GPS e Wi-Fi. Todos ganharão um certo nível de independência.

Novos recursos eram adicionados no Wear aos poucos, e não em forma de uma grande atualização. Os usuários poderão ter maior controle sobre os apps instalados, como falaremos a seguir.

Play Store, agora em seu pulso

Pela primeira vez, você poderá instalar aplicativos e jogos no relógio sem a ajuda do smartphone. Teclados, mensageiros e outros apps compatíveis estarão na versão da Play Store para o Android Wear 2.0. Os apps, aliás, agora ficam numa gaveta mais bonita, que os ordena em ordem alfabética e também conta com uma guia de favoritos.

AndroidPIT android wear 2 play store
Android Wear 2.0 conta com sua própria versão da Play Store / © AndroidPIT

Durante os testes, a Play Store se mostrou eficiente e se comportou igual a versão que temos em celulares. O usuário é notificado sobre atualizações disponíveis. Se você instalar um app compatível com o Wear no smartphone, você também será notificado sobre isso, visto que o relógio irá instruí-lo quanto a instalação do app no relógio.

Uma possível desvantagem nisso é que o sistema não irá instalar automaticamente apps úteis no relógio e que são compatíveis, como o Google Maps. Antes, o Maps vinha instalado no Wear, mas, agora, o usuário terá o controle sobre o que ele quer instalado no seu smartwatch. Essa é a ideia do Android Wear 2.0, tornar o relógio sempre mais independente.

Google Assistente

Você não contará mais com o comando de voz "Ok, Google" no Wear 2.0. Agora, você poderá ativar o Google Assistente a partir de um toque por alguns segundos em algum botão físico do relógio. O Assistente ainda não está à altura de nossas expectativas no momento, e entende poucos comandos de voz. Mas, é provável que o mesmo seja otimizado de acordo com o uso ou por meio de atualizações pontuais.

AndroidPIT android wear 2 assistant
Google Assistante rodando no Wear 2.0 / © AndroidPIT

Mostradores interativos

Uma característica que eu achei bem interessante no novo sistema são os novos mostradores. No menu principal é possível encontrar dois novos mostradores de relógios do Android Wear 2.0. Cada opção conta com quatro círculos internos, que podem ser customizados pelos usuários. Isso é pouco emocionante no começo, mas pode ficar conforme o uso.

O que será exibido nesses círculos fica por conta do usuário e dos desenvolvedores de aplicativos. Uma nova interface de programação foi lançada para os desenvolvedores, que poderão dar vida a esses círculos como acontece com os widgets do sistema para smartphones. Dados e informações detalhadas são exibidas individualmente numa única interface.

AndoridPIT android wear 2 add complication
Mostradores interativos e suas opções de customização  / © AndroidPIT

O usuário pode fazer uma série de customizações e adaptar a interface do relógio ao seu uso. Para o trabalho é possível deixar amostra os detalhes da agenda, do calendário e da caixa de e-mail. É possível customizar uma segunda interface com detalhes sobre o cronometro ou qualquer outro aplicativo que conte passos, por exemplo. Todas as informações são atualizadas em tempo real.

AndroidPIT android wear 2 schnelleinstellungen
Cinco atalhos para configurações rápidas / © AndroidPIT
AndroidPIT android wear 2 notification
Mais detalhes nas notificações / © AndroidPIT

O Android 2.0 Wear também foi otimizado quanto a velocidade. Agora, temos mais informações por menos tempos à nossa disposição. A central de controles rápidos é um bom exemplo disso, visto que agora nós temos cinco atalhos para configurações numa única tela, ao invés de um por tela, como acontecia com a versão anterior do sistema.

AndroidPIT android wear 2 keyboard
Teclado do Android Wear 2.0  / © AndroidPIT

As notificações também ficaram mais intuitivas e exibem mais informações e modos de interação. Existe até um teclado para responder mensagens através da tela do relógio. O Android Wear 2.0 é compatível com teclados de terceiros, que darão ao usuário acesso a mais emojis. O teclado funciona no modo "digitação" e "deslizar". Ambos funcionam com bastante precisão e são menos problemáticos do que o esperado, devido ao espaço pequeno da tela.

AndroidPIT android wear 2 app drawer
Novo menu de configurações / © AndroidPIT

Duração da bateria

Alguns leitores me questionaram sobre a atualização e a duração da bateria. A única resposta que posso dar nesse momento é: depende. Eu pessoalmente não notei nenhuma diferença entre a nova versão e a antiga no sentido de durabilidade da bateria, mesmo usando o modo always-on display por mais tempo.

Em uso moderado, é possível atingir até 36 horas de uso com o relógio rodando essa versão do sistema. A instalação foi feita de forma limpa, com os dados anteriores removidos e apagados de fábrica. O relógio foi conectado via Wi-Fi, mas também ficou no Bluetooth em alguns momentos.

Conclusão

O Android 2.0 Wear é uma excelente atualização, principalmente para os modelos mais antigos. Em muitos aspectos do sistema notamos que houve um esforço no desenvolvimento da interface, que exibe mais detalhes e está amei prática. Não é o suficiente, mas já é um bom passo.

Finalmente, podemos esperar por uma geração de smartwatches inteligentes e mais fácies de usar, além de mais funcionais. Pela otimizada e também pela chegada do stand-alone, podemos contar com relógios mais independentes do celular e não fiquem limitados a vibrarem para notificar o usuário sobre chamadas perdidas. Com o Wear 2.0, os relógios com Android se tornarão uma opção mais interessante.

Você usa um smartwache? Está esperando por essa atualização?

60 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

25 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi