O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 805 Compartilhado 104 Comentários

Anatel passa a permitir bloqueio de celulares roubados pelo número da linha

A Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel - anunciou hoje que os usuários brasileiros poderão bloquear, em todo o país, celulares perdidos, extraviados ou roubados informando à operadora apenas o número da linha. Confira todos os detalhes desta decisão abaixo.

Eu realmente gosto de smartphones com tela grande.
O que você acha?
50
50
383 participantes

A medida faz parte de uma série de ações da agência para combater o furto e o roubo de celulares no Brasil. De acordo com a entidade, não haverá mais a necessidade de fornecer o IMEI (sequência numérica do celular equivalente ao chassi do automóvel). Além disso, o usuário dar início ao processo de bloqueio do aparelho na delegacia de polícia, no momento do registro da ocorrência.

Para bloquear um celular roubado, basta  fornecer o número da linha à operadora. O IMEI não será mais necessário

O bloqueio de celulares perdidos, furtados e roubados é possível por meio do Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (CEMI), sistema coordenado pela Anatel e administrado pelas prestadoras de serviços móveis. Hoje a base de dados do CEMI tem cerca de 6,5 milhões de celulares registrados, que não podem ser mais utilizados. Em dezembro de 2014, o CEMI foi integrado à base mundial de celulares administrada pela GSM Association (GSMA).

14 12 2012 14h21min47s 1
Anatel libera bloqueio de celulares roubados pelo número da linha / © Sinclair Maia; Anatel

"Essa integração permite a troca de informações entre todos os países conectados à GSMA e evita que terminais roubados, perdidos e extraviados em outros países sejam ativados no Brasil e vice versa", explicou José Alexandre Bicalho, superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel. 

"O objetivo das medidas é eliminar a utilidade dos celulares furtados e roubados, o que certamente contribuirá para inibir crimes contra pessoas, estabelecimentos comerciais e veículos de transporte de carga", disse o presidente da Anatel, João Rezende, durante a entrevista coletiva sobre as inovações.

Para quem quer comprar telefones usados

O CEMI também permite que as pessoas consultem, pela internet, se um celular está bloqueado por roubo ou furto. Basta acessar o site "Consulta Aparelho Impedido" (fora do ar até o fechamento desta notícia). Essa consulta é recomendável antes da compra de celulares, especialmente no caso de equipamentos de segunda mão.

Quem for compra um smartphone usado pode consultar se ele está bloqueado no site 'Consulta Aparelho Impedido'

Para realizar a consulta no site, no entanto, é necessário que o usuário digite o IMEI do equipamento, que pode ser obtido na caixa do produto, na nota fiscal, ou diretamente no próprio celular - discando *#06#.

Hoje, as polícias civis dos estados da Bahia, Ceará e Espírito Santo já têm acesso ao sistema que permite o bloqueio. Em breve, a funcionalidade estará disponível também para a Polícia Federal e para as polícias civis de Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo.

As demais polícias civis que tenham interesse em ter acesso ao sistema podem entrar em contato com a Agência por meio dos e-mails coge@anatel.gov.br ou prre@anatel.gov.br para obter mais informações.

Você já precisou bloquear um celular roubado ou furtado antes e teve problemas?

Fonte: Anatel

104 Comentários

Escreva um comentário:
  • E quando o imei consta impedido do nada e o cel so fica em chamada de emergencia , e vc vai ate a assistencia sansung com a nota fical e a caixa e eles dizem que foi impedido por uma oeradora mais naio sabem dizer qual , dai vc vai em todas e nenhuma colocou bloquei , e vc fica com um celular inutilizado que esta na garantia ainda! o que fazer ?? estou desesperada nem anatel nem procom nem niguem me ajuda !!

  • 17/03/2016, 8h28min: O site de consulta está operacional.

  • Não sendo bloqueio de IMEI, tudo bem, pois não é complicado burlar. Quando um IMEI é bloqueado, o aparelho deveria ser totalmente travado, até mesmo o Sistema Operacional.

  • Observação: o site citado na matéria continua fora do ar. Data: 16/03/2016, às 17h09.

  • Não sei com vocês, mas comigo perdi um smartphone em julho de 2015, liguei para operadora para bloqueá-lo e o que ouvi da atendente: "se eu fosse nem bloqueava, porque eles vão "virar" o aparelho, entendi como instalar novo sistema ou criar outro IMEI e, quem o encontrou, conseguirá cadastrá-lo novamente sem problemas. Depois de ter procurado o mesmo por semanas e ter ido a Polícia Civil fazer Boletim de Ocorrência, ouvir isto é desanimador.

    • Vai ter gente que pode até fazer isso, mas não são todos, tem muito ladrãozinho ai que não sabe nem mesmo mexer direito nas configurações do aparelho... de qualquer forma já é algo que dificulta e se todos fizerem esse bloqueio, uma porcentagem dos ladrões podem deixar de roubar celulares.

  • vitoria ES ja tinha essa opção, foi a primeira cidade brasileira a usar este serviço, muito bom ter estendido.

  • Ótima ideia da Anatel.Achei isso show de bola e sempre acharei.

  • O problema é que as únicas funções impedidas são as de chamadas e SMSs. Quem compra consegue usar um celular bloqueado como tablet. Seria interessante se este bloqueio informasse o nome e o número do telefone do dono, cadastrado nas configurações do aparelho e o bloqueio não deixasse usar de forma alguma.

  • Acabei de tentar mas o site deleta o 15° número do imei, só podendo realizar a consulta com 14 dígitos, resultando em falha na consulta ou imei inválido.

  • Ótima iniciativa da Anatel. No ano passado tive meu Moto G (1 geração) roubado e após boletim de ocorrência feito, liguei pra operadora pra bloquear o aparelho e suspender temporariamente a linha. Com essa determinação, fica de fato mais rápido e fácil bloquear dispositivos roubados/furtados/perdidos, tendo em vista que nem sempre (quase nunca) dispomos do número do IMEI pra informar. Ponto pra Anatel!

    • O imei está sempre na caixa do aparelho caso precise dele.

      •   17

        E por acaso você anda com a caixa do aparelho para cima e para baixo? O que eles quis dizer é que, na hora do furto/roubo/tanto faz, dificilmente a pessoa estará com o número do imei em mãos para informar durante o B.O. Meu Deus....

      • Isso mesmo, amigo Xeudom Cuper. Vc entendeu o q eu quis dizer.

      • Sim, Lucas. Após ligar pra operadora eu tive q mandar um e-mail com alguns documentos em anexo e tbm precisava informar o IMEI. De toda forma, agradeço pela interação. Um abraço.

      • Você pode atualizar o B.O., informando o IMEI depois, quando já o tiver em mãos.
        E na hora de informar o IMEI para bloqueio, só de você ter o B.O. informando o roubo do aparelho já é suficiente para "provar" o roubo e solicitar o bloqueio, ainda que não esteja informada a identificação do aparelho.

Mostrar todos os comentários
805 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi