O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
17 Compartilhados 4 Comentários

Nexus 10 - Analisamos o tablet da Google a fundo

Meu Nexus 10 de 32GB chegou na manhã de sexta-feira para substituir o meu iPad 3. Este é o plano, mas será que o tablet da Google será capaz de suprir as minhas necessidades e substituir bem o dispositivo da Apple? Minha primeira impressão foi clara: sim!

Design, acabamento, peso

O Nexus 10 é muito melhor pessoalmente do que nas fotos. Essa não é apenas a minha opinião, mas a de todos os editores do escritório da AndroidPIT, isto é, cerca de 15 pessoas. O plástico ao redor do dispositivo dá uma sensação de boa qualidade em vez de parecer fruto de uma fabricação barata como podem sugerir algumas imagens.

Apenas o fato de não sentir frio quando você toca no Nexus 10, deixa bem claro que não é só feito de alumínio. Além disso, o plástico é em si, ao contrário do iPad 3, extremamente liso. A espessura de 8,9 mm deste dispositivo faz com que caiba muito bem na mão, mas por outro lado fica difícil deslizá-lo sobre a mesa.

A parte de trás é feita de plástico de alta qualidade com um acabamento quase perfeito.

Com 603 gramas, é 50 gramas mais leve que o iPad. Pode não ter diferença quando apoiado sobre uma mesa, mas quando estamos no sofá e depois de uma hora navegando na Internet, o peso influencia. Este dispositivo é um dos tablets de 10 polegadas mais leves do mercado.

Quanto ao acabamento, não vou perder muito tempo: está perfeitamente ao nível do iPad. Nenhuma rachadura, buraco ou fenda. Da Samsung não podemos esperar outra coisa.

Os alto-falantes transmitem um som limpo e potente.

Tela e alto-falantes

A tela é uma maravilha! Nunca vi um Android tão atraente em todos os sentidos. Isso ocorre porque a resolução de 2560 x 1600, exclusiva para este tablet de 10 polegadas, garante uma visualização clara ao navegar na Internet ou ver filmes em HD.

No entanto, não encontrei uma grande diferença com o meu iPad 3 (2048 x 1536 pixels). Se você olhar para a nitidez de tela, ângulos de visão, reflexo da superficie de vidro ou brilho, ambas as telas fazer um bom trabalho.

O Nexus 10 pode ser facilmente manuseado com uma mão, sem cobrir a tela.

O que mais me incomoda sobre Nexus 10 é o quadro de largura ao redor da tela, especialmente em comparação com o iPad. De qualquer forma, isto não é um critério de exclusão. Na verdade, existe um ponto muito positivo por trás disto: você pode segurar com uma mão sem que o dedo polegar toque na tela ou interfira no ângulo de visão.

Outra vantagem é que a largura da borda deixa espaço suficiente para um par de auto-falantes que, por estarem na parte da frente, entregam diretamente o som no sentido do utilizador. O som estéreo é muito melhor do que o iPad.

A parte traseira com a câmera: Da câmera não se tem que esperar muito.

Câmera e outros equipamentos

As fotos tiradas com a câmera traseira de 5 MP são decentes. Não se pode esperar mais. Além disto, a função principal de um tablet não é tirar fotografias. Mais interessante é a câmera frontal, através da qual se pode fazer chamadas de vídeo via Skype ou outros serviços. Esta câmera oferece uma resolução de 720p e é relativamente sensível à luz. Falando claramente: o Nexus 10 tem uma das melhores câmeras frontais da categoria. A câmera FaceTime do iPad 3 tem a mesma resolução, mas capta menos luz, causando uma série de ruídos nas imagens.

Câmera frontal de iPad 3...

… e do Nexus 10.

Abaixo você confere mais detalhes sobre o dispositivo

  • CPU Dual Core Cortex A15
  • GPU quad-core Mali T604
  • 2 GB de RAM
  • Câmera traseira de 5 MP
  • Câmera frontal de 1,9 MP
  • Bateria de 9000 mAh (9 horas de vídeo/500 horas em standby)
  • Micro-USB, Micro-HDMI
  • NFC em duas unidades: uma na frente e outra atrás
  • Peso: 603 gramas
  • Dimensões: 263,9 x 177,6 x 8,9 mm
  • WLAN 802.11 b / g / n (MIMO + HT40), Bluetooth
  • Carregador magnético Pogo-pin
  • Sensores: acelerômetro, bússola, luz ambiente, giroscópio, barômetro, GPS
  • Memória: 16 ou 32 GB, sem possibilidade de expansão

Mas o que é particularmente importante, na minha opinião, é o processador Cortex A15 que é o mais moderno do tipo. Também é verdade que estará desatualizado em um ano, e foi por isso que a Google decidiu adicionar 2 GB de RAM. O tempo de inicialização do sistema é muito curto, o navegador responde muito rápido, todos os aplicativos são carregados sem problemas, até mesmo os jogos mais exigentes com gráficos 3D são desenvolvidos sem vacilo pelo Nexus 10. Creio que podemos levar o dispositivo ou o sistema ao limite.

 O Nexus 10 roda com Android 4.2, mas não a versão final. Uma das primeiras coisas que apareceram quando o dispositivo foi iniciado foi a notificação de atualização.

Sistema

Apesar de ter uma tela grande e um processador com um poder incrível, a estrela e o protagonista principal é o sistema operacional. O Android 4.2 foi feito sobre o melhor sistema operacional para tablets do planeta. Não vou entrar em detalhes, já que publicamos um artigo sobre os recursos da nova versão de Jelly Bean anteriormente.

Você pode facilmente criar um novo usuário.

Depois você pode iniciar a sessão na tela inicial.

A barra de notificação é imbatível, assim como a tela de widgets. o Android 4.2 oferece uma nova função que é mais do que suficiente para colocar o iPad de lado: a administração de contas de usuários. Em casa, usar o iPad com minha esposa sempre me incomodou por não ser possível estabelecer diferentes áreas de trabalho, que separavam todas as contas de e-mail, aplicativos, histórico de navegação... Assim, cada um tem seu próprio tablet personalizado.

Tecnicamente, esta funcionalidade é fácil de implementar, mas a Apple não encontrou uma forma de fazer isso. Um dos motivos para isso, pode estar no fato de que a Apple deseja que cada membro da família adquira o seu próprio iPad. A Apple se concentra em fornecer um hardware mais caro. Para a Google, o hardware também é importante, mas não tanto, já que ambas as empresas oferecem alguns modelos de negócios diferentes.

Do meu ponto de vista, o modelo de negócios da Google está mais voltado para os meus interesses que o modelo de negócios da Apple.

Tela principal com a barra de notificação: o Android 4.2 é o sistema operacional móvel mais avançado.

Conclusão

Há algum tempo, já sabia de tudo isso, mas, de alguma forma, não poderia deixar o meu iPad. Digamos que foi o Nexus 10, que me “libertou” de tal dependência. Tecnicamente é muito melhor do que o iPad 3 e fornece um software avançado. E o mais importante está relacionado aos serviços: o Google Play e sua biblioteca de filmes, bem como o Google Books e o Google Music. Muitos aplicativos terão de ser adaptados para o formato do tablet, estão a caminho. E esperar com o 10 Nexus nas minhas mãos é ainda melhor.

PS: Como ainda não tivemos tempo suficiente para fazer um teste de tempo de bateria, decidimos fazer um artigo extra, apenas voltado para o tema.

Imagens: as/nh, AndroidPIT

4 Comentários

Escreva um comentário:
  • Comprei o meu recentemente pelo Mercado Livre. Este é O tablet. Mto bom, estou amando ele!

  • Camila Rinaldi
    • Admin
    • Equipe
    22/nov/2012 Link para o comentário

    Então Rodrigo, o único jeito de alguém conseguir o dispositivo no Brasil é encomendando com algum amigo que vá para o exterior. Mesmo assim, existe o fato do aparelho não estar homologado no país e, o mesmo, pode ser apreendido pela PF. Alguém aqui tem outra sugestão?

  • Olá, Camila!
    Você poderia dar dicas de como nós do Brasil podemos conseguir uma belezinha dessa? Pelos reviews que vi até agora, esse parece ser o tablet que eu sempre quis ter pra mim.
    Obrigado!

  • particularmente nunca me veio aquela vontade de obter qualquer produto da apple,pois não vejo algo a mais e acho seu acabamento porco e de poucos detalhes além de sempre querer se aproveitar ao máximo das pessoas com seu egocentrismo.
    bem além deste fato tambem existe a "questão lucro" que é amplamente explorada pela apple,que para tal sempre trás inovações em seus novos produtos,mas que não se importa ao todo em suas ações,sendo que suas atualizações são feitas de produto em produto não se preocupando com os outros,pois se querer inovações terá que desembolsar mais.enquanto a google tenta a boa política do "custo desempenho" e a do "cliente em primeiro lugar".tentando explorar a capacidade máxima dos produtos,mesmo os mais baratos.
    claro ambas as empresas precisam de inovações extraordinárias,sendo elas feitas de atualização em atualização pela google (sendo que ao chegar ao produto final não traga muito espanto já que aos poucos vai se revelando a obra prima) enquanto a apple já se parece mais atrativa que para ter a atualização precisará de um novo produto com suas melhorias em estado final,Tendo assim aquele grande alvoroço.não que a google não faz o mesmo ao mostrar novos produtos,mas é que se comparar a quantidade de produtos da google com a quantidade da apple,pode-se ter a novidade em vários aparelhos enquanto a apple apenas em "alguns"

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi