O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 80 Compartilhado 10 Comentários

Android Wear é apresentado com três smartwatches!

Ele prometia ser o destaque da conferência para desenvolvedores Google I/O deste ano, e não decepcionou. O sistema operacional do Big G para dispositivos wearables, batizado de Android Wear e já anunciado em março passado, não traz o sistema operacional do robozinho verde só no nome. Muitas das funções do Android foram portadas para o formato dos relógios inteligentes, e cabe agora aos desenvolvedores criar ou adaptar aplicativos especialmente para as telinhas. Quanto às funções nativas, o Android Wear já chegou convencendo. Confira os seus principais recursos.

Eu acho a versão flat do Galaxy S7 melhor do que o Galaxy S8 de bordas curvas.
O que você acha?
50
50
403 participantes
android wear 3
O Moto 360 rodando com o Android Wear. / © Google

O Android Wear amplia a plataforma do Android para uma nova geração de dispositivos “usáveis”. Inicialmente pensado para smartwatches, ele também poderá ser integrado eventualmente a pulseiras inteligentes, por exemplo.

Interação

Um de seus usos, que não é novo, é conhecer o que está acontecendo em nosso smartphone ou tablet sem ter que tirá-lo do bolso, receber notificações e avisos e inclusive interagir com ele.

A novidade é a forma de interação prática que o Android Wear permite: mediante gestos. Comandos de movimento e inclusive de voz. Para isso é realmente necessário que os sensores no wearable sejam precisos. 

Em quatro simples movimentos podemos controlar um dispositivo auxiliar com Android Wear. Só temos que levantar o pulso do smartwach para ver as notificações mais importantes, ou então deslizar para cima a imagem da tela para acessar o Google Now, abaixo para chegar aos outros aplicativos. Da mesma forma, se o fizermos de forma horizontal podemos obter informações sobre esse aplicativo em particular, ou incentão eliminar as notificações. 

O Android Wear também permite a personalização da interface do dispositivo que o execute, basta que você mantenha pressionada a tela.

AndroidWearSync
A sincronização de notificações entre smartphone e relógio (LG G Watch). / © AndroidPIT

Google Now

O sistema operacional traz muitas referências ao Google Now, e eu diria que esse é um dos pontos fortes do Android Wear. Os recursos inteligentes baseados no contexto e automação de tarefas parecem muito desenvolvidos. Você pode, inclusive, dizer "OK Google" para realizar pesquisas de voz, além dos comandos inteligentes por voz. Além disso, a experiência de usuário foi adaptada também para outros serviços do Google como o Gmail e o Hangouts. Por último, vale citar que o Android Wear oferece ao usuário o recurso multitelas para smartwatches. Por exemplo, você será capaz de usar um comando de voz para lançar um vídeo no seu Chromecast ou escutar uma música específica no seu celular.

DeveloperPreview
As funções do Android Wear numa visão geral. / © AndroidPIT

Visão geral das principais funções do Android Wear

  • Resposta ou rejeição automática de chamadas e mensagens com uma opção de não incomodar que as converte em notificações de lembrete;
  • Resposta oral de certos aplicativos ao estilo do Google Now. O sistema obtém a hora e o local atual e proporciona informações úteis e contextuais;
  • Vibração a cada vez que o smartwatch recebe uma actualização;
  • Google keep - nos permite anotar coisas de forma 'inteligente';
  • Google Maps - proporciona informação de localizações.
  • Google Recipe - dá instruções uma a uma sobre uma receita. 

Para mostrar as funções do sistema operacional, foram apresentados de uma vez 3 relógios inteligentes de 3 das maiores fabricantes de smartphones do mundo. Veja abaixo mais detalhes sobre o Samsung Gear Live, o LG G Watch e o Moto 360.

Samsung Gear Live

O Gear Live é o mais novo smartwatch da Samsung. Ele foi apresentado no Google I/O rodando com o Android Wear, e estará disponível na Play Store para a venda a partir de hoje. Quanto às especificações técnicas, nada foi mencionado, e temos de repetir aqui os rumores. A Samsung deve apostar numa tela AMOLED de 1,63 polegadas, bateria de 300 mAh e 4 GB de memória interna. Como extras, o novo smartwatch deve trazer um sensor de frequência cardíaca (como no caso da Gear Fit) e o certificado IP67 de resistência à água e poeira. O Gear Live custa 199 Euros na Play Store em toda Europa (R$ 600,00)

motolollipop
O Samsung Gear Live. / © AndroidPIT

 LG G Watch

​O relógio inteligente da LG também estará disponível a partir de hoje na Google Play Store. Com uma bateria de 400 mAh e uma resolução de tela menor, ele promete ter uma autonomia maior do que o Samsung Gear Live. De acordo com a LG Brasil, o G Watch já estará disponível no Brasil em julho. O G Watch também custa 199 Euros na Play Store em toda Europa (R$ 600,00).

bild lg g watch
© LG

Moto 360

O primeiro smartwatch da Motorola estará disponível até o final deste inverno. Ainda não foram divulgadas mais informações sobre o relógio inteligente da empresa, mas ele foi o que mais chamou a atenção pelo design.

moto360
O Moto 360 na apresentação do Google I/O. / © AndroidPIT

O que você achou do Android Wear?

10 Comentários

Escreva um comentário:
80 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi