Motorola Moto G (2014) — Hardbrick Moto G2 (XT106x)

  • Respostas:8
  • AbertoNão stickySem resposta
  • Posts no fórum: 8

21/jul/2016 13:46:08 via Web

Bom dia Amigos do Fórum ANDROIDPIT!!!

Venho aqui desesperadamente pedir uma ajuda para os técnicos para os fera em tecnologia mobile!!!

Algum tempo atrás, pessoas vem cometendo Hardbrick ou Softbrick no Moto G2 2014 (XT1068 ou XT1069).

Esse Hardbrick acabou sento cometido ao fazerem um downgrade de qualquer versão acima da KitKat para a Stock KitKat 4.4.4 do Android, nesses procedimentos muitos relatam que o procedimento foi feito com sucesso, mais ao atualizar para uma versão mais recente pelo próprio Smartphone via WiFi, no meio da atualização o celular desliga e não liga mais, ficando no hardbrick.

Mais ao conectar o celular no computador ele é reconhecido, muitos já usaram vários procedimentos do Moto G1 (primeira geração 2013), mais no final da um erro, que é o famoso erro de incompatibilidade.

Consultando vários fóruns vimos que tem solução, se a Motorola liberar os arquivos MBM-CI 5.0, conseguimos dar um flash na bootloader e ressuscitar no querido Moto G2.

Caso se alguém consiga disponibilizar os arquivos, seremos muitos grato!!!

Mais olhando na internet, vimos que também existe outra possível solução que é o famoso box, gostaria de saber se alguém consegue confirmar para mim se é verdadeiro essa informação, e se conseguimos ressuscitar o Moto G2 com uma box através de técnicos que a tenha.

Tem o vídeo na Youtube mostrando que é possível, só que é americano:

Caso alguém consiga nos ajudar, tem uma galerinha louca esperando a solução neste grupo do Facebook aqui, não só como nós, mais o mundo inteiro:

Desde já agradeço!!!

— alterado em 25/jul/2016 21:59:01

  • Posts no fórum: 115

22/jul/2016 14:23:08 via Web

Se você fez downgrade para o 4.4 kitkat você jamais poderia atualizar via OTA. Sinto muito, mas seu aparelho não tem mais salvação. Só trocando a placa.

Claudio Silva Id de usuário 4690177 Moto G

  • Posts no fórum: 1.202

22/jul/2016 15:06:03 via Web

2016 e hardbrink por downgrade pro kitkat caramba meu , mas deve ter soluçao sim eu vi que o moto G 1 ja tem um programa q salva ele

Te ajudei? agradeça clicando no obrigado :D

meus aparelhos atuais

📱Smartphone: Samsung Galaxy J3 2016 J320M/DS
🌍ROM: Stock Samsung
🎯 Versão do Android: 5.1.1

📱Smartphone: Moto X ( XT1058)
🌍ROM: Stock Motorola
🎯 Versão do Android: 5.1.1

📱Smartphone: Moto G ( XT1033)
🌍ROM: RESURRECTION REMIX
🎯 Versão do Android: 7.1.1

📱Smartphone: Iphone SE
🌍ROM: Stock Apple
🎯 Versão do IOS : 11.2 Beta

  • Posts no fórum: 8

25/jul/2016 14:57:34 via Web

Claudio Silva

Se você fez downgrade para o 4.4 kitkat você jamais poderia atualizar via OTA. Sinto muito, mas seu aparelho não tem mais salvação. Só trocando a placa.

Acredito que tenha sim amigo, não pode acontece de perder a placa, muitos outros aparelhos tem hardbrick e são restaurados

— alterado em 25/jul/2016 14:59:11

  • Posts no fórum: 8

25/jul/2016 15:00:15 via Web

Franco Luiz

2016 e hardbrink por downgrade pro kitkat caramba meu , mas deve ter soluçao sim eu vi que o moto G 1 ja tem um programa q salva ele

Ja tentamos com os arquivos do Moto G1, mais não obtemos sucesso :'(

  • Posts no fórum: 8

27/jul/2016 21:06:07 via Web

Claudio Silva

Está cheio de casos na Internet, basta procurar no Google... E por esse motivo não existe um caso sequer de sucesso...

O jeito é esperar mais um pouco, caso eles não liberem, vamos para o PROCON tentar algo

  • Posts no fórum: 3

12/ago/2016 19:37:50 via Web

A Motorola poderia sim liberar os arquivos pra satisfazer a parcela frustada dos seus usuários de Moto G (2014), mas a partir do momento em que você destrava o bootloader, precisa e deve estar ciente dos riscos e problemas que isso pode trazer para o aparelho. Nesse caso, exigir os arquivos ou ir ao PROCON não adiantará muito no meu ponto de vista. O jeito é ser paciente e aguardar pelos arquivos assim como eu e meu antigo Moto G (2013), que depois de aproximadamente 1 ano e 6 meses, pude finalmente restaurar o bootloader e viver feliz novamente, ou pelo menos poderia, se a assistência técnica que consultei poucos dias antes da liberação dos arquivos não tivesse provocado um curto no meu aparelho.