O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
203 Compartilhado 77 Comentários

Review preliminar do Moto E4 Plus: a super bateria volta à linha Moto

Depois de alguns anos sem a série Moto E no Brasil, eis que a Motorola resolveu trazer a nova geração do aparelho com boas novidades. O Moto E4 Plus é um modelo que deixa as raízes básicas de lado e aposta em uma bateria grande e no visual caprichado. Tive a chance de usar o E4 Plus durante o evento de lançamento, em São Paulo, e minhas primeiras impressões são bastante positivas.

Moto E4 Plus – Data de lançamento e preço

O Moto E4 Plus foi lançado no dia 21 de junho, no Brasil, mas estreou antes disso no mercado norte-americano. Por aqui, o modelo será vendido em duas versões, o Moto E4 convencional, que custa R$849,00, e o Moto E4 Plus, por R$949,00. Todos estão disponíveis para compra nas cores azul, dourado e azul escuro, no varejo físico e online.

Moto E4 Plus – Desenho & Qualidade de Construção

O visual do Moto E4 Plus é uma mistura de vários elementos característicos da série Moto G5 e também da linha Vibe. No que diz respeito à semelhança com a série de dispositivos da Lenovo, temos o corpo feito em alumínio e tampa traseira removível, como acontece com o Vibe K5.

moto e4 cover plus
Visual frontal do Moto E4 Plus / © AndroidPIT

Apesar desta característica, no entanto, a bateria não pode ser retirada. Não temos aqui uma otimização no design, como acontece com a linha Moto Z, logo, o E4 Plus é um dispositivo consideravelmente espesso. Seu tamanho avantajado é totalmente justificável, visto que temos em seu interior uma bateria de 5.000mAh.

moto e4 plus back all review hands
Visual traseiro do Moto E4 Plus / © AndroidPIT

Outro ponto interessante aqui, devido ao tamanho maior, é que o módulo da câmera fica abaixo do limite da tampa traseira, ou seja, não é proeminente como nos Moto G5 Plus ou Moto Z2 Play.

O Moto E4 Plus tem uma pegada boa, resultado dos elementos que compõe a parte traseira e as laterais, que são basicamente policarbonato e alumínio. A Motorola oferece na parte frontal um leitor de impressão digital, que também serve para navegar pelo sistema através de gestos.

moto e4 plus button
E4 Plus tem botão biométrico e de navegação por gestos / © AndroidPIT

Moto E4 Plus – Tela

O painel LCD IPS do Moto E4 Plus tem definição HD, o que fica abaixo daquilo que é oferecido nessa mesma faixa de preço. A tela tem 5,5 polegadas e, à primeira vista, é boa. Porém, resolução menor significa maior autonomia de energia, mas, por outro lado, a exibição de conteúdos multimídia pode ser comprometida.

Não tive como comprovar isso durante o pouco tempo que estive com o aparelho em mãos, mas pretendo fazer mais testes quando o aparelho chegar na redação.

moto e4 plus front all
Tela HD do Moto E4 Plus / © AndroidPIT

Moto E4 Plus – Software

O Moto E4 Plus sai de fábrica com Android 7.1.1 Nougat e interface do usuário pouco modificada. Não existem recursos novos na central Moto. Diferente do Moto C Plus, modelo lançado no mesmo evento, o E4 Plus não conta com rádio FM ou DTV.

O Moto E4 Plus não conta com rádio FM ou DTV
moto e4 plus nougat
O Moto E4 Plus sai de fábrica com Android 7.1.1 Nougat / © AndroidPIT

Moto E4 Plus – Performance

O hardware do Moto E4 Plus não impressiona. Apesar de não estamos diante de um modelo de entrada, que fica a cargo da série C no Brasil, este intermediário custa praticamente o mesmo preço do Quantum Muv Up e do Moto G5, mas possui componentes internos menores, com exceção da bateria, claro. Tendo isso em mente, fica difícil defender o conjunto técnico do modelo.

O hardware do Moto E4 Plus não impressiona

O processador que embala este aparelho é o MediaTek MT6737, voltado para atividades básicas. A CPU tem quatro núcleos de 1.3GHz, com GPU Mali-T720 de 600 MHz. O armazenamento é de apenas 16GB, com memória RAM de 2GB. Como mencionei, o hardware não é um ponto forte do E4 Plus, ao menos no papel.
 

Moto E4 Plus – Câmera

Infelizmente, devido ao tempo limitado, não pude fazer uma real análise da câmera do Moto E4 Plus, mas a qualidade me pareceu boa. Tive a impressão de que os 13MP da câmera traseira oferecem o mesmo resultado do hardware do Moto G5.

O sensor do novo modelo tem abertura f/2.0 e tecnologia Dual Autofocus Pixel. Já o sensor frontal tem 5MP e abertura f/2.2, e acompanha ainda um flash de LED. O software da câmera é bastante simples, sem o modo profissional (manual) e com um modo embelezar para a câmera da frente.

moto e4 plus camera so
Câmera do Moto E4 Plus tem 13MP / © AndroidPIT

Moto E4 Plus – Bateria

Um dos grandes destaques do Moto E4 Plus é sua bateria de 5.000mAh, que o torna um grande concorrente do Asus Zenfone 3 Max. A Motorola não divulgou o tempo médio de duração da bateria, mas estima-se que possa entregar até dois dias completos de uso, o que pode variar dependendo do uso diário. 

moto e4 plus traseira removivel
Tampa traseira pode ser removida / © AndroidPIT

O que me chama a atenção é que, apesar de toda essa capacidade de bateria, os processadores da MediaTek não são tão populares quanto os da Qualcomm quando o assunto é eficiência de energia. Porém, apenas um teste mais demorado vai mostrar se o Moto E4 Plus será mesmo o campeão da autonomia entre os smartphones abaixo dos mil reais.

No kit do Moto E4 temos um carregador turbo de 10W. Com isso, será possível ganhar algumas horas de uso com menos de 30 minutos de carga.

Veredito preliminar

Fiquei feliz em rever um novo Moto E, ainda mais numa versão que traz alguns diferenciais bem interessantes, como uma bateria de 5.000mAh. No entanto, não gosto muito do novo design que a Motorola implementou nos seus aparelhos este ano, mas preciso dizer que o Moto E4 Plus é um modelo bastante agradável.

Minha crítica é em relação ao preço, poderia ser menor considerando o hardware. Outros modelos nessa faixa de preço colocam o E4 Plus numa situação delicada, como o Quantum Muv Up, o Galaxy J7 Prime e outros. Aliás, o modelo gera uma competição um pouco sem sentido com outro modelo da empresa, que é o Moto G5. É claro que existem diferenciais em cada modelo, mas, olhando para o valor cobrado e as especificações oferecidas, o Moto G5 é mais negócio.

Dito isso, agora quero saber o que você achou do novo Moto E4 Plus?

Os comentários favoritos dos leitores

77 Comentários

Escreva um comentário:
  • Bom para uso básico mas seria interessante se fosse 5 polegadas.

  • Pro uso básico deve servir bem, a bateria é interessante. Com a situação do Brasil, imaginei q seria caro mesmo.

  • Quando 50 reais separam um aparelho de Entrada (Moto E4 Plus) e um aparelho intermediário (Moto G5).Bem vindos a era Samlenovorola!

  • Não sei o q eh pior... uma boa bateria em configuracoes ridículas, ou a galerinha q enche o saco falando de "importação mimimi china mimimi"

    • Realmente, as pessoas ficam vendo no YT, vídeos de celulares importados e acham que é a melhor coisa no mundo. Se fosse tão perfeito importar, pra que vende smartphones no Brasil? Além do fato da assistência técnica que é outro assunto...

    • configurações ridiculas? MT6737 que roda tudo... só fanboy odiento acha ruim essa CPU, vai ver Review do LG X power e pergunte a quem tem oque eles acham...
      E eu e muitos aqui importamos nossos celulares sim pq NÃO SOMOS TROUXAS NEM FANBOY DE MARCA "BOA" ONDE TUDO É CARO E INFERIOR A IMPORTADOS

  • Muito fraco e muito caro, não vale 0,5 k, e sinceramente, tô fora!!!

  • Essa nova linha E compete com o próprio Moto G5 ( que depois de testar conclui que é um aparelho de entrada, muito diferente do G5 Plus) e entre eles, a primeiro momento, o G5 se sai na frente além de já ter um nome feito, tem um preço bastante parecido.
    Dos lançamentos, o mais interessante é o C Plus, mais pelo preço e pela fatia de atuação dele.

  • Plus só se for no preço, pq de resto e uma bomba!

  • Aparelho de entrada não deve passar dos 599. Porque o público deles, são as pessoas que não querem ou não podem gastar muito, mas que precisam de um smartphone por necessidades básicas e obrigatórias. Passou desse valor, já é intermediário. Brasil não toma jeito com esses preços absurdos, onde países de primeiro mundo vendem mais barato e capacitam os seus cidadões para almejar o tal.

    E mesmo que a maioria esmagadora, parasse para importar e deixasse de lado os produtos que chegam oficialmente aqui, os bandidos dariam um jeito de superfaturar com as taxações ou até mesmo regular a quantidade de compras por cpf ou banir os mesmos por aqui, numa tentativa de fazer com que essas empresas passem a vender de forma oficial com seus impostos que só servem para enriquecer os ricos. Acredito que nem na época medieval se pagava tantos impostos como se paga aqui no Brasil. Que estupro!

    Brasil é uma Coréia do Norte maquiada e disfarçada com fantasias carnavalescas.

  • Os zenfones, na minha opinião, já estão mais atraentes (hardware, design e preço) do que os da Lenovo.

  • Só uma pessoa muito desinformada ou otária pra comprar smartphone Samsung, Asus, Motorola, LG, Lenovo ou Sony.
    Valorize seu dinheiro! Compre mais por menos! Importe um aparelho decente! Com configurações top por preço de intermediário ou até mais baixo!
    Leeco, Xiaomi, Oppo, Huawei, ZTE, Meizu, Vivo, BLU, entre outras marcas, dão banho nessas ditas nacionais (por comercializarem oficialmente no Brasil).
    Acabei de comprar um LeMax por 399, mais 380 de taxação. 4GB de RAM, 64GB de armazenamento, tela 2K, câmera principal de 21MP e sensor da Sony.
    Com 800 reais, que aparelho você compra das marcas nacionais? Com qual especificação???

Mostrar todos os comentários
203 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi