O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
29 Compartilhados 4 Comentários

Governo lança projeto de banda larga gratuita para celulares e tablets

 

Há dez anos acessar um portal de notícias era muito diferente, precisava de login, senha, algumas informações só poderiam ser verificadas através de contas pagas, não se tinha muito conteúdo ou mesmo anúncios de todos os gêneros como hoje. Além disso, poucas pessoas tinham acesso à Internet. Com o avanço da tecnologia, já não sabemos como seria viver em um mundo sem a world wide web. Tudo isso serve para dizer que os tempos mudaram, segundo projeto-piloto do Governo Federal, inicia agora um novo modelo de negócios onde sites cadastrados pagam pelos acessos realizados através de smartphones e tablets. Porém, “quando o “produto” é de graça, saiba, o produto é você”!

Olhando por cima, o programa que leva o nome de “Banda Larga 0800” parece uma excelente iniciativa: todos que possuírem um dispositivo móvel poderão acessar sites predeterminados sem cobrança adicional, mesmo em planos pré-pagos. Os provedores de notícias que “fecharem” com a proposta do Governo serão livremente acessados pelo usuário quando este inserir “0800.br” em vez de “com.br” como extensão da página, como descrito abaixo:

exemplo.com.br
exemplo.0800.br

Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a população precisa ter acesso a esta importante ferramenta de comunicação que é a Internet:

“Quem seria mais beneficiado seria o pessoal de baixa renda. Mas se você pegar a classe média, que usa muito a Internet em operações em banco, em sites de compras, então essas pessoas terão interesse em usar também. É uma forma de atender melhor, de dar mais opções a quem demanda os serviços”

Primeira pergunta, quem será beneficiado será realmente “o pessoal de baixa renda”? Em um país onde a taxa tributária sobre aparelhos eletrônicos é tão alta. Quais serão os sites que pagarão os custos de acesso para que os usuários entrem em suas páginas através de dispositivos móveis? Que tipo de conteúdo será gratuito para o “pessoal de baixa renda”? Em um país como o Brasil que investe tão pouco em educação.

O acesso á informação deve ser aberto ao maior número de pessoas possível, gratuito e deve oferecer ao usuário a liberdade de escolha. Oferecer um espaço como “vitrine para sites de comércio eletrônico” não condiz com o depoimento do ministro Paulo Bernardo, mas sim com o anúncio de loteamento de sítios virtuais gerenciados pelo governo.

O que sabemos é que, até o momento, o projeto está em fase de teste por 15 dias. Para tanto, foram distribuídos 80 celulares entre residentes de Brasília, só nos resta ter acesso a esta lista para saber se “o pessoal de baixa renda” está entre os que participam dos teste. Estamos mesmo caminhando para a democratização da Internet no país ou é balela política em ano de eleição?

Imagem: bandalarga.0800.br

Fonte: Revista Veja

4 Comentários

Escreva um comentário:

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi