O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
195 Compartilhado 92 Comentários

2015 e a revolução dos smartphones intermediários

Este 2015 foi, de maneira geral, o ano da decepção da categoria de high-ends, mas por outro lado foi o ano em que os intermediários mais chamaram a atenção. E não é só porque vendem mais, o motivo é sobretudo por suas especificações mais do que interessantes. Quer saber por quê? Continue lendo e conheça a revolução da categoria de intermediários.

A origem da revolução: Motorola

Como dito acima, 2015 foi o ano dos mid-range graças às especificações interessantes e aos preços mais competitivos. E tudo isso tem um “culpado” claro: a Motorola. E falo de um culpado para o bem, porque a compra por parte do Google deu à companhia uma direção a seguir. Depois da chegada do Moto X, apareceu o verdadeiro estopim da revolução: O Motorola Moto G, que se converteu no campeão da relação custo/benefício.

test comparatif moto g 2015 vs moto g 2014 hero image 01
A série Moto G da Motorola é a responsável pela revolução da gama media. / © ANDROIDPIT

Um preço inédito para um dispositivo com especificações decentes, uma performance mais do que satisfatória para o uso cotidiano e até mesmo um bom suporte. O Moto G se tornou o smartphone que recomendamos para quem deseja um aparelho bom sem precisar gastar muito dinheiro. Em suma, com esse dispositivo, a Motorola lançou um desafio às demais fabricantes.

2015: o ano em que as fabricantes competem de verdade na categoria de intermediários

Em várias companhias, o foco (e a principal fonte de lucros) é a categoria de intermediários, mas até pouco tempo esse foi um setor bem negligenciado. Quando a Motorola começou a se destacar, a reação veio de todas as concorrentes. Foi assim que nasceram smartphones intermediários bem interessantes como o Huawei P8 Lite, o Sony Xperia M4 Aqua, o Quantum GO e o Zenfone 2 (ZE500KL).

traseiraquantumgo
O Quantum GO foi uma das boas surpresas do ano. / © ANDROIDPIT

A própria Motorola também se preparou para a guerra, relegando o Moto G 2015 para a categoria intermediária/de entrada, apresentando o Moto G Turbo Edition (por enquanto no México) e dividindo a série Moto X em três modelos: o Moto X Force (premium), o Moto X Style (high-end) e o Moto X Play (intermediário superior). Dessa forma, a competição se tornou mais acirrada, com várias fabricantes que nunca tiveram presença forte nessa categoria entregando aparelhos bons e em conta.

A gama alta decepciona, a gama média surpreende

Este ano está próximo do fim, e se fizermos um balanço (poucos dispositivos ainda serão lançados), a conclusão que podemos tirar é que a gama alta decepcionou. A maioria dos dispositivos high-end tem uma autonomia pequena para o seu preço, além de decisões tomadas por cada fabricante que são no mínimo polêmicas. Refiro-me à ausência de slot para cartões microSD tanto no Galaxy S6 quanto no Nexus 5X e Nexus 6P, a continuidade do Xperia Z5 e do HTC One M9, o superaquecimento do Snapdragon 810 ou o rendimento “contido” do LG G4 se comparado aos competidores. Poderia mencionar mais, mas prefiro deixar a negatividade de lado por um momento.

sony xperia m4 aqua screen
O Sony Xperia M4 Aqua, um intermediário resistente à água. / © ANDROIDPIT

Agora pensemos na gama intermediária. Vários dispositivos decidiram apostar em baterias generosas, processador de bom rendimento (na minha opinião, o Snapdragon 615 foi a estrela da Qualcomm este ano), uma boa RAM e preços realmente tentadores. A única crítica aqui é que poderiam ter sido lançados mais dispositivos assim. Com efeito, a tendência é termos ainda mais opções no ano que vem.

Trata-se de uma moda passageira ou veio para ficar?

É difícil saber, mas as fabricantes estão bem mais atentas a esse mercado, e começarão a ver seu verdadeiro potencial. Para uma ou outra fabricante (estou pensando na HTC e na Sony) o investimento em aparelhos dessa categoria poderia representar a salvação.

Em minha opinião, ao menos em 2016, a concorrência estará bem alta nesse setor, com algumas fabricantes apostando em fabricar dispositivos com uma personalidade definida e incorporando o que até agora era exclusivo da gama alta, como os sensores de impressão digital. Resta a empresas como a Samsung ou Sony rever sua política com respeito a esse setor, assim como a LG, que deveria aproveitar sua boa tradição de se arriscar para mergulhar de cabeça na gama intermediária.

IMG 1047
Veremos um HTC de gama média com design elegante e alto-falantes BoomSound? / © ANDRODIPIT

De toda forma, as nossas atenções estarão voltadas para a categoria intermediária também no ano que vem, pois creio (e desejo) que mais modelos e fabricantes descobrirão o filão. Ao mesmo tempo, os sucessores dos intermediários atuais também devem receber melhorias significativas (falo aqui de sensor de impressão digital, baterias maiores, etc.).

O universo dos smartphones está continuamente em evolução, mas parece que este ano, além do sensor de impressões digitais, a coisa está um tanto parada na categoria de high-ends. A vez agora é da gama intermediária de mostrar ao grande público do que é capaz.

O que achou da categoria intermediária este ano?

195 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Fernando Henrique 10/nov/2015

    Quantum GO me surpreendeu!!

  •   11
    Carla Lideran 10/nov/2015

    Espero sinceramente e de coração ♥ que a Positivo com a linha Quantum GO venda milhares de aparelhos e incentive a produção nacional de smartphones, gerando mais renda e emprego!

  •   21
    Konckon 11/nov/2015

    Quantum Go detona!!!!🙌

  • Lucas Adriano 11/nov/2015

    pra mim o rei desse custo benefício e desse ano nos intermediario é quantum go

  • cleyton Ferreira 11/nov/2015

    Faltou mencionar o REDMI 2 PRO da xiaomi! Hoje representa o melhor CUSTO X BENEFÍCIO! Sem contar a ótima experiência de uso que oferece, lembra o primeiro moto G e moto X que presavam pela experiência de uso. Os hing-end são apenas ostentação, os intermediários oferecem experiências similar. Ou seja, pagar valores acima de 1.200,00 nada mais é que queimar dinheiro por celulares que vivem do marketing?

92 Comentários

Escreva um comentário:
  • Esse HTC é super interessante, ainda mais com esse speaker voltado para cima.

  • Estou mais do que satisfeito com meu Redmi 2 Pro. Atende perfeitamente minhas necessidades, sem travamentos, sem engasgos, MIUI 7 fluída, tela com resolução excelente e ótimas fotos/vídeos. Estava na dúvida entre o redmi e o quantum go mas o cel da xiaomi, além de ser um pouco menor para eu carregar no bolso, estava mais barato e pra mim esse foi o fator decisivo. Mas pelas especificações o quantum go tbm deve ser um excelente aparelho.

  • Sinceramente, só vi revolução nesse mercado com o #MotoG de 1ª Geração, esse aparelho sim, foi uma revolução juntamente com o MotoX, de lá pra cá, não vi nada de novo, principalmente em relação a custo/benefício. O que vejo hoje, principalmente com relação a Motorola, que foi quem iniciou essa revolução, é uma postura totalmente diferente, hoje pertencente a Lenovo o objetivo dela é um só, recuperar todo o prejuízo da marca, e a chinesa esta aproveitando a alta do dólar e o ceticismo do Brasileiro principalmente, para poder cobrar o que quer por aparelhos que não agradam tanto quanto os primeiros desse nova linha, MotoG 1 e MotoX. Não espero um 2016 com boas novas nesse setor, digo em relação ao preço, pois por aqui, é sempre fácil ludibriar o brasileiro, e agora então. Além do já famigerado Imposto, você pode usar como desculpa também, a Alta do Dólar, assim você pode cobrar o preço que lhe trará o maior lucro possível. E o brasileiro vai comprar.

    • isso mesmo, o moto g II foi broxante por só ter trazido uma atualização de cameras, tela maior (mas com pior calibragem de cores, mais amarelada que a primeira geração), e audio estereo frontal e já vindo bem mais caro que o moto gI, pra mim, no mínimo o moto g2 deveria ter vindo com 1.5 gb de ram, enfim qualquer coisa que fosse mesmo uma evolução, aí chega em 2015 querendo cobrar quase mil reais num snap 410? compensa mais gastarum poquinho e pegar o moto g turbo ou o moto xplay, pq o moto g mesmo só melhorou nas cameras desde de 2013 e acho que isso não justifica tamamho salto de preços.

      Quantum Go e zperia c4 dual mandaram lembranças

  • Quantum Go, mais que merecido.

  • Quantum go , o melhor mid de 2015 🌝🌝

  • Não vi funcionando, mas o Quantum GO me parece a excelente aquisição.

  • Os intermediários estão provando que, exceto pelo fator "Status", que pra muitos ainda é o fator preponderante na escolha de um smartphone, não é necessario vender um rim pra comprar um aparelho honesto, que atenda as necessidades dos usuários.

  • minha lista dos smarts intermediários que realmente valem a pena:

    1° Quantum Go
    2° Xiaomi Redmi 2/Pro
    3° Asus Zenfone Go
    4° Sony Xperia M4 Aqua
    5° Samsung Galaxy A5
    6° Motorola Moto G3°

    e o resto, é apenas o resto...

  • Man eu tenho um Moto G2014, e quero pegar um Quantum GO, vale apena ?

    • Vale e muito. Tenho um Moto X2 ee comprei um Quantum Go pró meu filho e te afirmo que ele não deve em nada pró Moto X.
      Não esquenta, é muito rápido, o foco da câmera é excelente. Vou comprar um outro 4g pra minha esposa. Pode ir tranquilo que não vai se arrepender.

  • pra mim o rei desse custo benefício e desse ano nos intermediario é quantum go

  • Melhor custo benefício? O Moto G 2015 parte de R$ 999,99 (preço oficial da Motorola). Em 2013 esse era o preço da versão Music Edition (top) que vinha com fones de ouvido bluetooth da Sol Republic.

    • Tenho o Moto X2 e o Quantum Go 3g de 32gb que comprei pro meu filho tem se comportado tão bom quanto o Moto X.
      Fiquei surpreso com o desempenho do Quantum. A única observação que faço é que o aproveitamento de tela é muito ruim. Se fosse melhor aproveitado, poderia ter uma tela maior ou o telefone poderia ser menor.

  • Não entendi, o Redmi 2 e o melhor de custo-beneficio do mundo e não esta nem na lista um otimo celular de 500,00 que e melhor que todos moto g

  • Não acho correto afirmar que a gama alta decepciona. O Moto X Force tem excelentes configurações.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi