O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
42 Compartilhado 24 Comentários

Nokia X: um smartphone que bate na trave!

À primeira vista, o Nokia X parece ter a função de excelente smartphone de entrada, desenvolvido para um público jovem e que tenha como o principal objetivo de uso do celular para o envio de mensagens, o acesso a redes sociais e, claro, o entretenimento. Porém, depois de passar um tempo com o dispositivo uma coisa fica bem clara, o Nokia X é o tipo de telefone que mesmo quando tem uma coisa boa, a experiência é ruim. Este é o meu review do primeiro smartphone da Microsoft rodando com um software muito parecido com o Android.

Avaliação

Prós

  • Contador de dados
  • Fácil acesso às opção para desenvolvedores
  • Dual SIM

Contras

  • Não possui aplicativos Google
  • Oferece poucos aplicativos
  • Câmera inferior
  • Baixa autonomia da bateria

Nokia X – Desenho & Qualidade de Construção

O desenho do Nokia X é bastante similar ao da família Asha, ou seja, não espere materiais mais sofisticados visto que o aparelho é um teste para ver como o público aceita a fabricante oferecendo uma nova plataforma. Assim, longe do alumínio do Lumia 925, o Nokia X possui um acabamento fosco e a tampa traseira dá a impressão de que estamos usando uma capinha protetora, no estilo das Shell, do Moto G.

Com as suas quatro polegadas de tela, o aparelho possui uma boa pegada e não é escorregadio nas mãos. O fato de você poder escolher as cores da capa traseira também me agrada, visto que a personalização do dispositivo acontece desde o hardware. Me arrisco ainda a dizer que a opção pelo plástico neste aparelho não foi ruim, pelo menos não parece barata como os celulares low-end e mid-range de empresas como a Samsung e a LG.

A entrada para os fones de ouvido está localizada na parte superior do dispositivo, o que não me agrada muito, pois os mesmos atrapalham bastante na hora de manusear o celular. Os botões de volume e de energia estão na parte direita, super acessíveis ao polegar e, na parte inferior, temos a entrada microUSB.

O logo da Nokia está localizado na parte superior da tela e também centralizado na parte de trás. Parece que a Nokia estava com um certo receio sobre alguém identificar o aparelho como Android e não associar smartphone à marca. Por fim, a câmera de 3MP fica centralizada na parte superior e o alto-falante abaixo, bem à direita. Sinceramente, se a Nokia tentou olhar para o público jovem e investiu em um celular voltado para o entretenimento, o alto-falante deveria ter sido pensado com mais carinho, pois caso você coloque o aparelho a toda capacidade de volume, a caixa treme como vara verde e a qualidade do som é completamente comprometida.

Logo abaixo da tela, existe um botão para voltar que até o momento não possui muita lógica. Pois ao acessar um website, por exemplo, depois de usar três diferentes abas, manter elas será impossível já que você voltará todas as ações para ter a tela principal.

Nokia X – Tela

A tela IPS LCD do Nokia X possui 4 polegadas e uma resolução de 800×480 pixels e até que não decepciona. O brilho é bom, mais ou menos no mesmo nível do G2 Mini ou outros smartphones de gama média. A estabilidade dos ângulos de visão é razoável, mas o contraste diminui significativamente. Assim, posso dizer que os 233 ppi de definição são suficientes para não diferenciar pixels a distâncias normais de uso.

nokiax androidpit
A qualidade da tela do Nokia X deixa smartphones de gama baixa da Samsung e da LG muito atrás! / © AndroidPIT

Confesso que não sou uma fã de telas de 4 polegadas, mas mesmo digitando ou jogando, a experiência com o "Android da Microsoft" é satisfatória, mesmo quando precisamos usar as duas mãos para realizar uma ação. O que mais me preocupa é que a resposta ao toque é lenta e, muitas vezes, se fazem necessário dois ou três toques para acessar aplicativos ou mesmo inserir conteúdo. Naaaa trave!

Nokia X – Características Especiais

Para um dispositivo de baixo custo, o Nokia X possui uma característica muito importante: a possibilidade de uso de dois chips. Ambos os cartões são microSIM e oferecem um sistema de uso bem simples. Como a grande parte dos usuários brasileiros possui dois planos, um para cada operadora para poder economizar mais no final do mês, acredito que este seja um dos recursos mais interessantes do Nokia X. Well done Microsoft!

nokiax front scrreen
Através da barra superior é possível trocar de um cartão SIM para o outro! / © AndroidPIT

Nokia X – Software

Não é a toa que tem muito gente por aí chamando o OS do Nokia X de Android, pois apesar no nome "Nokia X OS", o aparelho roda uma versão modificada do Android 4.1.x Jelly Bean. A questão aqui é que a Nokia substituiu as APIs do Google pelos APIs da Microsoft. Assim, o usuário não estará necessariamente preso à loja da Nokia, pois poderá instalar apps de terceiros ou mesmo baixar o arquivo *.apk oferecido pelos desenvolvedores, como o do WhatsApp, por exemplo.

Apesar da Microsoft bater na tecla de que é uma nova plataforma, a experiência com o dispositivo lembra mais um launcher de uma nova skin do Android no mercado do que um novo software, com a diferença de que você não baixa apps da Google Play ou possui acesso aos serviços desta empresa. Neste sentido, me lembrou a ideia dos desenvolvedores do Blackphone.

No mais, a tela inicial vem com a característica UI da Microsoft e seus blocos que podem ser movidos de acordo com o gosto do usuário. De fato, aqui, a Nokia quebra com as referências ao sistema operacional da Google. Entretanto, quando acessamos as configurações temos a impressão de voltar ao Android e existem também atalhos para configurações rápidas que são bem familiares.

Entre os destaques do software estão o Here Maps, uma espécie de Google Maps que possui navegação curva a curva e download de mapas para uso offline.

Here maps nokia x
Usando o Here Maps é possível baixar os mapas para uso offline! / © AndroidPIT

Um dos aplicativos que realmente gostei foi o MixRadio, que permite ouvir músicas gratuitamente por streaming com base nos artistas que você gosta. Este é um serviço exclusivo da Nokia e como todo stream utiliza a sua conexão, porém, os usuários podem salvar até 4 "mixes" para ouvir offline.

MixRadio Nokia X
Usando os dados de três artistas, o aplicativo cruza informações e oferece uma lista de músicas com base na discografia dos mesmos! / © AndroidPIT

Por último, mas não menos importante, temos um contador de dados, que me pareceu essencial a um aparelho low-end.

nokiax frontscreeen3
Que tal ficar ligado no uso dos dados de cada um dos seus cartões SIM de forma fácil e simples? Isso o Nokia X tem! / © AndroidPIT

A maior desvantagem para um usuário Android é a falta de integração com os serviços da Google e mesmo a infinidade de aplicativos da Play Store. Mas como você pode notar acima, existe uma loja própria com uma variedade interessante de aplicativos, tais como Skype, Facebook, Twitter, WhatsApp e também alguns jogos como o Plants vs Zombies.

Uma curiosidade

Durante o meu teste, descobri uma espécie de knock-on, aquele recurso que chegou com o LG G2. Porém, como não encontramos menção sobre tal função na página oficial do dispositivo, não sabemos se isso é um bug do aparelho ou uma característica real. Se tocarmos duas vezes em qualquer lugar do dispositivo, o display acende. Uma desvantagem é que o Nokia X desbloqueia de vez em quando no bolso, acidentalmente.

Nokia X – Performance

É preciso dizer que o desempenho do Nokia X é médio, mas nada que tenha sido uma surpresa levando em consideração o hardware do aparelho. Ele reage lentamente aos comandos, geralmente se faz necessário esperar alguns segundo para a execução das ações. Além deste atraso característico, o celular engasga e congela com uma frequência atípica.

Porém, depois que dei um HTC Desire HD para o meu irmão, rodando com Android 2.3, e recebi um feedback super positivo sobre a experiência dele com o smartphone, passei a acreditar que para o usuário primário este tipo de problema não é nem levado em consideração.

Nokia x informacao
A base do OS do Nokia X é o Android 4.1.x! / © AndroidPIT

O que realmente mata o Nokia X em termos de performance é a RAM de 512MB, que torna a execução dos dados lenta e limitada. Além disso, o smartphone possui um processador Snapdragon S4 dual-core girando a 1 GHz. O que mais me chamou a atenção é o consumo de energia, pois dependendo da ação - jogos ou reprodução de vídeos - a bateria é drenada significativamente.

Além do mais, como disse acima, apesar da Nokia/ Microsoft usar o nome Nokia X software platform, a experiência de uso é a de um Android com uma skin da Microsoft, como seria o TouchWiz, da Samsung, ou a Xperia UI, da Sony.

Nokia X – Câmera

Bom, com relação à câmera, não é novidade para os usuários de smartphones que é neste quesito que as fabricantes cortam mais os custos de fabricação do aparelho. Assim, com uma resolução de 3MP, o hardware oferece nada mais do que uma câmera frontal. Ou seja, mais uma vez a bola bateu na trave, visto que muitos dos proprietários de smartphones de nível de entrada querem ter uma câmera pelo menos satisfatória.

Se formos analisar, as imagens feitas em ambientes abertos e bem iluminados são melhores que àquelas capturadas em ambientes internos ou escuros. Porém, nada que valha a pena elogiar. Abaixo, na primeira imagem, a foto até parece que valeu o "tiro", mas quando aproximamos os detalhes, vemos que a história é bem outra (segunda imagem).

foto nokia x
À primeira vista, a imagem é satisfatória, mas quando aproximamos...! / © AndroidPIT
foto nokia x aproximada
... percebemos que a qualidade não é nem de perto aquilo que parecia ser na pequena tela do smartphone! / © AndroidPIT

A câmera possui uma resolução de 2.048 x 1.536 pixels e não possui flash. Uma das funções avançadas é a capacidade de capturar imagens em modo Panorâmico. Você também será capaz de gravar vídeos e o smartphone conta com uma galeria de imagens e uma organização das mesmas por data. 

Nokia X – Bateria

É surpreendente a baixa autonomia de bateria do Nokia X. Para se ter uma ideia, é possível drenar 75% da sua capacidade em menos de 20 minutos jogando um simple e inofensivo Danger Dash. Que fique bem claro que este não foi um teste científico, mas é o que acontece comumente quando usamos o smartphone para jogos. Assim, certifique-se de ter o carregador, que nem cabo USB oferece, junto com você para onde quer que vá.

bateria nokia x
Aqui, é possível notar perfeitamente o consumo de energia do aparelho em um curto período de tempo, quando ele sai de pouco mais de 40% para menos de 10%! (verifique os pontos em que a linha fica em vermelho). / © AndroidPIT

A Nokia traz na página com as especificações sobre o gerenciamento de energia do Nokia X as definições abaixo, mas passei cinco dias com o dipositivo e não posso confirmar tal experiência com os 1.500 mAh de bateria do aparelho.

Modo Tempo de duração
Standby 28 dias
Conversação (2G) 13,3 h
Conversação (3G) 10,5 h
Standby com dois cartões SIM 17 dias
Tocador de música ativado 26 h
Tocador de vídeo ativado 8,4 h
Navegação usando plano de dados 4,5 h
Navegação usando Wi-Fi 4,7 h

Nokia X – Especificações Técnicas

    • Tipo:
    • Smartphone
    • Modelo:
    • Ainda não disponível.
    • Fabricante:
    • Nokia
    • Dimensões:
    • 115,5 x 63 x 10,4 mm
    • Peso:
    • 128 g
    • Tamanho da bateria:
    • 1500 mAh
    • Tamanho da tela:
    • 4 polegadas
    • Tecnologia da tela:
    • LCD
    • Tela:
    • 800 x 480 pixels (170 ppi)
    • Câmera frontal
    • Ainda não disponível.
    • Câmera traseira
    • 3 megapixels
    • Flash:
    • Não disponível
    • Interface:
    • Não disponível
    • RAM:
    • 512 MB
    • Memória interna:
    • 4 GB
    • Memória removível:
    • microSD
    • Chipset:
    • Qualcomm Snapdragon S4 Play
    • Número de núcleos:
    • 2
    • Velocidade máx.
    • 1 GHz
    • Conectividade
    • HSPA, Bluetooth

Veredito Final

Como disse no início deste artigo, à primeira visto o Nokia X até agrada, mas bastam alguns dias com o dispositivo para percebermos que os estranhamentos já não são porque você está tendo contato com uma nova "skin", mas porque a experiência de uso é atrapalhada pela má performance do software em combinação com o hardware. O tão aclamado Nokia X não passa de uma tentativa de frustrar os usuários do Windows Phone que estavam abertos a ter uma experiência com Android. Para estes, aconselho a compra do Moto G, um smartphone que possui um preço bastante honesto em comparação ao que oferece.

A assessoria de imprensa da Nokia do Brasil informou que ainda não existe previsão de chegada do dispositivo ao país e muito menos um valor estimado do aparelho. Na Europa, ele será comercializado ao preço de 100 euros - aproximadamente R$ 306,00 - diga-se de passagem que o valor é um pouco mais barato que a versão de 8GB do Moto G, por exemplo.

E aí, o que você achou do Nokia X?

24 Comentários

Escreva um comentário:
  • Sinceramente, adquiri este aparelho por R$ 199,90. Obviamente o preço foi la em baixo rsrsrs. Mas enfim, por R$ 199,90 é o melhor celular que já tive! Não gosto de rodar games em celulares (nunca entendi qual o motivo de usar um celular para games... afinal, com o preço astronômico que se paga em um aparelho top, prefiro adquirir um portátil de meu gosto, como o N 3DS). Minhas únicas exigências a um celular são: What's app, Facebook (uso pouco), e um bom player de musica.
    Como dito pelo Deathdoor, a câmera está dentro do preço (ao menos o preço que eu paguei), e ainda de quebra, uma tela melhor que a do Galaxy Win (meu antigo celular), no qual paguei mais de R$ 700,00...
    Claro, é raro encontrar usuários tão pouco exigentes como eu. Para mim é o suficiente, e foi o melhor preço que encontrei no mercado!

  • Mais do que eu estava falando sobre ter "mercado" para esses aparelhos e no que a Nokia anda metida pelo mundo.
    Estudos da UNESCO sobre o impacto social e educacional dos aparelhos móveis: http://www.unesco.org/new/en/unesco/themes/icts/m4ed/mobile-learning-resources/unescomobilelearningseries/

    Celular como substituto para os livros: http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002274/227436e.pdf

  • Alguns problemas com essa análise...

    Por que o contador de dados é um pró do aparelho quando todos os outros aparelhos Android 4.0 e superiores têm esse mesmo contador?

    O botão voltar realmente é só isso? Não dá nem pra manter segurado pra outras coisas? Isso tinha que ir pra lista dos contras sem pensar muito!

    Sobre a bateria, depende de quão novo é o aparelho. São necessários alguns ciclos de recargas pra bateria funcionar corretamente, então esse pico de baixa que ocorreu pode ter sido causado por isso (é estranho). Gostaria de saber se esse teste de 20 minutos de Danger Dash pode ser refeito outra hora só pra termos certeza?

    Android é uma plataforma que qualquer um pode compilar do AOSP, os serviços Google são outra coisa (ROMs como CyanogenMod estão sempre aí pra nos lembrar disso). Se esse argumento de que não tem acesso aos apps da Google por padrão seja válido, então o oposto também não seria? Algumas pessoas que eu conheço não usam nada da Google tendo os apps do GMail, Google+, Hangouts, etc, só "pegando" espaço no telefone. E ainda foram obrigados a criar uma conta no Google+ (e acabaram criando GMail por engano) pra conseguir usar a Play Store.
    Porém, eu acho que existem sim pontos negativos no software (e no hardware, vide 01 botão voltar que faz a experiência um lixo). A Nokia transformou o "Android" em "Nokia X software platform". Ou seja, é um fork, ou seja, ele vai até rodar apps Android mas não dá pra ter 100% de certeza de que vai rodar todos (pois não passaram pela certificação apropriada). Também não há garantia de que futuras atualizações manterão a compatibilidade. E pelo que eu sei, pra essa certificação nada da Google é obrigatório (o GMS e o pacote "Google Apps" não são requisitos). Além disso fizeram isso de uma versão antiga (4.1 e/ou 4.2 de acordo com infos na internet), quando o KitKat (4.4.x) está disponível há meses e funcionaria melhor justamente em dispositivos limitados em RAM como os que a Nokia lançou.

    Vamos ver a que preço ele vai chegar aqui no Brasil né... Eu desconfio que não baterá opções como o Sony Xperia E1 e o LG Optimus L7 II no custo/benefício.

  • Eu achei um movimento interessante por parte da Nokia/Microsoft, lançar estes aparelhos, demonstra que tem uma boa visão de mercado. Jamais lançariam um aparelho high end com Android, pois o maior interesse é demarcar terreno com os Lumias e o Windows Phone, então seria contraproducente lançarem um aparelho com um dos sistemas mais famosos da atualidade e que viria a concorrer diretamente com seus melhores produtos. Claro que um celular assim poderia ser um grande sucesso, mas o foco deles, neste caso, é o Windows Phone. Já a marca Android está muito bem estabelecida, embora a maioria das pessoas sequer saiba o que quer dizer. Vejo muita gente falando "é android?" ou "tem android", mas nem sabem que se trata de um sistema operacional, ou melhor, não sabem nem o que é um sistema operacional, e isso não fará diferença, pois o aparelho barato que compraram estará usando o mesmo Android que ouviram falar e que virou uma referência. Estas pessoas querem escutar música, acessar o Facebook, Whatsapp e pouca coisa mais, e são uma grande parcela do mercado. E a esperteza deles foi mais além, pois implantaram uma interface que lembra em algumas cosias o WP, então, se esta pessoa que comprou um celular baratinho quiser dar uma subida de nível, cogitará um Lumia, e desta vez por fidelidade à marca Nokia. Claro que a pessoa poderia decidir o contrário e adquirir um Android melhor, mas aí teria que sair da "zona de conforto" e mudar de marca. Acho uma aposta até moderadamente arriscada por parte da Microsoft, podendo ser uma faca de dois gumes, mas que pode também servir como uma boa "ponte" para que o consumidor tenha curiosidade em conhecer seus aparelhos melhores. Mas isso tudo dependerá do valor do aparelho, é claro.

  • Para mim, o Nokia X é uma aberração parida pela Nokia, fruto de um estupro cometido pela Microsoft.

    • Ah, mesmo assim, mesmo que a Nokia não passasse por aquelas dificuldades todas e acabasse dividida pela Microsoft, ainda assim continuariam investindo no baixo custo, só que com sistemas próprios.
      Ela ainda requenta o Symbian em vários aparelhos, e funciona bem. Ela tinha um novo sistema de baixo custo que estava praticamente pronto e foi jogado no lixo, não me lembro do nome agora. O que era para ser o novo sistema principal, o MeeGo era extremamente leve por mais que fosse podereso, para ter uma ideia, o derivado dele, o Jolla, está funcionando com excelente desempenho até no Nexus One (o original).

      Mesmo sendo forçada a seguir as estratégias da Microsoft, só muito recentemente a Nokia começou a vender aparelhos "top" e Phablets.


      E sejamos sinceros.
      Quem está espernenando com esses aparelhos "decepcionados" por não ter o mitolígico Nokia com Android que esperavam, é porque não está satisfeito com o Android atual. Se ele tem um problema, cobrem do Google e das grandes fabricantes de aparelhos com o sistema. A Nokia e a Microsoft não tem nada a ver com isso.

      • Poderia cobrar da MS para desenvolver um OS menos enfadonho do que o WP, o coisa chata e sem recursos nativos.

      • Tem algumas deficiências sim, mas todos tem.
        Pelo menos isso parece ter sido resolvido com o 8.1 não? Demorou, mas finalmente chegou.
        Pelo menos quem eu conheço que comprou sabendo onde estava se metendo não tem muito do que reclamar atualmente.

      • O 8.1 foi liberado para "desenvolvedores" , também sou usuário do WP , tenho ele instalado em um Ativ S e olha.... Não me impressionou!!

  • Esse aparelho me lembra de uma musica da banda Engenheiros do Hawaii que fala na "obsolescência programada". Não que os outros também não sejam, nas esse aí ficou muito evidente.

    • Nem tanto assim, porque por incrível que pareça, esses aparelhos da Nokia recebem mais atualização que muitos aparelhos top por ai. Mês passado os Asha receberam mais uma atualização por exemplo, pelo menos o software não fica abandonado.

  • Eu aqui com meu s3 jogando Wild blood , Real racing 3 , modern combat , gta san andreas tudo no ultra não quero nem saber desse nokia , ah eu tinha este app mix rádio mas apaguei , portaram ele do lixo x e disponibilizaram pra download.

  • Camila, por favor, não faça análises assim.
    Primeiro de tudo, qual a proposta do dispositivo que você está testando? Ler que "descobriu ao acaso" que é possível acender a tela com dois toques na tela e "não sabe se isso é um bug" é de assustar o leitor.

    Entenda, o que a Nokia quer com essa série não é oferecer o "próximo Moto G", não faz sentido comparar ele com nenhum aparelho naquela faixa, a distância é imensa!
    Os Nokia X fazem parte das ações da Nokia de lever os smartphones para "o próximo bilhão". Ele é barato e lento? Sim, é, e essa é a intenção! Não adianta falar que o SoC é um "snapdragon rodando a 1GHz" que isso não diz nada, o Desire HD ainda tem um hardware mais potente e completo que ele! Os Nokia X usam o SoC mais miserável disponível hoje pela Qualcomm, é um dual-core A5, deve ser equivalente no máximo a um A7 de digamos, 1.5GHz, é fraco assim. E a GPU é uma Adreno 203, uma melhoria do jurássico Adreno 200 de tantos anos atrás. Todo o restante da construção desse aparelho segue essa linha de usar as peças mais miseráveis possíveis, o que só se salva por ser da Nokia. Por isso mesmo a câmera com 3mpx ainda consegue resultados satisfatórios. Se ampliar é possível ver que a qualidade é baixa? Mais é claro mulher!

    Esse aparelho é todo feito para ser o mais acessível possível, para dar acesso a internet e redes sociais de forma simples, para melhorar a comunicação de que não tem acesso a algo mais que um Nokia tijolinho mesmo nos dias de hoje. Esses aparelhos são vendidos em várias partes pobres do mundo em parceria com operadoras para dar acesso a internet e servições bancários por exemplo. Em muitos locais esses telefones simples são até mesmo uma ferramente essencial de negócios.

    Vide >link editado<

    Por isso criticar que o sistema não ter os serviços do Google é errado e injusto, porque ele foi criado justamente para eliminar esses serviços! Tudo que você precisa está lá, apenas fornecido por outra empresa. Não atoa o sistema é um "fork" do Android. Por acaso o Fire OS da Amazon é ruim porque não tem os serviços do Google? É uma proposta totalmente diferente que foi totalmente ignorada aqi.Eu pessoalmente até fiquei surpreso com o desempenho dessa linha Nokia X (tem também o X+ com 758MB de RAM e o XL com tela de 5" e câmera de 5mpx), devido a proposta tão humilde.
    A Nokia acabou fazendo esses aparelhos com esse sistema porque é barato e porque pode tirar vantagem da compatibilidade do sistema com os aplicativos regulares do Android. Mais de 90% (ou mais roda sem problemas, todos os outros podem ser adaptados em minutos). E além disso, cada pessoal que tiver um Nokia hoje é uma pessoa que pode comprar outro Nokia amanhã, é uma forma de competir com a enxurrada de Androids baratos e ainda acostumar com a identidade visual do Windows Phone.

    Os Nokia X são bons?
    Não sei, sim e não, depdende das suas expectativas e necessidades. Pelo preço vale a pena só por ter acesso a alguns aplicativos exclusivos da Nokia, mas iss é pessoal. Todavia, se você decide comprar algo tão barato é porque precisa de pouco, e necesse caso ele pode ser suficiente. Se quiser algo um pouco melhor tem o Lumia 520 um pouco mais caro. Se quiser algo um pouco melhor ainda, tem o Moto G um pouco mais caro, e assim por diante.

    • Concordo com vc que ele é pensado para ser barato. Mas na verdade se olharmos ao fundo, veremos que no Brasil ele custaria o mesmo que celulares como o Lumia 520 e mais caro do que muitos Android de baixo custo. A câmera é realmente justa, mas o que custa colocar os apps da google (eles fazem falta). Sobre tudo a bateria me assustou, não imaginava q poderia ser tão ruim.

      • O SoC não tem poder de processamento suficiente para jogos, então vai torrar a bateria mesmo, não tem jeito.

        O preço dele deve ficar pelo mesmo patamar do Asha 501, isso se os lojistas não forem "ispertos". Ele só vem para cá porque ainda tem mercado para aparelhos super baratos. Mas para chegar nas mãos do público alvo a Nokia precisa fazer alguma campanha de marketing, pareceria com o poder público, ou algo assim para mostrar "Olha aqui um aparelho razoável para você que NÃO pode pagar. Acessa o feice!".

    • Ótimo argumento.

    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      16/abr/2014 Link para o comentário

      Olá Deathdoor, já estava sentindo falta dos comentários. Em primeiro lugar, minhas análises serão sempre em cima da minha experiência com o aparelho e eu não vou dizer que os usuários devem comprar um aparelho que não ofereça o mínimo de uso exigido dentro daquilo que eu acredito ser razoável. Me dizer que uma empresa bilionária como a Microsoft pode fabricar este tipo de dispositivo que ainda não teve preço definido no Brasil para chegar ao próximo bilhão é alimentar a cultura de "melhor ter algo ruim que não ter nada". Me desculpe, não é assim que eu penso, especialmente porque todos os dias existem usuários que não entendem os motivos pelos quais o celular de 512MB de RAM não possui mais espaço para computação de dados, porque não acessa mais os aplicativos como antes por falta de memória flash ou mesmo as teorias de que a bateria do aparelho deve estar descalibrada porque não dura mais que meio dia de uso. Eles não entendem porque não podem acessar os aplicativos da Google se o vendedor disse que o aparelho roda aplicativos do Android.

      O sistema operacional Android é desenvolvido pela Google, os usuários associam a plataforma diretamente à Google, não acredito ser injusto dizer para estes usuários que eles não terão acesso aos aplicativos desenvolvidos por ela e terão que usar o Outlook, o Opera, o OneDrive... usuários acostumados a usar o YouTube terão que acessar o navegador para isso.

      Assim, quando vejo uma empresa como a Microsoft colocando um aparelho como o Nokia X no mercado não me deparo mais com a ideia de "inclusão" ou "facilidade de acesso" a um serviço, pelo contrário vejo uma companhia querendo tirar proveito do usuário. E sim, vou sempre indicar como alternativa um dispositivo que eu conheço, que eu uso e que sei que não vai deixar um usuário na mão pelos próximos 3 ou 4 anos. Pois pode não parecer, mas para muita gente investir 400 reais em um dispositivo é uma grande decisão e, na minha opinião, o Nokia X não é uma opção aqui.

      • Claro que você vai dizer o que você achou da experiência Camila, isso está certo. Porém, por mais que eu seja muito, muito chato, sempre que o assunto se trata da Nokia, nesse caso, você está um bocado equivocada.

        O Android é desenvolvido pelo Google, sim, mas não somente por essa empresa. Tem um consórcio de empresas que participa do desenvolvimento do sistema. Sistema Android é uma coisa, Plataforma Google é outra. O que é do Google é o Android mais os serviços Google Play. Ninguém que queira usar o Android para fins próprios é obrigado a usar os serviços Google Play, pelo contrário. A Nokia, e não a Microsoft, pegou apenas o núcleo Android para fazer suas própria versão do sistema, com seus serviços e soluções no lugar dos Google Play.
        É absolutamente errado dizer que quem pensa no Android automaticamente vai pensar no Google, vai sentir falta dos serviços do Google embarcados, e isso é um "defeito". Isso é pensamento de consumidor leigo e desinformado, fosse eu e você apenas consumidores leigos tudo bem, mas estamos aqui na internet, discutindo tecnologia, insistir nisso é ser conivente com a própria ignorância.
        Nokia X não é só e somente um Android baratinho, ele não é e não é vendido assim. Apesar dele ter compatibilidade com os produtos do Google também... como o Fire OS, como o Color OS, Flyme OS, como o Jolla...

        O problema maior dessa empreitada é de propaganda.
        A Nokia e a Microsoft tem que deixar mais claro para o público do que se trata o aparelho e a plataforma para evitar essas confusões. E sim, é completamente justo um aparelho barato com pouca memória e desempenho. Ninguém tem culpa de alguém comprar um telefone por R$200 e não entender porque aquele joguinho roda mal. Aqui no meu trabalho mês passado um colega pagou R$400 (QUATROCENTOSREAIS) por uma réplica extremamente mal feita de iPhone 4S, um dumbphone, um dumbphone ruim, e ainda achou que fez um ótimo negócio porque se é caro é bom. Semana passada comprou um Motorola com teclado físico de anos atrás, com Motoblur ainda, e acha que fez um excelente negócio porque ele custou o dobro do Moto G que recomendei porque se custa caro é bom.
        Só que nem todo idiota tem dinheiro para desperdiçar assim, a maioria das pessoas não precisa de um aparelho caro que faça tudo da melhor forma possível, vide exemplo desse idiota que só usa chat do facebook. Você não precisa de um aparelho de R$800 para bater papo, e pode fazer muito mais com um celular na mão. Você mora na Alemanha pelo que parece, para você pode não fazer sentido, até para muita gente aqui no Brasil pode não fazer sentido, mas para muita gente faz muito sentido sim um smartphone mais ou menos desde que seja barato, e não é para ser usado para perder tempo com jogos. Dou exemplo do meu pai, que precisava de um celular para usar um aparelho leitor de cartão de crédito, para ganhar dinheiro, mas não tinha o dinheiro para comprar o celular... tinha aqui em casa um telefone antigão, parado, de anos e anos atrás, ainda mais mediocre que esse Nokia X, nem ligava mais. Dei um jeito de recuperar ele porque o leitor de cartão funciona nele e está felizão, porque não teve que gastar o dinheiro que não tinha para comprar um celular para poder ganhar mais dinheiro, e como nunca teve essas coisas para ele tudo funciona bem, tudo que ele precisa usar funciona muita bem. Pode ler os emails da rua, pode usar os programas de troca de mensagens a qualquer momento, pode acessar o site dele sempre que precisar e o aparelho não deixa na mão. É para esse tipo de consumidor que o Nokia X é direcionado. Em muitos mercados os Asha anteriores vendem muito bem, porque atendem a necessidade daqueles consumidores! São aparelhos que atendem as necessidades de consumidores necessitados!

        Existe um discurso que parece dizer que a Nokia faz errado em fabricar esses aparelhos baratos, como ela não estivesse ao mesmo tempo lançando cada vez mais Lumia, incluindo High-Ends com configurações a par da concorrência. Ela está atendendo a todos os públicos, Samsung e LG investem forte nesse mercado de aparelhos baratos, entraram ali tomando a fatia de mercado da Nokia e ela está reagindo para tomar de volta, com aparelhos de qualidade para o que propõem e o diferencial da Nokia qe não se trata apenas do nome.

        E como disse, a Nokia não apenas faz esses aparelhos e joga no mercado de qualquer jeito. Ela faz muitas parcerias com as operadoras e comunidades de desenvolvedores locais, para além do preço oferecer soluções. Não é essa a verdadeira beleza e elegância da tecnologia, segundo alguns? Não é executar o último jogo benchmark em 2K a 60fps, não é solucionar problemas inexistentes e imaginários, com recursos desproporcionais e exagerados, é fazer mais por menos, é realmente fazer algo de verdade ali no mundo pelas pessoas. A Nokia ainda não abandonou o slogan "Conectando Pessoas", é isso que ela está fazendo, mas como são pessoas que ainda não estão conectadas, a maioria não vê.


        E como eu disso, quando o assunto se trata da Nokia eu sou chato, muito chato.
        Desculpe.

      • Cara, não adianta dar qualquer coisa às pessoas, pois desse jeito elas não vão poder usar direito as funções de um smartphone.

      • Quais funções? Se for se manter conectado, em redes sociais principalmente, trocar mensagens, consumo de mídia simples (músicas/áudio em geral), e alguns programas essenciais ele atende muito bem sim. Por aqui tem um Nokia E63 que ainda funciona e dá para fazer praticamente tudo isso ainda.
        Se for para resolver problemas e necessidades que não temos, então talvez sim, ele não sirva.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi