O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
292 Compartilhado 99 Comentários

Review do Moto G 4G segunda geração: será que ainda vale o investimento?

O Moto G 4G de segunda geração foi lançado em janeiro de 2015, oferecendo rede LTE e uma bateria maior. Em março do mesmo ano, presenciamos o lançamento do Moto E 2015 com hardware semelhante e no início do segundo semestre, tivemos o lançamento do Moto G 2015. Será que o modelo inspirado na geração 2014 e lançado neste ano vale o investimento? Analisamos novamente o Moto G 4G 2014 e a nossa reposta você confere a seguir.

Avaliação

Prós

  • Boa duração da bateria
  • Tela satisfatória
  • Software quase puro

Contras

  • Performance pior do que a do Moto E 2015
  • Dispositivo um tanto espesso

Motorola Moto G 4G 2015 – Data de lançamento e preço

O Moto G 4G de segunda geração está disponível no Brasil desde janeiro de 2015. O dispositivo custa aproximadamente R$ 699,00 na loja oficial da Motorola e em varejistas. Confira ao final deste review uma seleção com as melhores ofertas para o Moto G 4G.

Motorola Moto G 4G 2015 – Desenho & Qualidade de Construção

Aqui, em princípio, podem valer as nossas observações quanto ao design do Moto G 2014, pois a variante 4G é exatamente o mesmo dispositivo externamente. Meses depois do primeiro lançamento, contudo, outros intermediários também foram anunciados, e caberia questionar se ainda é válido apostar no mesmo projeto.

androidpit moto g 4g lte 2015 8
A barra de metal marcando o alto-falante estéreo não é tão bonita, mas o LED de notificações é uma boa ideia. / © ANDROIDPIT

A segunda geração do Moto G 4G dispõe de tampas coloridas, de maneira que você pode personalizar a parte traseira do dispositivo. A parte traseira tem um visual simples e opaco, com as laterais em plástico brilhante.

Na lateral direita do aparelho temos os botões de volume e o de energia, e aqui acho que reguladores maiores de volume facilitariam o manuseio (especialmente se você, como eu, costuma aumentar ou diminuir o som com o celular no bolso.

androidpit moto g 4g lte 2015 2
A parte traseira opaca confere um belo aspecto ao dispositivo. / © ANDROIDPIT

A parte frontal é feita de Corning Gorilla Glass 3, com barras metálicas acima e abaixo do display IPS de 5 polegadas. O LED de notificações branco na parte frontal tem um ótimo aspecto, lembrando-nos de maneira discreta de que temos mensagens não respondidas.

As entradas de cartões SIM e micro SD encontram-se abaixo da tampa, mas a bateria do dispositivo não é removível. Isso me pareceu uma decisão um tanto estranha, pois a tampa traseira já é de toda forma removível. A versão brasileira do Moto G 4G segunda geração tem dual SIM.

androidpit moto g 4g lte 2015 7
A tampa removível dá acesso às entradas de microSD e SIM, mas a bateria é fixa. / © ANDROIDPIT

De maneira geral, o novo Moto G 4G, como o seu antecessor, apresenta uma boa aparência. Apesar disso, com o crescente número de dispositivos intermediários sendo lançados (muitos deles com belos designs), não podemos considerá-lo mais um dos mais bonitos.

Motorola Moto G 4G 2015 – Tela

O Moto G 4G segunda geração manteve a tela de 5 polegadas e resolução HD (1.280 x 720) do seu predecessor, com uma densidade de 294 pixels por polegada. Essas especificações são razoáveis para a sua faixa de preço, e o Moto G também conta com uma boa representação de cores e boa visibilidade em ângulos inclinados. Só achei que os brancos tendem bastante para a cor creme. As molduras laterais da tela são agradavelmente finas, conferindo a impressão de que o dispositivo é mais esguio.

androidpit moto g 4g lte 2015 6
A tela do Moto G 4G segunda geração tem boa representação de cores. / © ANDROIDPIT

O tamanho da tela e sua qualidade são as principais vantagens do novo Moto G 4G se comparado ao seu irmão menor, o Moto E 2015. Mesmo que a performance não seja impecável, uma boa tela faz a diferença na hora de escolher um smartphone intermediário, e este é um dos pontos fortes do novo Moto G 4G.

Motorola Moto G 4G 2015 – Software

O Moto G 4G sai de fábrica rodando com o Android Lollipop 5.0.2 atualizável para o Lollipop 5.1. A experiência proporcionada pela Motorola é muito próxima do sistema pura, sem muitas interferências visuais ou aplicativos de terceiros pré-instalados.

A Motorola já prometeu que o Moto G 4G será levado para o Android 6.0 Marshmallow, entretanto, esse update ainda está sem previsão de acontecer. O Moto G 2014, por sua vez, já está em fase de testes soak e deve receber o update final para o Marshmallow no início de 2016. 

moto g 2014 marshmallow soak test funcoes
Funções como permissões de aplicativos, Links do app e mais controle sobre o consumo da memória aparecem no Moto G 2014 como no Nexus 5X. / © ANDROIDPIT

Motorola Moto G 4G 2015 – Performance

O novo Moto G 4G vem embalado pelo mesmo Snapdragon 400 de quatro núcleos que o Moto G 2014, e também que o Moto G 2013. Isso significa que a sua performance “parou no tempo” se comparada à de seus sucessores, como o Moto E de segunda geração e o Moto G 2015.

O Lollipop 5.1 funciona bem, com alguns atrasos e engasgos ao manusear as configurações com animações mais pesadas, A segunda geração do Moto G 4G sofre um pouco com a abundância de pequenas animações trazidas pelo Android Lollipop.

androidpit moto g 2015 benchmark
A falta de melhorias no processamento do Moto G fez com que ele perdesse posições no decorrer do tempo. / © ANDROIDPIT

É preocupante que o Moto E 2015, mais barato, menor e com um upgrade de processador com relação à geração anterior, ultrapasse agora o Moto G quando o assunto é a performance. O Moto G 4G segunda geração cravou 19.000 pontos no Benchmark AnTuTu, ao passo que o Moto E 2015 fez 22.000 pontos. Isso pode ser atribuído ao Snapdragon 410 do Moto E, cujo Cortex A53 se mostra mais eficiente e potente do que o Cortex A7 do Moto G.

Testamos o jogo WWE Immortals no Moto G 4G segunda geração, o mesmo com o qual testamos o Moto E 2015. Ele rodou razoavelmente bem, e sua performance não foi pior do que no Moto E. Dessa forma, o novo Moto G 4G é adequado para um uso moderado quando o assunto são games.

Motorola Moto G 4G 2015 – Áudio

Se alguém perguntar por que existem duas faixas de metal parecidas com dois clipes gigantes na tela do seu smartphone, ao menos você pode responder que estes são os alto-falantes estéreo do Moto G 4G. Se comparados a alto-falantes estéreo de smartphones premium, os do Moto G 4G podem apresentar o som um pouco abafado, com reprodução comprometida especialmente nas notas mais altas. Contudo, alto-falantes estéreo continuam uma raridade nessa categoria de preço, e essa é uma vantagem do Moto G 4G.

A qualidade de chamada é muito boa, e os ruídos externos são pouco audíveis mesmo ligando de uma rua movimentada. Conversar pelo alto-falante também funciona razoavelmente bem.

Motorola Moto G 4G 2015 – Câmera

A câmera de 8 megapixels do Moto G 4G segunda geração não é espetacular, mas funções como o HDR compensam de certa maneira o hardware mediano. Seu sensor traseiro não é nem pior nem melhor do que esperávamos num dispositivo dessa faixa de preço, e gostamos particularmente do software da câmera, que é bastante intuitivo. Basta deslizar o dedo para cima e para baixo para regular o zoom, clicar em qualquer lugar da tela para tirar uma foto, delizar o dedo da esquerda para ver a galeria e da direita para acessar as configurações. Tudo muito prático para um uso cotidiano da câmera.

androidpit moto g 4g lte 2015 10
A câmera do Moto G 4G segunda geração não é espetacular, mas cumpre seu trabalho. / © ANDROIDPIT

 Veja abaixo a nossa galeria com o teste da câmera do Moto G 4G segunda geração:

Motorola Moto G 4G 2015 – Bateria

A principal  melhoria - além da conectividade LTE - no Moto G 4G segunda geração é a sua bateria de 2.390 mAh. Apesar de não ser um grande upgrade, contamos aqui com um dia e meio de uso moderado do aparelho. Muito se deve também às otimizações de software trazidas pelo Android Lollipop e suas funções de economia de energia. Alguns usuários, contudo, não irão gostar da bateria fixa no dispositivo.

Motorola Moto G 4G 2015 – Especificações Técnicas

    • Tipo:
    • Smartphone
    • Modelo:
    • XT1069
    • Fabricante:
    • Motorola
    • Dimensões:
    • 141,5 x 70,7 x 11 mm
    • Peso:
    • 155 g
    • Tamanho da bateria:
    • 2390 mAh
    • Tamanho da tela:
    • 5 polegadas
    • Tecnologia da tela:
    • LCD
    • Tela:
    • 1280 x 720 pixels (294 ppi)
    • Câmera frontal
    • 2 megapixels
    • Câmera traseira
    • 8 megapixels
    • Flash:
    • LED
    • Versão do Android:
    • 5.0.2 - Lollipop
    • Interface:
    • Stock Android
    • RAM:
    • 1024 MB
    • Memória interna:
    • 8 GB
      16 GB
    • Memória removível:
    • microSD
    • Chipset:
    • Qualcomm Snapdragon 400
    • Número de núcleos:
    • 4
    • Velocidade máx.
    • 1,2 GHz
    • Conectividade
    • LTE, Dual-SIM , Bluetooth 4.0

Veredito Final

O Moto G 4G ainda vale seu investimento no final de 2015? A resposta para essa pergunta é não. Temos neste dispositivo uma performance que fazia sentido em 2013, visto que o hardware da linha Moto G se manteve o mesmo num período de 2 anos. A chegada do Android 6.0 Marshmallow deve ser o último sopro de vida para o Moto G 4G, que não deve receber outro update além deste.

O investimento e a relação custo/benefício para este dispositivo é um risco, mas pode ser interessante para quem procura um modelo com conectividade 4G, bateria de boa duração e não se importa muito com questões voltadas para a performance ou atualizações de sistema. Pode-se dizer que o Moto G 4G é um modelo interessante para usuários menos avançados, que procuram por um smartphone para usar o WhatsApp e o Facebook numa tela grande e bem definida. Ainda sim, vale considerar o Moto E 2015, que está com o hardware mais atualizado.

A terceira geração do Moto G não revolucionou da forma como queríamos, o Moto G 4G então... é uma página virada.

E você, investiria num Moto G 4G para você ou como presente ainda em 2015?

 

Os comentários favoritos dos leitores

  • Anonymous 14/dez/2015

    Então se colega não sabe usar um smartphone. Pois comigo, o celular nunca ficou lento, é só saber usar e não ficar instalando várias coisas para depois ficar lento e começar a reclamar colocando culpa no celular, sendo que é o próprio usuário que não sabe usar.

  • Spike Spiegel 14/dez/2015

    Paguei R$500 num DTV ano passado e agora tô com Android M na soak rodando as mil maravilhas(Travar? O que é isso?), então pra mim ainda tá valendo muito! Meu telefone é pra usar no dia-a-dia não pra ganhar competição de benchmark! A única coisa que não dá pra fazer é jogar Asphalt 8 com gráficos no máximo, mas mesmo assim sou viciado! rsrs. O resto faço igual a qualquer outro aparelho...

99 Comentários

Escreva um comentário:
  • Com 2 Gb, esse seria um dispositivo com a melhor relação custo benefício do mercado,

  • Tenho um moto g original de 16 gb. Tem um conhecido querendo vender um deste modelo moto g 2 4g só que o mesmo quer que pague uma diferença de 300,00 na troca!!! Acham que vale a pena a negociação??? Qual valor vcs acham que deveria ser o troco na troca do meu por este mais novo???

  • Acho que ainda vale e mto o investimento, mas isso se for pra pessoas normais" não esses malucos que querem pôr o celular pra fazer de um tudo aew não rola

  • Olá! Comprei dois Moto G 2º Ger. 16GB 4G, as telas dos mesmos são diferentes, um tem o branco vivo e o outro o branco cor creme. Comprei na mesma loja na mesma hora, fiz a troca dos aparelhos alegando problemas e para surpresa, os outros dois vieram da mesma forma. me responde que envio a foto. Abraço!

  • Para os que fazem parte do grande grupo normodico, que possuem suas normase uma quantidade extra de compulsividade por celulares, é fato que sempre vai querer um modelo atualizado. Mas para anormodicos como eu, qualquer, modelo com Android 2.3 tá bom demais.

  • Muito limitado...

  • Comprei o moto G 2 4g recentemente (a grana tá curta, culpa da Dilma!). E pelos meus 2 meses de uso o ele não apresentou nem um problema, o android roda suave, e estou muito contente com ele, o único problema que eu achei nele foi a câmera traseira que não é muito boa, mas a frontal é boa. E sem contar que ele vai ser atualizado pro Android M.


    Achei ele um bom investimento!

    vai da pessoa! Quem for usuário avançado do Android não vai gostar muito :/

  • Acho que vale a pena, ainda mais para pessoas que são marinheiros de primeira viagem no mundo android.

  •   45

    Já encontrei essa versão do Moto G 2nd por R$ 500,00. Em minha opinião ele continua valendo muito a pena.

  • Tenho um XT 1069 - 3G, e não tenho o que reclamar, é um ótimo aparelho. Para aqueles que pretendem comprar nesta faixa de preço é uma boa pedida. E tudo indica que será atualizado para o Android 6.0

  • Esqueceram de dizer que o bicho esquenta virado no samurai.

  • Não se compara com o custo beneficio do Quantum GO

  • Não se compara com o custo beneficio Quantum GO

  • Já tive esse modelo e gostei muito, travava nada, e a bateria e a conexão 4G são top, essa treta de travamento é relativo, tem uns malucos que enfiam tanta tranqueira no celular que o aparelho fica parecendo "burro de quermece" rsrs, e ai reclamam do modelo, e eu solto a resposta na hora que vem me perguntar o por que do modelo num prestar, "vc deveria ter comprado um mais potente" ou pare de enfiar tanta tranqueira no celular. Detalhe esse "tipinho" de usuário nunca formata o aparelho e geralmente tem mais de um ano de uso do aparelho.

  • tá valendo comprar o Moto X2.. que custa de 100 a 200 reais a mais.. eu tenho o moto G 2014 e estou muito satisfeito com ele.

  • O RAZR HD, lá de 2012 é muito melhor que qualquer moto G de primeira, ou segunda Geração. E Digo isso tranquilo, graças a CyanogenMod. Tive um RAZR HD, e com a CyanogenMod oficial 5.1.1 (CM12.1) ele Fazia brincando 20k nesse mesmo antutu do print do moto G. Fora a qualidade né galera. Tela super amoled, bordas de alumínio, traseira em kevlar, bateria muito melhor, câmera traseira melhor, 16gbs de memoria interna, entrada para HDMI. Até os acessorios que vem com o RAZR HD são de qualidade muito superior. Acho que o RAZR HD só perde na camera frontal e nos auto falantes pro Moto G segunda geração, porque de resto ele ganha. Minha namorada tem um Moto G2 e na boa, o celular só ficou fluido depois que eu instalei o android da Cyanogen.

  • Eu gosto da tela de 5 de 1280x720p e não trocaria por uma de 4,5 960x540p com ppi menor.

    Também gosto dos alto-falantes estéreo, mesmo sabendo que nem de longe são excepcionais... (Mas me mostra um na mesma faixa de preço com som estéreo e qualidade ótima...)

    Também não trocaria câmeras (a frontal continua sendo boa para a faixa...) de 8 (com flash) e 2 megapixels por outras de 5 (sem flash) 0,3.

  • Paguei R$500 num DTV ano passado e agora tô com Android M na soak rodando as mil maravilhas(Travar? O que é isso?), então pra mim ainda tá valendo muito! Meu telefone é pra usar no dia-a-dia não pra ganhar competição de benchmark! A única coisa que não dá pra fazer é jogar Asphalt 8 com gráficos no máximo, mas mesmo assim sou viciado! rsrs. O resto faço igual a qualquer outro aparelho...

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi