CARTA ABERTA À GOOGLE E OUTROS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E ORGÃOS DE DEFESA DO CONSUMIDOR

  • Respostas:1
  • AbertoNão stickySem resposta
  • Posts no fórum: 1

27/fev/2015 17:04:19 via Web

CARTA ABERTA À GOOGLE E OUTROS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E ORGÃOS DE DEFESA DO CONSUMIDOR

São Paulo, 26 de fevereiro de 2015.

Meu nome é João Pacheco Fernandes Neto, tenho 60 anos e sou tetraplégico há 15 anos e como sequela perdi o movimento dos membros superiores e inferiores. Sou sócio da COMO IR!, loja virtual voltada às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
No início de janeiro deste ano fui à loja da Vivo no West Plaza, em São Paulo, trocar meu celular, processo nem sempre fácil, mas desta vez foi tranquilo, pois a MOTOROLA havia lançado o MOTO X 2ª Geração com Androide 4 aparelho caro, mas tinha o que eu precisava!!
Porém no início de fevereiro a GOOGLE, empresa desenvolvedora dos programas operacionais da família Androide lançou uma atualização automática deste programa, o Androide 5 e com esta atualização a opção de atendimento automático foi BLOQUEADA e até o App que eu utilizava o ATENDA O TELEFONE foi retirado do mercado.
Hoje, como após várias tentativas infrutíferas para habilitar a função de Atendimento Automático, entrei em contato com o Chat da MOTOROLA para achar uma maneira de tornar essa função possível, pois sem ela eu continuava mal atendido. Após ser redirecionado para a equipe técnica e ter a minha conexão interrompida fui transferido para outros quatro Atendentes (Peterson Neves, Susana, Gideoni Santos e Bruno Alves) que também derrubaram a conexão, me largando na mão! No fim conectou-se o Atendente Elder que tentou no início me ajudar, mesmo sem entender o que eu desejava, mas depois disse que as manobras que ele me havia ensinado no aparelho dele funcionava pena que no meu não!!! No final, como não conseguia me convencer disse que era só isso que poderia fazer!
Bom, e agora?
Como uma empresa renomada internacionalmente como a GOOGLE pode simplesmente desenvolver e lhe enfiar goela abaixo um programa que esquece totalmente das pessoas que, como eu que não conseguem digitar?
Será que nós não existimos? Será que não somos bons consumidores? Somos cidadãos de segunda classe?
Em vista desta discriminação peço à Empresa GOOGLE que resolva rapidamente esta desagradável situação e não continue na contramão da historia!

Atenciosamente,
João Pacheco Fernandes Neto