O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 196 Compartilhado 99 Comentários

Aqui estão os rivais que tentaram vencer o Android. E falharam

Atualmente, o Android tem quase 90% do mercado de smartphones. Mas, além do iOS, você já se perguntou quem tentou vencer o nosso querido robô verde? Vamos descobrir quem foram os principais candidatos a tentar roubar o trono do SO do Google (e falharam miseravelmente) e para onde foram realocados.   

androidpit ui comparison hero
O mundo é belo porque é variado/ © ANDROIDPIT

Firefox OS: um software pouco maduro

O mais recente derrotado na tentativa de destronar o Android é o Fitefox OS. A plataforma foi desenvolvida pela Mozilla para ser uma alternativa econômica paras as tecnologias web do Android é foi completamente focado aos mercados emergentes.

O problema é que não havia muitos dispositivos com essa plataforma (veja aqui a lista completa) e poucos aplicativos. Além disso, seu desempenho não era dos melhores, o que indicava um sistema operacional pouco maduro. O Firefox OS trazia poucos apps nativos e, graficamente, era semelhante a outros sistemas operacionais mobile que já existiam.

E o que aconteceu com o Firefox OS? A Mozilla abandonou o projeto oficialmente em fevereiro deste ano, enviando um e-mail a todos os seus desenvolvedores. A plataforma ainda sobrevive dentro de alguns modelos de smartTV UltraHD da Panasonic.

firefox os
O Firefox OS não conseguiu a popularidade nos mercados emergentes, seu grande alvo / © Digitaltrends

Tizen: nasceu das cinzas dos sistemas operacionais mobile antigos

O Tizen surgiu das cinzas de outros sistemas operacionais mobile mais antigos, que não tiveram o sucesso esperado, apesar de terem seus méritos. A plataforma deriva da união de projetos como o Maemo (Nokia), Moblin e MeeGo (ambos da Intel)

Atualmente, o desenvolvimento do Tizen é liderado por funcionários da Intel e Samsung, embora o projeto continue a ser de código aberto e disponível para todos. Nesse caso, não podemos falar de uma derrota definitiva, já que ele ainda está em andamento. Mas a única linha que traz o sistema até agora é a série Z, da Samsung, mais precisamente o Z1 e o Z3 (não me perguntem por que eles pularam o Z2). 

Além disso, o Tizen também é usado em outros dispositivos além dos smartphones. Podemos encontrá-lo em smartTVs, eletrodomésticos e outros aparelhos. E uma outra mostra de que a Samsung ainda acredita no sistema é que a empresa abandonou o Android Wear para os seus smartwatches - o Gear S2 e o Gear Fit - para adotar a "plataforma da casa". 

AndroidPIT Samsung Gear S2 32
O Samsung Gear S2 traz o Tizen como sistema operacional! / © ANDROIDPIT

Sailfish OS: ainda ouviremos falar dessa plataforma?

Podemos dizer que o Sailfish OS ainda não entregou os pontos contra o Android, mas ainda é uma incógnita. Desenvolvido pela Jolla, uma empresa resultante dos espólios da Nokia e do projeto MeeGo, o sistema operacional é completamente baseado em gestos. 

Oficialmente, foram lançados apenas três smartphones com Sailfish embarcado: o Jolla "The First One" (ou Jolla Jolla), o Jolla Tablet e o recém-anunciado Jolla C. A plataforma conta ainda com uma série de apoiadores, que oferecem a possibilidade de realizar a portabilidade de SO para dispositivos Android como o Nexus 5, entre outros (confira aqui a lista completa). Além disso, Sailfish é compatível com apps desenvolvidos para o sistema do Google, mas isso é válido apenas para os aparelhos oficiais. 

AndroidPIT sailfish os 3179
O Sailfish ainda é uma incógnita no mundo mobile / © ANDROIDPIT

Web OS: um fim prematuro 

Falar do Web OS quase me faz verter uma lágrima: isso porque fui proprietário de um dispositivo com este sistema operacional. A plataforma foi desenvolvida originalmente pela HP para seus smartphones, depois que a empresa comprou a Palm e seu Palm OS. 

O representante mais conhecido do Web OS é o HP Touch Pad, tablet que, relutantemente, marcou o fim do projeto. A plataforma tinha como principal destaque a impressionante fluidez, o manuseio intuitivo e seu recurso multitarefa, que funcionava em "modo extremo", abrindo dezenas de aplicativos e páginas web sem afetar a capacidade de resposta do sistema.

Infelizmente, o Web OS teve curta duração e o seu código-fonte foi disponibilizado para o público em geral. Por isso, a HP ofereceu o seu tablet por incríveis US$ 99, quando ela já tinha decidido abandonar a plataforma. O sistema foi então adotado pela LG, que ainda o usa em suas smartTVs.

touchpad
Ah!! Que saudades do Web OS/ © Anandtech

E você já teve algum dispositivo com esses sistemas operacionais? E será que teremos uma plataforma capaz de bater o Android algum dia?

196 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Claudio O. 19/jun/2016

    Acho difícil bater o Android...
    A tendência é o Android ficar mais popular e melhor.

  • Yure S. 19/jun/2016

    O problema dessas sistemas é ficarem exclusivos de um único nincho de clientes, o sucesso do Android vem da sua popularidade, quanto mais gente usando mais a possibilidade de melhorias e implementação de recursos, por isso hj o Android é uma potência, acredito que apenas a Samsung com o tizen tenha capacidade suficiente de bater de frente com o Android, afinal a TW tão criticada por muitos foi responsável por diversos recursos nativos que hj tem no Android, torço muito para o sucesso do tizen, pois monopólio gera comodismo e com isso vem falta de evolução no sistema.

  • Thiago Fernandes 20/jun/2016

    Você não pode matar o Android,
    O Android viverá.

    Sailfish OS tentou matar o Android, mas falharam
    Enquanto foram golpeados ao chão;
    Web OS tentou matar o Android, mas falharam
    Enquanto foram surrados ao chão;
    Firefox OS tentou matar o Android, eles falharam
    Enquanto foram jogados ao chão.

    Ninguém pode destruir o Android
    O Android vai te acertar com um golpe furioso
    Nós somos os inimigos derrotados pelo Android
    Nós tentamos vencer, pra quê, nós não sabemos.

    Tizen tentou destruir o Android,
    Mas o Android deu seu jeito;
    Windows Phone então tentou destronar o Android,
    Mas o Robô Verde estava no caminho;
    Symbian tentou destruir o Android,
    Mas Android foi forte demais;
    iOS tentou corromper o Android,
    Mas iOS provou estar errado, sim.

    Android, ele veio do inferno!

    #AndroidRules

    :)

  • Nanderson Tavares Ormindo 19/jun/2016

    A não ser que desenvolvam algo revolucionário, (isso estou dizendo na prática) que venha nos surpreender, com mais recursos e facilidades que o Android, e que no geral seja bem aceito e trabalhe sem dificuldades em qualquer hardware. É meio que fantasioso isso, mas caso contrário, fico com a sua opinião.

  • Lordney 19/jun/2016

    Também, cada porcaria de SO que pareciam mais uma modificação mal feita do android do que um sistema em si.

99 Comentários

Escreva um comentário:
  • cadê o windows phone?

  • Ainda falta o Ubuntu :C

  • Enquanto o Symbian era a principal plataforma da Nokia, ele venceu o Android, o Symbian foi morto de dentro pra fora, não conta, na batalha limpa, o Android jamais venceu o Symbian.
    Ter maior mercado não é ser o melhor, eu uso Android, mas já usei Symbian, MeeGo, BB10, iOS, e até WP, posso dizer que Symbian era melhor que o Android contemporâneo, MeeGo também, o BB10 então, era bem superior.
    O que mantém o Android no alto é o poder do Google, não a excelência o OS.

  • Pensei que haveria o Windows Phone nesse post.

    Não vejo a hora de trocar meu lumia 830 por um Android, especificamente (NOTE 4 ou NOTE 5, ainda em dúvida), sempre defendi o windows phone mas a paciência acabou.

    Última atualização para WP 10, o processamento da câmera piorou, fora alguns bugs, e o pior a "palhaçada" que a microsoft fez e anda fazendo com usuários que nela ainda estão.
    Lumia mesmo, só importando.

  • Cada macaco no seu galho. Windows para computadores. Android para celulares. E o resto é resto.

  • juro q abri a mateira pensando q ia ver o Windows phone, e uma treta sinistra nos.comentarios

  • Acredito que a tendência seja a personalização do Android. Além de ser mais simples do que construir um sistema do zero, ainda leva vantagem na compatibilidade com os apps já existentes.

  • Tizen jamais decolará como SO mobile. Entretanto, pode dominar o mercado de wearables, fácil. Bem melhor que o Android Wear.

  • Faltou o Ubuntu Phone

  • Cuidado, Tizen ainda pode dar trabalho, Windows 10 (Móbile) principalmente, pois é um sistema nascido para ser um sistema que rodará em tudo, o Android domina hoje, mas o Symbian dominou por anos e foi destronado, a vantagem do Android é por ser usado por várias fabricantes, aliais, o Android é o que é hoje devido as fabricantes, por exemplo, se a Google não permitisse que as fabricantes o modificassem, ele não seria o que é hoje, pois todo mundo sabe que o Android Puro sempre foi carente de recursos, não permitia muita personalização nativamente, hoje que a Google vem implementando mudanças nele, acrescentando muitos recursos, porém a prova disso que tais recursos já existem a anos nos modificados, no IOS e até no Windows Phone/10 Móbile. O Tizen esta ai, a Samsung quer se ver livre da Google e das regras dela.

    CAV

  • Falharam, mas ao menos por um tempo foram alternativas. É muito ruim não ter outros Sistemas no mercado pra quando enjoamos de usar somente um.....

  • a única coisa que me interessa aí é ter uma TV com WebOS

  • O que eu tive foi o Nokia N8 com o sistema operacional Symbian. Que embora fosse um aparelho que travava bastante, eu gostava das suas funcionalidades e principalmente de sua câmera, embora lançado em 2010, até hoje não é qualquer Smartphone que bate sua câmera. Outra coisa que gostava muito era pelo fato de ele vir com hdmi, algo que ainda não consegui usar nos meus Android, nem um cabo que encontro dar certo.

    • já tive um o meu nunca travou tenho um até hj pelo fato de sua câmera maravilhosa troquei máquinas fotográficas pelo n8

  • Android está trilhando o mesmo caminho do Windows (para PCs e Notes), por um bom tempo, dominará o mercado, mas vai chegar uma hora em que ficará estagnado no mercado, o famoso mais do mesmo, a M$ errou em não ter acordado antes, por isso, por mais que ainda domine o mercado, outros SOs foram mordendo de pouquinho em pouquinho o share de SOs.
    Isso é um "ordem natural" das coisas, um dia está no topo, dominando tudo, se ficar parada, vai perder um pouco dessa enorme fatia, se manterá no topo por alguma demanda específica assim como a M$ (mundo corporativo), mas no mundo residencial, outros SOs serão mais atrativos.

    Vejo muitas críticas relacionadas ao SO da Apple, todos tem esse direito de critica, mas se comprar iPhone com Nexus, (Fabricante vs Fabricante), esse número será bem diferente do escrito na matéria.

    Hoje já é possível rodar Android no PC, ou então em algum dispositivo eletrônico desenvolvido por você mesmo.

    • Mas Android no PC ainda está longe de proporcionar a experiência e a usabilidade que uma pessoa espera de um PC. Acho o projeto Android x86 uma iniciativa excelente, mas o seu "filhote", o Remix OS, é quem tentará por à prova se o Android pode ser bom em PCs ou não.
      O Windows para PCs, diferente do que parece, não perdeu muito, não. Ainda é minoria que usa Linux, MacOS ou outros, e os números não mudaram muito com o passar dos anos. O que está acontecendo é que a aceitação no próprio ecossistema do Windows se deteriorou, isto é, muito gente está preferindo usar uma versão antiga porque a versão recente não agradou.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi