O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
11 min para ler 82 Compartilhado 280 Comentários

Moto G 2014 vs. LG L90: Android puro não se compara com skin de fabricante!

A LG anunciou o L90 no início do ano, enquanto a Motorola colocou o novo Moto G em setembro. Apesar dos cinco meses de diferença entre a chegada destes dois smartphones ao mercado, esta comparação ainda é bastante atual devido ao fato do Moto G 2014 não ter recebido tantas mudanças de hardware em relação à primeira geração. Confira a comparação entre o Moto G 2014 e o LG L90 e entenda por que a experiência com Android puro não se compara com aquela que temos com a skin de fabricante!

Eu realmente gosto de smartphones com tela grande.
O que você acha?
50
50
1203 participantes
moto g 2014 lg l90 comparacao 11
O LG L90 (esquerda) vs. Moto G 2014 (direita) / © ANDROIDPIT

Moto G 2014 vs. LG L90: Design e Tela

O Moto G 2014 oferece as mesmas linhas de design do Moto X 2014, porém usa materiais otimizados para uma linha de gama média. Assim, em vez da moldura metálica, possui um plástico esmaltado e a capa traseira plástica e removível. A grande mudança de design deste dispositivo em relação ao modelo anterior são a tela maior, que agora vem com 5 polegadas, e os alto-falantes estéreos na parte frontal. O novo mid range da Motorola ainda veio com os detalhes dos botões e proteções dos speakers em metal fosco.

moto g 2014 lg l90 comparacao 2
O Moto G 2014 (embaixo) possui a traseira curva, já o LG L90 é reto, com os cantos arredondados! / © ANDROIDPIT
moto g 2014 lg l90 comparacao 1
Tanto o Moto G 2014 (embaixo), quanto o LG L90 tem a entrada para os fones de ouvido na parte superior, bem como um microfone extra para cancelamento de ruídos. Porém, o L90 possui infra-vermelho para controle remoto. / © ANDROIDPIT

O LG L90 possui mais detalhes visuais e uma tela menor - são 4,7 polegadas - e a parte traseira também é removível. Porém, ao contrário do Moto G, a construção do L90 permite retirar a bateria e, assim, reiniciar o aparelho caso necessário ao remover a bateria ou mesmo usar uma bateria extra.

Além disso, o que realmente torna a experiência com estes dois smartphones completamente diferentes é o fato de que o Moto G 2014 possui botões virtuais, ou seja, na tela do dispositivo, e o LG L90 possui apenas botões capacitivos. O modelo que tenho em mãos para este comparativo ainda vem com o botão físico da "home", entretanto, é preciso dizer que a variante dual SIM possui 4 botões capacitivos e um deles serve de atalho para o a troca entre os dois chips.

Apesar de muitos usuários terem uma aversão aos botões capacitivos, eu realmente não me oponho a eles em certos casos. Se pegarmos de exemplo o OnePlus One, onde você possui a opção de uso dos botões como virtuais ou capacitivos, sinto que o aproveitamento da tela é melhor para entretenimento. Outra característica que me chama a atenção no LG L90 são os botões laterais. Pela minha experiência de uso com um celular, prefiro que o botão de energia e os botões de volume estejam em lados separados. Isso evita que me confunda entre ligar e desligar o aparelho e aumentar ou diminuir o volume de áudio. Neste quesito, a LG mandou bem na minha opinião em toda a linha Series LIII.

Porém, a fabricante pecou ao trazer o alto-falante na parte traseira, especialmente, porque ela é reta, e quando colocamos o smartphone sobre a mesa, o som é abafado, mesmo para os modelos brasileiros que possuem uma pequena curva no meio do speaker.

moto g 2014 lg l90 comparacao 10
A parte traseira do LG L90 (esquerda) é de plástico, assim como a do Moto G 2014 (direita). / © ANDROIDPIT
moto g 2014 lg l90 comparacao 8
Em comparação direta da parte superior do LG L60 (esquerda) com a do Moto G 2014 (direita), percebemos que enquanto a Motorola prima pela simplicidade, a LG prefere mais detalhes! / © ANDROIDPIT

No fim, em termos de projeto, a decisão é bastante subjetiva. Apesar de achar que quando um smartphone oferece botões capacitivos o aproveitamento da tela é melhor, gosto mais da pegada curva do Moto G e do design limpo do dispositivo. E mesmo comparando a versão Dual do mid range da Motorola e não a edição Colors, é bom saber que se quiser comprar um case traseiro colorido, posso trocar o design do dispositivo a qualquer momento.

Ainda com relação à tela, o Moto G possui claramente maior resolução e densidade de pixels que o L90. Além disso, o display leva a certificação Corning Gorilla Glass 3, que em outras palavras significa que o vidro é resistente a danos e arranhões.

Moto G 2014 vs. LG L90: Software

Com relação às diferenças entre software, é preciso dizer que o o Moto G 2014 oferece uma experiência com o sistema Android quase que puro. A Motorola fez a excelente opção por deixar de lado as pesadas skins que personalizam o OS das fabricantes e, com isso, assinou um compromisso com os usuários: oferecer a última versão do sistema operacional da Google para a linha Moto, mesmo para os dispositivos com entrada para 2 cartões SIM. Aliás, tanto esta escolha quanto o fato da Motorola permitir o desbloqueio do bootloader dos seus aparelhos, faz com que a comunidade de desenvolvedores consiga criar ROMs cutomizadas para o aparelho, o que torna o moto G uma opção melhor para quem deseja usar a personalização do OS ao máximo.

No caso da LG, fica um pouco mais difícil entregar os updates do OS em dia por causa da adaptação do sistema às características exclusivas da Optimus UI. Além disso, a LG ainda não oferece a opção de desbloqueio do bootloader de fábrica, isso faz com que o LG L90 não seja um dispositivo com suporte para custom ROMs como o Moto G 2014, por exemplo. Mais, a LG informou após o lançamento do LG G3 que iria adotar as novas características de design da sua UI em toda a sua linha, porém, o L90 ainda continua com o visual de seu lançamento.

moto g 2014 lg l90 comparacao ui
A UI sem características de fabricante do Moto G 2014 (esquerda): Optimus UI da LG no L90 (direita). / © ANDROIDPIT

Entretanto, apesar das vantagens de performance de um software puro, também estamos falando de um Android mais enxuto, sem aplicativos conceituados entre os dispositivos high end da fabricante, por exemplo. Enquanto a Motorola oferece recursos como o Alerta Motorola, o Migração Motorola ou o Motorola Assist e o Ajuda, a LG traz opções melhores em relação à segurança, como a função Knock code para desbloqueio do aparelho, controle remoto e o Modo Convidado, que evita surpresas quando você passar o aparelho para um conhecido. Outros detalhes da UI da LG são os aplicativos QSlide e as possibilidades que o usuário têm dentro da gaveta de aplicativos, tais como pesquisa rápida de apps e a configuração e desinstalação de qualquer aplicativo dentro da gaveta de apps.

Vale ainda dizer que, apesar da LG trazer um botão capacitivo para acesso rápido do menu de configurações dos cartões SIM e também a troca rápida entre eles, o Moto G 2014 possui uma vantagem neste sentido. O mid-range da Motorola oferece a administração inteligente dos cartões SIM, o que facilita muito para quem não quer ter que se preocupar com qual chip vai enviar a mensagem ou qual deles você vai usar para ligar para seus contatos, pois isso acontece automaticamente.

Moto G 2014 vs. LG L90: Performance

Em termos de desempenho, o novo Moto G e o L90 estão muito próximos. Ambos os aparelhos possuem a placa gráfica integrada, assim, os dois smartphones conseguem lidar bem com jogos e aplicativos que demandam um pouco mais de processamento. Tanto o processador do novo Moto G quanto o L90 possuem escala de frequência dinâmica, o que faz com que o dispositivo conserve energia e reduza o ruído quando estiver sob uma carga leve, reservando assim energia para processos que exigem melhor performance. 

Em termos de memória RAM, ambos possuem apenas 1GB, porém, quando o assunto é armazenamento interno a única diferença aqui é que o Moto G possui um modelo de 16GB também disponível no mercado. Além disso, os dois mid ranges oferecem a possibilidade de expansão da memória até 32GB.

moto g 2014 lg l90 comparacao
A tela do Moto G 2014 oferece um ângulo de visão melhor que a do LG L90. / © ANDROIDPIT

Logo, em termos de desempenho do hardware, o que pode contar positivamente para o lado do Moto G 2014 é o dato de que o software é mais leve e, por isso, pode demonstrar uma experiência mais fluida com o sistema operacional.

Moto G 2014 vs. LG L90: Especificações Técnicas

  Moto G 2014 LG L90 Dual
Sistema Operacional Android 4.4.4 KitKat (atualização garantida para Android 5.0 Lollipop) Android 4.4.2 KitKat
Tela 5 polegadas; IPS; 1080 x 720 pixels; 294 ppi

4,7 polegadas; IPS; 960 x 540 pixels; 234 ppi

Processador Qualcomm Snapdragon 400, 1,2 GHz, quad core; GPU 305 @450MHz Qualcomm Snapdragon 400, 1,2 GHz, quad core; GPU 305 @450MHz
Memória RAM 1 GB 1 GB
Armazenamento interno

Dual SIM 8GB (+ microSD até 32GB)

Dual SIM 8GB (+ microSD até 32GB)
Bateria 2.070 mAh

2.460 mAh

Câmera 8 MP (traseira), 2 MP (frontal) 8 MP (traseira), 1,3 MP (frontal)
Conectividade HSPA, Bluetooth 4.0, Wi-Fi, USB 2.0 OTG

HSPA, Bluetooth 4.0, Wi-Fi, USB 2.0

Dimensões 141.5 x 70,7 x 6.0-11.0 mm

131.6 x 66 x 9.7 mm

Peso 149 g

125 g

Preço

R$ 699,00 (Motorola)*

R$ 729,00 (Multisom - loja parceira da LG)*

*Black Friday 2014: Confira as melhores ofertas

Moto G 2014 vs. LG L90: Câmera

No que toca a questão da câmera traseira, os dois smartphones vêm com um sensor de 8MP. Já em termos de câmera frontal, o Moto G bate o L90, pois oferece um sensor de 2MP contra uma câmera de 1,3MP. Não aconselho o uso da câmera secundária para as famosas selfies, mas elas fazem um trabalho satisfatório para vídeo-chamadas.

A software da câmera da LG oferece muito mais possibilidades de forma nativa, enquanto a câmera do Moto G 2014 não oferece a chance de uso das opções avançadas, a não ser usando um aplicativo de terceiros. Na galeria de imagens abaixo, você pode ter uma ideia de como ambas as câmeras reproduzem cor e brilho. No meu teste, utilizei apenas o modo automático e a resolução máxima de ambas as câmeras. O que posso dizer é que a câmera do LG L90 entrega mais detalhes enquanto a do Moto G 2014 oferece pouca modificação dos tons de pele.

Características da câmera do Moto G 2014: HDR automático, controle de foco e exposição, vídeo em HD e câmera lenta, panorâmica, contador, geo localização, possibilidade de salvar imagens na memória expansível, captura por tecla de volume e resolução 16:9 e 4:3.

Características da câmera do LG L90: Panorâmica, disparo múltiplo, captura prévia de imagens, esporte, disparo por voz, foco manual, detecção de rosto, resolução 16:9 e 4:3, ISO, balanço de branco, temporizador, geo marcação, captura por tecla de volume, possibilidade de salvar imagens na memória expansível e captura de vídeos em FHD e HD.

Moto G 2014 vs. LG L90: Bateria

moto g 2014 lg l90 comparacao 13
Ambas as câmeras oferecem o mesmo sensor de 8MP e têm um resultado bastante similar. / © ANDROIDPIT

Apesar da quantidade de bateria do novo Moto G ser um pouco menor, os dois dispositivos podem lidar bem com a energia durante o dia. O Moto G pode entregar até 24 horas de uso e o LG L90 não fica atrás, pois ambos trazem a possibilidade de ativar o modo de economia de bateria quando a mesma estiver baixa. Porém, quando o aparelho estiver neste modo, alguns aplicativos e serviços que usam dados móveis em segundo plano serão restringidos.

Vale dizer que o tempo de carregamento do Moto G 2014 e do L90 são rápidos e estão acima da média de tempo da maioria dos smartphones de gama média que temos hoje disponíveis no varejo nacional.

Moto G 2014 vs. LG L90: Vederito final

Ambos os dispositivos são bons exemplo de smartphones de gama-média. O Moto G 2014 oferece um design melhor, melhor qualidade de tela, áudio e um software menos pesado, com garantia de atualização para as versões mais recentes do OS antes dos demais dispositivos de fabricante. Além disso, existe uma comunidade de desenvolvedores ativos para a entrega de custom ROM's para o novo Moto G. Do lado do LG L90, temos os serviços exclusivos de modelos high end da LG e uma câmera mais completa.

Quando olhamos para a entrega de processamento de dados, o mid-range da Motorola pode levar certa vantagem pelo fato do sistema operacional ser mais leve e, por isso, mais fluido. Entretanto, a entrega do processador e a autonomia da bateria são muito similares.

Com base na atualização do OS, na qualidade de áudio, no gerenciamento inteligente dos cartões SIM e no número de softwares personalizados para o Moto G 2014, ele é a melhor opção de compra deste comparativo. E você, com qual deles você ficaria e por quê? Deixe-nos saber sua opinião nos comentários abaixo.

Os comentários favoritos dos leitores

  • Camila Rinaldi
    • Admin
    • Equipe
    28/nov/2014

    Oi Marcelo Hilario, o título do post é proposital, você pode levar entender ele dos dois lados, para alguns, o Android puro é muito enxuto, e para outros ele é perfeito por ser assim. Na minha opinião, o software da Motorola é sim puro, pois as características da UI dos dispositivos da linha Moto são as mesmas que você vai achar nos Nexus, o que muda é o fato de termos o poucos aplicativos exclusivos da Motorola que, no caso do Moto G, você pode remover do aparelho se quiser e aí, você terá um software puro e adaptado para suporte para memória expansível.

    Eu entendo a sua interpretação de software puro, só não concordo com ela. E neste post, não estamos falando apenas do Moto G 2014.

  • Odilo Schmitt Neto 28/nov/2014

    Cara é o smartphone mais popular, quer o que?

    Nossa, sua comparação com o "quase" foi tão idiota que eu prefiro nem comentar! E outra, Motorola deixando o smartphone queridinho dela de lado? ahahahahah não sei que mundo você vive amigo, pode ser que seja Galaxya da Samsung pra ficar traumatizado com esse tal de esquecimento ai!

  •   35
    Marcelo_Silva 28/nov/2014

    Olha o titulo do post:
    Moto G 2014 vs. LG L90: Android puro não se compara com skin de fabricante!
    Primeiro, Moto G nao é puro e antes que venham falar "quase" nao existe, ninguem quase morre, quase ganha na mega sena, quase fica rico. Ou é ou nao é.
    Segundo, se o proprio titulo diz que nao se compara, matou o post..

    E outro post ddo Moto G? So existe esse aparelho? Ate a propria Motorola ja ta deixando ele de lado....

    Alias mais um post aberto pro pessoal perguntar sobre o lollipop do Moto G...

  • Cristiano Allan 28/nov/2014

    Cara, "quase puro" não representa mudança alguma no Android Vanilla (puro) que a Google proporciona. Motorola não mexe em nada no sistema e não adiciona nenhuma skin. Se diz "quase puro" porque a Motorola agrega ao sistema alguns aplicativos que ao contrário da maioria das outras fabricantes, não interfere na funcionalidade do sistema. Pelo contrário, agrega valor ao aparelho acrescentando funções muito úteis! O sistema é mesmo, os aplicativos e configurações pre instalados são diferentes. Satisfeito?

  • Luiz Henrique 28/nov/2014

    Marcelo você é literalmente Hilário. Não tem aba dele porque ele é QUASE puro. Quase é um advérbio de intensidade que modifica a palavra puro, portanto, aí está a sua explicação. Aula de Português às vezes ajuda ;D

280 Comentários

Escreva um comentário:
  • Boa noite a Motog esta de
    Parabem

  • Um pequeno erro na resolução do Motorola 2014, é 1280x720, que é igual a 294 ppi, e não 1080x720.

  • um defeito de está tao rápido , Zueira 😂😅

  • Ae Android puro e o krlho eu vendo celular o que chama atenção no celular e as capinha do moto g que esse celular tenm e uma merda o que eu mais tenho defeito lá na loja e esse

  •   20

    Eu já vi o L90 e tive oportunidade de mexer nele, usar algumas funções, ele tem vantagem sobre o Moto G por ter NFC mas bem que podia ser HD né, deixa resoluções mais baixas pros modelos de entrada.

    • Verdade, tem um aqui em casa, não gostei muito, mas devo conversar que tem funções bem interessantes. O que não gostei é o fato da resolução da tela, porque a tela chega a ser inferior do Moto E, já que o L90 conta com uma resolução de apenas 540x960, somando assim 234 ppi, ou seja 22 pixels a menos que a tela de 4.3 polegadas do Moto E. Não sei poque a LG tem essa pena de fazer uma tela um pouquinho melhor. Fica a dica, ta na hora das fabricantes melhorarem essas telas, pois ficar vendo pixels na tela é realidade que deveria ter sido extinta entre 2011 e 2012.

      •   20

        Pra mim o qHD (960x540) nos de entrada é aceitável, agora num intermediário, pagar 600, 700 pra ter uma tela merda? Não precisa ser uma resolução colossal, mas uns 300-330 seria aceitável.

      • Concordo, até mesmo o S Duos 2 tem uma tela com ótima densidade de pixels, são 233 (Editado) pixels para uma resolução de 800x400. Os ícones da TouchWiz são lindos, a aparência quase perfeita, pena a TouchWiz da umas travadinhas nele, já que ele tem apenas 768 de RAM.

  •   19

    Pô Pietro, pensei que o circo aqui tinha acabado e você vem reabrir o espetáculo putz...

  • Eita treta danada ... rsrs. Olha só, tem Moto G e Z Ultra GPE e os protagonistas desse filme são donos desses aparelhos, então acho que isso tudo é desnecessário.

    Para calar a boca de todos o fato é, a linha Moto é Modificada, não é pura no que se refere a compilação da ROM, no entanto, é infinitamente mais rápido e fácil lançar uma atualização para um compilação minimamente modificada do que para um TouchWiz da vida.

    Só por isso a linha Moto se sai na frente, acho que essa deve ser a visão da Motorola, e deveria ser a visão de todas as fabricantes. Ou seja, todo smart deveria ser lançado com duas Builds, uma "Quase" Pura e uma da Fabricante, dando assim a possibilidade do usuário escolher.

    Lógico que quem optasse pela Quase Pura teria mais chance de receber um update primeiro. Há e se fosse puro o Android da Linha Moto, não seria um Moto e sim um GPE, One ou Silver.

  • E por acaso o seu Sony Z Ultra é Android puro ? Tenho um Samsung S4, um Nokia Lumia 935 e agora comprei um Moto G 2014.... Não me arrependo da aquisição, é bom e barato ! Vcs. falam mal da Motorola, pioneira em aparelho celular, o primeiro celular quem inventou foi a Motorola. Uma empresa que eu admiro, pq faz aparelhos bons e com preços acessíveis . O Moto X e o Moto Maxx , custam muito menos e conseguem bater de frente com IPhone 6 e Galaxy S5. Já tive aparelhos de todas as marcas mais conhecidas e percebi que "TODAS" tem seus prós e contras. Não existe nenhum aparelho perfeito em tudo. Então, pra que gerar tanta polêmica por causa do Android "quase" puro, quando o seu aparelho não é nem puro e nem quase ?

    •   19

      Eita você faz coleção de smartphones kkkkkkk. Zuera a parte.
      Estou pensando em adquirir um Lumia por questões de segurança, vou te mandar um email, para esclarecer algumas duvidas.

    •   35

      Meu "nobre", você leu em algum dos meus comentários eu afirmando que o meu Z Ultra era puro? Não.

      Apesar de existir Z ultra com android puro.

  • É possível conectar um modem no moto g2

  •   35

    Muito bem Joao,. A base é que importa, senão todos seriam puros. Só teriam sw instalados a mais.

  • Me respondam uma coisa, vendo aqui essa definição de puro ou quase puro, se eu pegar um nexus e baixo um aplicativo de terceiros ele vai deixar de ser puro? Vai continuar sendo um nexus c Android puro, então no meu entender um app da Motorola vindo instalado não muda o Android, pq se for assim quem tiver um nexus não vai poder instalar nenhum app de terceiros pq ele iria deixar de ser puro

Mostrar todos os comentários
82 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi