O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
14 Compartilhados 3 Comentários

E se a Coca-Cola proibisse a venda de Pepsi-Cola?

 

Como seria se a Microsoft fosse proibida de vender o Xbox por ser um console com um controlador semelhante ao da PlayStation da Sony? E se a Volkswagen conseguisse a proibição da venda de carros da Fiat ou se a Coca-Cola banisse a venda de Pepsi, por ser um “conceito semelhante”? Acharia, claro, que todo o mundo estava bem bobo.

Vamos continuar...
Se a Universal Music banisse a Warner Music de comercializar e distribuir música e filmes, ou se a Samsung tivesse proibido a LG de vender TVs. E se a Adidas proibisse a venda de calçado esportivo Nike por ser semelhante ao seu? E se a Rolex processasse a Swatch por também fabricar relógios? Todos estes produtos têm uma grande quantidade de semelhanças, certo?

Se a TAP proibisse os aviões da Gol de voar... Imagine se a Levi's processasse e banisse a Zara por fazer jeans semelhantes aos seus; a IRB (entidade máxima do rugby) proibir a continuação da FIFA (Federação Internacional de Futebol) por ter um esporte que começou do mesmo jeito que o seu? Não seria ridículo?

Continuando: Imaginem se Michel Teló proibisse Gusttavo Lima de cantar? Ambos são estrelas mundiais de música pop altamente lucrativas, certo? Al Pacino proibisse Robert DeNiro de atuar por também ser um ator ítalo-americano que entra em filmes de máfia. Se isso acontecesse, seria um mundo ruim para se viver, não?

E qual é o ponto de tudo isto? Estarmos gratos que as empresas possam vender TVs retangulares, que se pareçam com uma TV; que as fabricantes de automóveis possam produzir carros com linhas curvas que se pareçam com carros. Estarmos gratos que nos seja oferecida a opção de escolha entre um Nintendo, PlayStation ou Xbox (todos oferecem o mesmo conceito, com games que podem ser jogados nos 3). Estarmos gratos que existam várias gravadoras e artistas trabalhadores. Estarmos gratos por haver mais de uma opção para as coisas que gostamos na vida...

...Em outras palavras, somos gratos por nossa sociedade e negócios nao serem governadas pelo sistema de leis das patentes. Porque se governassem e, fosse permitida a existência de apenas um modelo para cada coisa incrível que existisse, a vida seria um inferno.

Por mais ridículos que estes cenários possam parecer, lembre-se do desastre que é o sistema de patentes dos Estados Unidos que, recentemente, permitiu tal estupidez ser possível. Inovação, patentes, idéias originais - tudo bem, e claro, as pessoas devem ter o direito de proteger o que criaram. Mas quando as empresas abusam do sistema de patentes porque um concorrente se tornou numa ameaça, é tempo de mudar, porque algo não está a funcionar como deveria.

3 Comentários

Escreva um comentário:
  • A guerra entre Apple e Samsung: Com certeza esses juízes que julgaram o confronto jurídico entre as duas empresas puxaram a sardinha em prol da empresa americana. As leis naturais que o homem descobre no plano físico deve ser de uso democrático para que os cientistas criem dispositivos cada vez mais inteligentes para o bem estar da humanidade. É preciso esses juízes pensarem muito bem antes de tomarem uma decisão. JCPAIANI

  • Se o advogado da Samsung fosse bom teria usado isso... Como o advogado do Samuel L. Jackson no filme "Tempo de Matar":

    "Imaginem que sua filha de 9 anos, fosse estrupada e espancada por dois homens...
    Que nunca mais poderia ter filhos...
    Que teria sequelas que jamais poderiam ser curadas...
    Que nunca mais teria uma vida saudável...
    Agora imaginem que fosse branca..."

    Um dos melhores filmes que já vi na MINHA VIDA!

  • concordo com esse comentário, que apareçam mais concorrentes, e que o mercado seja uma democracia, pois é o melhor entre os piores regimes existentes.

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi