O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
5 Compartilhados 2 Comentários

Estarão as patentes de design a sufocar a inovação? Parte 1

No mundo das patentes de design, estão elas realmente fazendo mais mal do que bem? Estão sendo usadas para proteger a atividade inovadora ou, mais para monopolizar?
Depois de olhar para algumas fotos do novo computador tudo-em-um, que a HP lançou, chamado Spectre One, foi muito fácil ver que a HP se "inspirou" no iMac da Apple. Neste caso, eu senti que foi uma jogada muito ousada da HP, e, certamente poderia entender a Apple se iniciasse um processo de violação de patentes contra a HP sobre esse produto específico. Mas depois de ler um comentário a um artigo, de um usuário AndroidPIT chamado Dvoraak, isso me fez pensar exatamente sobre como e quando o processo de inspiração do design de um produto transcende copiar um produto. Minha pergunta é: como se desenha uma linha entre inspiração e cópia, quando se trata de design de produto?

Popularizar um design significa que você o possui?

No caso do Spectre One, senti que a HP certamente tinha copiado o design do iMac, em quase todos os aspetos. Mesmo os mais pequenos detalhes, como a forma do teclado e trackpad, parecem ser uma cópia direta, e eu tenho certeza que a HP está mais do que ciente disso. Mas, então, eu decidi olhar para os dois computadores (você pode vê-los nas imagens abaixo), e em inspeção, você pode ver que existem algumas diferenças muito sutis. Então, me lembrei de que o iMac, como o iPhone e o iPod, é único porque é um produto com um design exclusivo que a Apple popularizou. Repare que eu não disse que criou, mas popularizou.

A Apple é muito forte, em particular, quando se trata de design, marketing e criação de produtos da moda. Você não vê a Apple inventar novos produtos muito frequentemente. Mas quando se trata de adotar um produto que já existe, reformulando seu design e popularizando-o dele, as suas habilidades são inigualáveis. O HP Spectre One parece ser uma cópia direta, e dizer que o iMac inspirou a sua criação é um eufemismo. Dito isso, então e o MacBook? Não é basicamente parecido com todos os laptops, apenas mais fino e com uma capa de alumínio? Em termos de design, iPod não é simplesmente um leitor de MP3 "mais elegante" do que os que existiam antes? Será que a Apple criou os leitores retangulares de MP3? Certamente que não. Será que os popularizou? Eles definitivamente fizeram isso.

Mas não é justo dizer que a Apple basicamente fez mais ou menos o mesmo que o que a HP fez com o Spectre One? Será que a Apple também não se inspirou em designs de laptops existentes, e em seguida, colocou seu próprio toque neles? Se assim for, o que lhes dá o direito de impedir a HP ou Samsung de fazerem o mesmo?

Inspiração vs. copiar vs. roubar

Para entender a diferença, vamos olhar para a definição destas três palavras:

  • Inspiração: O processo de ser mentalmente estimulado a fazer ou sentir algo, especialmente de fazer algo criativo.
  • Copiar: Uma imitação, reprodução ou transcrição de um original.
  • Roubar: Se apropriar de ideias, sem direito ou reconhecimento, ou, se apropriar da propriedade de outros sem permissão.

Para ilustrar onde estou tentando chegar, vamos dar uma olhada em dois players Blu-ray de duas empresas diferentes. Este é da Sony:

E este é um da LG:

A Sony (junto com outras companhias em esforço combinado) é creditada para criar o formato Blu-ray. Eles, então, licenciaram a tecnologia para que outras empresas também pudessem construir e vender players Blu-Ray. Mas, e sobre o design? Não é justo dizer que estes dois produtos são muito semelhantes em termos de forma e design em geral? É justo dizer que a LG roubou este projeto da Sony? Ou apenas se inspirou nele?

Karl Benz é creditado frequentemente por ter criado o primeiro carro, e no uso de modelos semelhantes ao seu original, significa isso que outras fabricantes de automóveis "roubaram" dele? Isso não parece realista, não é? A fim de melhorar uma parte existente da tecnologia, você precisa de inspiração de algo e, na maioria dos casos, a tecnologia que você vê todos os dias nas lojas, é simplesmente um produto que foi inspirado por outro produto.

Todas as empresas do mundo são um pouco "culpadas" de fazer isso, e é por isso que a tecnologia se move a um ritmo incrível. Mas se você tem um design exclusivo de um determinado produto, é justo dizer de alguma forma que você possui o design?

A solução/causa do problema?

Isso parece bastante justo e, de forma a proteger o design e criações, um sistema foi introduzido como uma maneira dos inventores terem direitos sobre seus trabalhos e projetos. Esse sistema também é uma das principais fontes de problemas no mundo da inovação. Eu acho que você sabe o que eu estou me referindo: Patentes.

A continuação deste artigo será publicada amanhã.

2 Comentários

Escreva um comentário:
  • 21

    As patentes são importantes para promover inovação mas a utilização abusiva de patentes pode sufocar a competição.

    (Monopólio e falta de concorrência restringe produção e inovação e, aumenta os preços.)

  • Gostei da imagem do post :P. Realmente, o que nós estamos vendo nessa guerra de patentes são empresas totalmente loucas, e diga-se de passagem: egoístas, para monopolizar um comércio qual já está cheio de opções ao consumidor. Já está na hora dessas empresas pararem de se tratar como criancinhas que brigam por uma ter copiado a ideia do desenho pro dia dos pais.

    A situação está crítica, pois existe uma solução incrível chamada royalties ou um simples acordo. Já chega dessa rele
    briga "eu vou destruir qualquer empresa que tentar me deter muhaahahaha".

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi