O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
Review 181 Compartilhados 28 Comentários

Review Oukitel U10, o chinês que você deveria ter

Recentemente escrevemos sobre a evolução dos smartphones chineses. Embora haja algumas marcas chinesas mais famosas e grandes, como a Xiaomi, Huawei e Meizu, há ainda outras menores que fazem excelentes smartphones por um preço ainda menor. É o caso da Oukitel. A Oukitel comercializa celulares na China e na Europa e vem chamando a atenção. No review abaixo testamos o Oukitel U10, um smartphone inspirado no visual do iPhone 6 Plus que entrega um excelente hardware, bom acabamento de aço e, principalmente, uma excelente tela.

Avaliação

Prós

  • Excelente acabamento;
  • Excelente tela;
  • Preço baixo;
  • Desempenho equivalente a muitos tops de linha.

Contras

  • Não vendido oficialmente no Brasil, sendo assim não é homologado pela Anatel;
  • Não dá para usar a função Dual SIM ao mesmo tempo que o cartão de memória.

Oukitel U10 – Data de lançamento e preço

Como dito acima, o Oukitel U10 já é comercializado há alguns meses na China e na Europa. Ele só é vendido por grandes varejistas on-line da China, e como alguns desses possuem centros de armazenamento na Europa, são assim vendidos mais facilmente no velho continente.

No geral, o seu preço fica em torno de U$ 159 e U$ 189. O que daria algo em torno de R$ 620. Contando com a taxação de mais ou menos 60% da receita federal brasileira e as taxas do correios, podemos dizer que dá para comprá-lo por R$ 950.

Oukitel U10 – Desenho & Qualidade de Construção

Como já dito, o Oukitel U10 se parece bastante com o iPhone 6 Plus. Porém ele é menor do que o smartphone da Apple e ligeiramente mais grosso.

Na parte de construção já temos a primeira grande boa surpresa. Ele tem um corpo quase todo feito em aço, de boa qualidade. Na realidade é idêntico ao usado no iPhone 6, até a cor champagne é parecida. Suas dimensões são as seguintes: 154 x 76,9 x 7,9 mm. Ele é bem fino e pesa somente 170 g, relativamente pouco para seu tamanho.

Oukitel U10 espessura
O Oukitel U10 e bem fino. / © ANDROIDPIT

Ele possui os cantos arredondados. Na lateral direita há os botões de volume e de ligar, na outra lateral temos a entrada para os dois chips micro SIM , ambos 4G, e também do micro SD. Porém, assim como a Samsung fez em sua linha A, o mesmo slot para o SIM Card 1 é usado para o micro SD, ou seja, não é possível utilizar o recurso Dual SIM ao mesmo tempo que um cartão micro SD. Como ele tem apenas 16 GB de armazenamento interno, isso pode incomodar um pouco.

Oukitel U10 cantos2
O Oukitel U10 possui cantos arrendodados que lembram o S5. / © ANDROIDPIT

Na parte frontal temos apenas 3 botões virtuais padrões do Android. Devido a um problema de software, as luzes dos botões acendem de um modo tão fraco que é quase imperceptível na versão branca do aparelho. Segundo a Oukitel, eles irão intensificar a potência do LED em uma futura atualização.

Oukitel U10 traseira2
Na traseira há a câmera e o leitor biométrico de digitais. / © ANDROIDPIT

Na parte traseira temos a câmera e logo abaixo um sensor de impressões digitais, sobre que iremos comentar mais a frente. Na parte de baixo da traseira temos a saída de alto falante mono. Como fica na parte de trás, se o usuário encostar o celular na mesa o som é abafado, isso pode incomodar quem gosta de, por exemplo, ouvir música no smartphone.

Oukitel U10 alto falante
Saída de alto-falante e atrás. A carcaça onde fica ele é de plástico, não de metal. / © ANDROIDPIT

O grande ponto fraco no quesito construção é o fato que nas partes superiores do aparelho (acima da câmera e na saída do alto falante), eles colocaram plástico ao invés de metal, justamente nas quinas onde a probabilidade de ser atingido na queda é maior. É um fato inexplicável, já que as versões anteriores (Oukite U6 e U8) ambos são totalmente de metal.

Oukitel U10 – Tela

A tela do Oukitel U10 de 5,5 polegadas chama a atenção, e não somente pelo tamanho, mas pela excelente qualidade em todos os aspectos que esperamos em um top de linha, mesmo ele não sendo dessa categoria. Ela possui resolução full HD e é fabricada pela JDI – empresa japonesa formada por Sony, Hitachi e Toshiba. Com a união de 3 gigantes dessas, não poderíamos esperar nada de má qualidade.

Oukitel U10 tela
Ele possui uma excelente tela, com brilho e contraste bons! / © ANDROIDPIT

O display usa uma tecnologia chamada OGS (Advanced One Glass Solution). Ela consiste em um circuito impresso de dupla camada, inserido entre o painel de cristal líquido e o sensor sensível ao toque. Como estão combinadas, as camadas tornam-se uma só. O resultado é um nível de brilho maior e a redução de 30% de linhas. Além disso, é mais responsiva que a maioria da concorrência.

201507071147014868
Tecnologia OGS garante brilho e é super responsiva! / © Oukitel

A tela tem um brilho intenso e extrema fidelidade de cores. Colocando ela lado a lado, por exemplo, do Moto Maxx que teoricamente deveria ter mais brilho por ser de AMOLED, o brilho da tela do Oukitel U10 é bem superior. Os pretos têm uma boa definição, mas é o branco que fica mais fiel.

Oukitel U100 2 5 D
Oukitel U10 tem uma tela 2,5D, com cantos arrendodados. / © ANDROIDPIT

Na prática, temos uma tela de boa visualização mesmo usando abaixo do sol e boa visibilidade em qualquer ângulo.
Além disso, a tela é 2,5 D, ou seja, ela tem uma leve curvatura nas bordas que dá um toque muito suave quando o usamos. As bordas são bem finas, porém a Oukitel engana os usuários. Nos banners publicitários a tela avança até as bordas chegando âs curvas 2,5 D - se parece mesmo com a tela do S6 Edge. Porém, é efeito de fotografia. Na realidade, as bordas são pintadas de preto passando a sensação que são continuação do LCD, o que de fato não é.

Oukitel U10 – Características Especiais

Um dos pontos principais do Oukitel U10 é justamente suas características especiais. A Oukitel colocou muitas opções bacanas de software. Para começar, ele conta com a opção de acordar ou desligar a tela com dois toques na tela, assim como os aparelhos da LG. Além disso, possui um vasto sistema de reconhecimento de gestos, em que é possível por exemplo, ligar a câmera, abrir o Facebook, internet e outros apps apenas desenhando a letra inicial na tela desligada.

screen gestos
O Oukitel U10 possui vários controles por gestos. / © ANDROIDPIT

Ele também possui o Smart Somatosensory. Graças a ele o usuário consegue realizar várias funções apenas chegando perto do sensor que fica ao lado da câmera frontal. Por exemplo, ao configurar o Media Player com ele, basta passar a mão na frente do sensor que ele muda de faixa. Outra função desse sensor é você poder configurar para que quando receba uma chamada, ele atenda sozinho ao chegar com o telefone próximo ao rosto.

Outra excelente e bem vinda função é a possibilidade de transformar o cartão SD em memória principal. Com isso é possível instalar qualquer app diretamente no cartão: é igual ao sistema adotado pela Xiaomi em seus aparelhos.

screen ligar
Dá para programar ele para ligar e desligar automaticamente. / © ANDROIDPIT

Para fechar, a mais interessante função de todas na minha opinião: o Schedule Power On & Off. Como sugere o próprio nome, é o primeiro Android que conheço que dá para programar para ele desligar e ligar sozinho. A última vez que vi essa função foi no meus antigos smartphones que rodavam Symbian. Com isso, dá para economizar energia ao programar para desligar durante a madrugada.

Outra tecnologia, comum nos smartphones chineses é a HotKnot. O funcionamento é parecido com o NFC, porém ao invés de usar um transmissor NFC, ele usa a própria tela para se conectar a outros smartphones, através dos capacitores da tela. Para conectar, basta encostar uma tela na outra que também possua a tecnologia, então é aberta uma conexão bluetooth para tranmissão de arquivos.

Por último temos o seu sensor de impressões digitais. Ele utiliza o mesmo sensor usado em um topo de linha que faz bastante sucesso, o Honor 7 da Huawei. No geral, o reconhecimento é muito rápido, mas somente depois que você pega o jeito dele. 

Oukitel U10 fingerprint
Leitor de impressões digitais dele é razoavelmente bom, bem inferior ao da Apple. / © ANDROIDPIT

É diferente, por exemplo, do da Apple onde basta encostar em qualquer posição que ele reconhece. O do Oukitel U10 funciona rápido, relativamente falando, desde que você acerte a posição. Pois é normal ele não reconhecer o toque pela posição errada do dedo, isso se torna chato com o tempo. Depois de alguns dias você até acostuma e percebe que é algo prático, desde que funcione. Uma outra função é que você consegue bloquear e desbloquear aplicativos individualmente com o touchID. Ainda há poucas funções para ele. Isso deve melhorar com a nova API do Android Marshmallow.

Oukitel U10 – Software

O Oukitel U10 roda um Android quase puro. A única mudança mais visível é o seu launcher, pois assim como todos os smartphones com Android fabricados por empresas chinesas, roda um launcher parecido com o iOS. Outra mudança visual de que não gostei muito foi a interface multitarefa, que parece com as das primeiras versões do Android.

screen launcher
Somente o launcher é customizado, o resto é Android puro. / © ANDROIDPIT

De resto, incluindo o menu de configuração tudo é Android original, no caso ele roda o Android 5.1 Lollipop. Com respeito a atualizações, não se sabe muito ao certo quando será atualizado. Porém, ele conta com um sistema de atualizações via OTA e há um app que gerencia todas essas atualizações.

Oukitel U10 – Performance

O Oukitel U10 não decepciona quando o assunto é performance. Obviamente estamos falando de um smartphone intermediário, não dá para esperar algo extraordinário dele. Seu processador é um Mediatek MT6753 com 8 núcleos Cortex A53 de 1,3 GHz. Além disso, conta com 3 GB de memória RAM e uma GPU Mali T720. Esse conjunto é o suficiente para uma boa perfomance e é equivalente aos tops de linha do ano passado.

O Oukitel U10 fez cerca de 34 mil pontos no Antutu, o que não é nada mal para um smartphone intermediário.

antutu2
Ele tem uma boa pontuação no Antutu. / © ANDROIDPIT

Na prática temos um aparelho extremamente rápido. No uso diário a sensação é sempre essa. Como se trata de uma versão praticamente pura do Android, a Oukitel parece que preparou muito bem o software pois não há nenhum tipo de engasgo ou travamento. Em todos os dias que estou com aparelho ele nunca reiniciou. Jogos também rodam bem fluidos, mesmo os mais pesados. Testei Dead Trigger 2, Asphalt 8, Real Racing 3, Modern Combat 5 e outros, sempre com os gráficos no máximo.

dead trigger oukitel
Dead Trigger com gráficos no máximo, sem travamentos. / © ANDROIDPIT

Interessante é que alguns aparelhos bem caros, como o Xperia C5 Ultra Dual, possuem hardware muito semelhante, mas com apenas 2 GB de RAM. Só para enfatizar, o C5 Ultra Dual custa mais de R$ 2.000,00 no Brasil.

Oukitel U10 – Câmera

A câmera do Oukitel é boa, não tem nada de extraordinário, mas é satisfatória. O sensor utilizado é um Samsung ISOCELL 5K3M2, o mesmo utilizado no Galaxy S4 e em outros modelos intermediários da marca. A Oukitel deu uma melhorada no conjunto ótico. Sendo assim, no geral ele produz fotos melhores que o S4. Mas inferiores ao Galaxy s5.

Oukitel U10 camera
Câmera do Oukitel U10 tem sensor da Samsung usado no Galaxy S4. / © ANDROIDPIT

O maior problema é o software, pois o app de câmera estoura sempre a luz branca e gera imagens um pouco artificiais, com muito pós-processamento. Mas basta instalar um app de terceiros que os resultados ficam bem melhores. Abaixo algumas fotos:

IMG 20151016 173459
Foto em modo Macro com a galera reunida! / © ANDRODIPIT
IMG 20151015 193435
Foto tirada sob luz aritificail. / © ANDRODIPIT
IMG 20151016 174328
Foto tirada ao anoitecer. / © ANDRODIPIT

A câmera frontal é de 5 MP e com uma lente angular. As fotos produzidas são boas, porém inferiores aos chamados "selfies fones" atuais.

Oukitel U10 – Bateria

A bateria do Oukitel U10 também tem uma capacidade mediana de 2850 mAh. Como ele roda um Android quase puro, ele não é tão sedento de memória. Digamos então que ele está na média dos aparelhos comuns atuais. Dá para agüentar metade de um dia agitado sem carregar. Porém ele tem um bug estranho: quando está com mais ou menos entre 7 e 10% de bateria, ele simplesmente desliga sem chegar no 0.

Oukitel U10 – Especificações Técnicas

Sistema operacional Android 5.1 Lollipop
Conexões 3G e 4G
Tela 5,5 polegadas, 1080p
Processador MediaTek MT6753, Octa-core 1,3 GHz
GPU Mali-T720
Memória RAM 3 GB
Armazenamento interno 16 GB
Bateria 2.850 mAh
Câmera 13 MP
Câmera frontal 5 MP
Dimensões 154 x 76,9 x 7,9 mm
Peso 170 gramas

Veredito Final

O Oukitel U10 sem sombra de dúvida vale cada centavo do seu preço, porém há alguns pontos negativos bem fortes a serem levados em consideração. Em primeiro lugar: ele não é homologado pela Anatel para funcionar no Brasil. A ANATEL prometeu um tempo atrás que iria inutilizar aparelhos não homologados por ela no Brasil. Até agora nada foi feito, mas não se sabe ao certo se isso irá acontecer ou não.

Outro ponto é o fato dele não ter nenhuma garantia contra defeitos no Brasil, ou seja, se quebrar você vai ter dor de cabeça para conseguir o conserto. Mas, se você não liga para isso e tem coragem de se arriscar, vale a pena pois não há no Brasil nenhum aparelho com essa combinação de acabamento e hardware custando R$ 950.

E aí, você ainda acha que smartphone chinês é ruim e descartável?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Renato Fritz 20/out/2015

    Lembro quando era garoto, os carros no Brasil eram uma piada! o protecionismo nacional literalmente impedia o desenvolvimento tecnológico no País... até que então um doido chamado Fernando Collor que fez muita coisa ruim..sem dúvidas, fez algo de bom..acabou com tal protecionismo extremo..resultado disso. Hoje temos carros descentes e conseguimos importar muitas coisas.. e até mesmo traze-las de fora com certa vantagem..
    Nos tempos atuais acho que o País deveria rever isso mais uma vez e "afrouxar " um pouco mais a corda..
    Se tivéssemos um sistema tributário mais amigável com os eletrônicos, esse Pais finalmente poderia almejar ser o País do futuro.. poderíamos inclusive ter mais " Quantuns Go" e mais diversidade e competitividade nos produtos..
    O brasileiro é um consumidor assíduo..seria um paraíso para investidores tantos nacionais quanto internacionais..
    Muito me entristece em ver colegas se formando em TELECON e ELETRÔNICA e recebendo salários ridículos após anos de faculdade( quem conhece a área sabe que é uma das mais difíceis)..e agora com essa crise, até mesmo desempregados.. gente boa mesmo.. um foi trabalhar na Nokia na Finlândia a anos..já era não volta mais..
    A Anatel não faz a homologação de chineses por conta do contrabando..o contrabando existe por conta das altas dos preços..e a alta dos preços existem por que pagamos..tributos ao governo e uma margem de lucro maior do que qualquer outro cidadão no mundo..
    Sansung Galaxy Note 5 e Iphone 6 com valor maior que o salário liquido de muitos graduados de nível superior.
    E sabe o que é mais interessante nisso tudo..Essas pessoas pagam! sabe quando isso vai acabar..quando não tiver
    quem compre.. por bem não foi, mas vai ser por mau..
    Bem vindos a crise Econômica garotada!

28 Comentários

Escreva um comentário:
  • Dei azar. Comprei recentemente um Oukitel K6000 Pro a a primeira vista aparelho maravilhoso, que chegou em embalagem perfeita sem qualquer indicio de avaria. Liguei o aparelho, mas em vez de abrir a tela dos comandos e aplicativos iniciou o assistente de configuração e depois de tudo configurado dei um reboot e quando reiniciou a tela não abriu mais. Entrei em contato com o Sit GearBest, mandei um video mostrando o problema, mas eles (chineses) respondem repetindo a mesma mensagem pedindo para mandar mais informação com vídeo (enrolação). Vou ter que reinstalar o Androide e perder a garantia.

  • Enquanto você esta lendo, mais um smartphone chinês esta aparecendo ahuahuhauhauhauhuahuah

  • Eu sempre compro pelo Tiny Deal ou Minilnthebox todos que comprei e as roupas que são muito melhores das que vendem aqui nessas lojas que cobram os Zöios da cara são mais baratas todos meus chegaram em 25 dias comprei um relógio chegou em 14 dias agora irei comprar o Cubot R8 smartwhats lindo demais

    • É amigo eu ia comprar um cubot mas vi o lançamento do Oukitel k6000 com uma super bateria de 6000 mha e comprei o oukitel em novembro de 2015 é um ótimo tel mesmo pagando 140,00 reais de impostos ficou por 600,00 funciona perfeitamente com muita teclogia 4G OTOG Sensor de impressão 2 GB de Ram 16 de Rom valeu a pena estou muito satisfeito ..

  • Isso aí continuem fazendo reviews de smartphones chineses tenho um Cubot X10 a 4 meses R$ 530,00 + R$ 187,00 pra retirar nos correios, não me arrependo de ter pago tal valor a câmera não é ruim, posso usar os dois micro sim e o cartão de memória tudo na mesma bandeja , o 3G funciona nos dois chips sem precisar trocar de lugar, Processador MT6592 1,4 GHz, 2GB de RAM 16GB interno veio com duas películas instaladas uma na tela e outra na traseira e mais duas películas reserva, sem contar que roda qualquer jogo sem exceção. Melhor que qualquer intermédio nacional, ainda veio com português brasileiro, já recebi uma atualização que melhorou bastante o software,outra coisa vende películas de vidro nos sites chineses pra todos os modelos

  • Porém, a Empresa da Oukitel já enviou uma Atualização de Software , com isso mudando a aparência da interface Multitarefa e a bateria zera totalmente para depois desligar.

    • Exato Renny, recebi a atualização ontem. Só não gostei da multitarefa, pois não há mais um modo de fechar todos os apps de uma vez e também tiraram a função de "bloquear" o fechamento de um app. Uma pena.

  • Continue fazendo reviews de smarts chineses pra galera ver como eles são bons. Estou agora com um Zopo Speed 7 e estou achando ele ótimo pelo preço que paguei (620+ taxa de 130). Realmente vale muito a pena.. 3gb de RAM e esses processadores Mediatek que nos surpreendem a cada dia.

    Parabéns ao AndroidPIT.

  • As fabricantes chinesas tem evoluído bastante e com peso nos últimos anos, mas esse aí... Passo longe.

  • A foto do mamute foi tirada no Shopping D, pena que essas estátuas não estão mais lá a algumas semanas. 🙍

  • Eu olhei umas 20 vezes as fotos e não vi nada nele que lembra o iPhone, principalmente a traseira! No mais é um ótimo aparelho pelo que se cobra por ele! Gostei é muito!

  • Pena não vender no Brasil, pra muita gente isso é um grande empecilho.

  • Lembro quando era garoto, os carros no Brasil eram uma piada! o protecionismo nacional literalmente impedia o desenvolvimento tecnológico no País... até que então um doido chamado Fernando Collor que fez muita coisa ruim..sem dúvidas, fez algo de bom..acabou com tal protecionismo extremo..resultado disso. Hoje temos carros descentes e conseguimos importar muitas coisas.. e até mesmo traze-las de fora com certa vantagem..
    Nos tempos atuais acho que o País deveria rever isso mais uma vez e "afrouxar " um pouco mais a corda..
    Se tivéssemos um sistema tributário mais amigável com os eletrônicos, esse Pais finalmente poderia almejar ser o País do futuro.. poderíamos inclusive ter mais " Quantuns Go" e mais diversidade e competitividade nos produtos..
    O brasileiro é um consumidor assíduo..seria um paraíso para investidores tantos nacionais quanto internacionais..
    Muito me entristece em ver colegas se formando em TELECON e ELETRÔNICA e recebendo salários ridículos após anos de faculdade( quem conhece a área sabe que é uma das mais difíceis)..e agora com essa crise, até mesmo desempregados.. gente boa mesmo.. um foi trabalhar na Nokia na Finlândia a anos..já era não volta mais..
    A Anatel não faz a homologação de chineses por conta do contrabando..o contrabando existe por conta das altas dos preços..e a alta dos preços existem por que pagamos..tributos ao governo e uma margem de lucro maior do que qualquer outro cidadão no mundo..
    Sansung Galaxy Note 5 e Iphone 6 com valor maior que o salário liquido de muitos graduados de nível superior.
    E sabe o que é mais interessante nisso tudo..Essas pessoas pagam! sabe quando isso vai acabar..quando não tiver
    quem compre.. por bem não foi, mas vai ser por mau..
    Bem vindos a crise Econômica garotada!

    • Cara, o fato da ANATEL não homologar os chineses, a meu ver, é por conta da falta de interesse dos chineses em vir pra cá. A Xiaomi, por exemplo, levou um tempo pra chegar, e quando chegou não trouxe carros chefe, só aparelhos de baixíssimo custo.
      No mais, concordo com vc, o mercado daqui é extremamente consumista, está longe de ter um educação financeira satisfatória (de qualquer educação, na verdade) e aceita fazer financiamento com juros de 1,99%a.m. pra pagar mais caro nos produtos da apple (que sabendo disso, aumenta preços sem dó nem piedade os preços). A carga tributária aleija tanto as indústrias nacionais como as importadoras; e, pra completar, o governo acaba com a economia e manda à m**** o poder de compra da população.
      Mas, nem tudo tá tão perdido assim, veja só os caras da Quantum, tiveram peito pra lançar um bom telefone com uma crise dessas. Como diz o ditado: na crise, uns choram; outros, vendem lenços!

  • Veei *--* eu quero :3

  • Pode ter seus bugs, mas apresenta funções nativas interessantes e úteis , e tiveram o bom gosto de ícones estilo symbian belle , eu gostei do conjunto.

  • Tá mas vem pro Brasil?

    • Não, só é vendido online ele. Mas se VC entrar no site deles fala as lojas credenciadas que tem ele, são lojas grandes e confiáveis. 1 mês chega.

  • compraria sem duvidas aparelho parrudo

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi