O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 770 Compartilhado 203 Comentários

Motorola novamente aumenta os preços de todas as versões do Moto G no Brasil

E eis que, mais uma vez, a Motorola reajusta os preços do seu aparelho intermediário no Brasil. Estamos falando do Moto G 3ª geração. Em agosto ela aumentou os valores em 6%, o que deixou o modelo de entrada, com 1 GB de RAM e 8 GB de espaço interno, custando R$ 899,00. Agora esse mesmo aparelho está custando R$ 100 a mais, ou seja, R$ 999.

Não custa lembrar que quando o Moto G foi lançado, ainda em 2013, o aparelho chegou com uma proposta bem ousada: aumentar o padrão do segmento mid-range sem cobrar um absurdo por isso. Por dois anos consecutivos ele foi o celular com o melhor custo/benefício do mercado.

motorola moto g 2015 appdrawer
Moto G 2015 sofre segundo reajuste em menos de 3 meses / © ANDROIDPIT

Porém, nesse ano, o Moto G 2015 foi lançado no segundo semestre já custando um valor um pouco mais salgado, de R$ 849 no modelo de entrada. Mesmo sendo um excelente celular, já haviam concorrentes que entregavam a mesma experiência mas cobrando menos. Vale citar o Redmi 2, da Xiaomi e a linha Zenfone, da ASUS.

Como já mencionado, em agosto houve um reajuste de 6% que deixou o Moto G de entrada custando R$ 899. Ou seja, um aumento de R$ 50. Desta feita, o aumento foi de pouco mais de 11% e acrescentou R$ 100 a mais no valor final. Assim, o modelo de entrada do Moto G, que conta com insuficientes 1 GB de RAM e parcos 8 GB de espaço interno sai por R$ 999. Está mais caro do que a versão top de linha à época de seu lançamento. Veja a tabela comparativa com os preços:

  Lançamento Reajuste 6% Valor atual
Motorola Moto G (1 GB de RAM + 8 GB) R$ 849 R$ 899 R$ 999
Motorola Moto G (1 GB de RAM + 16 GB) R$ 899 R$ 949 R$ 1.039
Motorola Moto G (1 GB de RAM + 16 GB + DTV) R$ 959 R$ 999 R$ 1.079
Motorola Moto G (2 GB de RAM + 16 GB) R$ 979 R$ 1.029 R$ 1.129

Com isso, podemos dizer oficialmente que o Moto G não é mais o celular com o melhor custo/benefício do mercado. Como já citado, outras opções entregam mais por menos. Mas talvez isso não dure muito tempo. A Lei do Bem, que garante desoneração de impostos para celulares fabricados no Brasil e que custem até R$ 1500 será extinta em dezembro. Então, a partir de janeiro, poderemos ver o preço dos celulares saltarem mais uma vez. Nesse ritmo, eles serão medalha de ouro na modalidade salto com vara nas Olimpíadas 2016.

Na sua opinião, você ainda acha que vale a pena comprar o Moto G 2015. Se sim, por que? Em caso negativo, que outro smartphone você acha que tomou o posto de melhor custo x benefício do mercado?

Os comentários favoritos dos leitores

203 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi