O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 33 Compartilhado 10 Comentários

Novos updates do Android Wear vão torná-lo independente de smartphones (atualizado)

Artigo atualizado em 04/09/2014: Android Wear 2.0 pode ser lançado no dia 15 de outubro

Durante uma entrevista ao CNET o diretor de engenharia do Android, David Singleton, e o vice-presidente de engenharia do Android Wear, Hiroshi Lockheimer, revelaram os planos do Google para tornar a plataforma mais funcional e independente do smartphone. Os novos recursos que vão permitir essa independência de conexões, devem ser acrescentados no sistema através de atualizações ao longo do ano, sendo a primeira na próxima semana.

Android wear sistema operacional
SmartWatches fucnionarão indepedente dos smartphones. / © ANDROIDPIT

O sistema vai permitir o armazenamento local para arquivos de áudio, além de suporte ao Bluetooth A2DP, permitindo ao usuário conectar fones de ouvido sem fio diretamente no relógio, sem a necessidade de uma conexão com o smartphone. O suporte a GPS deve ser adicionado em dispositivos que possuam hardware compatível. Aplicativos que monitoram exercícios físicos passarão a coletar informações diretamente no Android Wear, eliminando a necessidade do usuário em ter que levar o smartphone para academia ou para andar de bicicleta. O funcionamento do GPS em smartwatches deve acontecer a partir de dispositivos que utilizem SocS de smartphones, como o Snapdragon 400, por exemplo.

Além das novas funcionalidades, as futuras atualizações do Android Wear vão contar com mais opções de personalização da tela principal do relógio. Serão adicionados novos temas de marcadores de hora, que vão acompanhar além das informações de horário, quantidade de batimentos cardíacos em tempo real, distância percorrida, ou até mesmo ações da bolsa, entre outras opções que o usuário poderá selecionar.

Embora exista o aumento na possibilidade de personalização, David Singlenton, diretor de engenharia do Android, afirma que essas possibilidades não estarão ao alcance das fabricantes.

Alterar a interface com skins proprietárias é algo que está fora de cogitação, queremos que as fabricantes trabalhem em coisas interessantes com sensores como o de altitude ou de pressão. Podemos imaginar dispositivos que são particularmente voltados para escaladas ou esqui. 

As futuras atualizações do Android Wear vão eliminar um dos pontos mais negativos dos atuais smartwatches, ou seja, a necessidade de um smartphone pareado para que o funcionamento ocorra. Além de tornar os dispositivos mais úteis, adicionando recursos multimídia e novas funções com sensores e GPS.

E aí, será que após essas atualizações os smartwatches vão conseguir te convencer? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Artigo atualizado em 04/09/2014

A nova versão do sistema operacional para relógios inteligentes do Google, o Android Wear 2.0 (nome ainda não confirmado),  deve começar a ser distribuído no dia 15 de outubro com algumas das mudanças descritas acima. Foi o que o site Android Police divulgou, alegando ter uma fonte interna de confiança. Ainda não sabemos exatamente que mudanças ele trará, mas a maioria dos pontos tratados neste artigo devem estar presentes.

10 Comentários

Escreva um comentário:
33 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi