O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
3 min para ler 212 Compartilhado 59 Comentários

Quick Charge 3.0: seu novo smartphone carregará 80% da capacidade em apenas 35 minutos!

A capacidade de bateria dos smartphones pode até não ter aumentado consideravelmente nos últimos carros-chefe, mas o processo de carregamento está mais rápido desde que a Qualcomm passou a investir em tecnologias para otimizar a recarga. Agora, junto com o anúncio do Snapdragon 820, temos a notícia de que o recurso Quick Charge chega à versão 3.0. Continue lendo este artigo e entenda por que esta é uma grande notícia!

Eu acho a versão flat do Galaxy S7 melhor do que o Galaxy S8 de bordas curvas.
O que você acha?
50
50
903 participantes

Quick Charge 3.0: Mais rapidez e eficiência de carregamento

Durante o review do Galaxy S6 minha grande surpresa foi o tempo que o aparelho levou para carregar de 13% para 100%, praticamente uma hora e cinquenta minutos. Já o recém lançado Moto X Style, por exemplo, carrega de 0% à 100% em 1 hora e 23 minutos. Tudo isso se deve ao fato destes dois aparelhos possuírem serviços de carregamento rápido. Ambas as fabricantes utilizam o recurso Quick Charge 2.0. Agora, com a terceira geração do Quick Charge, uma das maiores fabricantes de processadores do mundo vai oferecer a chance de elevar a porcentagem de carga do seu smartphone de 0 para 80% em apenas 35 minutos:

"Com o Quick Charge 3.0 você pode carregar um telefone de 0 para 80% em cerca de 35 minutos, em comparação com um dispositivo com carregamento convencional, sem Quick Charge, isso poderia levar até uma hora e meia."

Para se ter uma ideia, a terceira geração da tecnologia de carregamento rápido da Qualcomm é 38% mais eficiente e rápida que o Quick Charge 2.0. E quando comparada com a primeira geração, é duas vezes mais rápida. Assim, se você possui um Nexus 4 ou um Galaxy S3, que utilizam o Quick Charge 1.0, e comprar o próximo smartphone embalado pelo processador Snapdragon 820, 620, 618, 617 ou 430, em vez de quatro horas de carregamento, seu smartphone precisará de apenas 35 minutos.

Quick Charge 3.0: Novas voltagens

Enquanto o Quick Charge 2.0 oferece quatro voltagens para o carregamento rápido, tais como 5V, 9V, 12V e 20V, o Quick Charge 3.0 oferece mais flexibilidade com 200mV implementada pelas voltagens de 3.6V até 20V. Isso permitirá ao telefone identificar a exata voltagem que precisa para atingir o carregamento necessário, resultando em menores perdas de energia (38% menor), aumentando a eficiência e otimizando a performance térmica do processo. Além disso, oferece suporte para USB Type-C.

Em outras palavras, a Qualcomm eleva a tecnologia Quick Charge para outro nível e oferece aos usuários uma experiência melhor com um smartphone. Contudo, essa também era uma promessa da série Snapdragon 810 e tivemos problemas de superaquecimento do LG G Flex 2, por exemplo, e do Xperia Z3+. Com as chegadas dos novos smartphones embalados por uma das CPU's citadas acima, saberemos se a fabricante vai cumprir com essa promessa.

O seu smartphone possui o recurso de carregamento rápido da Qualcomm? Qual versão? Se não, quanto tempo você passa plugado na tomada por dia para carregar seu celular?

Fonte: Qualcomm

Os comentários favoritos dos leitores

  • Marcos Champloni 15/set/2015

    Ainda continuo achando que é mais importante tentar evoluir no quesito "Duração da Bateria" do que no tempo de carga. Melhor não ter que carregar, do que carregar rápido. Pelo menos, para o meu dia-a-dia, assim ficaria melhor.

  • Arildo 15/set/2015

    O meu x 2014 carrega rápido, depois uso ele pra passar roupa, de tão quente.

59 Comentários

Escreva um comentário:
  • Meu xiaomi redmi 3s com processador 430 e 4000mAh de bateria carrega super rápido!

  • Aí sim heim, que as baterias evoluam cada vez mais, gostei muito dessa novidade da Qualcomm.

  • Ola
    O lg g3 suporta esse tipo de carregador mais avançado? O q veio nele é de 5v e 1.8A. Se suporta onde devo encontra-lo?

  • uso meu carregador do LG g3 de 1.6A e carrega muito rápido, estou bem satisfeito.

  • Não e verdade que o moto g pode ficar embaixo da água por 30 minutos e continua funcionado o meu com menos de 1 ano de vida caiu no vaso sanitário com a capinha protetora e não ficou nem 1 segundo na água e babal já era não teve conserto

  • Essa tecnologia de recarga rápida é muito bem vinda. Mas poderiam aproveitar essa velocidade de carregamento em baterias com maior capacidade. Desa forma, recarregar baterias com maior capacidade, duas ou três vezes maior em relação as atualmente utilizadas, levaria mais ou menos o mesmo tempo que se gasta atualmente para o processo de recarga, mas é claro, as baterias vão ter uma duração para dias.

  • Galera, realmente é muito melhor baterias com durações maiores ou melhores otimizações do sistema para gerenciamento de bateria, mas quem tá por trás do QuickCharge é a Qualcomm, desenvolvedora dos processadores. Não sei quanto de parcela ela tá ligada a criação de novas baterias mas enquanto não temos elas, esses QuickCharges são ótimas opções!
    Infelizmente, o 810 foi um fracasso para otimização energética, vamos esperar para ver como será o 820!
    Com toda certeza, num mercado tão competitivo existem várias empresas usando todos seus esforços para elaborar baterias melhores.
    E esses carregadores estão sendo desenvolvidos paralelamente à novas baterias. Uma coisa não anula a outra :)

  • Como eles não conseguem aumentar a autonomia, diminuem o tempo de recarga, na minha opinião essa notícia é péssima pois significa que os esforços por uma bateria mais duradoura e processadores mais eficientes não estão atingindo os resultados esperados.

  • O mais interessante é, a Qualcomm usando um possível Mi5, e mais coincidência é, o Mi5 vai chegar provavelmente com o soC snap820

  •   32

    O consumo de energia vai as alturas, podendo carregar tudo em pouco mais de meia hora, a maioria das pessoas nem vai se preocupar de poupar a bateria.

  • eu prefiro q eles invistam em tecnologia, onde possamos ter uma bateria super potentes, ou seja q dure pelo menos uns dois dias de uso extremo.
    e pra recarregar durando 2 horas ta bom no carregador.
    ou em processadores, q consumam o mínimo possível de energia.... ou seja ta bom um dos dois.

  • meu moto x 2014 levou 48 minutos para sair de 20% ate 82%. acho q ta bom né

  • Quanto mais lenta for a carga, melhor é para a bateria do aparelho. Carga rápidas diminuem a vida útil do aparelho.

  • Pra min tá bom, meu lg g3 carraga de 20 a 100% em 1hora e 30min...

  • o moto maxx vai contar com isso? kkkk fora o caregamento turbo que ele ja tem

  • Ainda continuo achando que é mais importante tentar evoluir no quesito "Duração da Bateria" do que no tempo de carga. Melhor não ter que carregar, do que carregar rápido. Pelo menos, para o meu dia-a-dia, assim ficaria melhor.

  • Quando estou com pressa, desligo o Moto Maxx por dez minutos, carregando, e consigo quase a carga completa nesse tempo.

Mostrar todos os comentários
212 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi