O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 106 Compartilhado 91 Comentários

Porque o seu smartphone mid-range é exatamente o que você precisa

Ao prestarmos atenção demasiada em gigahertz, gigabytes, megapixels, e outras letrinhas relacionadas aos futuros smartphones topo de linha, esquecemos que aquele modelo intermediário responde muito bem ao que precisamos em 90% do nosso cotidiano. 

Eu queria ter alguns recursos do iPhone 7 no meu Android.
O que você acha?
50
50
669 participantes

É verdade! Nós sempre desejamos ter aquele smartphone de última geração e, quando o bolso permite, não nos importamos em desembolsar um valor surreal para ter o telefone. O problema é que muito dificilmente nós usamos 100% do potencial que o modelo oferece.

O fato é que quase sempre um telefone mid-range responderia tranquilamente ao que precisamos no dia a dia. É como comprarmos uma Mercedes para andar em São Paulo, quando um Hyundai HB20 já estava de bom tamanho para as nossas necessidades. 

Diga-me o que baixas...

Um exemplo que comprova isso: no final de janeiro deste ano, divulgamos a lista dos dez aplicativos e jogos mais baixados de 2015. No caso dos apps, nenhum deles era daqueles que fazem o smartphone “suar a camisa” (os quatro primeiros pertenciam ao Facebook, inclusive).

O mesmo vale para os games, cujo ranking era formado basicamente de títulos casuais, leves e que exigem pouca coisa do hardware. Confira na imagem abaixo:

ANDROIDAPPSMAISBAIXADOSOK
Os apps mais baixados de 2015 funcionam muito bem em um smartphone mid-range  / © ANDROIDPIT

Dando agora um outro exemplo pessoal: entre 2013 e 2014 trabalhei na área de conteúdo do maior site de download de aplicativos da Europa. Nas reuniões de pauta, havia a eterna discussão com o pessoal de análise de tráfego: nós, jornalistas, queríamos criar pautas que destacassem todo o acervo de apps do site. O analista de tráfego queria a criação de conteúdo focada apenas nos aplicativos que traziam tráfego para o site.

Só que eles tinham um ponto tanto quanto irrefutável: do acervo de dezenas de milhares de aplicativos e jogos, pouco mais de 100 deles eram os responsáveis por 85% de todo tráfego de downloads. E adivinhem quais eram os apps campeões desse ranking? Whatsapp, Skype, Instagram, Facebook, entre outros softwares mobile que rodam perfeitamente em qualquer smartphone. Nenhum programa mais pesado estava sequer entre os 70 primeiros. 

Tente entender melhor como você usa seu smartphone

Claro que existe também aquela parcela do público fã de fotografia ou de games mobile bem trabalhados e complexos. Nesse caso, a configuração poderosa da câmera, do processador e da GPU são realmente importantes. Aí sim um Galaxy S7, um Moto X ou um Xperia Z5 podem fazer toda a diferença.

Contudo, a maioria das pessoas se satisfaz fazendo uma foto com seus amigos ou de uma paisagem, aplica um filtro e compartilha a imagem em suas redes sociais; ou fica feliz jogando seu Candy Crush Saga. Coisas que um Zenfone 5 ou Galaxy J5 fazem com perfeição. 

Entendam, não estou defendendo um nivelamento por baixo no lançamento de novos smartphones. Modelos high-end são importantíssimos para mostrar novos recursos e tecnologias e fazer com que elas ganhem escala, de forma a permitir que smartphones intermediários ganhem estas mesmas funcionalidades mais a frente.

Apenas acredito que, muitas vezes, damos um valor exagerado ao hardware, ao processador, ao novo sensor da câmera, a GPU. Com isso, queremos sempre um top de linha mais novo, mais avançado e nos sujeitamos a pagar (caro) por algo não aproveitaremos em sua totalidade, até porque não precisamos.

E você, está satisfeito com seu smartphone e aproveita todo o seu potencial? Ou acha que apenas um top de linha resolverá os seus problemas?

Os comentários favoritos dos leitores

  • Eduardo R. 14/fev/2016

    Ai tem gente que compra um super master topo de linha só pra usar Facebook e WhatsApp... Vai entender!

  • Brenner Almeida 14/fev/2016

    Queria ter notados isso nos idos 2012, gastei uma fortuna na época com um galaxy note 2 para ter usado a S Pen umas 10 vezes, após esse quebrar comprei um 4s e então, por ter gostado do sistema da Apple, gastei um outra fortuna num IPhone 6 no lançamento do mesmo, câmera e processamentos excelente, mas frágil, caiu e estilhaçou, como a Apple queria me cobrar 1500 para realizar a substituição, o vendi e comprei um intermediário Android mesmo, e não poderia estar mais feliz. Esse vibe a7010 me atende perfeitamente, a câmera não é das melhores, mas como não sou fotógrafo só usar o retrica que tudo fica belo, a bateria é excelente, sem contar features como a personalização e o sensor biométrico. Moral da história, nunca mais gasto mais que 1200 num celular, que pode quebrar as qualquer momento, ou ser roubado.

91 Comentários

Escreva um comentário:
  • Só compraria um top de linha se meu carro fosse blindado e meu trabalho tivesse 100 seguranças todos armados.

  • Não viveria sem um smartphone top de linha, pois gosto de games bem elaborados e uma excelente câmera é indispensável para mim.

  • Eu adquiri um Galaxy Note 4 há 01 ano e com o tempo percebi que eu não precisava ter investido tanto num smartphone...mas estava na fissura de ter um bom aparelho que não me deixasse na mão, a coisa da Spen também achava que ia resolver meus problemas que iria anotar tudo etc. No final, claro ele é ótimo mas não precisava de tanto pelo pouco que uso, vou ficar com este até acabar e com certeza o próximo será mais simples.

  • Dei meu Moto g 2ª geração e comprei o Moto g 3ª geração e não me satisfez... Pra mim, paguei mais pelo mesmo, a câmera é ótima e certificação contra água mas queria um processador gráfico mais parrudo e 2Gb de memória RAM, o meu só tem 1Gb

  • Tem que ver a qualidade tmb, pq desempenho muitos smartphone dao conta. Eu por exemplo, uso um galaxy note por conta principalmente da caneta s-pen , com funções que nao encontro em nenhum outro smartphone, alem de uma boa bateria, tamanho de tela e uma excelente camera (outros pontos fundamentais que dificilmente encontro noutro aparelho)

  • Por que aparelhos Mid end , já conseguem dar conta de tudo o que voce precisa no seu dia a dia , então se for comprar de Mid End até High End nunca terá problemas de memoria Ram/Memoria interna/bateria/atualizações igual teria em um low end por exemplo.

  • Eu gosto do meu Galaxy E7 mas não estou satisfeito pela falta de atualização.

  • Adoro o meu z3 compact!

  • Mas deve-se levar em consideração o tempo no qual a pessoa fica com o smartphone. Comprar um top de linha todo ano é uma história, mas comprar um top de linha a cada 5 anos é outra.

  • Eh aquela velha história: Queremos comprar aquilo não precisamos com o dinheiro que não temos...

  • Então Mr explique como um jogo mais pressão vai rodar num mid range a ponto dele se tornar um dos mais baixados? Talvez a situação seja o inverso do que vocês analisaram. os jogos mais simples são os mais baixados pq tem o maior número de celulares que rodam.

  • E qm disse que o app do Facebook não faz um mid range "suar a camisa" kkkkkk sapoha trava tudo as vezes..... Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Ótima matéria, meus parabens!!

  • Por isso comprei um Galaxy Y em vez de um S6 ◔ ⌣ ◔

  • Devo discordar do artigo. Por mais que muitas vezes toda potência do top de linha não seja utilizada a tendência deles é durar mais, tanto por serem mais atualizados, tanto por que possuem hardware melhor. Prefiro comprar um top e ficar com ele durante 3 anos sem ter problemas do que trocar de intermediário de ano em ano, sai mais barato e o aparelho é obviamente melhor.

    Mas isso sou eu, para quem vai trocar todo ano de aparelho independente de como o seu ainda está é melhor pensar desse jeito mesmo

    • O que de certa forma da na mesma, um high end custa por volta dos R$ 3.000,00, enquanto um mid range por volta dos R$ 1.000,00, vc trocando a cada três anos seu top e uma pessoa todo ano o intermediário em termos de valores não tem diferença, claro que se tratando de hardware muda bastante, mas financeiramente não.

      • Discordo totalmente total tenho um mid range a dois anos, estou pensando em trocar esse ano em novembro, ou seja, vão fazer três anos, isso de trocar o aparelho todo ano é simplesmente ostentação.

    • durando 3 anos sim mas tem gente q compra um novo todo ano so pra usar facebook

      • Exatamente Rafael acho muito ostentação essa onda de trocar aparelho todo ano para a cessar somente rede social. Mas quem tem dinheiro sobrando faz o que quer, como há certos usuários de iPhone que quando é indagado porque usar iPhone me responde que é porquê fica tudo mais fácil usar somente um botão para tudo. Tenha santa paciência só modismo.

      • Minha prima... Fico me perguntando: Pra quê tudo isso? Só compro um novo quando vejo que ele não está mais dando conta do trabalho pesado, apps e atualizações de sistema que exigem mais hardware, e gosto de esta sempre com a última versão do software

Mostrar todos os comentários
106 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi