O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
1 min para ler 17 Compartilhado 29 Comentários

A corrida pelo processador Android de 64 bits

Sem entrar no mérito da qualidade do aparelho, é fato que o processador de 64 bits do iPhone 5s deu uma balançada no mercado mobile, principalmente nos fornecedos de chip para o Android. Será que as fabricantes de chipsets conseguirão entregar esse tipo de processador até a CES de 2014? Veja os detalhes.

O Galaxy S8 é o smartphone mais bonito que já fabricado.
O que você acha?
50
50
892 participantes
qualcomm snapdragon
© Qualcomm

Na Qualcomm, por exemplo, a primeira reação foi de menosprezar o feito da Apple. O ex-gerente de marketing da companhia Anand Chandrasekher (é ex porque fez o que eu vou relatar agora) chegou a dizer que o processador de 64 bits do iPhone 5s era apenas uma campanha de marketing. Na realidade, contudo, sabe-se que a companhia trabalha para atingir o mesmo. Se sair na CES 2014, então, tanto melhor.

Nas outras raias dessa corrida, temos a Samsung, outra forte candidata a desenvolver o primeiro processador de 64 bits para Android (será o Galaxy S5 o primeiro a tê-lo?), e a MediaTek. Sabemos que é uma questão de tempo até que esse processador saia, a questão principal é: o que mais será desenvolvido em torno desse novo marco?

17 Compartilhado

29 Comentários

Escreva um comentário:
  • Muito drama e blábláblá pra pouca coisa.

  • Será que a Sony Xperia Z 2 vai aderir esse processador de 64- bits vai ser show
    . ???

  •   29

    Panino, Pelo jeito você não sabe absolutamente nada, A arquitetura de 64 bits vai trazer a nova tecnologia ARMV8 quê em um futuro distante vai substituir o ARMV7 de 32 bits. E sé você continuar se comportando desse jeito aqui, Você não vai durar muito, Quer dá uma de sabe tudo e no final não sabe nada.

    • Mas eu já estou durando muito cara...
      E sei que ano que vem estreia a arquitetura ARMv8 64bits no Android. Apenas não gosto desse oba oba de que tem que correr para trazer isso rápido para não ficar atrás da Apple, que vai trazer um futuro brilhante, que é uma grande inovação, e daqui 6 meses as pessoas só vão "aceitar" aparelho com CPU X-Cores 64bits 4GB de RAM tela 2K isso e aquilo outro...

      Em uma semana as pessoas leem e comentam um texto sobre o Moto X que vai contra tudo isso, reconhecem como o ideal, mas só naquela semana. Na outra, vira a página e volta a velha ladainha.

      Para algumas tarefas multimídia principalmente, alguns cálculos de páginas WEB, 64bits até ajuda, e o que mais?
      Muita coisa que registrador maior pode ajudar pode e idealmente poderia ser feito com mecanismos especializados no chip. Maioria das tarefas multimídia que se beneficiariam de registradores maiores se beneficiam muito mais sendo entregues para a GPU e DSPs.

      Em um mundo ideal uma transição de tecnolgia dessas seria algo maravilhoso, mas sabemos que não funciona assim.
      Estou mais interessado em o Google trazer de volta um administrador de permissões decente para os aplicativos, parar com a putaria de continuar com os serviços de localização ativos quando eu os desligo, parar de devassar cada detalhe da vida dos meus contatos só porque eu quero telefonar para eles, e por ai vai.

  • Esse 64 Bits só vai esquentar mais o Gadget e diminuir drasticamente a bateria --'

    Daqui a uns dias vão inventar 124 Bits depois 256 Bits ai começa a putaria *-* depois disso vou passar minhas roupas com o meu celular vou fritar ovos KKKKKKKK' a não ser que botem um cooler dentro do aparelho mesmo que seja quase inútil adiantaria muito

  • Até onde eu sei, a diferença entre processadores 32 e 64 bits está no gerenciamento de memoria, no momento isso não faz diferença, pois ainda não possui smartphones com 4gb de ram ou mais, mas acredito que em um futuro não muito distante isso vá fazer diferença sim, pois é por isso que a tecnologia sempre evolui, e quem inova com certeza sai na frente.

    • Não, também faz diferença em alguns cálculos.
      Não fosse assim, as CPUs não teriam FPU 128bits não? Porque faz diferença, em situações específicas.
      Só que isso não melhora a interface e prisão do iOS, não evita que o Google faça mudanças toscas na interface do Android...

  • E outra dalvik não é Java.

    • Tipo GNU não é Unix?
      Só sei que as VM do Android não são a melhor opção para desempenho e até ontem todo mundo odiava ein. Até o Google parece tentar se livrar disso com o compilador ART.

  • Eu não sei se é verdade mas por baseado em Linux o Android já suporta processadores 64bits, então acredito que seria bem-vindo. Acredito que funções como os recursos de movimentos do Galaxy S4 e até mesmo os de voz do Moto X poderiam ser melhorados. Processadores 64 bits fariam mais sentido, na minha opinião, nos aparelhos da Samsung por causa de sua pesada UI a TouchWiz e seus vastos recursos, principalmente a multi-tarefa, assim aumentando a memória RAM.

    • Pode ser, 64bits dá uma ajuda em cálculos multimídia, mas como quem cuida dessa parte é a GPU não sei se faria alguma diferença. O que FEZ diferença é o Google melhorar o suporte do OpenGL/ES para o sistema.
      No caso dos recursos de movimento, audio e voz, seria melhor deixar para co-processadores mais simples, é mais econômico IMO.

  • Não sei pra q tanto isso? 64bits? pra q? tela 4k? pra q? e a bateria seria q alguém poderia inventar uma bateria de alta duração!!! mais uma coisa para gastar mais bateria e diminuir ainda mais a duração...#sóacho

    • É essa a minha encrenca, continuam empurrando um monte de coisa que "não sabemos que precisamos", e ainda caímos essa besteira de ficarmos "empolgados".
      Enquanto dermos atenção vão continuar empurrando esses aparelhos caros feitos nas coxas.

  • Panino tenho que discordar de você, pois no iOS não há sentido ter um processador de 64 bit se a arquitetura dele é RISC a não ser a alocamento de RAM. Processador de 64 bit no iOS é a maior enganação do iOS. No Android tem vários caminhos e desenvolvedores independentes implantarem isso por eles mesmos. Estou no mobile é por isso que não posso dar quote em seu comentário.

    • Como lembraram acima, o kernel pelo menos do Android já é 64bits, mas e o restante? E os programas nativos, e os aplicativos de terceiros? Isso não está claro.
      O SDK inferior dele vai compilar os aplicativos em 64bits? ART vai ser padrão ao invés daquele atraso do Java VM? Quando tudo for 64bits pode até fazer diferença, até lá...

      No iOS até que faz diferença sim, porque 64bits não é só para ter mais acesso a memória não, se fosse só isso você poderia conseguir o mesmo através de extensãos em um processador 32bits.
      Fazer os cálculos em 64bits pode ser mais rápido em algumas situações, e o iPhone 5S é um pouquinho mais rápido nessas situações específicas graças a isso. Tem seus efeitos colaterais, mas o problema é que pra mim nem faz tanta diferença. É uma mudança natural apenas que não vai mudar na prática a vida de ninguém. Vai servir mais para campanhas de marketing.

      Os sistemas em geral continuam meio que mal otimizados, com interfaces toscas e arcaicas, com problemas seríssimos de segurança, mais caros do que deveriam, telas exageradas, abuso de especificações, bateria questionável, qualidade de áudio totalmente negligenciada.

      Está falando algo para realmente renovar esse mercado, e não é um conjunto de instruções que vai fazer isso.

  • não sabia que aq podia falar palavrões e coisa assim!

  • kkk

  • ele ta xingando muito no androidpit.. kk

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi