O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
95 Compartilhado 54 Comentários

As melhores razões para você ter um smartphone com bateria removível

Uma das vantagens que o Android sempre pôde se gabar em relação a Apple é a possibilidade de remover e substituir as baterias de seus smartphones em caso de avaria. Mas nos últimos anos, temos notado que muitas marcas têm privado seus usuários deste recurso. Mas quais são as vantagens de ter um telefone que permita essa troca?

Hoje, boa parte dos modelos topo de linha traz baterias potentes, bem integradas a CPU e ao sistema operacional, além de contar com tecnologias de carregamento rápido. Mas, ao mesmo tempo, são poucos os que apresentam a opção de removê-la. E isso pode fazer toda a diferença. 

E se você ainda tem dúvidas das vantagens de ter um smartphone com bateria removível, te apresentamos cinco razões para optar por um modelo com essa funcionalidade: 

1. Troque a bateria em caso de dano, sem perder o smartphone

Antes de mais nada, você deve saber que a vida de uma bateria é limitada a um determinado número de ciclos de carga-descarga.  Isso, normalmente, equivale a cerca de dois anos de funcionamento, antes do componente se tornar útil apenas como peso de papel. E isso significa também que depois de algum tempo de uso, a vida útil da sua bateria vai cair drasticamente em relação ao oferecido inicialmente. 

E esse é o principal benefício de possuir um smartphone com bateria removível. Se você notar uma queda muito sensível no seu rendimento, é possível trocá-la ao custo de algumas centenas de reais. Caso contrário, a tomada e uma bateria auxiliar serão os seus novos melhores amigos ou você vai ter que comprar um novo dispositivo.

ANDROIDPIT battery 5
Uma das vantagens dos modelos com bateria removível: troca fácil do componente/ © ANDROIDPIT

Além disso, o processo de troca de uma bateria em um modelo removível é fácil e seguro. Mas tente substituir esse componente em um smartphone com unibody de metal. Além do alto risco de danificar o aparelho, é provável que você ainda perca a garantia. Logo, o conselho é: nesses casos, dirija-se a uma assistência técnica. 

2. A autonomia dupla (e além)

Com um smartphone em que é possível substituir a bateria, você não só elimina o problema de autonomia a longo prazo, mas também pode contar com uma sobressalente para efetuar uma troca muito mais prática do que andar para cima e para baixo com uma bateria auxiliar. 

Claro, que uma bateria externa tem suas vantagens, principalmente porque você pode achar modelos com grande potência. Além disso, em vários casos, ele é mais barata que uma bateria substituta. Mas no sentido prático, ter um aparelho que permite a troca de bateria é muito mais prático de levar na bolsa, mantém  o telefone em funcionamento e ainda evita aqueles aquecimentos desnecessários causados pelos “power banks” que vemos por aí. 

Xiaomi power bank 10400 carregando
Power charger: mais poderoso, menos portátil / © ANDROIDPIT

3. Mais poder e sem pesos adicionais

Além de poder comprar o componente da própria fabricante, usuários de smartphones com baterias removíveis podem ainda optar por outros modelos com maior capacidade, que podem até mesmo triplicar a vida útil do smartphone. 

Um bom exemplo disso são as baterias produzidas pela Mugen Power, que trazem capacidade duas, três vezes  maior que o componente oficial presente nos smartphones. Elas podem ser utilizadas em modelos da Samsung, HTC, Motorola, entre outros. 

ZEROLEMON
Zero Lemon, Mugen Power, Mophie...baterias auxiliares de alto desempenho / © ANDROIDPIT

Os pontos contra: O investimento inicial é mais alto do que uma bateria auxiliar / power charger e seu smartphone ainda ganha um certo tamanho adicional.

4. Traga o smartphone de volta à vida em caso de necessidade

Em algum momento, pode ser que o seu smartphone pare, de repente, de responder aos comandos, especialmente se você estiver executando procedimentos delicados, como overclocking ou similar. Também neste caso usar o botão de “Liga / Desliga” pode não funcionar e um reset, retirando a bateria do aparelho, será indispensável.

androidpit redmi note 2 5
O Redmi Note 2 traz bateria portátil/ © ANDROIDPIT

É um caso bastante raro, claro, mas não tão impensável. Além disso, em situações – também raras – em que ocorre o vazamento da bateria, detectar o problema em smartphones que oferecem a opção de remoção pode ser bem útil na hora de evitar que os danos se propaguem ao resto do telefone.

5. Personalização e suporte técnico a jato

Ter um smartphone com bateria removível implica na possibilidade de removermos a tampa traseira e a substituirmos por modelos com cores e desenhos diferentes, deixando o aparelho mais ao nosso gosto. 

Além disso, apesar de smartphones com bateria interna terem maior resistência a quedas e impactos afins, também é verdade que, caso sua bateria seja danificada, você terá de perder um longo tempo na assistência técnica. Já nos modelos com possibilidade de remoção, basta ir a uma loja e trocar a bateria sem grandes sustos.

androidpit nexus 5 hero image 05
Um smartphone com bateria removível permite a customização da tampa traseira/ © ANDROIDPIT

Conclusão

Ainda que ter um smartphone com bateria removível tenha as vantagens que você viu acima, o assunto ainda é fonte para muita discussão: a possibilidade de retirá-la e substituí-la é, claro, um belo diferencial. Mas, ao mesmo tempo, você tem que lidar com o fato de que as marcas estão padronizando cada vez mais o unibody, com design de metal, fino e elegante, mas que renuncia a possibilidade de troca. 

Mas em um universo cada vez mais lotado de dispositivos Androids com esse padrão, ainda existem as fabricantes que resistem e não querem privar seus usuários da possibilidade de trocar a bateria: a LG, durante a MWC deste ano, mostrou isso com clareza ao apresentar o ótimo G5, que consegue integrar uma bateria removível, sem sacrificar o design.

androidpit lg g5 3
G5: a LG oferece uma bela peça de resistência aos modelos unibody/ © ANDROIDPIT

E qual a sua opinião? O design premium de um smartphone consegue convencer você a renunciar a possibilidade de ter um telefone com bateria removível?

95 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

54 Comentários

Escreva um comentário:
  • Alguém poderia me dizer se o Lenovo Vibe K6, o Moto G5, o Asus Zenfone 2 e o Asus Zenfone 3 tem baterias fixas ou removíveis?

  • Assisti alguns vídeos no YouTube quando smartphones selados tem que trocar a bateria. É assustador. Eles simplesmente desmontam o celular completamente.O do meu filho nunca mais foi o mesmo.Quando eles consertam uma coisa aparece outra.Isso numa autorizada Samsung. Por enquanto fico com meu Note 4 mesmo.

  • Smartphone pra mim tem que ter bateria removível. Isso significa até uma certa independência do consumidor. Abro mão de design premium. (Para esconder numa capinha).Para mim ou é removível ou passo.Obsolescência programada é o que a indústria nos quer impor.

  • Ainda estou esperando argumentos plausíveis.
    Tive um Galaxy S2, ótimo aparelho e foi o único que possuí que permitia a troca da bateria. O maior problema dele é de outros modelos que amigos tiveram: mal contato e folga. A bateria, devido às trocas passa a ficar folgada e constantemente o celular desliga sozinho.
    1) qualquer smartphone com bateria fixa pode ter a mesma trocada, só ir em uma assistência especializada;
    2) infelizmente você tem que desligar o aparelho para trocar. Seria vantagem se o aparelho tivesse uma micro bateria interna para mantê-lo ligado enquanto se troca a principal;
    3) baterias não oficiais não são recomendadas além de puderem causar problemas que fazem perder a garantia;
    4) telefones com barriga fixa são dotados dessa capacidade de ressurreição também. Existem milhares de fóruns e blogs que ensinam;
    5) existem diversos modelos atuais com bateria removível e que permitem personalização. Duas de minhas filhas possuem o Redmi 2 e Moro G2.

    O melhor que poderá acontecer é a tecnologia de transferência de energia contínua e sem fio chegar logo. Mas enquanto não vem, o melhor é ter baterias fixas com grande capacidade de armazenamento e ótimo gerenciamento do sistema.

  • Simples. sua bateria vai estragar antes do seu celular ficar obsoleto. troque a bateria.

  • Para mim não tem muita diferença, o lado positivo de uma bateria removível é que você facilmente pode trocar quando achar que ela está muito 'gasta' indo para uma loja da sua marca e comprando uma original, não é necessário o reparo do mesmo, outro ponto positivo é que algumas empresas como a LG oferecem um Kit com uma bateria extra, em viagem são realmente úteis, já aconteceu comigo de ficar em um local vazio sem bateria e eu precisava com urgência de bateria, o meu amigo ao lado que tinha o mesmo aparelho que eu me forneceu a dele, na qual eu precisava de um contato salvo na minha agenda de contatos.

  • Eu acho que é uma tendência que os celulares venham sem bateria removível, isso tem seus pontos fortes e fracos. Mas na real, não me faz falta.

  • prefiro sem a bateria removivel , pois em caso de roubo é mais dificil de tirar o chip imediatamente

  • Embora eu nunca tenha sentido falta de bateria removível, acho super importante. Mas acho que o grande vilão, é o design cada vez mais refinado dos Smarts.

  • Só o motivo 1 é convincente pra mim. Meu m2 tem bateria fixa, é meu primeiro smartphone com essa característica e pretendo manter assim. Pretendo adquirir um Z5 sem menor receio de ter uma bateria fixa

  • Não compraria um smarthphone com bateria fixa mesmo ele sendo o melhor de todos!

  • Como todas as coisas na vida, a bateria removível tem suas vantagens e desvantagens. Eu, particularmente, acho os aparelhos selados muito mais bonitos e com um ar sofisticado.

  • Acho que isso não é vantagem e nem desvantagem... Pra mim tanto faz.

  • Se deseja um smart a longo prazo, visando um desgaste da bateria, é vantagem que ela seja removível, mas se faz um rodízio mais frequente de dispositivos não influenciará em muita coisa, a não ser o fato de alguma viagem ter sempre "a carta na mangá" em caso de descarregamento sem uma tomada ao alcance.

  • Olha nunca liguei se tiver ou não tiver bateria removível... tem suas vantagens ser removível em caso de trocar ou ter uma reserva e colocar numa boa...mas sei lá nunca pensei nisso

  • A única vantagem para mim é poder trocar a bateria quando estiver desgastada sem problema algum. Não tenho motivos para comprar smartphones com bateria fixa, já que não sou de ficar trocando de celular.

  • A desvantagem que vejo em ter a bateria removível é não poder utilizar um recurso do app Cerberus que impede o desligamento do aparelho quando a tela está bloqueada. Dessa forma, há mais tempo para rastrear o aparelho em caso de furto.
    Uma das primeiras coisas que o ladrão faz é desligar o aparelho, muitas vezes retirando a bateria.

  • E ainda tem pessoas que fazem "biquinho" para o LG g5. Uma bateria removível é muito útil para quem for ficar mais de 2 anos com o smatphone, pois vc mesmo fará a troca, sem a necessidade de pedir para um técnico abrir seu smatphone e ainda cobrar por isso.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi