O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
6 min para ler 116 Compartilhado 76 Comentários

Se precisasse deixar o Android, iria para o Sailfish OS

O Sailfish OS pode ser desconhecido pela maioria das pessoas, mas, caso o Android desaparecesse, ele seria a melhor alternativa. É um sistema operacional móvel de código aberto com um grande passado por trás e que oferece simplicidade e rapidez como nenhum outro.

Comecemos com uma visita ao passado: em 2011 a Nokia aliou-se com a Microsoft para embarcar o Windows Phone em seus celulares. Alguns anos antes, a série N da Nokia era o ápice tecnológico disponível no mercado móvel. Por ironia do destino, o Nokia N9 foi lançado exatamente em 2011.

Para quem não lembra, o Nokia N9 era o primeiro do Nokia N que não vinha com o onipresente Symbian, mas sim com um novo sistema, o MeeGo. Assim como o Android, o MeeGo era baseado em Linux, e permitia controlar um dispositivo sem o uso de qualquer botão.

AndroidPIT sailfish os 3179
Um projeto muito interessante / © ANDROIDPIT

Entretanto, com o acordo entre a Microsoft e a Nokia, o MeeGo perdeu suporte da fabricante, mas alguns dos seus desenvolvedores decidiram continuar a empreitada. Assim nasceu a Jolla, a empresa que viria a desenvolver o Sailfish OS. A empresa foi fundada no mesmo 2011, na Finlândia, para terminar o trabalho que havia começado na Nokia com o MeeGo. Graças a esses esforços, a semente plantada no N9 com o MeeGo cresceu e se desenvolveu em um smartphone que roda Sailfish OS.

Em 2015, o Sailfish OS chegou a sua versão 2.0 e também viu seu primeiro tablet aparecer através de um financiamento de crowdfunding. Em 2016, uma fabricante indiana apresentou durante o MWC um dispositivo rodando Sailfish OS, o Intex Aqua Fish.

Se a Nokia ainda fizesse smartphones, o sistema operacional seria o Sailfish.

Depois dessa viagem ao passado, vou explicar o que mais gosto do sistema operacional, que pude experimentar por alguns meses no meu Nexus 5 graças ao MultiROM.

Fluidez, rapidez e multitarefas

O que mais me surpreendeu no Sailfish OS foi a sua rapidez. Trocar de uma tela para outra é um processo muito fluído. É claro que existem alguns momentos ásperos, mas é uma plataforma muito fluida, e isso se nota nos primeiros 20 segundos. Quase todo o sistema é controlado pelo polegar, e as trocas de tela têm a mesma velocidade do seu dedo.

AndroidPIT sailfish os 3187
Um sistema muito dinâmico / © ANDROIDPIT

Carregar completamente alguns aplicativos pode demorar um pouco, mas a maioria dos que experimentei abre rapidamente. O sistema ainda tem uma pequena animação ao tocar em um app, que primeiro te mostra a página principal de tal app, para depois abrir o aplicativo.

Uma vez abertos, os aplicativos ficam na tela principal e, com apenas um toque, eles abrem num piscar de olhos. A tela principal do Sailfish OS se parece com uma tela de multitarefas do Android. Os apps abertos ficam em um grid, que muda de tamanho conforme o número de apps.

AndroidPIT sailfish os 3256
Tudo é multitarefa / © ANDROIDPIT

Tudo o que você precisa são três swipes

O Sailfish OS não tem botões. Por botões, quero dizer os de navegação do Android, que podem ser capacitivos ou virtuais, dependendo do fabricante: o de início, voltar e o multitarefas.

AndroidPIT sailfish os 3189
Central de notificações a la multitarefas / © ANDROIDPIT

Para controlar o Sailfish OS só é necessário deslizar o polegar.  Da tela inicial, deslizando para a esquerda ou para a direita temos as notificações, feeds, notícias, emails, chats, SMS, etc. Ao deslizar para cima, aparece a gaveta de aplicativos, ordenador por data de instalação; para baixo, os diferentes ambientes de notificações e o aspecto do sistema.

AndroidPIT sailfish os 3201
A gaveta de apps / © ANDROIDPIT

Em resumo, para controlar o sistema, só é necessário deslizar o polegar a partir da borda do dispositivo: para a esquerda vamos para a Home, para baixo aparecem os ambientes e para cima a gaveta de apps. Esses três gestos podem ser feitos a partir de qualquer tela ou aplicativo, o que faz com que a movimentação entre tarefas e opções seja muito fácil e rápida.

Abra o menu de configurações com um puxão

À primeira vista, o Sailfish OS parece simples demais, dando a impressão que faltam opções. No entanto, os menus estão escondidos. No Android temos o ícone de três pontos (ou o de hambúrguer) para acessarmos as opções. No Sailfish OS não temos nada.

AndroidPIT sailfish os 3238
Um menu puxando para baixo...  / © ANDROIDPIT

Para acessar mais opções dentro de um aplicativo, basta deslizar o dedo a partir do meio da tela, para cima ou para baixo, e as opções disponíveis serão mostradas. A partir daí é só continuar deslizando o dedo até a opção desejada aparecer e, quando ela surgir, é só soltar o dedo e pronto. Ela será executada.

AndroidPIT sailfish os 3243
... e outro para cima / © ANDROIDPIT

Os menus estão tanto na parte superior quanto na inferior da tela. São bastante intuitivos e, depois de poucos dias, você já saberá de onde deslizar mesmo que o app seja novo.

Ambientes para cada momento

A personalização não é o ponto forte do Sailfish OS, mas o desenho do layout e interface são muito elegantes. Não é possível trocar a imagem de fundo de tela, mas, para compensar, existem 11 ambientes que podem ser configurados à vontade.

AndroidPIT sailfish os 3247
Controle os sons e notificações em cada ambiente / © ANDROIDPIT

Cada ambiente vem com um fundo de tela diferente, uma cor de sistema que se ajusta às cores da imagem de fundo e todos os sons e notificações podem ser configurados para cada um desses ambientes.

Aplicativos nativos e do Android

O Sailfish OS conta com uma grande comunidade que desenvolve apps nativos para o sistema. Além disso, a Jolla já oferece uma plataforma de desenvolvimento e os apps essenciais para o funcionamento do telefone. O catálogo é bem extenso e tem aplicativos para todos os principais serviços de internet, incluindo programas famosos, como o Telegram.

Infelizmente, o WhatsApp ainda não criou um app para o Sailfish, mas existe uma solução alternativa: na loja de apps da Jolla, existe um aplicativos chamado Android Support, que é capaz de criar uma máquina virtual Dalvik para executar o código em Java. Em outras palavras, permite que você rode apps do Android no Sailfish.

AndroidPIT sailfish os 3234
Um console para quem gosta de Linux / © ANDROIDPIT

Infelizmente, para Sailfish do Nexus 5 o Android Support não está disponível, então não pude testar como os apps para Android rodam nele. Há ainda alguns apps Android que não utilizam Dalvik. Alguns usuários conseguiram, por exemplo, instalar Angry Birds diretamente pelo console do Sailfish OS. Como um bom sistema Linux, o Sailfish tem um console de comando. Ainda não conseguir instalar nada por esse método, mas seguirei tentando.

AndroidPIT sailfish os 3196
Um sistema limpo e elegante / © ANDROIDPIT

Caso o pior acontecesse, e o Android desaparecesse do dia para a noite, qual seria o sistema de sua escolha?

Os comentários favoritos dos leitores

76 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi