O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 111 Compartilhado 38 Comentários

Pokémon Go foi banido do Irã. Isso pode acontecer com outros países?

E até que estava demorando. No último domingo (07.8), Pokémon Go começou a enfrentar seus primeiros problemas com governos pelo mundo afora. O primeiro deles é o Irã, cujo Conselho Superior de Espaços Virtuais baniu o game do país alegando “problemas de segurança”. Sobre isso, as autoridades lá não deram mais detalhes a respeito, o que não é exatamente uma surpresa. 

O Galaxy S8 é o smartphone mais bonito que já fabricado.
O que você acha?
50
50
1377 participantes

Na verdade, é até esperado que o game mobile mais falado dos últimos tempos enfrente problemas em diversos países cuja democracia não é exatamente o ponto forte. As autoridades do Irã, por exemplo, podem alegar que Pokémon Go vai contra a moral e os bons costumes religiosos do país e não quer centenas de pessoas caçando as criaturas pelas ruas de suas cidades dia e noite. Ou ainda que não queira colocar seus cidadãos sob o risco de terem seus smartphones roubados em áreas mais perigosas quando estiverem rodando o game. 

Opinion by Rui Maciel
O uso de apps é praticamente impossível se você não está disposto a compartilhar alguns dos seus dados
O que você acha?
50
50
219 participantes

Entre os bons costumes e as teorias da conspiração

Enfim, qualquer que seja a desculpa, o fato é que países com viés autoritário querem simplesmente aquilo que quase todo governo quer, mas, não admite: manter o controle sobre o que os seus cidadãos andam fazendo pela internet e afins (o que já é o caso do Irã), o que inclui, claro, Pokémon Go.

Até mesmo países que não são considerados exatamente governos autoritários – mas que também não primam pela alternância de poder – como a Cingapura, já torcem o nariz para Pokémon Go. Por lá, o ministério das Comunicações e Informação declarou recentemente que está “monitorando a situação [de Pokémon Go] e se as coisas se tornarem preocupantes, o país vai decidir se o jogo é realmente necessário por aqui”. 

AndroidPIT pokemon go 8950
Pokémon Go: Irã e Cingapura já consideram o jogo uma ameaça aos interesses nacionais / © AndroidPIT

No Brasil, recentemente também se levantou dúvidas sobre quais as reais intenções de Pokémon Go senão aquela principal: caçar Pokémons. Os paranoicos de plantão levantaram a hipótese de que o jogo seria um instrumento da......CIA(?!?!). 

Explica-se: Como se trata de um jogo que tem acesso à localização do usuário, bem como a câmera e o microfone do smartphone, logo se espalhou por aqui que o game seria um projeto da agência de espionagem norte-americana - em parceria com outras agências de inteligência. O objetivo, claro, seria monitorar as nossas vidas, saber onde estamos e até mesmo ter acesso às nossas casas.  

E o que ajudou a popularizar essa teoria é que John Hanke, criador de Pokemon Go, foi fundador de uma startup chamada Keyhole, Inc., cujo principal produto era um software que fazia o mapeamento de superfícies. E adivinhem quem era a principal patrocinadora desse projeto: yeap, a CIA! 

AndroidPIT messenger Pokemon Go money
Apps, games e redes sociais querem seus dados por um motivo: ganhar dinheiro / © AndroidPIT

A teoria foi divulgada pelo Facebook e, rapidamente, ganhou dezenas de milhares de compartilhamentos, com muita gente acreditando. O que pouca gente levou em conta é: 1 – nos termos de uso de Pokémon Go, a criadora do jogo afirma que “coopera com agências do governo” e com companhias privadas (principalmente para fins publicitários); 2 – a maioria dos aplicativos e redes sociais também tem acesso a nossa localização, câmera, microfone do smartphone e, claro, uma infinidade de nossos hábitos. Basta dar uma olhada nos termos de uso de cada um e também ler as telas de instalação dos programas. Simples, não?

A desculpa perfeita

Que 99,9% destas teorias conspiratórias não levam a lugar nenhum, isso já é sabido. No entanto, elas podem ser usadas por governos ou autoridades pouco dadas ao diálogo com a população. Em outras palavras, podem servir de desculpa para bloquear um jogo, um aplicativo ou um messenger cuja tecnologia elas simplesmente não entendem e passam a considerar uma ameaça. 

Isso pode acontecer com Pokémon Go no Irã ou Cingapura, com o WhatsApp no Brasil, ou como aconteceu com o Twitter em diversos países que passaram pela Primavera Árabe. Cabe à população ficar atenta e gritar o mais alto que puder, para desencorajar a esses devaneios autoritários. 

AndroidPIT lia whatsapp 4159
O WhatsApp já está na mira das autoridades brasileiras há um bom tempo / © ANDROIDPIT

Nós ainda temos a força. Basta lembrar a questão do limite da franquia de dados na internet banda larga fixa. Governos e operadoras recuaram. Não sabemos por quanto tempo. Mas estaremos atentos. 

E quanto dos seus dados você compartilha com Facebook, Google, Pokémons e afins?

38 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários
111 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi