O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 min para ler 231 Compartilhado 123 Comentários

#TBT: Minha jornada com o Android começou com um Galaxy X

Quem hoje em dia usa um smartphone Android, certamente passou por um momento de migração de plataforma. Pode ser que você tenha vindo de um iPhone ou de um BlackBerry, por exemplo, mas, cada um tem sua própria história sobre como foram os primeiros minutos usando o SO do Big G. A minha primeira jornada foi com um Samsung Galaxy X - vulgo Galaxy Nexus.

Eu queria ter alguns recursos do iPhone 7 no meu Android.
O que você acha?
50
50
1775 participantes

A volta por cima

Eu era um usuário do iOS e tinha um iPhone 3G que durou por muito tempo nas minhas mãos. O iPhone foi o responsável por me conduzir ao mundo dos smartphones, embora muitos o consideravam um verdadeiro tijolo na época. Sim, a tela de 3,5 polegadas do iPhone 3G era considerada enorme, mas, essa reputação não durou muito tempo.

Depois de curtir todos os recursos do iOS - entre a versão 2.0 e 4.0 mais precisamente - o iPhone 3G começou a ficar um pouco mais lento e desinteressante por questões de atualizações e da performance. Eu já estava muito curioso para saber como o Android funcionada, portanto, os problemas do iPhone foi a brecha que eu precisava para entrar no mundo do robô verde. Foi assim que comprei o Galaxy X.

AndroidPIT tbt galaxy nexus 6
O Galaxy X tinha 4,5 polegadas de tela  / © AndroidPIT

O upgrade digno

O Galaxy X foi lançado em novembro de 2011, e me chamava muita atenção de várias formas. Os principais motivos que faziam me sentir atraído pelo dispositivo era o hardware parrudo, a tela enorme e o tão comentado Android 4.0 Ice Cream Sandwich.

Se você comparar algumas características do Galaxy X com o iPhone 3G, entenderá rapidamente porque eu fiquei encantado pelo telefone do Big G. Dê uma olhada:

  iPhone 3G Galaxy Nexus
Tamanho da tela 3.5 inches 4.65 inches
Densidade de pixels 165 ppi 316 ppi
Processador 412 MHz ARM 11 Dual-core 1.2 GHz Cortex A9
Armazenamento 8 GB 16 GB
Memória RAM 128 MB 1 GB

Conseguiu notar as diferenças básicas entre ambos? Além das especificações, havia a questão dos sistemas operacionais. O iOS era um poço de limitações na época, visto que nem um papel de parede era possível aplicar no dispositivo nas primeiras versões do sistema.

Por outro lado, o Ice Cream Sandwich era um sistema muito completo e cheio de recursos notáveis. Aliás, me arrisco a dizer que essa versão do Android foi a primeira a conquistar os usuários pela beleza do sistema.

AndroidPIT tbt galaxy nexus 7
Galaxy X antigo, muitas memórias... / © AndroidPIT

O Galaxy X era um belo negócio

Em 2011, comprar um Galaxy X era um belo negócio. O único concorrente direto que o aparelho tinha era o Galaxy S2, que contava com um processador e câmeras melhores. O Galaxy X, por sua vez, tinha a grande vantagem de rodar o Android puro. Claro, não era o melhor celular que o dinheiro podia compra naquela época, mas, o próprio S2 foi substituído na sequência pelo Galaxy S3, enquanto meu Nexus permaneceu firme e forte.

O Galaxy X foi minha porta de entrada para o mundo Android

O Android passava por um momento de transformação naquele momento. A Play Store era chamada de Android Market. O Chrome não existia para os smartphones. Além disso, a Apple estava no topo das vendas mundiais e as brigas com a Samsung eram constantes - inclusive, a Sammy chegou ao topo em outubro daquele ano.

AndroidPIT tbt galaxy nexus 2
Parte traseira do Galaxy X / © AndroidPIT

Jornada com o software

Tive uma experiência muito interessante com o Galaxy X, principalmente com a integração que existia entre o hardware e o software. Em pouco tempo o modelo foi levado ao Android 4.1 Jelly Bean, em 2012, e foi questão de meses até que o Android 4.3 chegasse ao mesmo.

Infelizmente, o suporte para novas versões do Android foi interrompido. O modelo não recebeu o Android 4.4.4 KitKat, mas eu não fui obrigado a ficar preso no Jelly Bean para sempre.

O Galaxy X não recebeu o KitKat, mas isso não me obrigou a ficar preso no Jelly Bean

Claro que o Jelly Bean começou a ficar limitado para diversas atividades e, logo, conheci o mundo das ROMs customizadas. A CyanogenMod foi a responsável por manter meu aparelho atualizado e com uma camada extra de recursos e, além disso, a ROM melhorava significativamente o desempenho da bateria do meu Galaxy X.

AndroidPIT tbt galaxy nexus 5
Os aparelhos Nexus promovem uma experiência única/ © AndroidPIT

Na prática, isso significava que o Galaxy X poderia ter uma sobrevida que, por sinal, durou até a chegada do Android 5.0 Lollipop, só para vocês terem uma idéia. Com o smartphone que substituiu meu Galaxy X, um Moto X 2014, percebi que as animações e as exigências do sistema seriam demais para o meu Nexus, portanto, fazia sentido a falta de suporte dos desenvolvedores para essa versão do SO.

Assim, no início de 2015 minha jornada com o Galaxy X chegou ao fim. Apostei em um dispositivo melhor e com configurações mais atuais, mas, isso é papo para outro artigo.

Qual foi o seu primeiro dispositivo Android? Você também migrou de plataforma?


Throwback Thursday (#TBT), em português, seria algo como Quinta-feira de Retrocesso. Trata-se de um hashtag que se utiliza para, a cada quinta-feira, as pessoas postarem fotos, vídeos ou qualquer assuntos que tenha acontecido há algum tempo. Toda quinta-feira, você irá acompanhar aqui no AndroidPIT experiências passadas de nossos editores com smartphones, gadgets e tablets. Fique ligado!

231 Compartilhado

123 Comentários

Escreva um comentário:
  • O meu primeiro Android foi o famoso Galaxy Pocket (o mais simples, não o Plus) com o Android Gingerbread, em janeiro de 2013. No começo eu fiquei apaixonado pelas inúmeras funções que existiam no mesmo, mas com o passar dos meses vi o quão limitado ele era, apenas 289MB de RAM, sofria em apps como Facebook, até fechava sozinho.
    Após um ano e meio adquiri o Moto E1, aí senti o que é um Android puro e sem travamentos, hoje o mesmo está com a placa queimada e estou com o poderoso LG K10 que apesar da mãozinha da LG na interface (tive que baixar o Nova Laucher pra amenizar isso) estou gostando.

  • Galaxy ace duos

  • Meu primeiro Android foi o Galaxy S3 Mini (sim, entrei nesse mundo bem tarde rsrsrs). Pra mim, era o máximo, no começo, mas depois de cerca de um ano de uso, me arrependi amargamente de não ter esperado o lançamento do Moto G, pois o preço era semelhante, e o Samsung já estava com problemas sérios de lentidão e incompatibilidades. Me irritei com ele até o dia que comprei o (atual) Moto X 2 (2014), o qual, apesar de problemas com a bateria nos últimos tempos, é ainda é um ótimo aparelho em termos de performance. O S3 Mini ainda está aqui na coleção, plenamente funcional (bem lento) e com quase nenhum dano externo e a tela intacta, mesmo com a ausência do Gorilla Glass no modelo. Pretendo trocá-lo até o fim do ano por um Moto X Force, Nexus 5X ou Nexus 6P, ou até, quem sabe, por um Galaxy S7, caso ele me convença a superar meu trauma com a Samsung kkkkk.

    • espera o moto z force, ou pega o galaxy s7, pelo o q eu saiba, dps do android 6.0 a touch wiz deixou d ser tão problemática. Mas se vc tiver a sorte de viajar pra china espere o xiaomi Mi 5s

  • A minha jornada pelos Smartphones foi com um Samsung SII Lite que por sinal era muito bom até a atualização dele que destruiu o celular, diante disso, eu migrei para a Nokia com o Lumia 720 que eu amava o telefone e o SO Windows Phone, porém como o WP não tinha (tem) todos os aplicativos do Android e iOS eu comprei um moto G 2013 eu gostava muito dele, mas ele começou a travar por conta da pouca memória (8GB) e depois que ele sofreu um acidente (caiu do sofá e trincou a tela) eu acabei comprado um Galaxy J5 e estou com ele até hoje e sem problemas e depois da minha péssima experiência com o Galaxy SII Lite o meu preconceito com a Samsung acabou. kkkkk. Agora estou pensando em migrar para o iPhone para ver se eu consigo me adaptar já que eu tenho um iPad e gostei muito da interface da Apple.

  • Meu primeiro Android foi o Galaxy SII Lite. Gostava muito dele, mas depois que recebeu a atualização para o Jelly Bean, ficou lento e travando. A partir daí, fui mexendo sem cuidado, trocando kernels até achar um que ficou bom e fluido. No entanto, depois de um tempo, devido às constantes mudanças de kernel, o sistema parou de identificar corretamente a bateria e o smart passou a sempre desligar quando o nível da bateria chegava a uns 40%. No total, fiquei 2 anos e meio com ele.
    Fiquei puto com o Android, fui pro iPhone, que usei por 7 meses e fiquei puto com o iOS também. Agora estou com um Moto Maxx e, apesar de ainda estar preso ao Lollipop, estou muito satisfeito com o desempenho dele, tanto do sistema quanto da bateria.

  • o meu primeiro smartphone foi um LG P500h vulgo Optimus One.. me sentia o top.. vim de um LG daqueles de abre e fecha

  • Meu primeiro android foi um LG P350f. Quando eu comprei no inicio de 2012 me sentia o máximo, com 140MB de RAM e ROM kkkkkk

  • meu 1- foi um Galaxy 5 terrivel 2- um Samsung Star 2 . 3- um S2 Lite que ate hoje gosto desse aparelho nunca travol nunca me deixou na mão até na CyanogenMod gostei mais ainda dele , melhor ate pra jogar. depois foi só Galaxy e Moto (Motorola)

  • Também tive um galaxy nexus, embora meu primeiro android tenha sido um Motorola Milestone. O galaxy nexus trouxe na época o ice cream sandwich que unificou as interfaces das versões para celular e tablet do android e começou então a interface holo. A google começou a se preocupar mais com fluidez e design nessa época, tanto que o Matias Duarte entrou para a empresa logo antes do lançamento do ICS. O problema com o galaxy nexus é que era muito muito difícil fazer qualquer multiasking com ele, o sistema matava os apps o todo tempo (provavelmente para manter o fps) e bateria também era bem ruinzinha. Sem falar de variações de performance, animações que quebravam e câmera bem fraquinha. Não era nada demais em jogos tb. Era um bom aparelho para entusiastas de android puro mas no geral deixava a desejar.

  • Que memória RAM de 128 essa nem PC

  • primeiro android foi um atrix.... dpois o "gigante galaxy note"

  • Meu primeiro android (e smartphone) foi o galaxy s3, em 2012. Antes, passei pelo nokia 2300, lg black safira, samsung f250 (que ainda funciona normalmente) e um sony ericsson w580...
    Sonhava em ter um f210 da samsung, mesmo com aquela tela kkk

  • Meu primeiro Android foi um Sony Ericsson Xperia X10 😂 Achava ele o cara !

  • Comecei a usar internet no celular em um Sony W200 com Opera Mini, usei muito durante o periodo que abri minha empresa na internet, na sequencia passei para um LG GT350, onde foi a minha entrada no touchscreen, adorava o aparelho, pois ele tinha touchscreen e teclado físico, porém uma bela epoca ele deu problema no touchscreen, e como dependia do celular parra trabalhar quando estava dentro da escola, corri e comprei um novo, e foi ai que entrei no mundo Android com um LG P350, no inicio uma maravilha, não ficava mais preso ao EDGE, pois tinha 3G e WIFI, não precisava abrir o site do Gmail, pois recebia notificação, apps, etc, porém com o tempo começou a ficar lento e acabei descobrindo a CyanogenMod, coloquei nele junto de um overclock e rendeu mais um ano de vida. Até que no final de 2012 minha empresa começou a dar um bom crescimento e precisava de um smartphone respeitável, na epoca só ouvia o pessoal falar de iPhone e quase acabei comprando um. Meu vizinho queria um aparelho novo e fui com ele a loja para ver os modelos, ele comprou um Razr Maxx e a caminho para casa usei e acabei gostando, passei no banco mais proximo, saquei 950 e fui lá e comprei o aparelho. Depois dele tive um Moto G LTE e agora tenho um Note 3. Nenhum aparelho foi perdoado, todos passaram pelo CyanogenMod.

    • Tamo junto! Meu primeiro celular foi um W200 kkkkkk! Incrível como um celular considerado de alto padrão na época, o Razr Maxx, custava só 950 Reais, e mesmo assim era considerado caro! Os tempos mudam, e os preços também...

  • Se não me engano a ordem foi: 3320, 3100, 6101, 5200, e66, lumia 800, galaxy x, galaxy note 2.
    Sempre fui fanboy da Nokia. Gostava bastante dos aparelhos dela. O E66 foi o primeiro smart. Gostei bastante do Symbian embora tivesse algumas limitações. Com a noticia da Nokia inserindo WP nos aparelhos passei para um Lumia. Infelizmente, foi uma experiência negativa. Chegava a ser mais limitado que o Symbian. A não atualização para o WP8 foi a cá de pau pra eu sair do sistema. Passei pra Android e tô até hoje. Gosto bastante. Tenho vontade de testar o iOS, porém os preços não deixam. Quem sabe um dia.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi