O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
8 Compartilhados Sem comentários

O melhor do CES 2013: as 5 tecnologias que mais gostei

A CES 2013, onde foram apresentadas as últimas novidades no mundo da tecnologia, chegou ao fim. O evento reuniu mais de 3100 expositores e cerca de 150 000 visitantes. A edição deste ano, de uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo, ficou marcada pela apresentação de alguns produtos e aparelhos surpreendentes e bastante curiosos. A Samsung apresentou suas telas flexíveis. A Nvidia empolgou com seu Projeto Shield. Aqui estão os meus favoritos.

#5: Gorilla Glass 3 

O Gorilla Glass 3 tem uma nova tecnologia chamada NDR (Native Damage Resistance) que promete ser até três vezes mais resistente que a geração anterior, o Gorilla Glass 2, que se encontra em dispositivos high-end como o Samsung Galaxy S3 ou HTC One X. Esta terceira geração do Gorilla Glass poderá vir a ser encontrada em vários dispositivos que serão lançados este ano, já que a maioria das fabricantes confia nesta linha de produtos da Corning.

 #4: Chips - Exynos 5 Octa, Tegra 4 e Snapdragon 800

No decorrer da CES foram apresentados 3 chipsets que chamaram a atenção: o Tegra 4 da Nvidia, o Exynos 5 Octa da Samsung e o Snapdragon 800 da Qualcomm.

O chip Tegra 4 pode ser instalado em diferentes dispositivos como smartphones, tablets, consoles portáteis, sistemas inteligentes para automóveis, dispositivos de navegação e computadores. Este, é o primeiro processador quad-core do mundo a utilizar o design ARM Cortex-A15.

O design A15 da Nvidia possibilita navegar na internet 2,6 vezes mais rápido que o usual em dispositivos móveis e ainda acelera o desempenho de aplicativos de forma significativa. Tanto é verdade que, durante a apresentação da Nvidia na CES 2013, o CEO da empresa, Jen-Hsun Huang, comparou o poder de computação de dados deste chip com o do Nexus 10 (identificado como o tablet mais rápido do mundo da atualidade). O resultado foi surpreendente, enquanto o Tegra 4 levou 27 segundos para carregar 25 sites, o Nexus 10 levou quase o dobro do tempo.

Apelidado de "Exynos 5 Octa", o novo chip da Samsung possui dois conjuntos (um para tarefas de alta performance como jogos e outro para tarefas de baixa performance como o despertador) de quatro núcleos e um processo de 28 nm (nanômetros) que, eventualmente, cairá para os 10 nm nos próximos anos. O chip oferece melhorias significativas de desempenho em relação à geração anterior de processadores quad-core da Samsung, que pode ser encontrada em 53 milhões de dispositivos móveis. A empresa afirmou que o novo Exynos 5 Octa oferece um modo de poupança de energia que ajuda a prolongar a vida da bateria, reduzindo o consumo quando não é necessário o poder de processamento total.

O processador Qualcomm Snapdragon 800 foi desenvolvido para embalar telefones celulares premium e dispositivos de computação, o que o veremos em breve rodando o sistema dos smartphones Android que carregamos no bolso. Por dentro do Snapdragon 800 existe uma família de peças da Qualcomm: como a CPU Krait 400, a GPU Adreno 330, Hexagon v5 DSP e o modem 4G LTE Cat 4.

#3: Telas flexíveis Youm

A Samsung apresentou um protótipo de tela flexível OLED Youm para smartphones e tablets que expandiu o conceito de usabilidade para dispositivos móveis. Utilizando conceitos como “fino e iluminado”, “flexível” e “LCD verde” - fazendo uma espécie de menção ao conceito ecológico da produção das telas - Brian Berkeley, vice-presidente sênior do laboratório de telas da Samsung em São José, apresentou um novo futuro com relação a displays flexíveis.

#2: Sony Xperia Z

Depois de ter lançado alguns dispositivos bons, mas não espetaculares, a Sony apresentou o Xperia Z, sua obra-prima. O Sony Xperia Z tem um design atraente, bom hardware e ótimo software, o que faz dele um aparelho ótimo. A Sony finalmente produziu um smartphone de primeira classe como nenhum outro.

#1: Project Shield

A Nvidia não só apresentou seu novo processador Tegra 4, como também o seu próprio console de jogos, o Project Shield, com base no sistema operacional Android. O Project Shield é um comando-console com tela touch de 5 polegadas e resolução HD (1280 x 720 pixels). O console tem como sistema operacional o Android puro e, portanto, permite o uso de aplicativos compatíveis. Na parte traseira do Project Shield encontra-se uma saída HDMI, uma porta microUSB, um slot para cartões microSD e um conector para fones de ouvido. As baterias, que podem armazenar até 38 watt-hora, oferecem a possibilidade de jogar ou assistir a vídeos durante várias horas, sem interrupções. Além disso, os alto-falantes integrados contam com a tecnologia Bassreflex e oferecem, de acordo com a Nvidia, um som de elevada qualidade.

(Imagens: AndroidPIT, CES, Corning, Nvidia, Samsung e Sony)

Sem comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi