O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
270 Compartilhado 115 Comentários

Zenfone GO vs. Quantum GO: um deles te levará mais longe!

Embora seus nomes sejam parecidos, existem algumas diferenças bem interessante entre os dispositivos desse comparativo. O Quantum GO, da Quantum, é um dispositivo com DNA brasileiro e algumas características interessantes, como acabamento refinado e software sem grandes modificações. O Zenfone GO, da Asus, foi anunciado como o sucessor do Zenfone 5 que, por sua vez, foi oficialmente descontinuado pela empresa de Taiwan. Ambos os intermediários são comercializados na faixa dos 800 reais. Nesse comparativo você descobrirá qual desses dispositivos possui a melhor performance.

Zenfone GO vs. Quantum GO: Design e acabamento

Design é algo muito subjetivo, assim como o tipo do material utilizado por cada fabricante. A linha de design da Asus não mudou muito em 2015, e alguns aspectos que foram mudados, como o botão de energia na parte superior e os de volume na traseira, não agradaram muito durante os testes que realizei no Zenfone 2 e Zenfone Selfie, por exemplo. O Zenfone GO manteve as diretrizes visuais de seu predecessor, com dimensões ligeiramente menores e pegada confortável.

asusinterfacezenfonego
Acabamento do Zenfone GO/ / © ANDROIDPIT

O Quantum GO, por sua vez, possui praticamente as mesmas dimensões do Zenfone GO, mas segue uma linha de design mais sofisticada. O dispositivo possui linhas retas e traseira toda de vidro, assim como a parte frontal, ambas com Gorilla Glass 3, da Corning. A pegada com o dispositivo não é muito confortável em comparação com o Zenfone GO, mas seu tamanho equivalente não torna o dispositivo da Quantum difícil de se manusear.

androidquantumgo
Acabamento do Quantum GO. / © ANDROIDPIT

Com relação às bordas, ambos os dispositivos compartilham dos mesmos aspectos: laterais enxutas e rodapé não muito bem aproveitado. A Asus preenche a parte inferior frontal com botões capacitivos e uma placa em alumínio com reflexos circulares, enquanto a Quantum levou os botões de navegação para dentro do sistema e manteve esse espaço sem nenhum adereço visual.

Você pode consultar mais detalhes sobre a estética de cada dispositivo em seus respectivos reviews. Em uma comparação simples e direta, o Quantum GO agrada mais, embora o Zenfone 5 seja um pouco mais anatômico.

Zenfone GO vs. Quantum GO: Performance

Ambos os dispositivos são embalados por processador da MediaTek. O Zenfone GO possui o chipset MT6580, quad-core de 1,3 GHz, com 2 GB de memória RAM. A GPU utilizada nesse modelo é a Mali-400, capaz de processar jogos mais robustos, como Asphalt 8 em qualidade gráfica média, além de exibir todas as animações da interface do usuário Zen UI de maneira satisfatória e sem engasgos. A interface da Asus roda sobre o Android Lollipop 5.1, incrementada com diversos recursos proprietários da empresa e 55 aplicativos pré-instalados (contando com os  apps do Google).

O Quantum GO enviado para testes é o modelo com conectividade 4G, embalado pelo processador MT6753, octa-core a 1,3 GHz, com 2 GB de memória RAM. A GPU presente no modelo é a Mali-T720P3, capaz de rodar o jogo Aspalth 8 com os detalhes gráficos no máximo e sem engasgos. O sistema opera de forma excepcional, principalmente pelo fato da Quantum ter optado em não modificar o SO com alguma interface ou recurso duvidoso. O Quantum GO roda com o Android Lollipop 5.1 de fábrica já com garantia de atualização para o Android 6.0 Marshmallow pela Quantum. A empresa embarca 33 aplicativos pré instalados no Quantum GO, já considerando os apps do Google.

Para aqueles que apreciam números de benchmarks, abaixo estão os resultados obtidos com ambos os dispositivos no teste do AnTuTu:

antutudoquantumgosidezenfonego
Quantum GO (esquerda) e Zenfone GO (direita). / © ANDROIDPIT

Durante a execução de aplicativos rotineiros, como o WhatsApp e Facebook, não é possível notar muitas diferenças entre ambos os dispositivos. No entanto, alguns títulos rodam com gráficos mais aprimorados no Quantum GO, enquanto outros rodam com efeitos gráficos reduzidos no Zenfone GO, como é o caso do Asphalt 8 mencionado acima. Não notei nenhuma queda de frames no Zenfone GO, é possível prosseguir com diversos jogos sem que existam quedas de quadros ou engasgos.

segundateaserzenfonego
Zenfone GO. / © ANDROIDPIT

Outro ponto que deve ser mencionado é a capacidade armazenamento interna de ambos os dispositivos. A Asus soube reconhecer aquilo que todos nós já sabemos há anos: 8 GB não é vida. Assim, a fabricante taiwanesa anunciou que não comercializará mais unidades com 8GB de memória interna, visto que o predecessor do Zenfone GO era vendido em opções com 8GB e 16 GB de armazenamento.

Entretanto, a Quantum foi além e fez aquilo que apenas a Motorola havia feito no segmento intermediário, lançando um modelo com 32 GB de armazenamento interno por menos de 900 reais. Em estágio inicial (sem atualizações de apps) o Zenfone GO entrega 11,31 GB, enquanto o Quantum GO dispõe de 28,19 GB de armazenamento interno.

frontquantumgoreview
Quantum GO. / © ANDROIDPIT

Zenfone GO vs. Quantum GO: Especificações técnicas

  Quantum GO Asus Zenfone GO
Sistema operacional Android 5.1 Lollipop Android 5.1 Lollipop
Tela 5 polegadas AMOLED 5 polegadas LCD IPS
Resolução HD (720 x 1280 pixels) - 293ppi HD (720 x 1280 pixels) - 293ppi
Processador MediaTek MT6753
MediaTek MT6592M  (3G)
MediaTek MT6580
Núcleos 8 4
Velocidade máxima 1,3 GHz 1,3 GHz
Memória RAM 2 GB DDR3 2 GB DDR3
GPU Mali-450 a 700MHz
Mali-T720 a 450 MHz (4G)
Mali-400
Memória interna 16 GB/ 32GB 
32 GB (4G)
16 GB
MicroSD até 32 GB até 64 GB
Dual-SIM 2G/3G - 3G/4G 2G/3G - 2G/3G
Bateria 2.300 mAh 2.070 mAh
Dimensões 14,5 x 7,15 x 0,65cm 144.5 x 71 x 10 mm
Peso 115 gramas 135 gramas
Conectividade Bluetooth 4.0 + LE, GPS e A-GPS,  Wi-Fi 802.11b/g/n, FFD LTE,WCDMA e GSM Bluetooth 4.0 + LE, GPS e A-GPS, Wi-Fi 802.11b/g/n, FFD LTE,WCDMA e GSM

Zenfone GO vs. Quantum GO: Câmera

A câmera do Quantum GO possui 13 MP e abertura f/ 2.0. O sensor do dispositivo é o ISOCELL fabricado pela Samsung, com tecnologia BSI (Backside Illumination), que aumenta a sensibilidade da luz em ambientes com iluminação baixa. O software de câmera da Quantum é básico, com comandos e modos essenciais, como panorâmico, multi-ângulo, faixa em movimento, manual e HDR. Existem opção de efeitos que aprimoram imagens, como filtros de cor e um recurso de beleza facial que também pode ser utilizado na câmera frontal de 5 MP.

A câmera traseira do Zenfone GO possui 8 MP, com autofoco e abertura de lente f/2.2. A câmera do Zenfone GO possui 15 modos de cenas bem interessantes, como HDR, embelezamento, cena noturna, GIF animado e câmera lenta. Todos bem úteis e funcionais, além da Asus embarcar alguns efeitos de imagens para incrementar fotografias ao estilo do Instagram. A câmera frontal de 2 Mp acompanha o modo embelezar por padrão, podendo ser desativado pelo usuário.

Confira abaixo algumas imagens capturadas pelo Quantum GO e Zenfone GO. Outras fotos podem ser conferidas em seus respectivos reviews individuais.

IMG 20151008 144728
Quantum GO: em modo HDR.  © ANDROIDPIT
P 20151008 144718
Zenfone GO: em modo HDR. / © ANDROIDPIT
IMG 20151008 143436
Quantum GO: em modo automático. /© ANDROIDPIT
P 20151008 143426
Zenfone GO: em modo automático.  / © ANDRODPIT
IMG 20151008 143658
Quantum GO: em modo automático. / © ANDROIDPIT
P 20151008 143642
Zenfone GO: em modo automático. / © ANDROIDPIT

Zenfone GO vs. Quantum GO: Conclusão

O Zenfone GO é comercializado por R$ 799, enquanto o Quantum GO é vendido por R$ 899 em sua versão mais completa. Os 100 reais a mais cobrados pelo Quantum GO são totalmente viáveis pela relação custo/benefício que o modelo entrega, como: 4G Dual-SIM, 32 GB de armazenamento interno, TV digital, bateria maior e com mais autonomia, câmera melhor e processador mais atual. Com isso, o Quantum GO consegue ultrapassar facilmente o Zenfone GO, sem mesmo levarmos em consideração a experiência com o sistema. 

A Zen UI roda bem no Zenfone GO, mas continua um pouco invasiva pela quantidade de apps pré-instalados e inconsistência entre sua interface, visto que a atual versão está dividia entre as diretrizes visuais da Asus e o Android puro, conforme eu menciono na resenha individual do dispositivo. A experiência com o Android quase puro do Quantum GO é ótimo, embora essa não seja uma regra para alguns usuários que preferem interfaces proprietárias. Indo direto ao ponto: o Quantum GO é o verdadeiro "GO ahead!".

E aí, qual dispositivo do nosso comparativo é o seu favorito?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Phelipe Breves 9/out/2015

    Verdade seja dita, enquanto as fabricantes não pararem de "personalizar" o Android, elas vão perder muito em desempenho.
    Sem contar que a interface Stock é muito mais bonita que a UI da maioria das fabricantes.

  •   21
    Konckon 9/out/2015

    Comprei um pra minha mãe o branco (4G e 32GB )
    Me surpreendi com a atenção e a rapidez que chegou, embora de Curitiba pra Maringá seja rápido.
    Eu tenho um Note 3 ,mas gostei muito do acabamento, design, a fluidez. A resolução da tela embora baixa, não é ruim a qualidade das imagens! A bateria não gastou tão rápido quando eu fazia algumas configurações, vamos ver ao longo do tempo . Na minha opinião é o melhor intermediário oferecido no Brasil até o momento!

  • Rafael Andrade 9/out/2015

    Desculpe, respeito a sua opinião, mas falar que a Marca MediaTek é fuleira já é demais. Ela é uma das maiores fabricantes de processadores para mobile. Vamos aos pontos.

    A tela vai ter densidade melhor pq é menor, mas a resolução é igual. Ai temos a tecnologia, no qual o Redmi 2 usa IPS e o Quantum Go Amoled. Ponto pro Quantum.

    O Redmi 2 suporta 64 bits, mas não acho que a MIUI tira todo esse poder, pois no meu vive travando. Até ano passado ninguém ligava pra 64 bits, prova de que o Nexus 5 era top e era 32 bits e todos falavam bem.

    O processador do Quantum é um octacore de 1,3 Ghz enquanto o do Redmi 2 é quadcore a 1.2 Ghz. Logo não é somente 0,1 Ghz, mas sim 4 núcleos a mais que dão mais poder quando o aparelho precisar.

    Quanto a câmera vai de gosto, mas colocar uma câmera relativamente boa num smart que custa menos que 700 reais é muito negócio. Lembrando que tem a frontal de 5MP. A do Redmi é de 2MP.

    Quanto ao software, o Quantum Go sai de fabrica com Android 5.1 Lollipop e com atualização garantida para o Marshmallow. A Xiaomi não cogita uma data pra lançar o 5.0 no Redmi 2, quanto mais ter previsão para o 6.0. Vale notar que a customização da Xiaomi é muito forte. Vai de gosto, mas é comprovado que isso só prejudica em atualizações. Sem falar a caca que fica quando começa a instalar apps via Google Play, pois os apps tem cara de Android e o sistema em si de iOS.

    Na questão de armazenamento, temos uma puta jogada da Quantum. Lançou 3 modelos e opções diferentes. É possível comprar em 3G/16GB, 3G/32GB ou 4G/32 GB. Se pegarmos o primeiro, ele tem um ótimo custo benefício. O Moto G 2013 foi lançado com 1GB de RAM, 8GB de armazenamento, tela 4.5" HD IPS, processador quadcore Snapdragon 400 1.2 GHz, câmera de 5MP e conexão 3G por R$649,00. Da pra ver que o quantum bate muito de frente com esse Moto G 2013 por apenas 50 reais a mais. (Aliás, 4G ainda engatinha no Brasil. Se faz questão, pegue o mais caro e seja feliz com 16GB a mais de lambuja)

    Se fizermos a comparação com o mais caro, que sai por R$899,00, temos um aparelho que é o dobro de armazenamento. Que aparelho que tem 32 GB de armazenamento e custa menos que R$ 900,00. Eu desconheço. A Xiaomi aumentou em R$ 230,00 para colocar 2GB de RAM e 16 GB de armazenamento o que eu considero muito. Se seguirmos a lógica, ela deveria cobrar uns R$200,00 a mais pelo armazenamento, que eu considero ser o mais caro, passando, portanto, do preço do mais top da Quantum.

    Isso sem contar a cachorrada de lançar o Redmi 2 a 500,00 (pra fazer barulho) com 1GB e 8GB de armazenamento e depois de dois meses(?) lançar um modelo melhor. Se ela tivesse lançado diretamente esse modelo Pro a história poderia ser outra.

    Não tem como negar que o Quantum Go é o novo Moto G (original). Chegou pra fazer barulho e mostrar que se pode entregar um produto bom a um preço muito legal. Eu tenho um Redmi 2 que vive travando e comprei o modelo mais barato do Quantum Go. Quanto a marca, já vi xing lings melhores que alguns modelos de entrada de grandes marcas.

    Mas se você acredita que o Redmi 2 ganha do Quantum Go compre ele. Num futuro próximo saberemos qual terá melhor desempenho e novas atualizações mais rápidas. Desculpem o texto enorme :)

  • Vinicius R. 8/out/2015

    O que esses dois tem de parecido mesmo é só o nome, porque nos resto o Quantum GO ganha em praticamente tudo kkkkkkkkkk

115 Comentários

Escreva um comentário:
  • O Quantum Go é melhor mas seria bom se o site usasse a mesma unidade de medida na comparação. Nas dimensões um aparece em mm e outro em cm

  • Achei um tesãozinho de telefone o quantum GO, tomara que faça sucesso.

  • Só faltou um led pra ficar perfeito!!!
    Boa sorte Quantum go...Que seja o primeiro de mtos...continuem assim com inovações...o País precisa disso mostrar q temos potêncial de produzir algo bom e barato tendo em vista os tributos altos dos produtos importados...cara isso é realmente uma grata surpresa!!!!!

  • Ai Galera vale a pena 50 reais de desconto na compra... 0B4AEF3D7B96 insira ente código.
    Não é brincadeira funciona e por gentileza coloque teu comentário depois....

  • Será que a venda do Quantum GO será expandida para outros países? Não vejo sites de fora falar dele e olha que ele é um excelente custo benefício. Ah, esqueci de falar, a camera do Quantum GO tb me parece melhor, o HDR da ASUS não funciona direito e estourou o céu (mesmo em HDR, absurdo!). Além disso, o zenfone GO tem fotos com tons azulados e com muito estouro de branco.

  • Sem dúvida o Quantum GO é melhor. E é nacional (o Brasil precisa brigar de frente com os asiáticos). Melhor disign, mais memória, TV digital, CPU melhor, GPU melhor, 32gb interna. Nos últimos dias esse Quantum é uma das poucas coisas que nos traz orgulho. Excelente mid-end.

    • Brigar de frente com os Asiáticos? Eu duvido essa empresa bater alguma da Ásia, tipo Xiaomi/Asus/Huawei/Samsung. É questão de ser impossível, todas essas empresas que citei tem um centro de tecnologia, gerenciando todo o Hardware e Software da mesma, sendo assim, uma pequena empresa Brasileira não pode bater de frente com essas gigantes.

  • Boa noite, tem alguma maneira de fazer Root no QuantumGO? Comprei um é um excelente aparelho, não tenho nada a reclamar, mas quero fazer Root nele e se puderem me dar uma luz ficarei agradecido.

  • Quero trocar o meu Moto G² por um Quantum GO.
    Oque vcs acham ??

  • Quantum Go com certeza! Estou até pensando nele como um smart secundário! Acho que somente a câmera do Zenfone Go se sai um pouco melhor em algumas situações!

  • A google está fazendo uma promoção de 11 jogos a R$ 0,20 na playstore.
    Alguns games da lista:
    - Need for Speed Most Wanted
    - Dead Space

    Por R$ 2,60 vocês podem levar todos os 11 games para casa.

    Link para os games: goo.gl/AOr6yH.

    Abraço a todos, e boa jogatina.

  • Pessoal, qual das duas opções vocês comprariam? LG G2 D805 ou Quantum Go 32GB?

    • Pelo amor de deus, esquece o lg g2

    • Eu iria de quantum Go..

    • O LG G2 tem memória interna de 16GB e sem capacidade para expandí-la. Ou seja, esquece MICRO SD e sem falar que a LG esqueceu desse aparelho para a atualização. Eu ficaria com a Quantum Go 32GB... Atualização garantida, expansão para MICRO SD e TV digital.

      • Que? Como assim? O g2 tem um snapdragon 800 câmera mil vezes melhor, uma tela ips full hd e um preço muito bom, isso já não é o suficiente?

      • Vejamos:

        Você só vai querer um Snap 800 pra jogar, por que ter um processador desses pra utilizar whats e face é piada, certo?

        o G2 só te entrega 10Gb de memoria livre.

        Meu filho, vc vai jogar como com 10gb de memoria? Vai ficar instalando e desinstalando quando quiser jogar algo?

        O Multitarefas do QGO é incrivel. Tenho a versão 4G 32GB (que te entreha 28GB) e to super satisfeito. Desempenho em games é excelente, android puro, design lindo, atualização garantida..


        Me diz, POR QUE DIABOS IRIA ESCOLHER UM APARELHO DE 2 ANOS ATRÁS, SEM ATUALIZAÇÃO E QUE SÓ TE ENTREGA MÍSEROS 10GB DE MEMÓRIA?


        Tem que ser muito burro

      • Acho que você já respondeu o rapaz... kkkkkkk

      • Indubitavelmente, o Quantum GO é um excelente smartphone!
        Além de todos os atributos mencionados acima, é possível armazenar aplicativos baixados no cartão micro SD, minimizando a utilização da memória interna e deveria ser um padrão para todos os fabricantes. Na resenha apresentada, esqueceram de mencionar o modo Quantum da câmera, que permite entregar uma foto de até 24 megapixel.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi