O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 34 Compartilhado 9 Comentários

Facebook é obrigado a honrar promessa de privacidade dos usuários do WhatsApp

A polêmica sobre o uso dos dados privados dos usuários do WhatsApp ganhou mais um cápitulo nesta semana. Em nota, a diretora da divisão de proteção ao consumidor da Federal Trade Comission, Jessica Rich, exige que o Facebook mantenha a promessa de utilizar os dados dos usuários do WhatsApp de maneira correta. Além disso, o órgão regulador afirma que ficará de olho nas ações das empresas para garantir que a rede social e o aplicativo de mensagens instantâneas honrem com o que foi combinado anteriormente. Mas será que Mark Zuckerberg vai resistir à tentação?

Facebook Privacy Android Data
Será que o Facebook vai conseguir manter a promessa de não bisbilhotar os dados dos usuários do WhatsApp? / © Facebook/AndroidPIT

O Facebook anunciou a aquisição do WhatsApp em fevereiro e, depois disso, os mais de 450 milhões de usuários do mensageiro passaram a questionar se o Facebook iria fazer uso indevido de seus dados. Na época, muitas promessas foram feitas e, para manter este acordo de pé, a FTC está no encalço das duas empresas, visto que recebe muitas reclamações com relação aos abusos da companhia de Zuckerberg. 

Assim, para tornar o controle da agência mais assertivo, agora a FTC chega na frente com repetidas advertências sobre o cumprimento daquilo que foi prometido para que a compra do WhatsApp pelo Facebook fosse possível. Na carta, fica bem clara a posição diretora da divisão de proteção ao consumidor:

O WhatsApp fez várias promessas sobre a natureza de dados que coleta, guarda e compartilha. Todas elas são mais restritivas do que as usadas pelo Facebook. Queremos tornar claro que é importante que, independente da aquisição, o WhatsApp siga honrando suas promessas aos consumidores.

Na declaração ainda é possível encontrar uma referência a um post no blog do WhatsApp logo após a venda da empresa, onde foi dito que "nada" vai mudar para os usuários e também cita CEO do Facebook, Mark Zuckerberg dizendo que "Nós não vamos mudar os planos referentes ao WhatsApp e a forma como ele usa os dados do usuário".

A atitude da FTC é válida, mas esta carta infelizmente não significa dar um basta à estratégia do Facebook, que comprou o WhatsApp com o objetivo claro de obter acesso aos dados dos usuários e, presumivelmente, para exibir publicidade do Facebook aos mesmos.

Porém, uma coisa é certa, não será assim tão fácil para a equipe de Zuckerberg mudar as regras do WhatsApp como foi com o Instagram. Segundo Jessica Rich, o Facebook pode fazer alterações nas políticas de privacidade do WhatsApp, mas a empresa deve obter "consentimento afirmativo" antes de fazer isso. A agência também recomenda que o Facebook forneça aos usuários do WhatsApp um mecanismo para a interrupção e o cancelamento de determinados serviços (opt-out) caso a sociedade mude as suas políticas.

Você pode conferir a carta na íntegra clicando aqui.

O que você acha da atitude da FTC? Será que o Facebook vai respeitar o que prometeu anteriormente? Deixe-nos saber sua opinião dos comentários abaixo.

Via Gigaom Fonte: FTC

34 Compartilhado

9 Comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi