O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
9 Compartilhados 3 Comentários

Os reais motivos pelos quais a HTC saiu do Brasil

De acordo com a Revista Exame, a HTC encerrou o trimestre com queda de 57.8% no lucro. A fabricante taiwanesa de smartphones obteve um lucro líquido de US$ 247 milhões em comparação aos US$ 585 milhões do mesmo período do ano passado. Este não parece o melhor ano para a HTC, já que em Junho deste ano a empresa anunciou o fim dos trabalhos no mercado brasileiro, bem como, em Julho, fechou as portas do escritório em Seul, na Coreia do Sul. Também em Junho, durante a apresentação da nova estratégia de negócios, uma equipe de planejamento da HTC informou que a empresa não iria mais desenvolver aparelhos de baixo custo, iria focar o trabalho na qualidade, para oferecer melhor experiência aos usuários. Ok, porém, ao que tudo indica, a verdadeira razão para tudo isso é que a HTC está falindo. Será? Continue lendo a matéria e descubra como cheguei a esta conclusão.

Antes de anunciar a saída da empresa do mercado brasileiro, a HTC representava apenas 0.11% da cota de mercado de dispositivos móveis no Brasil. Segundo o assessor de imprensa com quem falamos na época, a decisão foi tomada “após uma análise das linhas de produtos da HTC no Brasil”. Não é de se surpreender que uma empresa com uma participação de 0.11% em um mercado como o brasileiro tenha pedido arrego. A questão é que a HTC pediu por isso. Desde que parou de produzir localmente, a taiwanesa foi perdendo espaço e, ao contrário do que a empresa alega quando diz que agora é que vai se focar na fabricação de aparelhos High-end, os celulares comercializados no Brasil não competiam com os da Samsung, LG e Sony porque eram vendidos a altos preços. Eis o primeiro fato que me leva a crer que a HTC está falindo: a empresa não possui uma estratégia de mercado, pois como faria frente à concorrência oferecendo menos por mais.

Outra razão que explica o 0.11% é a falta de investimento em marketing. A popularidade da marca com o público brasileiro era baixa, bem como o orçamento para campanhas publicitárias. Tudo isso gerou o que podemos ver nos dados da StatCounter, companhia de estatísticas que mede o nível de uso dos navegadores de web, onde a HTC aparece lá no final, com 0.11% da cota de mercado dos dispositivos móveis no Brasil:

O segundo argumento é que, tudo bem para uma empresa como a HTC se afastar de um mercado como o sul-coreano, pois 90% dele é tomado por empresas locais como a Samsung, a LG e a Pantech. Agora, fechar as portas em um país como o Brasil que, de acordo com a International Data Corporation (IDC) será um dos maiores mercados de smartphones do mundo até 2016, é um erro. Eis o que a IDC identifica como destaques do mercado nacional:

Uma economia em expansão combinada com as pressões inflacionistas baixas têm contribuído para reduzir a taxa de pobreza no Brasil, melhorando o rendimento discricionário da população brasileira. O crescimento resultante do consumo no Brasil e nos segmentos de negócios foi sentido em outros produtos além de telefones celulares, com o Brasil passando o Japão, em 2011, para se tornar o terceiro maior mercado para computadores.

A mudança de telefones de funcionalidades para smartphones está bem encaminhada no Brasil. O número de telefones móveis ultrapassou a população do país, os preços de smartphones caiu para menos de 300 dólares e as operadoras criaram planos de dados pré-pagos. Este último ítem foi especialmente importante já que quatro em cada cinco usuários de telefones celulares no Brasil utilizam linhas de telefone pré-pagos. Isso basicamente abriu os smartphones para um novo mundo de clientes que de outra forma não teriam sido capazes de colher os benefícios dos telefones inteligentes.

Em outras palavras, a HTC estará fora do 4º maior mercado de smartphones do mundo em 2016, pois se a empresa não encontrou espaço quando a maioria das empresas está criando raízes, como é o caso da Samsung, da Nokia, da Sony e da Apple, certamente não o fará daqui quatro anos. Querendo ou não, a HTC tinha tudo para fazer sucesso em terras tupiniquins, caso colocasse no mercado aparelhos a preços competitivos, trabalhasse a questão do marketing e mantivesse a produção local. Porém, acredito que uma nova tentativa de inserção no mercado seria frustrada. Por quê?

Bom, ao contrário da HTC, outras empresas estão sedentas para fazer parte do mercado brasileiro, é o caso da Mozilla. Em Julho, a empresa anunciou que lançara o primeiro smartphone com OS Firefox no Brasil e que este dispositivo, ao contrário dos da HTC, será de baixo custo. Além da Mozilla, a Huawei é uma forte candidata a se tornar uma das fabricantes queridinhas do mercado nacional, especialmente porque é uma empresa que traz aparelhos de qualidade sem substimar o bolso dos usuários.

Enfim, a HTC ainda tem o mercado Chinês, mas, assim como ela, a Apple, a Samsung, a LG, a Nokia, a Motorola, a Sony... todos querem um pedaço dele também. Em suma, a maneira como a empresa vem lidando com o mercado pelo mundo e, especialmente, como vem tratando as atualizações do sistema operacional Android dos aparelhos mais antigos, me leva a crer que a frase “Vida longa ao rei!” não caberá à fabricante taiwanesa.

O que você pensa sobre as atitudes recentes da HTC no país? Será que existe uma segunda chance para a empresa no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Fontes: Exame e IDC

 

3 Comentários

Escreva um comentário:
  • tenho um htc one desde 2013 e posso dizer que amei a experiencia.. aliás tenho amado e mesmo não tendo no país eu compraria outro .. o htc desire 626s parece ser incrível também.. Dificil compreender porque não pegou no país.. as pessoas compram só sansung deve ser por isso..rsrs

  • Camila Rinaldi
    • Admin
    • Equipe
    17/ago/2012 Link para o comentário

    A linha One de fato é muito boa, mas não será comercializada no Brasil, apesar de que no site da HTC brasileiro os aparelhos aparecem como se estivessem a caminho do mercado. É muito confuso!

  • um absurdo so pq eu gosto do HTC one x,

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi