O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
280 Compartilhados 119 Comentários

Por que estamos menos empolgados com lançamentos de smartphones?

O Gartner, instituto de pesquisas, divulgou hoje (6/10) um relatório sobre as vendas globais de smartphones, tablets e outros produtos de tecnologia. Segundo o estudo, a indústria de dispositivos móveis sairá de um ano com vendas mornas e irá rumo a 2017 com pouca perspectiva de melhora. A falta de novidades marcantes em lançamentos recentes contribuíram também para esse marasmo que atinge diferentes faixas de preços. 

A pesquisa do Gartner aponta para dois fatores bem interessantes. Um deles é o desinteresse por parte dos usuários, que estão menos empolgados com os lançamentos que chegaram ao mercado ao longo de 2016. Mesmo com a oferta diversificada e o forte apelo para recursos exclusivos, como câmeras duplas e sensores biométricos, o instituto constatou que este ano muitos donos de smartphones optaram por não trocar seus produtos por essas novidades.

O segundo ponto interessante dessa pesquisa se refere as categorias que estão se mantendo dentro do esperado pelos analistas, no sentido de vendas, claro. Smartphones chineses e modelos de entrada são os principais responsáveis por manter o mercado de dispositivos Android movimentado. Outra categoria que tem gerado lucro aos fabricantes é a gama de modelos premium, que aparecem como alternativa de luxo ao top de linha da marca.

O segmento premium tem mantido a margem de lucro dos fabricantes mais interessante. Aqui no AndroidPIT nós já falamos bastante sobre essa nova modalidade de aparelhos - mais caros - que vem sendo explorada no Brasil desde o ano de 2014. Saiba mais no artigo abaixo:

AndroidPIT Camilas Samsung galaxy s7 edge diary 4
O Galaxy S7 Edge é um dos grandes aparelhos  / © ANDROIDPIT

Numa comparação com o ano de 2015, as vendas de smartphones em 2016 apresentarão queda de aproximadamente 1,6% ao final do ano. Esse desaquecimento nas vendas também vale para outras modalidades de produtos, como laptops e tablets, que encerrarão o ano com vendas bem abaixo da média.

O ano de 2018 é aguardado pelos especialistas com bastante otimismo, visto que para o ano seguinte é esperado um aumento de 3,5% na venda de smartphones (em comparação com 2016). Esse aumento previsto está relacionado, sobretudo, ao iPhone 8 (7S), que é o modelo que representará o aniversário de dez anos de lançamento do primeiro iDevice. É esperado por analistas de mercado que o modelo da Apple seja uma das novidades do ano seguinte.

A expectativa, contudo, é que os lançamentos sigam nesse clima de " muita festa por pouca coisa", e que as vendas se mantenham num ritmo de crescimento lento. Esse processo acontece com vários setores da indústria, como a automotiva, por exemplo. Após um período alto de aquisição, é esperado o recesso e a renovação dos produtos que estão em circulação.

Você se empolgou com quantos lançamentos esse ano? Pensa em trocar ou comprar um novo smartphone ainda em 2016?

Via Gartner

Os comentários favoritos dos leitores

  • Victor Hugo Novais Lima há 2 meses

    aqui no Brasil tem um motivo...preços

  • Roberto Oliveira há 2 meses

    Eu só nao entendi se essa pesquisa foi feita em território nacional ou se foi global.
    Aqui no Brasil tenho absoluta certeza que se os preços fossem mais acessíveis e não sofressemos tanto com impostos, todos teriam um 'top de linha lançamento' independente de trazer alguma inovação ou não.
    Ja la fora acredito que e justamente esse quesito que faz as pessoas nao terem tanto interesse.

  • Maicon Bruisma há 2 meses

    A resposta é simples: pq já chegamos na mesmice. Tops de linha de 2014 já fazem bem o trabalho, já rodam tudo, intermediários de 2015 idem. Hoje em dia maioria dos intermediários possuem tela ótima, câmeras ótimas, desempenho ótimo, armazenamento suficiente para a maioria, construção que não se tinha em tops de linha de 2 anos atrás. Já os tops, podem vir modulares, com caneta, com tela Edge, som estéreo, super bateria, à prova d'água, de balas, até com função "abre caixa eletrônico", mas sabemos que todos compartilham de coisas iguais, como construção premium, câmeras excelentes, desempenho de sobra, bateria com carregamento rápido, coisas que todos usam e que acabam sendo o principal do aparelho. Nada mais impressiona, é por isso que iPhone deixou de ser um boom faz tempo.

  • Júnior Pereira há 2 meses

    POR QUE ESTAMOS MENOS EMPOLGADOS COM LANÇAMENTOS DE SMARTPHONES? Essa é fácil de responder!!! "O PREÇO"

  • José Augusto teles há 2 meses

    Além da falta de grandes inovações, temos também a questão dos preços absurdos, e fora da nossa realidade de vida(Brasil).

119 Comentários

Escreva um comentário:
  • Acho q vou comprar o Galaxy a5 2016, alguma outra indicação nessa faixa de preco?

  • porque as novidades agora estão limitadas e velocidade de processamento e espaço de armazenamento.

    isso não empolga ninguém

  • Estamos menos empolgados porque os celulares não tão entregando nada de bom e custam 99999999999 dinheiros.. so por isso!

  • Me empolgaria bem mais se os preços caíssem.

  • Acredito que as pessoas vão trocar menos seus smarts, os aparelhos estão muito bons, rápidos que fazem você se perguntar pra que investir de 2 à 3 mil para pegar um aparelho apenas por ser mais novo. Fiquei com um S5 por 2 anos, e só troquei por um S7 porque ele já estava com sinais de desgaste, não tinha mais resistência à água e o leitor de digitais que é tão útil pra mim não funcionava mais. Mas se não fosse por esses detalhes estaria com ele até hoje sem problemas. Só estou dizendo isso pra mostrar que muitas pessoas como eu não ligam mais pra hardware parrudos, e sim pela vida útil do aparelho, que a cada dia vem se estendendo mais, devido a evolução precoce e da concorrência entre fabricantes.

  • preços mais altos e configurações mais capadas

  • Quando vao chegar os smartphones em 3d sem oculos.

  • Sabem o motivo? Fato, sem inovações, mesmices. Mais o que muda sempre é o preço que cada vez mais nos distancia das próprias.

  • Pra mim é o preço e a falta de novidades relevantes. O tal aparelho modular não ficou tão legal e modulos custam muito aqui. Scanner de Íris não me convenceu pois foi só um método de bloqueio e desbloqueio a mais (segurança que o leitor de digital da conta de fazer). Mandem uma bateria de 5000 Ampére ai sim será uma novidade e tanto. A melhor até agora é a do S7 Edge.

  • Mais do mesmo, mais caro. O artigo resumido em uma linha.

  • caraca...como me empolgar com um Zenfone 5 ou um moto G 2015?
    tem mesmo é que ficar desmotivado...ainda bem que tem sites de desapego...kkk

  • Os preços aumentaram muito e as novidades são poucas, e também nem todo mundo deseja trocar de telefone toda hora, além de gastar dinheiro é burrice. Prefiro investir num bom fundo de investimento. E quando compro, fico em média mais de 2 anos com um bom telefone e ainda uso um secundário.

    Nunca deve comprar nada por impulso e sim por necessidade, pois ai a chance de erro, é minimizada.

  • Você se empolgou com quantos lançamentos esse ano? Pensa em trocar ou comprar um novo smartphone ainda em 2016? Resposta: nenhum! Eu não quero smartphone pra trocar todo ano. Quero smartphone com atualizações ao decorrer dos anos. E se eu fosse comprar algum esse ano, seria o iPhone 6s, lançado ano passado. E tô nem aí se tô falando de iOS em site de Android. Fico com um pé atrás em comprar um Android de um ano atrás na dúvida se vai receber atualização de software, coisa que não acontece com o iOS. Posso comprar o iPhone 5s, de 2013, que eu sei que vai ter atualização pelos menos por mais 2 anos. Muito mais que o Google oferece.

    • Cara, tive o mesmo pensamento e acabei de adquirir o 6s. Evolução dos smarts a parte, desanimei com o sistema Android nesse ano. Mudança do Marshmallow para o Nougat sem grandes novidades e as empresas deixando vários bons smarts sem atualização. Fui feliz por 2 anos com meu Moto X 2014, mas as proprias empresas estão empurrando novos usuários para a concorrente Apple, fora que a diferença de preço entre elas já não existe mais...

      • Por isso que eu dei um tempo pro Android. Vendi meu Moto G Turbo (2015) que suportava outra atualização, mas a Motorola-Lenovo fez vista grossa e não quis atualizar, sabendo que tem praticamente o mesmo hardware do Moto G4 Play. Sendo assim, vou fazer vista grossa também pros Android. Chega!

  • Muitas pessoas se deram conta que seu aparelho "atual" não para de funcionar porque o fabricante lançou uma versão mais atual com 1GB de RAM a mais e alguns pixels a mais em tela e câmera.

  • Preço.

    Tenho um Galaxy Note 3, a criança não trava, unica coisa que sinto falta nele é bateria com maior duração e Samsung Pay. Porém devido o valor do dólar, o jeito vai ser continuar usando cartão de plastico e andar com duas baterias ao invés de comprar o Note7.

  • As pessoas já possuem produtos que suprem as necessidades, simples assim e não vêem vantagem em trocar um smart de 2 ou 3gb de ram por um de 4gb ou uma câmera de 8mp por uma de 13mp, do dia-dia as novidades não são essenciais. Lembro quando comprei um v3 e depois de 2 semanas me deparei com um walkman da sony que tinha slot pra cartão de memória, toquei de telefone na hora, mas hoje qual o ganho de leitor de iris?

  • Só o S7 Edge me chamou a atenção mesmo, o resto, bem decepcionante… principalmente por conta do mercado brasileiro

  • Adquiri meu k5 em abril, N tenho necessidade de mudar tão cedo, cumpre td oq preciso, boas câmeras, excelente tela e bateria dentro do necessário pro meu uso, caso ele n venha a receber o Android 6.0 irei por uma custom rom, e quando chegar a hra de trocar de aparelho, irei novamente para um q eu tenha certeza de uso sem problemas durante no mínimo 2 anos. Aparelhos aqui no Brasil são mt caros para se pensar em trocar de aparelho td hra, ou viver somente em topos de linha

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi