O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
69 Compartilhado 79 Comentários

Opinião: o mercado de tablets vai de mal a pior!

Que as vendas de tablets estão em declínio, não é segredo. A cada trimestre, as fabricantes vem acumulando quedas significativas nas vendas destes dispositivos. Olhando para os últimos números do mercado de tablets, é evidente que a indústria de tecnologia precisa inovar caso queira reverter tal cenário.

best tablet
Os tablets tiveram uma forte ascensão, mas acabaram no limbo tecnológico nos últimos meses! / © ANDROIDPIT

À primeira vista, as vendas em 2014 até podem não parecer ruins: ao todo foram vendidos 229.600 mil tablets, representando 4,4% a mais do que no ano anterior. Porém, quando comparamos o quarto trimestre de 2014 ao quarto trimestre de 2013, houve uma perda de 3,2%. E esta não é a primeira vez que as vendas de tablets diminuem.

E antes que você pense que estes números estão associados apenas aos dispositivos móveis rodando com Android, saiba que todas as fabricantes deslizaram nesta área. A Apple teve uma queda de -17,8% entre o Q4 de 2013/2014, por exemplo. No mesmo período de um ano, a Samsung amargou -18,4%, enquanto a Amazon parece ter tido o pior desempenho da sua história, somando uma queda de -69,9% em comparação ao quarto trimestre de 2013/2014.

tablet auslieferungen jahresvergleich business insider
De acordo com a Business Insider, as fabricantes tiveram uma significativa queda nas vendas de tablets em 2014 em comparação ao mesmo período de 2013. / © Business Insider

No AndroidPIT conseguimos notar a mesma tendência de mercado. Mensalmente, o portal conta com mais de 18 milhões de visitantes únicos, e deste referencial, apenas 7% acessa o site usando um tablet. Porém, se as vendas cresceram em termos globais, por que a preocupação, certo? Errado! O último trimestre do ano é extremamente importante para a guinada nas vendas de dispositivos móveis, especialmente motivada pelas compras de Natal. Com a queda nas vendas de tablets no Q4 de 2014, uma luz vermelha se acende na indústria.

O ano de 2014 ficou marcado pelo aumento do tamanho dos smartphones. Quando olhamos para séries icônicas, como o iPhone e a linha Nexus, não nos resta dúvidas de que os celulares estão substituindo os tradicionais tablets de 7 polegadas, por exemplo. Isso vai além: com a popularização dos Ultrabooks/Chromebooks, é bastante compreensível que os tablets estejam se tornando subprodutos e que precisam ser reinventados para que você não precise carregar um smartphone, um notebook e um terceiro dispositivo na mochila.

Como reverter este quadro?

Com o segundo episódio dos contos do Game of Thrones, a bateria do meu Xperia Z2 estava sendo consumida muito rapidamente, o que me fez pensar que para determinados jogos um tablet com capacidade de rodar bons gráficos e com uma bateria acima da média seria uma excelente opção para jogadores que usam dispositivos móveis em detrimento aos consoles. O uso de tablets para gaming é uma das categorias onde as indústrias deveriam investir para incentivar o uso destes gadgets, o que já vem sendo muito bem feito pela NVIDIA, por exemplo. O SHIELD tablet combina as funções inteligentes de um tablet com o uso de um controle remoto para jogos e streaming de mídias.

lenovo YOGA Tablet 2 side finger 1
O Yoga Tab 2 Pro da Lenovo com acessórios próprios poderia ser um exemplo de tablet inovador. / © ANDROIDPIT

Outro ponto a ser levado em consideração é que, diferentemente dos smartphones, os tablets permanecem por mais tempo com os usuários; assim, trocar para um modelo mais potente e melhor pode variar de dois a três anos. Contudo, este comportamento também pode ser associado ao fato de que a indústria não inova, o que acaba refletindo diretamente no não interesse de troca do gadget pelo consumidor. Hoje em dia, se uma fabricante quiser realmente se destacar da multidão deve investir em periféricos para seus dispositivos e oferecer ao usuário a chance de integração entre smartphone e tablet, bem como uma excelente opção de substituto ao computador pessoal, que seja leve, com uma interface de uso intuitiva e que não vá deixar o usuário na mão em termos de desempenho.

Logo, para que o mercado de tablets se recupere, as fabricantes terão que investir em pesquisa e produtos de qualidade, oferecendo um excelente custo/benefício e um valor real extra em comparação aos smartphones, notebooks e outros. Caso contrário, o tablet estará, como tal, não só morto, mas também enterrado.

E aí, você utiliza um tablet? Qual uso você faz dele? Na sua opinião, o mercado nacional de tablets está comprometido, nunca alavancou ou você nota que cada vez mais pessoas estão adquirindo este tipo de dispositivo? Deixe-nos saber nos comentários abaixo.

79 Comentários

Escreva um comentário:
  • Sabe o que seria legal? Se a motorola fizesse um tablet com Android puro e com uma versão acessível com bom custo/beneficio e outra high-end. Acho que daria certo!

  • Simples: O aparelho é bom, não é o aparelho que tem que inovar e sim os "serviços" assim como está ocorrendo com os smartphones.

  • Eu acho que os tablets podem evoluir muito ainda. Aliás, acho que a google, apple, microsoft, samsung com o tizen e a mozzila com o firefox OS deveriam fazer um SO apenas para tablets, como o android 3.0 que foi desenvolvido especialmente para tablets. Ou pelo menos repaginar o SO pra telas maiores. Tablets tem um grande potencial, o meu g pad eu levo no bolso porque ele é bem compacto e aplicativos qslide e janela dupla que existem na modificaçao da lg funcionam perfeitamente no meu tablet. Mas o problema que parece crônico pelo menos no android é a multitarefa. Se eu estou jogando um jogo e alguem me manda uma mensagem no hangouts, eu preciso entrar, responder a mensagem e torcer pro jogo não reiniciar. Isso e muito ruim. Se os jogos e aplicativos pra tablets fossem projetados para fornecer um modo de janela,seria muito bom e o tablet poderia substituir de forma melhor um notebook. Se eles fossem feitos pra funcionar em segundo plano como no computador e no notebook seria melhor ainda. Eu jogo gartic e ele funciona em segundo plano. E muito legal, eu entro no jogo e se eu minimiza lo ele continua funcionando com os sons em segundo plano. se todos os aplicativos fossem assim seria muito bom. mas acho que é querer demais.

  • Tirando o tamanho, um smartphone cumpre muito bem o papel dos Tablet. Eu mesmo uso muito o meu Tablet para ler Hqs, pela tela de 10" atende bem para isso. De resto, só uso meu Note 3.

  • Na minha opinião o problema esta na inovação. Queria muito um tablet que pudesse substituir ao menos em partes meu notebook, do qual preciso levar todos os dias na mochila para trabalho.

  • Eu acho que o mercado de tablets está caindo, infelizmente está, mas eu prefiri comprar um tablet ao inves de um celular. Comprei um g pad 7.0, mesmo processador e memória do moto g, com tela HD e uma bateria de deixar muitos topos de linha no chinelo. Se eu fosse comprar um celular eu iria comprar um lumia, visto que o android é mais exigente pra processador e memória e eu tinha pouco dinheiro pra gastar em um super celular. Com isso posso garantir que eu dificilmente encontraria um celular mais potente que esse tablet por 341 reais. Um tablet tem muitos pontos melhores e que um celular, um exemplo é o custo beneficio que geralmente é melhor (principalmente em tablet apenas wifi como o meu por exemplo), quase sempre a autonomia de bateria é melhor e uma tela maior da uma comodidade a mais pra quem gosta de jogar jogos com gráficos mais bonitos, assistir videos e navegar na internet com mais comodidade. Eu escolhi um tablet porque ele facilita muito a vida de qualquer um, eu que sou estudante antes dependia do computador pra fazer essas coisas, hoje faço meus trabalhos pelo tablet, salvo em um cartao de memoria e depois só imprimo.

  • Já tive dois tablet Android, agora estou com o maravilhoso ipad mini 3, mas sinceramente vou vender ele pois eu uso o g3 bem mais que ele, para min tablet já era

  • Bom, isso é no meio caseiro, individual, pois em corporativo e educacional a tendência é aumentar, a ponto de surgir a questão fe substituição de livros por um tablet... Sou professor e hoje uso muito mais o tablet (tenho um z2 tablet, que TB tem função celular, aceitando chip 4G e TV digital) do que qualquer coisa... Até mesmo em relação ao PC, que só uso para coisas mais trabalhosas...

  • A verdade e que os tablets são muito ruim e caro quando o mercado disponibilizar um tablet com preço bom, Como o Moto E ,Moto g ai sim

    •   24

      Na verdade já existem tablets com ótimo hardware e preços bem acessíveis.

  • Olha, li as opiniões e basicamente, em maior ou menor grau, todos tem razão. A meu ver, as empresas não segmentam o produto (tablet). Elas simplesmente apresentam UM produto pronto sem diferenciais de categoria ou customização. Resultado: você escolhe marca e não produto.

  • Eu tenho um LG G pad 8.3 gosto muito dele uso pra jogos pesquisa e etc mais as empresas precisam investir mais tenho certeza de que nem o 5.0 ele vai receber .....

    •   24

      Myguel foi confirmado a atualização dele fora do Brasil, mas a porcaria da LG Brasil que esta relutando em trazer a atualização para o nosso país. Fiquei muito decepcionado com atitude da LG, iria comprar um LG G3 para minha esposa como presente por ela ter conseguido passar em um vestibular, mas depois dessa estou realmente reconsiderando em não adquirir produtos dessa marca justamente pelo descasso com o Brasil.

  • Na minha opinião o consumidor brasileiro prefere dispositivos moveis com uma tela maior, mas sem se desfazer do smartphone, com isso tentam obter phablets que possam unir uma tela maior aos recursos do smart sem deixar de lado o preço e o desempenho cabíveis ao seu bolso.

  •   28

    Culpa dos Phablets

  • Eu tenho hoje em dia um LG G Pad 8.3. Usava para jogos e tinha o WhatsApp instalado nele. Mas quando comprei um celular, ele praticamente ficou inútil pra mim. Agora só uso mesmo pra escola.

  • O mercado de tablets deveria ser focado no uso profissional.
    Usuários comuns que adquirem tablets, são aqueles que comprar um da Gradiente, por exemplo, que apresenta problemas em menos de 1 mês de uso.

    Já os tablets mais parrudos, acabam sendo focados no uso profissional, como os iPads, Surface Pro, e alguns da Samsung (são muitos modelos e variantes para citar)pois os usuários que trabalham com design, edição, tratamento de imagens, buscam a facilidade encontrada em alguns apps que possuem identidade própria para os tablets.

    Outro mercado importante, é que os pais vêem como melhor opção dar um tablet a um smartphone para uma criança. A tela maior facilita o uso, e interação dos jovenzinhos, sem contar os que são direcionados especificamente para crianças.

    Acho que as empresas que produzem tablets deveriam focar nesses dois mercados. E as desenvolvedoras de aplicativos como AutoCAD, Photoshop, Lightroom, dentre outros voltados para uso profissional, deveriam melhorar sempre suas versões exclusivas para tablets, para melhor uso do usuário final.

  • Como meu pai disse quando se desfez do tablet dele com 1 mês de uso, "é um smartphone gigante" (era um motorola de 10"), eu sinto essa mesma frustação com meu tablet um galaxy tab plus, não tenho a menor vontade de rocar, por não ver nenhuma vantagem.
    Normalmente tenho usado ele para a faculdade somente e acessar a paginas e coisas do genero, já para o motivo que eu queria, que é uso profissional (trabalho com engenharia), é um pé no saco, os aplicativos de excel sempre me deixam na mão e apanho na frente do cliente para acertar algumas coisas, sem contar que não tem um programa descente para abrir e visualizar arquivos CAD (sempre tenho problemas com o autodesk e outros não chegam nem perto de suprir, mesmo apps pagos).

  • Com o aumento da tela dos novos smartphones do mercado, o uso de tablets torna a ser totalmente desnecessário !!

  • Tenho um tablet do ano passado da Bak kkkk pra navegar e bom mas so usava pra jogar depois que comprei meu G3 ta encostado.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi