O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
533 Compartilhado 126 Comentários

Em defesa dos botões capacitivos do Android

Existem três maneiras de navegar por um telefone Android: os botões físicos, os capacitivos e os botões virtuais (ou on-screen, se preferir)  localizados na tela. Cada modelo de smartphone traz a disposição desses botões de uma forma diferente. E, pela sua capacidade de interagir com o Android, eu diria que os capacitivos são a melhor opção.

BlackBerry Priv vs Samsung Galaxy Note 5 11
Há mais de uma maneira de interagir com o Android / © ANDROIDPIT

Primeiro, usei uma combinação de botão de home e botões capacitivos, como é visto no Galaxy S7. Depois utilizei os botões virtuais, como você vê no Huawei P9. Depois, apenas botões capacitivos. Agora, depois de todas as opções testadas, devo explicar por que os botões capacitivos são a forma mais minimalista e elegante para interagir com seu smartphone.

Quem se preocupa com os botões?

Sem os botões, o seu telefone não tem ideia do que está fazendo. Se eles não existissem, tudo o que o aparelho poderia registrar são toques e deslizes que gerariam uma confusão de gestos, sem direção, que você usou para chegar a algum lugar, entre apps e páginas web. 

Com os botões, você introduz ordem na experiência com o Android. Você pode dizer ao Chrome que gostaria de voltar à página anterior, ou manter um deles pressionado para visualizar quais apps estão sendo executados e qual você quer usar no momento. Você pode dizer ao sistema operacional para retornar à tela inicial ou acionar o Google Now, já que apenas poucos de nós podemos acioná-lo via voz com o "Ok Google", presente no Marshmallow.  

Os botões introduzem ordem na experiência com o Android

Seja físico ou capacitivo, os botões são importantes e ajudam a transformar uma bagunça de gestos em um conjunto estruturado de ações. Como um carro que tem pedais de acelerar, brecar e embreagem.

AndroidPIT Samsung galaxy s7 edge 10 review
O mágico home button do Galaxy S7/ © ANDROIDPIT

A mitologia do botão Home

O botão físico de Home usado no Samsung Galaxy S e na linha Note é uma interessante escolha de design. Ainda que a popularização das telas multi-gestos tenha removido a necessidade de um hardware físico para interagir com a interface gráfica, a presença do botão físico para a página inicial mantém uma pequena, mas pungente, ligação entre a pessoa e a máquina.  

O botão físico da Home mantém a ligação entre o usuário e o hardware

Mas o botão físico é melhor que o capacitivo? Eu acho que não. O fato é que a Samsung foi feliz ao criar uma combinação de botões capacitivos ao lado do botão físico de Home, mesmo que uma combinação apenas com comandos capacitivos fizesse exatamente o mesmo trabalho. O que nos faz perguntar: qual era o raciocínio da empresa sul-coreana?

AndroidPIT iPhone SE 4289
O iPhone foi o primeiro a introduzir o botão Home físico / © ANDROIDPIT

Defendendo os botões capacitivos

Eu tenho usado o OnePlus X há vários meses. Ele usa botões capacitivos para navegação, com a opção de escolher pelos botões virtuais também. Eu também passei algum tempo com o Galaxy S6 e sua mistura física/capacitiva. Mas passei mais tempo com os clássicos botões capacitivos durante toda minha experiência com o Android, principalmente com o Galaxy Nexus. 

Eu devo dizer: os botões virtuais estampados na tela não são bons. Na verdade, em várias ocasiões, eles são uma droga. Eles "mastigam" parte da tela e me fazem perguntar se isso é necessário. Praticamente todos os telefones têm um painel inferior que poderia ser usada para botões. 

Os botões capacitivos são invisíveis, discretos e totalmente confiáveis

Botões off-screen não ocupam espaço no display. Eles são invisíveis, discretos e não perdem a sua "clickabilidade" depois de alguns meses. Para mim, o único inconveniente dos capacitivos é me acostumar ao fato de que eles são virtuais - meus dedos querem feedbacks quando eu pressioná-los. É um pouco estranho no começo. Mas dá para resolver facilmente quando ativo a opção Vibrar ao Tocar no menu de Configurações. 

Confiáveis e com mínimo design: eu diria que você deve dar uma chance à qualidade dos botões capacitivos. Você vai notar que é a melhor maneira de se envolver apropriadamente com o Android. 

Qual é a configuração ideal de botões em um smartphone?

E que tipo de botão você prefere no seu Android?

Os comentários favoritos dos leitores

  • João Renato há 8 meses

    Os botões virtuais me incomodam um pouco, pelo fato de eles ocuparem uma boa parte da tela e como foi colocado no texto pra que se sobra espaço na parte de baixo dos aparelhos. O que me adianta comprar um aparelho de 5,5 polegadas se eu na verdade estarei usando 5,2?

  • Renata Teles há 8 meses

    Prefiro home físico e capacitivos.. os virtuais tem essa barra preta nos apps ridícula. .se fosse transparente seria um pouco mais bonito.

  • Diego há 8 meses

    "Na verdade, em várias ocasiões, eles são uma droga. Eles "mastigam" parte da tela e me fazem perguntar se isso é necessário. Praticamente todos os telefones têm um painel inferior que poderia ser usada para botões. " resumiu tudo o que eu penso. Hoje eu tenho um Xperia M2 com botões virtuais, mas antes dele, eu tinha um Xperia E dual que tinha botões capacitivos e eu gostava muito mais. Além de não comerem um espaço na tela, eles pareciam ser mais "clicáveis" do que os botões virtuais

126 Comentários

Escreva um comentário:
  • Não me sinto incomodo ao usar os virtuais. Muitos aplicativos os ocultam ao ativarmos o modo tela cheia. Eh assim no UC Browser(nesse caso os virtuais não são ocultados mas sim a barrinha superior), Pocket, Adobe Reader, Games, reprodutores de vídeos...
    Além disso, posso está enganado, os acho mais duráveis.

  • Eu acho que tanto faz o tipo de botão, isso é frescura. O que importa é a experiência do usuario com o sistema operacional. Não adianta ter botões bons e o sistema ser uma porcaria.

  • Pra mim botões capacitivos não têm pra ninguém. São os melhores. Faz muito, muito tempo que me pergunto o porquê dos botões virtuais e a resposta é simples. Imitar a Apple e isso pra mim é o fim da picada.

  • Também prefiro os capacitivos, mas acho que não me incomodaria em usar virtuais. Já usei um aparelho com botões físicos, que acabaram se desgastando em menos de dois anos de uso. Dentre as três alternativas, é a única que não usaria.

  • Simplesmente necessito de botões fora da tela, quando o celular da aquela travada os botões param junto e isso me dá uma agonia de não ter o que fazer, não tem um home pra apertar até voltar, sei lá

  • Eu gosto dos botões virtuais mas as vezes sinto que eles ocupam muito espaço na tela

  • eu mesmo não gosto de nenhuma das alternativas. no meu android ( lg g2), desativo totalmente a navbar e uso um app de gestos chamado gmd gesture control. coloco pra que deslize de cima pra baixo bem na borda direita, voltar da direitapra esquerda a partir da borda direita, no terço superior da tela, e recentes no canto inferior esquerdo da tela, deslizando debaixo pra cima. fica MUITO melhor de usar com uma mão só, e tenho minha tela toda pra mim. e além desses gestos, uso ainda vários outros, pra chamar apps específicos, ou pra tirar print, pra trocar diretamente de um app pro outro, sem passar pelo recentes, etc. pra mim, ESSA é a melhor alternativa

  • Eu prefiro os botões virtuais. Mas essa preferência advém principalmente da esperança de que, um dia, alguma empresa aproveite essa área livre com tela e não com um espaço inútil não utilizado. Acho que o ideal seria que a parte inferior tivesse apenas um espaço mínimo para um alto-falante frontal e a câmera frontal, na parte superior, poderia ser implementada junto com a tela, numa solução parecida com o LG V10, só que a parte de tela ao lado da câmera poderia ter a barra de notificação, deixando espaço na tela.

    • Cara uma tela na parte de baixo onde o espaço não é utilizado seria a mesma coisa que ter botões capacitivos, tirando a questão de que poderia ter funções além das dedicadas aos botões, porém gastaria mais bateria.

  • Em minha opinião, acredito q os virtuais sejam melhores, mas realmente eles tomam uma parte da tela para si. O exemplo está no meu moto x play, q eu acho a barra grossa demais e não dá pra deixar ela mais fina ao meu gosto sem modificar o Android. Acho isso um erro do Google. Poderia ser personalizado e eu a deixaria na msm espessura q a de cima (barra de notificação), dando um ar de simetria ao aparelho.

  • Incrível, todo mundo elogia os botões físicos, mas, quando o Moto Maxx foi lançado era comum lermos e ouvirmos: "O design do aparelho é feio, e, relativamente antigo. A maior prova disso são os botões capacitivos [...]".

    • Pelo fato dele ser lançado com os botões capacitivos desenhados para o android KitKat, enquanto já estavam pra lançar o Lollipop, então realmente ficou antigo

  • Não gosto de virtuais e nem capacitivo, por isso não largo a Samsung

  • Odeio botões capacitivos, me incomodam e o visual do aparelho fica feio, os botões virtuais dentro do display é muito melhor. E essa história de que compromete parte da tela é mentira pois, quando se está jogando ou assistindo a vídeos os botões virtuais não ficam na tela.

  • No meu Oneplus one só uso os botões virtuais, não ocupam tanto assim da tela , e os capacitivos, não sei se é por causa da película, pararam de funcionar.

  • Eu, como o autor deste artigo, prefiro botões que não sejam em tela. Gosto do esquema da Samsung, pois além de poupar o botão de bloquear/desbloquear, recebemos um feedback quando saímos de uma aplicação ou quando queremos desbloquear o celular é só clicar no botão frontal e colocar o pin, ao contrário dos outros tipos de botão, temos sempre que recorrer ao botão de desbloquar.

  • Bons: virtuais ou capacitivos, tendo em vista que os virtuais tem que sumir em alguns casos e a barra ser transparente. Capacitivos tem que ser bem responsivo e não precisa necessariamente ser retroiluminado (vc sabe onde fica o botão). Mas muitos gostam assim.


    Botões físicos? J A M A I S !!!!!!!!

    Pq?

    Resposta: podem quebrar mais facilmente, deixam o design tosco e faça o simples teste rápido de apertar um botão físico e um botão capacitivo e veja quanto tempo demora para voltar para a HOME. Capacitivos/virtuais ganham de 10 a 0, sem dizer que os físicos vc é obrigado afundar o botão, podendo e já acontecendo com DIVERSAS pessoas no mundo, o desequilibrio e aparelho indo pro chão. Esforço desnecessário.

    Smartphones são feito para serem práticos, foco em usabilidade, botão físico não ajuda nisso.

    Leitor biométrico é na TRASEIRA sempre.

  • eu gosto dos botões on-screen, mas as vezes eles atrapalham na experiência com alguns apps, mas como eu uso um LG G3, posso esconder os botões virtuais, e exibir eles quando eu quiser.

    mas seria totalmente inovador se uma fabricante de smartphones, fizesse um dispositivo com um display secundário, com os botões virtuais nele.

  • isso vai do aparelho em minha opinião um galaxy s7 com botoes virtuais ficaria bizarro

  • Enquanto muitos desviaram do Maxx pelos capacitivos, justamente esse parâmetro contou à favor na horaa de escolher esse aparelho. =)

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi