O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
opinião 89 Compartilhados 208 Comentários

Por que a questão das atualizações do Android não é um problema de verdade

A fragmentação é certamente um dos temas mais populares no mundo Android, e o mais propenso a controvérsia. A natureza aberta do sistema operacional móvel da Google faz com que a tarefa de atualizar os dispositivos não seja nada fácil para as fabricantes. O resultado é que usuários podem esperar meses até receber a última atualização do Android. Porém, isso é realmente um grande problema? Não completamente.

Uma pergunta legítima, mas já cansada

Será que a atualização vai estar disponível para o meu smartphone? Quando vou recebê-la? Por que ainda não a recebi? Todos os dias, muitos usuários Android fazem essas perguntas. E também muitas vezes vão ao fórum ou site para fazê-las. Acho perfeitamente legítimo, já que para um mesmo fabricante, a atualização pode chegar rápido em um modelo e demorar horrores em outro. Isso dificilmente é compreendido pelos usuários.

Já não é mais um defeito oculto do Android

No entanto, o problema das atualizações não é novidade, ele é amplamente conhecido quando da compra do smartphone. Já não é mais um defeito oculto do Android. Isso pode ser decepcionante, mas é a natureza do Android a responsável por isso. Você está livre para aceitar ou não.

DeviceFragmentation2
A fragmentação é um dos problemas mais antigos no Android / © ANDROIDPIT

A face oculta das atualizações: os erros

As atualizações não trazem apenas satisfação. Antes de prosseguir, quero diferenciar os dois tipos de atualização para Android: as atualizações de segurança e as de sistema. As primeiras eu considero essencial, elas protegem os smartphones de violações, ataques e falhas. Os fabricantes vêm se esforçando bastante nos últimos tempos para entregá-las rapidamente, bem mais do que no passado. Para o segundo tipo de atualização, as coisas são bem diferentes, e o problema não é tão grave assim.

Enquanto algumas fabricantes têm poucos modelos - como a OnePlus - outras têm uma infinidade de smartphones - Samsung. Obviamente a versão do software deve ser reformulada, por exemplo, para adicionar o TouchWiz à versão do Android em questão. O tempo e o investimento necessários para adaptar as atualizações valem o esforço?

AndroidPIT marshmallow problems
Mesmo o Nougat sendo oficial desde agosto, alguns usuários ainda estão à espera do Marshmallow / © AndroidPIT

É certo que receber a versão mais recente do Android traz mudanças. A Google adiciona a cada ano novidades de desenvolvimento que são significativas e também grande parte do charme do Android. O problema é que as atualizações, na maioria dos casos, não são bem otimizadas, e mesmo depois de meses de espera, elas acabam piorando a experiência do usuário. Novos bugs podem aparecer e o telefone acaba por ficar mais lento.

Tomando como exemplo a Apple, que oferece a capacidade de tirar proveito imediato às inovações do software. Ela é citada constantemente no campo de gestão de atualizações. No entanto, essas atualizações têm a infeliz distinção de transformar dispositivos antigos em telefones inúteis. Testemunhos são abundantes em fóruns.

PV
Pierre Vitré
Prefiro usar um Android com uma versão antiga e fluída do SO ao invés de uma versão nova e bugada.
O que você acha?
679 participantes
50
50

Um problema sem solução?

A boa notícia é que essa situação pode mudar em breve, ou ao menos melhorar. A Google resolveu tomar as rédeas. Nas sombras, criou uma lista da vergonha, i.e., um ranking de fabricantes que oferecem atualizações. Ela não é pública, mas se acaso se tornasse, poderia aumentar a pressão sobre os fabricantes.

AndroidPIt google pixel 9884
Quer ter as últimas atualizações? Compre um Pixel! / © AndroidPIT

A alternativa apresentada pelo pessoal de Mountain View para os aficionados por tecnologia e pelas atualizações do Android é a compra do Pixel. A Apple tem seu iPhone, agora a Google tem seus Pixel. Além de fornecer a melhor experiência do sistema operacional móvel da Google, ele tem a garantia de receber as últimas atualizações do Android. Se você comprar um Samsung ou Motorola, terá que se preparar para esperar meses até a atualização chegar.

Você acha que a entrega de atualizações do Android é um problema? Quais as soluções possíveis para resolver isso?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Paulo Wanderley da Silva há 3 semanas

    Quando um aparelho não é atualizado por limitação de hardware... OK, tudo bem! Maaas, quando o aparelho não é atualizado por incompetência, falta de respeito e obsolescência programada, é revoltante! Paga-se caro por tão pouco! É o que penso.

  • Phelipe Breves há 3 semanas

    O cara compra um Fusca e quer que ele tenha desempenho de Ferrari, vem uma atualização que deixa o sistema um pouco mais pesada e ferra de vez com o desempenho. Aí o cara diz que a culpa é de todo o mundo, menos dele que comprou o fusca.
    Aí eu pergunto, as atualizações de sistema que não prestam ou o aparelho do cara que não tem hardware potente o suficiente?

  • Eder Ferreira de Lima há 3 semanas

    Nunca li tanta porcaria...

    Cara, se o sistema sai BUGADO é problema é realmente do Android (Google) ela que otimize o sistema para que isso não ocorra...

    Quer dizer que você prefere ficar com o KitKat pq ele é estável e roda bem, do que seguir em frente no sistema, só pq podem existir alguns bugs que A PROPRIA DEV. NÃO TEVE CAPACIDADE PARA CORRIGIR?

    Anteriormente as atualizações de iOS quase não tinham bugs, hoje é comum vermos atualizações pouco tempo depois do sistema ser lançado...

    Fora falhas de segurança em sistemas antigos que são corrigidas em versões mais novas...

    Seguindo sua linha de raciocínio eu vou ficar com o Windows XP, que era parrudo e rodava bem...

    PQP!

    Fechem o android pit brasil... Só tem matéria MERDA de uns tempos pra cá...

  • Viola há 3 semanas

    Vejo este lance de ter o Android atualizados com a última versão com uma neurose. Só os tops e alguns intermediários recebem, os demais aparelhos nascem e morrem com a versão que foram lançados.Infelizmente a política de atualização e assim, e não vai mudar tao cedo. Muitas pessoas se preocupam em ter a última versão do Android, más não atualizam nem os apps instalados em seus dispositivos.

  • Victor Hugo Novais Lima há 3 semanas

    a Google pelo menos envia a atualização a todas as empresas

208 Comentários

Escreva um comentário:
  • Cada dia que passa vou perdendo o tesão no Android. Meu Lg g3 ferrou o card sim.
    To sem smartphone Android..dai o cara me fala pow esse cel e de 2014 ta na hora de trocar, dai eu falo to usando um iphone 4 de 2010 de boaa...
    Ta meio lento, mas bem menos que um s3 mini por exemplo.
    Dai eu falo, a porra do iphone tem quase 7 anos seus merdas e eu jogo clash of royale nele, uso whatsapp, facebook Twitter e spotfy.
    Na moral to de saco cheio dessa merda.
    To no ios e o 7.1 alguma coisa..o smartphone veio de fabrica com o 5 eu acho não me lembro, e isso faz diferença nenhuma porra

  • A primeira coisa que aprendi quando comecei o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas foi que a única certeza no desenvolvimento de software chama-se mudança, e que se você não está pronto para ela, é melhor mudar de ramo. Alegar que preparar um software para vários aparelhos é custoso demais para ser executado torna-se então uma desculpa inválida, até porque a própria engenharia de software oferece modelos de soluções para flexibilizar o desenvolvimento dos sistemas e facilitar as mudanças. Se o sistema não possui flexibilidade à mudanças, sabendo que as mesmas existirão, então não deveria nem mesmo ser desenvolvido (lê-se interfaces proprietárias, que pelo visto até então não têm nenhuma flexibilidade à mudanças).

  • Meu Quantum Go 4G 32Gb tá com o Marshmallow rodando lisinho e se não vier Nougat não tô nem aí. Depois do Lollipop foi só frescura mesmo, como já foi dito aqui em outro comentário. Inclusive, na minha opinião o último grande update com *funcionalidades* de fato foi o Kitkat, com por exemplo o Immersive Mode que fez com que tantos smartphones de tela menor se apropriassem muito mais de suas potencialidades. Lembrei da importância disso essa semana quando o FL Studio teve update suportando isso, e consigo usar esse estúdio musical numa tela de 5' quando antes só conseguia uma experiência satisfatória num tablet de 7'.

    E sobre patches de segurança: o maior antivirus é um usuário sensato e cuidadoso. Sem mimimi!!

  • Prefiro que atualize, esse detalhe de Android bugado ou com erro é conversa. Tô usando Android 7.1.1 versão beta no Nexus 5x e tá rodando suave, e olha que está na beta. As fabricantes não atualizam para obrigar a compra de um novo.. Hoje a maioria dos hardwares suoortam algumas atualizações, tanto que a cyanogem mod estão aí pra isso...

  • "compre um pixel".
    kkkkk ainda mais no brasil
    ta de tiraçao né poar

  • Eu tenho a mania, de baixar os Apks de versões mais recentes, por exemplos, o Laucher do Pixel, Telefone do Google e etc, porém os mesmo normalmente necessitam um Android mais recente, que no caso agora seria o 7.1. Fico triste nesse quesito porque gosto muito de baixar essas "novidades" só que agora meu Sony M5 não dá, afinal ele esta no 6.0. Claro, não é nada tão útil mas gosto de testar novos recurso e fico impossibilitado de testar. De resto, acho que atualizações de softwares deveriam ser por apenas 2 anos, como o Google diz. Já as de segurança, deveriam sempre que a Google liberar patch novo.
    Sobre alguns celulares apresentarem tratamentos e bug depois da atualização: Eu não tenho muito problema, na época que usava iPhone, toda vez que tinha iOS novo eu instalava-o do zero, normalmente os erros de atualizações de iPhone em iPhones mais antigos se da ao fato de ter sido instalado muitas versões o que dá uma certa acumulada, por isso a maioria de sites pede para uma atualização limpa, e resolve mesmo. Por ter esse costume, também fiz isso na atualização do 5.0 pra 6.0, e acredito que essa seja uma formula para o sistema não ficar ruim na atualização. Claro, bugs sempre têm, ninguém é imune disso, até mesmo Nexus, Pixels, etc.

    • E eu gosto de baixar apk antigo aí, fico p da vida quando depois de uma atualização de SO, a app já não funciona a contento ,por precisar de uma versão atual do play service ou porque a atualização o tornou obsoleto.

  • a verdade é que com essas atualizações que a google está fazendo nos android não estão resultando em nada, a grande evolução de verdade do SO foi com o Kit Kat

  • Concordo com os argumentos da matéria. Eu particularmente prefiro não fazer atualizações, sou do tipo que não mexe em time que está ganhando. No entanto, isto não significa que eu seja retrógrada e avessa a inovações, tanto que tenho todas as versões do Android exceto o o (Nogart), desde sua primeira versão. (Alpha, Beta, Cupcake, Donut, Eclair, Froyo, Gingerbread, Honeycomb, Ice Cream Sandwich, Jelly Bean, KitKat, Lollipop e Marshmallow, todos funcionando)
    Não sou rica. Desde 2006 sou cliente pós da Vivo que até abril de 2015 tinha um programa de pontos do qual eu era participante, e eu podia pegar um celular por ano. Só depois disso passei a comprar.
    Tenho predileção pelo kk, porém, conheço todas as versões do Android e, as complicações que acompanham as atualizações até a correção.
    Prefiro não atualizar, mas isso não significa não evoluir com o Android.
    Resumindo não atualizo, prefiro comprar um já com o sistema novo e corrigido.
    Bom dia, Galera!

  • http://www.androidpit.com.br/protecao-dispositivos-lollipop-5-1 vcs do Android Pitt deveria atualizar está matéria e explicar melhor o funcionamento da função Factory resert

  • O editor da matéria falou, falou e não explicou nada. Tudo o que foi exposto na matéria todo mundo já sabe.

  • Eu troco de smartphone a cada 12 meses em média, e isso me permite dentro das escolhas que faço ter sempre a versão mais recente do S.O em meu gadget. No mundo ideal, o correto seria que todos possam usufruir das novidades e funções de um S.O atualizado e fluido sem ter que comprar um aparelho novo. Seria mais produtivo esperar mais tempo por uma atualização, desde que ela quando fosse disponibilizada chegasse pra todos.

  • O problema não é só atualização, é atualização de segurança, coisas que nem isso as fabricantes também fazem, todo meio entendido deixa claro que o Android se torna inseguro por isso, o sistema 4.0 para baixo domina 15% do mercado Android, imagina 15% de 2 bilhões de aparelhos? Isso tudo é uma maneira do Androidpit defender o Android, onde o mundo todo não defende esta fragmentação e falta de atualização?

    • Beleza.
      Mas tem um detalhe: os aparelhos que rodam essa versão hoje são aparelhos de hardware fraco e que apenas servem como uma alternativa instantânea para quem não pode investir num smartphone com configurações razoáveis. Pois aparelhos que não se enquadram nesse requisito já receberam atualizações mais recentes, como o Samsung Galaxy S3 ou o Motorola RAZR HD.
      E a grande maioria foi lançada em 2011, 2012. Ou seja, são aparelhos obsoletos, que já não rendem o mesmo que nessa época com os aplicativos mais recentes ou mesmo as versões mais recentes do Android. É perca de tempo e de dinheiro investir esforços neles hoje, pois já não dão retorno nenhum às suas fabricantes.
      E você fala como se fossem ficar presos pra sempre nessa versão defasada (eles não são o iPhone 4S ou anterior, ou um dispositivo com Windows Phone 7 ou Windows RT). Quem tem interesse em ter a versão mais recente, pode muito bem correr atrás de Custom ROM, que tem aos montes na internet, e para um monte de aparelho. Só fica em versão defasada quem quer mesmo.

  • Será que só eu não entendi?? Li o artigo e não encontrei o porquê da questão das atualizações do Android não ser um problema. Pessoalmente não vejo problema algum, quem quiser atualizações e funções diferentes, basta utilizar custom roms.

    • Claro, que a crítica pelas atualizações de segurança não pode ser tratada dessa mesma forma, pois uma coisa é ter recursos novos. Outra, diferente, é ter um sistema seguro contra bugs ou brechas que podem ser exploradas por pessoas mal intencionadas.
      Claro que também não pode achar que vai ter atualizações a vida toda naquele aparelho. Isso, no mundo capitalista, não existe. E junta-se a isso se o aparelho realmente for durar bastante na mão da pessoa, pois ou a pessoa se desfaz do aparelho antes do mesmo completar 1 ano na sua mão, ou o aparelho acaba sofrendo alguma adversidade no meio do caminho que impeça seu funcionamento.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi