O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK

O fato de que o Android seja o nosso sistema operacional favorito não o torna perfeito. Suas virtudes são bem conhecidas pelos nossos leitores, e elas fazem com que optemos por um dispositivo Android em vez de um que rode o iOS ou o Windows Phone. Neste artigo, contudo, veremos 5 defeitos que simplesmente detestamos. Queremos ver nosso SO favorito livre deles o mais rápido possível.

Fragmentação

Começamos com o maior e mais conhecido dos problemas do Android. Graças ao fato de o sistema operacional do Google ser aberto, podemos personalizar os nossos dispositivos quase que por completo, mas isso implica também a instalação das capas de personalização própria por parte das fabricantes. Isso atrasa e por vezes impossibilita a atualização de dispositivos que, em teoria, poderiam receber a mais recente versão do Android por mais tempo.

E isso não é tudo. Por ser distribuído a uma grande quantidade de fabricantes, o Android é atualizado de maneira irregular por cada uma delas. Mesmo dentro do catálogo de uma única empresa, as atualizações chegam em intervalos diferentes para cada aparelho. Tudo isso faz com que, segundo dados de Maio de 2015, apenas 9,7% dos dispositivos contem com o Android Lollipop (9% para Android 5.0 e 0,7% para o Android 5.1), ao passo que a maior proporção roda com o Android KitKat (39,8%).

DeviceFragmentation
Todos os dispositivos Android já feitos. / © OpenSignal

O resultado é vermos smartphones em circulação rodando com o Android 2.2 Froyo (0,3%). Essa questão daria um artigo à parte, e o Google deveria buscar uma solução junto às fabricantes o quanto antes, especialmente com a a chegada próxima do Android M.

Publicidade e mais publicidade

Outro problema é a falta de controle por parte do Google no que diz respeito à publicidade  no Android. Isso faz com que muitos usuários acabem desinstalando apps em teoria bons, mas que abusam das propagandas.

Um ideia de um leitor, que me agradou bastante, foi um sistema de avaliação de apps na Google Play (paralelo ao que já existe) tendo em consideração apenas o uso de publicidade nos aplicativos. Essas notas poderiam incentivar os desenvolvedores a fazer um uso mais racional dos seus patrocinadores.

Chistes publi
Exemplo de publicidade invasiva. / © ANDROIDPIT

O caso é que muita gente decide rootear seu smartphone para poder instalar algum aplicativo que elimine a publicidade. Pessoalmente não sou contra o uso de propagando em aplicativos gratuitos, mas desde que sejam discretas e não atrapalhem a experiência de uso. Infelizmente, o Google tem muito o que fazer neste quesito.

Malware

Nenhum sistema operacional é 100% seguro, mas por ser mais difundido, o Android pode atrair mais atenção por parte dos hackers. A porcentagem de malware no Android é muito baixa: 0,1% se não me engano (falamos aqui apenas da Google Play, as páginas e lojas não oficiais podem ter proporções maiores). Isso pode parecer pouco, mas na verdade são muitos os usuários afetados.

Alguns casos conhecidos são o de um falso emulador de NES que executa pagamentos na conta dos usuários sem que eles saibam, ou o de um aplicativo que acessa vários sites para adultos fazendo o autor do malware ganhar dinheiro através dos acessos. O mais atual, contudo, é o de um jogo chamado Cowboy Adventure (já retirado da Google Play) que roubava seus dados do Facebook e infectava seus contatos de diversas formas. Este aplicativo, infelizmente, foi baixado mais de um milhão de vezes antes que o Google se desse conta.

android sicherheit teaser
O malware pode prejudicar nossos dispositivos de diversas maneiras. / © ANDROIDPIT

Com tudo isso, temos de exigir que o Google controle melhor a chegada de aplicativos à sua loja, em especial tendo em conta o enorme público que potencialmente pode ser afetado.

Bugs em versões estáveis

Obviamente nenhum sistema operacional é perfeito, e de vez em quando existe algum problema que é resolvido com uma pequena atualização de manutenção (que pode ocupar menos de 10 MB).

Mas não deveríamos nos acostumar com o fato de que, tendo liberado uma versão estável pronta para ser distribuída a milhões de smartphones por todo o mundo, existam bugs graves que podem fazer com que o uso cotidiano dos nossos dispositivos se torne um pesadelo. Dois bugs sérios que apareceram na distribuição do Android Lollipop foram o de fuga de RAM e da redução da autonomia. A esses bugs são adicionados os que as próprias fabricantes provocam: pior recepção de dados e/ou Wi-Fi, decréscimo do volume em chamadas e/ou reproduções de multimídia, funções específicas de certos modelos que deixam de funcionar ou o fazer de forma precária, etc.

AndroidPIT Moto X broken
Alguns bugs são extremamente irritantes. / © ANDROIDPIT

O esforço do Big G em liberar pontualmente a nova versão do Android junto a seu Nexus pode fazer com que o trabalho não fique completo. O Google, com isso, deveria rever sua estratégia. Pessoalmente temo que alguns bugs possam aparecer no Android M mesmo depois das versões prévias, mas a introdução destas últimas já representou um avanço importante.

A questão da privacidade

O Google recolhe dados continuamente sobre todos nós, seja a localização, informações relacionadas ao nosso dispositivo, mensagens, etc. Apesar de alguns dados recolhidos pelos aplicativos serem imprescindíveis para o funcionamento dos mesmos, é inegável o fato de que o Big G quer saber coisas demais sobre a nossa vida.

20150107 IMGL6138 3
O Android nos localiza para nos ajudar, e também para usar comenrcialmente a informação. / © ANDROIDPIT

Trata-se talvez do problema menos grave de todos, mas a sociedade civil e os governos deveriam se organizar e determinar maneiras como as quais essas informações são recolhidas e usadas. Sabemos que é essencial para o Google Maps saber onde estamos e nos indicar a melhor rota, mas não temos a menor garantia que essas informações também não sejam usadas para outros fins.

Estas são as 5 coisas que odiamos no Android atualmente, mas tenho certeza de que algo mais te irrita no sistema do robozinho. Quero saber a sua opinião nos comentários abaixo!

Os comentários favoritos dos leitores

  • Diego Nascimento 21/jul/2015

    Os únicos problema que vejo é o da fragmentação e o das propagandas enganosas. O fato do malware, como já citado no texto é irrelevante, quem deve sofrer mais com isso é quem baixa apps de fontes não confiáveis. Os bugs em versão estáveis ocorrem até mesmo com o iOs que é um sistema fechado e funciona em poucos aparelhos. A questão da privacidade é mais complicada, mas se não quisermos ter dados analisados/recolhidos não vamos ter e-mail, whatsapp, facebook, nem ter smartphone e muito menos navegar na internet...

  • Lukas Andrade 21/jul/2015

    Android nao é um sistema pronto para um consumidor final, usando principios basicos que se encontram aqui mesmo no forum do AndroidPit,
    cara compra um Moto G, legal sai da loja usando a versão do Android 4.4.4 ligado a uma operadora, o mesmo quer atualiza seu smartphone para nova versão do Android, sabe oq ele faz? desbloqueia bootloader, baixa driver adb e todos os recursos necessários pra atualização, faz um trabalho um tanto arriscado pra poder ter um smartphone atualizado, sinceramente isso é justo? isso pq nem vo fala de bugs que é algo completamente relativo, ja que nao existe um sistema livre de bugs, outra coisa que falta tambem é um bom gerenciador de RAM automático, o cara que compro o moto g, atualizo ele, ai se depara com 1GB de memoria ram, blz deve da de boa pra suprir bem as necessidades, entra na bendita play store e vai baixando Facebook, Whatsapp, instagram..... consumo de ram fica em pico o dia todo, bateria nao dura e adivinha de novo? celular travando, culpa de quem? motorola, faz essa po.... de celular que fica travando, ai sai falando mal da marca e deixa ela queimada (essa citação ocorreu mt com a Samsung e ocorre ainda) lembrando que tudo que citei acima foi exemplos presenciados aqui mesmo no forum do AndroidPit!

  • Tablet 21/jul/2015

    Alguém curte meu comentário para eu ganhar pontos ?

  • Lucas Ramos 21/jul/2015

    troco likes sdv kkkkkkkkkkkkk

  • Leonardo Cantuária 21/jul/2015

    O pior problema msm eh vc comprar com 8 gb e chegar com 2 gb

119 Comentários

Escreva um comentário:
  • Bem, a fragmentação por si só não vejo como algo tão ruim assim, tem até o lado positivo (o problema é a obsolescência programada que algumas empresas praticam).
    Publicidade invasiva realmente é horrível, mas estes apps geralmente têm uma versão paga que pode valer a pena! Eu mesmo costumo comprar (quando não são muito caros), acho que é uma atitude mais correta para com os desenvolvedores!
    Malware no Android para mim é lenda! Conheço muitos usuários (iniciantes e avançados) e ninguém jamais pegou um vírus...
    Com relação aos bugs, concordo que sejam um problema bastante inconveniente, entretanto não são exclusividade do Android.
    E, por fim, privacidade hoje em dia simplesmente não existe! Lutar contra isso, infelizmente, é completamente inútil...

  • 14

    A questão da segurança é primordial e prioridade na minha opinião. A Google deveria trabalhar para tornar o Android mais seguro. Em segundo lugar e eliminar publicidades de apps. Chega ser irritante e desrespeitoso com o usuário uma propaganda pulando na tela do telefone. E mais ridículo ainda e desinstalar o app por causa disso visto que o desenvolvedor não sabe o que é respeito. Sempre nas minhas classificações menciono se o app tem ou não propagandas e o nível de intensidade e como ela se mostra. Isso ajuda outros usuário a evitar esse tipo de app.

  • publicidades irritam

  • 28

    Propaganda se exclui com root, menos mal.

  • Talvez esse problemas nem sejam os que mais me incomodam, e sim coisas simples, quer dizer, que deviam ser simples. Por exemplo, o que custa colocar um gerenciador de arquivos mais completo no sistema e talvez com descompressor de arquivos (quem sabe no Android M). Outras coisas a google também gosta de complicar, como a questão da memória externa (graças a deus solucionada na próxima atualização), a forma como a google dificulta usar o maps offline, a demora na correção de bugs, entre outros.

    Tem fragmentação, é verdade, mas acho muito boa a forma como a google tem distribuido atualizações por meio de seus apps e google play services para todas as versões, principalmente KitKat e jelly bean, levando recursos novos a todas as versões, diminuindo bastante essa disparidade. Na verdade, do KitKat pro Lolipop, muda mais a interface e alguns recursos simples, alguns obtiveis com apps e root. Dessas forma, as principais mudanças chegam rapidamente a todo o SO.
    Também chama muita atenção a política de atualização da Xiaomi, que parece funcionar de forma simples também, sem ter que alterar o SO inteiro e mantendo os aparelhos atualizados por bem mais tempo. Me parece a fabricante que melhor atualiza mesmo hoje e acho ótima essa estratégia, o que as outras oferecem parece muito pouco, atualizando uma ou duas vezes, deixando bugs ou não e depois largando o cliente. Já na xiaomi não tem essa preocupação de quando vai chegar, se vai chegar... Todos os aparelhos são atualizados toda semana, não importa a versão do Android ☺
    Também destaco a Microsoft que vem realmente transformando nossos gadgets em computadores, trazendo apps da mais alta qualidade e praticamente completos como é no PC.

    • Gerenciador de arquivos existem apps ótimos, como por exemplo o File Commander. O problema é das marcas mesmo, Samsung e a LG são as que menos respeitam os consumidores, querem é que os consumidores comprem um novo aparelho e acham que essa é uma boa maneira.

  • 32

    A unica coisa que me incomoda é a fragmentação e os Bugs.

  • O que mais me irrita e que tem jogos que vc entra e diz que nao e compativel com seu aparelho, ai quando se baixa o mesmo fora ele roda perfeitamente.

  • 1 - Só escolher uma marca que respeite mais o consumidor, ao invés de comprar Samsung, Sony, LG, compra Motorola ou Nexus, também o novo da Positivo o Octa.
    2 - No exterior é comum os consumidores pagarem por após, só que brasileiro quer tido de graça. Os desenvolvedores têm que lucrar, senão para que trabalharem tanto? Desenvolver APP é muito trabalhoso e demorado.
    3 - Malware? Sério? Uso Android a 5 anos e nunca tive problema com isso e nunca conheci ninguém que tivesse esse problema.
    4 - Bugs são um mal comum, só pode ser identificado quando usado, as vezes é difícil descobrir um bug. Mas a Google faz muitas atualizações por isso e por estar sempre melhorando seu sistema operacional.
    5 - Agora somos todos espionados pela Google, Google quer dominar o mundo.

  • Não pretendo voltar ao Android depois de ter comprado um Windows Phone, o Windows Phone é mais fluído e seguro. Ele só carece de atualizações e novos aplicativos ( não há Snapchat nem Youtube Oficial, por exemplo ), mas não enfrento os problemas que eu tinha antes no Android.

  • A unica coisa que prende a Android, e que muito me custaria fazer mudar para WP ou IOS, e o beep n'go. Uma app que so existe em android, restrita ao S4 S5...em diante da Samsung. Esta app permite digitalizar cartões de código de barras, muito usados em descontos de compras etc...
    Isto implica o telemóvel ter infravermelhos, e ser Samsung... = android.
    Com esta os cartões estao sempre no bolso... Mas dentro do smartphone!

    Mudaria ja para WP, tirando isto... + estavel, mais autonomia de bateria, menos lixo... Pois a playstore tem muito lixo mesmo! O Ios nao, pois insiste em ser de elites, muito caro, mas com muita qualidade...
    A Microsoft vai ficar com uma boa fatia do mercado em breve.
    Afinal um smartphone nao precisa de mais do que um bom SO, limpo sem bloqueios, uma boa máquina de fotografar e filmar. Todos os outros CPUs mais rápidos do mundo etc... São coisas fúteis...

    Ah Esqueceu-me de falar em ser a prova de água e à resistencia a quedas. Era melhor se nao precisasse sequer de comprar capas de protecção mas... Isso era acabar com muitos interesses económicos....

    • Oi André, mas se infravermelho fosse necessário para ler código de barra, os APP de bancos não conseguiriam ler boletos pela câmera como sabemos que conseguem. Uso motorola e sinto falta do IR sim, mas para servir de controle remoto :-)

  • Engraçado que no Windows Phone nenhum desses problemas citados existem. NENHUM.

    Faltou dizer a perda de desempenho constante obrigando o usuário a fazer um hard reset periodicamente (isso não ocorre com wp e iOS) e o acúmulo de cache que não é bem gerenciado pelo sistema, lotando o aparelho de bosta.

    Ter muitos apps não é tudo, não é mesmo?

  • Usuários Android reclamam das propagandas, mas não perdem a oportunidade de baixar o .apk de apps pagos. Que culpa o desenvolvedor tem nisso? Ele apenas se adapta a isso e adiciona propagandas ao seu app pra poder financiar seu trabalho.

  • Deveria ser igual ao PC, vc formata e coloca a versão que quiser do OS, a menos que seu aparelho não suporte por falta de RAM, processador ou espaço interno. Tô vendo smartphones por aí com bom desempenho rodando ainda o Jelly bean. Pode?

  • Santiago Luque mitou. Concordo com TUDO.

  • Essa questão da fragmentação é simplesmente impossível de resolver, o sistema como sabemos é aberto, então não vai faltar fabricante lançando aparelhos de entrada com versões antigas, sem falar que são dezenas de modelos e especificações bem diferentes rodando Android.
    Outra coisa, ficar atualizando aparelhos velhos como a Apple faz tbm não dá muito certo, a Apple tem um casamento perfeito(hardware e software feitos um para o outro), ao contrário do Android, que roda(ou tem que rodar) em qualquer tipo de aparelho, inclusive Xing Ling's.

    • Tirando o que a Microsoft fez com o Windows Phone 7.x, todos os aparelhos com o WP 8.1 serão atualizados pro WP 10 e usam basicamente o mesmo hardware da maioria dos Androids. Eu acho que a Google deveria manter um controle bem maior com o SO pra não ficar sendo difamada do jeito que ainda é, apesar de ter melhorado demais se comparar com a Apple.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi