O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
456 Compartilhados 66 Comentários

Como configurar uma rede VPN em seu Android

Certamente muitos de vocês escutam falar dessa sigla pela primeira vez. Alguns já conhecem muito bem e sempre recorrerem a este serviço quando o WhatsApp é bloqueado no Brasil. Hoje iremos explicar o que é uma Rede Privada Virtual (VPN), para que serve e como ela pode ser configurada em seu dispositivo. Confira nosso tutorial.

O que é VPN?

Como mencionei na introdução, a sigla VPN quer dizer Virtual Private Network ou Rede Privada Virtual, uma tecnologia de rede que permite configurar uma extensão segura da rede local (LAN) sobre uma rede pública ou não controlada, como a Internet, permitindo que você possa se comunicar de um ponto a outro (como de um smartphone e um computador, ou entre dois smartphones) de maneira segura e privada utilizando a Internet.

Para que a conexão VPN seja totalmente segura, temos de confiar no servidor VPN

A tecnologia por trás deste tipo de conexão se chama "tunneling", pois cria um “túnel” estabelecendo a comunicação entre dois pontos, pelo qual circulam dados. A VPN em si não armazena nenhum tipo de dados, eles são salvos nos servidores ou clientes que configuram a VPN.

Um dos usos principais da tecnologia VPN é encapsular um IP privado de uma rede corporativa ou de empresa dentro de um IP público de Internet, de maneira que os empregados que trabalhem de casa possam conectar-se à rede do escritório acessando os serviços, recursos, servidores, etc. Outro uso muito comum é o de redes WiFi abertas a partir do smartphone, mas na maioria dos casos, o tráfego de dados pode não ser seguro.

Evite fazer transações bancárias ou divulgar dados secretos enquanto utilizar um VPN de terceiros

Para que serve a VPN?

Um dos principais usos da VPN se dá para acessar websites e serviços restritos em determinada região. Aplicativos indisponíveis no Brasil, por exemplo, podem ser acessados através de uma rede VPN.

Além disso, uma rede privada é naturalmente mais segura quando o assunto são transferências de dados sigilosos por email, por exemplo.

Vantagens da VPN

Usar um IP diferente ao do local em que estamos

Uma das vantagens de uma conexão VPN é a utilização de um endereço de IP diferente daquele que estamos conectados. Por exemplo, para baixar um aplicativo que está disponível apenas em um determinado país ou para acessar um canal específico de um país que não aquele no qual nos encontramos.

Conectar-se a redes abertas com segurança

Em redes abertas ou gratuitas, há algum risco de que alguém ligado à mesma rede Wi-Fi possa monitorar o tráfego e roubar suas senhas. Se usarmos um servidor conectado a uma VPN, todos os dados passando por esta rede aberta serão criptografados até chegarem ao servidor VPN.

Acessar uma rede local via internet com segurança

Este é uma aplicação do VPN para negócios. Usando uma conexão VPN você poderá se conectar a uma rede local através da Internet de forma segura.

Desvantagens da VPN

Segurança: VPN gratuito ou pago?

Para que a conexão VPN seja totalmente segura, temos de confiar no servidor VPN. Há muitos serviços de VPN gratuitos que controlam o tráfego de dados que recebem dos usuários. Além de recolher as suas senhas (o que é ilegal), estes serviços também verificam estatísticas de uso e perfis de navegação que podem ser vendidos para terceiros, tais como agências de publicidade e outras empresas dedicadas ao consumo.

Serviços de VPN, normalmente pagos, dão total privacidade e garantem que o tráfego de dados não seja rastreado, mas é aconselhável ler atentamente os termos de uso antes de contratar.

Um uso maior de dados diminui a velocidade de navegação

Quando conectado a uma VPN, todos os dados são criptografados para aumentar a quantidade de dados que se transmite. Em uma rede lenta, isso resulta em navegação mais lenta e se você estiver conectado ao seu plano de dados, gastará mais rápido o nosso pacote mensal de dados.

Como configurar uma rede VPN?

Existem duas maneiras de se conectar a uma rede VPN: através de um aplicativo de terceiros ou através do suporte nativo integrado ao Android para certas redes. Falaremos dos dois processos abaixo.

1. Como configurar a VPN através de um aplicativo

Dependendo da rede VPN que pretende utilizar, um aplicativo dedicado é a melhor pedida. O Android não oferece suporte nativo para redes abertas de servidores VPN. Dessa forma, para utilizar serviços que não estão disponíveis na sua região (bloqueio do WhatsApp, por exemplo), um app é a solução ideal. Recomendamos o Betternet, que tem uma interface extremamente simples, é grátis (com versão premium paga) e funciona bem.

betternet vpn
Com um serviço de VPN você desbloqueia o WhatsApp e outros serviços / © AndroidPIT
Betternet Free VPN Proxy Install on Google Play

O Betternet é um aplicativo extremamente simples. Você só precisa baixá-lo na Play Store, confirmar a solicitação de conexão e clicar em "Connect". Não é necessária criação de senha ou login. O ícone de "chave" na barra de status mostra que o serviço está ativo. Vale lembrar que muitos serviços de VPN não são seguros. Evite fazer transações bancárias ou divulgar dados secretos enquanto utilizar um VPN. Uma alternativa ao Betternet é o Private Tunnel VPN.

Private Tunnel VPN Install on Google Play

2. Como configurar manualmente a VPN pelo suporte nativo do Android

Os smartphones Android oferecem suporte já integrado para a configuração de redes VPN PPTP e L2TP. Elas são úteis para você ter acesso a redes privadas em ambientes como o trabalho, sua casa, etc. Basta para isso acessar o menu de “Configurações” e depois em “Mais” (os nomes podem variar dependendo da UI). Nessa seção, você encontrará uma janela denominada VPN. Clique sobre ela.

Depois disso, aparecerá a notificação “Adicionar VPN” ou simplesmente o sinal de “mais” na barra superior, na qual se deve clicar. Ao fazê-lo, serão pedidos os seguintes dados: “Nome”, “Tipo” e “Endereço do servidor”. Veja abaixo o que colocar em cada um.

Nota: A configuração de VPN usada neste tutorial é usada apenas para ilustrar o processo. Logo, antes de configurar um VPN, você terá que ter os dados de configuração da rede VPN. O site VPNBook, por exemplo, oferece tais dados, contudo, provavelmente irá rastrear o seu comportamento na rede (este é apenas um exemplo).

vpn configuracao manual
Achando a VPN nas configurações / © AndroidPIT

Definições 

  • Nome: esta categoria serve simplesmente para distinguir esta configuração do restante. Os nomes mais comuns são “Casa”, “Empresa”, “Escritório”, etc;
  • Tipo: aqui é preciso escolher o tipo de VPN que estamos configurando. Cada tipo corresponde a um protocolo de características diferentes, e dependerá de cada rede. A PPTP possui um nível de segurança mais básico, enquanto o L2TP e o IPsec oferecem um nível de criptografia mais alto. Confira aqui o significado de cada protocolo e qual deles é o mais segura;
  • Endereço de servidor: aqui podemos pôr uma DNS ou um endereço de IP público. No caso de nos conectarmos com o nosso servidor doméstico, é recomendável utilizar os serviços de um DNS dinâmico. Caso você queira usar a internet, por exemplo, o Google.com pode ser um DNS.
vpn configuracao manual senha
Preenchendo os dados da rede VPN / © AndroidPIT

Em seguida, já poderemos nos conectar à rede VPN utilizando um nome de usuário e uma senha que da mesma forma deve ser fornecida previamente. Lembre-se, estes dados são oferecidos aos usuários pelos responsáveis pela VPN (ver novamente o site VPNBook indicado acima). Tão logo a conexão seja efetuada, receberemos uma notificação no smartphone. Para desconectar, basta clicar na referida notificação.

Você já conhecia o VPN? Com que frequência o utiliza?

66 Comentários

Escreva um comentário:
Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi