Escrito por:

Galaxy S, S2 e Ace estão fora da briga judicial entre Apple e Samsung

Escrito por: Camila Rinaldi — 14/ago/2012

 

A juíza Lucy Koh, que julga o caso mais midiático dos últimos tempos, decidiu retirar os dispositivos internacionais da Samsung como o Galaxy S GT-i9000, S 2 GT-i9100 e Galaxy Ace da batalha judicial entre a Apple e a empresa sul-coreana. Com base na falta de provas que identifiquem estes dispositivos como infratores de alguma patente do iPhone, a Samsung exigiu que fossem retirados do processo, pois o mesmo corre no mercado dos EUA e não no restante do mundo.

A Samsung usou como argumento o fato de que a Apple nunca provou as razões pelas quais o Galaxy S, S 2 ou Ace deveriam estar incluídos na lista de dispositivos acusados de qualquer falta. A questão é ainda mais em baixo, já que nenhum dos aparelhos foi comecializado nem nos EUA e nem em qualquer outra subsidiária da empresa. O que a Samsung requisitou e o que a juíza Lucy Koh acatou foi que a Apple realmente não trouxe nenhuma prova contundente que justificasse manter os dispositivos internacionais como parte do julgamento e garantiu a Samsung a moção de exclusão do Galaxy S, S 2 e Ace internacionias do caso.

Vale lembrar que o processo teve início no ano passado, com a Apple acusando 20 diferentes dispositivos da Sammy de infringirem as leis de patente do iPhone. A previsão é de que o veredito seja publicado até o final deste mês. Ou seja, muita água ainda vai rolar e, além disso, existe a possibilidade de incluir multas milionárias e sanções comerciais jamais vistas antes nos EUA.

Para entender um pouco mais sobre o caso, acesse os links abaixo:

Apple queria acordo de licenciamento com Samsung em 2010

Este argumento da Apple parece ser válido

Apple: Samsung deve ser considerado culpada por vazar evidências

Estas imagens provam que a Samsung não copiou o design da Apple

O iPhone não existiria sem tecnologia da Samsung

Guerra de patentes Samsung vs. Apple. Tudo se resume a uma imagem

Imagem: apfelnews.eu

 

Fonte: The Verge

Jornalista nascida no Brasil, italiana por parte de pai, alemã por parte de mãe e cidadã do mundo por convicção. Mora em Berlim desde 2011 e vive em constante descoberta. Quer um Google Glass (que funcione) a todo o custo e espera que o problema da bateria dos smartphones seja solucionado por alguma fabricante asiática.

2 Comentários

Escreva um comentário: