O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 310 Compartilhado 94 Comentários

A Lenovo ouviu os usuários ao criar o Moto G5? Pesquisa mostra que sim

A série Moto G é uma referência no segmento intermediário desde que foi lançada, em 2013. É claro que muitas coisas mudaram nesses cinco anos, incluindo as exigências dos usuários na hora de investir num smartphone, independente da sua faixa de preço. O Moto G5 Plus pode ser considerado o modelo ais díspar da série, tanto pelo seu visual como por seus diferenciais, que destoam dos demais dessa família. Um pesquisa divulgada pela própria Lenovo nos mostra que o modelo é resultado daquilo que seus próprios usuários pediram.

As empresas investem em pesquisas de mercado o ano inteiro, seja para o desenvolvimento de software ou hardware, por exemplo. Nenhuma novidade chega às prateleiras sem antes ser minuciosamente projetada por engenheiros, desenvolvedores, executivos e publicitários. É claro que muitos produtos são lançados e não caem no gosto dos usuários, principalmente daqueles que são fãs incondicionais de determinada marca.

Quando isso acontece, provavelmente, a empresa não conseguiu entender as exigências de seu público, seja através de pesquisas ou qualquer outro método estatístico que a mesma tenha usado. Acredite você ou não, mas até mesmo a escolha por mais ou menos memória RAM pode surgir desses resultados, ou seja, os usuários entrevistados podem influenciar, mesmo que indiretamente, no desenvolvimento de um produto mostrando aos fabricantes o que querem ver em seus próximos lançamentos.

moto g5 lenovo tela comparativo
O Moto G5 foi lançado recentemente pela Lenovo / © AndroidPIT

Uma pesquisa divulgada pela Lenovo nos mostra exatamente isso, visto que, se olharmos para ela atentamente, notamos que todas as características presentes no Moto G5 e no G5 Plus aparentemente saíram do feedback dos usuários entrevistados pela marca:

  • 45% das pessoas desejam aumentar a capacidade de armazenamento;
  • 48% dos usuários preferem dispositivos revestidos em metal;
  • 85% querem um produto premium, mas 72% não querem pagar o preço de um modelo dessa categoria;
  • 72% dos brasileiros concordam que existem características em seus smartphones que eles desconheciam, mas que hoje não conseguem viver sem;
  • 63% querem uma resolução de tela boa e 58% fazem questão de câmera melhor;
  • 69% dos brasileiros revelaram que a bateria de longa duração é o maior indicativo de que o celular é premium ou top de linha.

Olhando para os resultados, e comparando o Moto G5 com seus concorrentes de mercado, notamos claramente que essas características fazem parte do modelo: corpo em alumínio, bateria de 3.000mAh, display com resolução Full HD e armazenamento grande de 32GB.

Opinion by Bruno Salutes
A pesquisa da Lenovo me representa parcialmente.
O que você acha?
50
50
893 participantes

Outro ponto levantado pela pesquisa diz respeito às exigências, algo que comentei no início do artigo. Se em 2013 tínhamos uma busca por algo funcional no que diz respeito ao hardware, hoje a cobrança pelo conjunto da obra é mais intensa (hardware + software + acabamento). Os usuários, segundo a lógica dessa pesquisa da Lenovo, querem um produto premium, mas com valor acessível.

Essas exigências não vem do acaso, visto que cada vez mais a questão da importação e da diferença de preços entre produtos nacionais e os mesmos modelos vendidos internacionalmente está ficando mais evidente. Não à toa, percebemos que modelos da Xiaomi e de outras fabricantes chinesas são sempre citados por leitores do AndroidPIT, e de outros canais também, em reviews de aparelhos. Aparentemente, importar um 'Redmi X alguma coisa' é mais interessante do que investir R$1.500,00 num produto com especificações inferiores no Brasil.

É claro que essas pesquisas não abrangem toda a base de usuários de uma marca. Elas são mapeadas por regiões e, em alguns casos, as pessoas ouvidas sequer utilizam o produto do fabricante que encomendou a pesquisa, ou então não sabem para qual finalidade é a mesma. Este levantamento da Lenovo ouviu 11.928 pessoas, de 18 anos ou mais, em nove países: Brasil (1.130 entrevistas), China, México, Estados Unidos, Índia, Rússia, Espanha e Reino Unido.

Por fim, não podemos dizer que todas as empresas baseiam-se unicamente nessas pesquisas. Tendências lançadas por outras fabricantes e determinados movimentos dentro da própria comunidade de usuários também impactam no desenvolvimento de um produto. 

Quando um executivo nos diz que a marca optou por 2GB da memória RAM ao invés de 3GB para determinado aparelho visando adaptá-lo às exigências locais, lembre-se dessa pesquisa da Lenovo. Ela é um exemplo claro de que as fabricantes ouvem sim seus usuários, e que nem tudo está ligado somente a corte de custos. Muitas vezes as empresas dão aos seus usuários aquilo que é pedido, mesmo que algo fique de fora, só para agradá-los.

Você acha que a Lenovo realmente acertou com o Moto G5? 

310 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Denis há 4 meses

    "Você acha que a Lenovo realmente acertou com o Moto G5?" - Não sei se acertou, mas tentou ser coerente com as suas pesquisas e com a realidade dos custos no Brasil. Oferecer custo-benefício no Brasil, sai caro... e nem sempre é culpa das fabricantes.

  • Léo Walk há 4 meses

    Agora está claro porque não temos aparelhos com memória RAM parruda similar aos internacionais. 😂😂😂...estão pesquisando as pessoas erradas!!!

  • Pamella Scramin F. há 4 meses

    Manter custo beneficio aqui no brasil é difícil, afinal o cxb ultimamente está indo na casa dos 1k sendo que pelo menos dois anos atrás estava na casa dos 600.

  • Tenente Zureta há 4 meses

    a grande verdade é que a motorola "escutou" a maldita inclusão digital, que só utiliza o aparelho para whatsapp e facebook. Por isso lançaram esse aparelho com 2GB.... Pra eles, ta bom até demais.

  • Ermes Almeida há 4 meses

    Como assim ninguém falou que queria áudio esterio de boa qualidade ? Ou não tinha esta opção na pesquisa 🤔

94 Comentários

Escreva um comentário:
  • A feiura desse celular! Parece aqueles tijolos de 2011

  • É meio óbvio que Motorola fez pesquisa com pessoas nao entendem muito de smartphones, nao creio que tenha feito um bom serviço, pra mim está mais pra uma pesquisa pra maquiar e dizer que as coisas que mudaram seriam bem aceitas. Não é pq o smartphone tem 2 GB de RAM que ele optou por 2Gb ao invés de 3 GB, onde uma pessoa prefere 2 no lugar de , só escolhe por causa do preço, e a Asus coloca 3 GB sem subir o preço, simplesmente não da mais pra usar 1 GB de RAM.

  • Pesquisa muito bonita, bela, gostei e me representa. Agora, cadê isso nos aparelhos? Podem ser que tentaram, mas na minha visão não entregaram o que perguntaram na pesquisa.

  • Ouviu em parte. Porque não é possível que alguem hoje em dia, queira pagar 1500 reais num aparelho só com 2GB de RAM. E também achei errado diminuírem a tela. Era pra ter deixado com 5,5" mesmo, e ter diminuído as bordas. Ela deveria fazer pesquisas em realação ao design dos aparelhos também, porque não estão bonitos não. Ainda mais com o "moto" na frente.

  • Bateria, tela e som, pra mim são os principais!

  • nenhum moto g conecta com tv smart, esse celular é uma merda

  • Brasileiro só usa essas merdas chamada Facebook e Whatsapp. Para que smartphone parrudo pra um monte de orelhudo?!

  • O dispositivo e mesmo bom ,mas acho que eis não, na comodidade entre dispositivo e usuário para um aparelho dessa qualidade usa claro mp4 ,HD e tudo mais a ram deveria ser de 3 G. Mas o que tem a ver ,muito ,o gerenciador de aplicativos deveria sair do lugar do desenvolvedor com funções extras como no s4 também controlando dados em segundo plano , Google quase que obriga a atualizar seus aplicativos mantendo os na ram , assim os usuários são obrigados a fazer o Root nos aparelhos parece não ter muito ver mas tem sim também o Android restringindo o asseso ao armazenamento externo,tudo isso se melhorar pode fazer o g4, mas rápido que qualquer outro já fabricado ha controlar melhor a luz dá tela a amoled é melhor.

  • A Lenovo publicou que irá atualizar os aparelhos da linha K6 pro Nougat em Maio deste ano.

    h t t p s : / / forums.lenovo.com/t5/Lenovo-Vibe-s%C3%A9ries-B-C-e-K/ATUALIZA%C3%87%C3%83O-DO-ANDROID-PARA-OS-SMARTPHONES-LENOVO-AGORA-%C3%89/m-p/3613611#M1253

    h t t p s : / / support.lenovo.com/br/pt/solutions/ht501098

    CAV

  • Por mais que a Lenovo tente fazer um trabalho bonito com a Motorola, eu perdi totalmente a confiança na marca. Mas é bom saber que a empresa atende ao feedback dos usuários.

  • A verdade é que a Lenovo/Moto parece que não escuta ninguém, tendo em vista o descaso como são tratados os seus consumidores do Vibe K5, que até hoje estão presos ao Android 5.1.1, tendo em mãos um aparelho que facilmente suporta atualização para o 7.1.2 e que só em maio (diz a lenda) receberá o 6.0! Vergonhoso isso.

    • A Lenovo faz distinção entre a linha Moto e Vibe. Os motos tem menos funções, são mais próximos do android puro, por isso atualizam mais rápido e recebem sempre duas grandes atualizações. Linha Vibe é a linha com mais personalização e funções, isso atrasa a atualização e tipo que compensa se não receber a segunda grande atualização. Quem curte atualização rápida e por mais tempo NUNCA deve comprar um aparelho da linha Vibe.

  • Não perguntaram a nós, por isso ta essa anarquia.

  • Motorola nunca mais. Divulguem e rezem para nunca precisarem do açougue dá Motorola ops assistência. Já entre
    ei na justiça. Fiz um vídeo mas não posso postar aqui

  •   13

    Fogo no cú!!!! É isso. Fo-go no cú!!!! Não tem que ficar escutando a opinião de ninguém não. Tem que fazer a porra do celular de acordo com o que for melhor, e não de acordo com as opiniões de pessoas burras. Quem pediu esse design lixo? Quem pediu esse leitor de digítais ridículo? Quem pediu???? Deve ter sido algum bando de zé bucetas, lá na página da Motorola.

  • Esse celular ficou muito feio, o pior da linha G até agora. Sem falar que 2gb de ram não dá nem pra competir com a concorrência, mas talvez venda bem por causa da fama. Eu não compraria.

  • Mataram o smarthphone colocando a tela pequena e as bordas grotesca.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi