O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 134 Compartilhado 50 Comentários

Como está a sua conexão de dados? Rede 3G é 30% pior no Brasil do que média mundial

No início de fevereiro, a OpenSignal divulgou um relatório apontando que o 4G brasileiro fica à frente do 4G japonês em velocidade, mas a cobertura no país ainda deixa a desejar. Agora, em parceria com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), a mesma empresa levantou dados detalhando minuciosamente a qualidade do sinal das operadoras no Brasil. A situação não é boa.

A OpenSignal e o IDEC compararam as principais operadoras do Brasil em relação à qualidade do 4G, o estudo foi dividido em cobertura, velocidade de download e latência. Nas redes 3G foram comparados apenas latência e velocidade de download.

A qualidade do 2G e 3G no Brasil é 30% pior do que a média mundial

A Vivo saiu na frente

A Vivo foi a operadora que se saiu melhor, tendo destaque em cobertura de 4G, e velocidade de download no 3G e e no 4G. Em segundo lugar ficou a TIM, com destaque para cobertura e latência no 4G. A Claro teve como ponto positivo a cobertura 4G. A Nextel, a latência no 3G. A Oi não teve destaque em nenhum dos quesitos.

Apesar da Vivo ter a melhor velocidade média, a operadora sofre com a latência alta
open 1
Oi não teve destaque em nenhum dos pontos analisados / © OpenSignal

No período analisado, a Vivo ultrapassou a Claro em relação à última medição e teve a melhor taxa de download no Brasil, com uma média de velocidade de 4G de 15,3 Mbps. A Claro, por sua vez, teve uma queda acentuada, passando de 17,8 Mbps para 11,4 Mbps em média.

open 2
Claro registrou queda na velocidade média de download no 4G / © OpenSignal

Apesar da Vivo ter a melhor velocidade média, a operadora sofre com a latência alta: 256ms para redes 3G; 192ms para redes 4G.

Detalhes sobre o estudo

A pesquisa contou com uma amostra de mais de 58 mil usuários entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, com um total de mais de 110 milhões de dados computados. As informações foram enviadas pelos próprios usuários que possuem o aplicativo OpenSignal instalados nos seus smartphones.

OpenSignal - mapas 3G/4G/WiFi Install on Google Play

O 4G está cada vez mais lento

Enquanto mais usuários migram para as redes 4G, a velocidade tende a ser menor, como aponta a análise da OpenSignal:

Na medida em que o mercado de 4G no Brasil amadurece e as redes LTE começam a ser carregadas com mais assinantes, nós vamos continuar a ver uma queda gradual na velocidade média.

Isso pode se agravar ainda mais se as operadoras não investirem em infraestrutura no futuro. Por isso, será cada vez mais difícil ver 4G com velocidades de 30~60 Mbps como vemos em alguns lugares atualmente. Desde o último relatório de agosto, além da queda da Claro, a velocidade média da Vivo caiu 1 Mbps. A Oi e a Tim permaneceram relativamente estáveis, com médias de 10,5 Mbps e 11,9 Mbps respectivamente.

O 2G e o 3G estão saturados

Com os dados fornecidos pela OpenSignal, o IDEC fez um recorte para analisar a qualidade do 2G e 3G no Brasil, redes usadas por 75% da população que se conecta pelo smartphone. Como era esperado, o resultado não é nada animador.

No país a taxa de download média é de 1,97 Mbps

De acordo com o relatório, a qualidade do 2G e 3G no Brasil é 30% pior do que a média mundial. No país, a taxa de download média é de 1,97 Mbps. Para comparação, no Reino Unido a média é de 6,1 Mbps. Além disso, de acordo com Rafael Zanatta, pesquisador do IDEC, a performance das redes 2G e 3G tende a piorar de região para região:

Esse desempenho é ainda pior nas cidades do interior, conforme dados da OpenSignal, o que reforça o alto índice de reclamação nos Procons de todo o país.

A entidade de defesa do consumidor também elaborou um ranking das cidades com as melhores taxas de download nas redes 2G e 3G. Entre as dez primeiras, apenas uma, Juiz de Fora, não é capital. Entre as piores está São Luís, no Maranhão, e Ribeirão Preto, em São Paulo, que na média não chega a 1 Mbps de velocidade.

open 4
Capital de Goiás ficou em primeiro lugar entre 40 cidades / © IDEC
open 5
Velocidade média no 3G entre operadoras / © OpenSignal

A divulgação desses dados nos revela a dura realidade vivida diariamente por nós brasileiros. Apesar de pagarmos - e caro - para nos mantermos online, quase nunca temos qualidade na conexão. Para quem mora no interior, o problema é ainda maior.

Por enquanto, o 4G ainda mantém boas taxas de download. Mas será que no futuro, quando a grande massa começar a utilizar a rede, a qualidade vai permanecer? Isso só o tempo vai dizer.

A sua cidade já conta com cobertura 4G? Como anda a qualidade do 3G onde você mora? Deixe sua opinião nos comentários.

50 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários
134 Compartilhado

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi