O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK

As vendas de smartphones explodiram no último ano, aparelhos mais rápidos, novas tecnologias, design inovador, dispositivos cada vez mais funcionais e dezenas de modelos que oferecem excelentes recursos a preços bastante acessíveis. Assim, vieram os smartphones com LTE, com picos de velocidade que podem chegar a até 170Mbps (megabits por segundo); com NFC, tecnologia que permite a troca de informações por proximidade; com a nova geração de processadores capazes de verificar conteúdo HD e oferecer jogos com gráficos de PC; e, por fim, assistentes de voz que funcionam como uma espécie de assistentes pessoais capazes de prever situações. Confira os recursos que viraram tendência no universo dos smartphones em 2012.

Processadores

O processador, também conhecido como CPU - Unidade Central de Processamento - é o chip responsável pela execução dos aplicativos e do sistema operacional de um dispositivo móvel Android. Em resumo, o processador é o cérebro dos nossos smartphones, pois qualquer tarefa é executada por ele. Uma característica que entrou na moda nos últimos tempos foi a “dual-core” ou a “quad-core”, ou seja, múltiplos núcleos, respectivamente, dois e quatro. Na prática, é uma espécie de processamento paralelo de tarefas, onde elas são divididas em duas ou mais células diferentes. Estas células, por sua vez, trabalham em cooperação com as demais para entregar um resultado final.

Ou seja, são dois ou quatro núcleos trabalhando em apenas um chip, quase como se fossem dois ou quatro processadores em um. O objetivo é deixar o processamento de dados mais rápido. Abaixo, você confere os três processadores mais conhecidos do mercado de smartphones:

Nvidia Tegra 3: estes são superprocessadores e fornecem performance inédita em uma ampla gama de dispositivos móveis. O Tegra 3 possui quatro núcleos Cortex A9 para processamento comum e mais 12 núcleos para processamento gráfico. Ou seja, multitarefas em níveis extremos, navegação até duas vezes mais rápida, jogos com qualidade de console e, apesar de oferecer muito mais poder de armazenamento, o consumo de energia é extremamente baixo. Atualmente, o HTC One X é alimentado pela Tegra 3 quad-core. É um processador incrível para quem curte gráficos.

Qualcomm Snapdragon S4: A CPU Snapdragon S4 Plus é dual-core, alcança até 1,7GHz e incorpora o acelerador Adreno 305 e alimenta dispositivos Windows Phone 8. Lembrando que o Snapdragon S4 Pro pode ter até quatro núcleos e trabalha com a GPU Adreno 320.

Intel Atom Z2460: Este processador tem apenas um único núcleo, mas possui a tecnologia Hyper Threading. Por Hyper Threading se entende que existe um processamento simultâneo de vários segmentos (processos leves) por núcleo da CPU. Este truque faz com que uma CPU single-core se converta em um processador dual core utilizando um segundo núcleo virtual. O Intel Atom alimenta o Motorola RAZR i que, em testes de Benchmark, se mostrou superior ao processador dual-core do Samsung Galaxy Nexus, por exemplo.

LTE

Em janeiro deste ano, a Nokia lançou o Lumia 900, o primeiro aparelho de 2012 a trazer o recurso LTE, porém, o aparelho ficou por muito tempo disponível apenas no mercado norte-americano. A LTE é a evolução da tecnologia 3G e surgiu devido à crescente demanda de transmissão de dados, conteúdo multimídia, jogos e navegação. A tecnologia oferece velocidade até dez vezes mais rápida quando comparada à 3G, são cerca de 170Mbps. Utilizando a tecnologia LTE, o download de um arquivo de 200MB é finalizado em menos de dez segundos. Além disso, suporta transmissões de televisão HD e TV digital de alta qualidade. Hoje, Nokia, Samsung, HTC, Motorola e Apple, são algumas das fabricantes que oferecem a tecnologia em seus dispositivos móveis.

Em setembro, a Motorola apresentou o Droid RAZR HD, o primeiro aparelho 4G fabricado no Brasil, durante o evento, o ministro das telecomunicações, Paulo Bernardo, realizou a primeira chamada 4G no Brasil, através de um Hangout no Google+. A tecnologia LTE está prevista para funcionamento pleno no Brasil em 2013; as operadoras Claro, Vivo, TIM e Oi foram as vencedoras da licitação da LTE no país.

NFC

O NFC - Bear Field Communication - é um sistema de transferência de dados que se dá a partir da aproximação de dois aparelhos ou objetos que ofereçam a mesma tecnologia. O NFC é muito mais que apenas realizar pagamentos, no Japão, por exemplo, serve como chave para destrancar a porta do quarto do hotel e, em Tóquio, a tecnologia esta sendo utilizada no sistema de metrô, onde as passagens podem ser compradas com a aproximação do aparelho de telefone às catracas; na Arizona State University, existem testes para utilizar a tecnologia para abrir as portas dos dormitórios dos estudantes; utilizando smatphones Android, como o Samsung Galaxy S3, o NFC oferece a possibilidade de trocar cartões de visitas online ou dados, como uma playlist, sem necessidade de bluetooth. Para transmitir dados, é necessário um limite de campo de atuação de frequência para uma distância de 10 centímetros. O processo é totalmente seguro, uma vez que as informações são obtidas da fonte passiva pela fonte ativa. Há algum tempo, o recurso está presente em aparelhos da Samsung, como o Galaxy Nexus S e o Galaxy S3.

Assistente de voz

A evolução dos smartphones tem por objetivo facilitar o dia-a-dia do usuários, trazendo mais funcionalidades, recursos e facilidades. Em junho deste ano, a Google apresentou o Google Now, assistente de voz que veio como um recurso do sistema operacional Jelly Bean. Em maio, a Samsung já havia apresentado o S-voice, o assistente de voz da Samsung. A Siri já é velha conhecida dos usuários de iPhone e até o Windows Phone possui o serviço que se chama TellMe. Entre todos os assistentes de voz, o Google Now, até o momento, demonstrou mais destreza e possibilidades, pois é mais que apenas voz, já que verifica através da localização as possíveis ações do usuário, oferecendo a lista de horários dos próximos ônibus quando você chega em um ponto, por exemplo. Caso você desembarque em Xangai, o Google Now vai dizer como se pronunciar “Oi” em chinês. A tendência é que os assistentes de voz se tornem, cada vez mais, assistentes pessoais, oferecendo dicas, sugerindo leituras e etinerários com base em uma “memória” de uso de informações pelo dono do smartphone.

Estas são algumas das tendências que notamos no último ano envolvendo smartphones e outros dispositivos móveis como o Nexus 7, por exemplo. Na sua opinião, existem outros recursos e tecnologias que estão na moda no universo das fabricantes de celulares que você gostaria de incluir nesta lista? Deixe-nos saber nos comentários abaixo! 

Fonte: Chip DE

1 comentário

Escreva um comentário:
  • gostariamos de mais informaçoes sobre o poderoso processador do Galaxy S3, como ele divide as tarefas e comunicacoes e o quanto ele é rapido....

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi