O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
4 min para ler 552 Compartilhado 51 Comentários

Grátis uma ova! Você está pagando por estes apps sem saber

Todos nós gostamos de coisas gratuitas, mas nada na vida é realmente de graça. Essa verdade universal também vale para o mundo Android. Com efeito, um estudo detalhado revela os custos escondidos de aplicativos disponíveis para download gratuito na Play Store.

O maior lucro no mercado de apps não é obtido com jogos ou serviços pagos. Na verdade, os aplicativos “grátis” são os que enchem os bolsos dos desenvolvedores. Isso se dá obviamente com as famigeradas compras dentro do app, mas não iremos tratar delas neste artigo.

Custos nem sempre aparecem na forma de dinheiro. Mesmo quem não investe um centavo por determinado app grátis, paga de outras maneiras, como revela um estudo da University of Southern California, do Rochester Institute of Technology e da Queen’s University. Ele analisou os efeitos dos 21 aplicativos grátis mais populares da Google Play Store num Galaxy S2 entre janeiro e agosto de 2014. Os resultados são impressionantes.

A questão principal é o fato de que, via de regra, aplicativos gratuitos se financiam através de publicidade, em princípio uma maneira legítima de fazer um negócio funcionar. O problema são os efeitos colaterais. Aplicativos gratuitos podem acabar custando caro em três aspectos: consumo de bateria, de recursos e dados. Vejamos cada caso em detalhe.

androidpit money cash 2
Os custos escondidos de apps grátis. / © ANDROIDPIT

Apps grátis consomem mais bateria

Os aplicativos gratuitos financiados por publicidade consomem até 33% a mais de energia. A média desses apps é de 16% a mais. Pode não parecer muito, mas não podemos nos esquecer de que a autonomia dos smartphones é uma das questões mais importantes para os usuários. Quem possui e usa diversos apps por dia pode notar aqui uma diferença significativa na duração da bateria. Para os (muitos) usuários que não chegam ao final do dia com seus smartphones “vivos”, vale a pena considerar este efeito colateral dos apps grátis e até mesmo desinstalar um ou outro serviço facilmente substituível.

Apps grátis tornam o sistema mais lento

Quando falamos que um carro-chefe com seu processador high-end tem melhor performance do que um modelo intermediário, estamos nos referindo na maioria das vezes à capacidade desses dispositivos de ponta de rodar jogos pesados e outros apps, sobretudo quando o assunto é multitarefas.

Aplicativos grátis com publicidade sobrecarregam a CPU 56% mais do que serviços equivalentes. Isso se deve a dois fatores: um maior uso da memória RAM (22%) e um maior uso do tempo da CPU (48%).

Esses números falam por si, mas o problema aqui se torna significativo especialmente para quem não possui um carro-chefe, e sim um modelo mais antigo cuja memória de trabalho se encontra entre 1 e 2 GB.

price of a free app
As estatísticas do estudo. / © Molly Zisk

Apps grátis consomem mais volume de dados

Como chega a publicidade dos apps até o seu smartphone? Claro, ela é baixada, consumindo assim o seu volume de dados. Essa informação está clara para grande parte dos usuários Android, mas as consequências podem não estar claras.

Segundo os pesquisadores, a diferença no consumo de dados entre apps grátis com publicidade e equivalentes sem propagando pode chegar a 100%. Em média, obviamente, ela não chega a tanto, mas tampouco é irrelevante: 79% mais dados são usados por apps grátis com publicidade.

Num país em que o volume de dados consumidos pelos usuários em média fica bem abaixo de 1 GB, alguns apps podem realmente fazer a diferença quando deixam de ser usados. Volume de dados pode se traduzir também em dinheiro vivo. O referido estudo usou o exemplo da operadora norte-americana AT&T. Nela, apps gratuitos com publicidade consomem 1,7 centavo de dólar por uso.

Este artigo teve o propósito de esclarecer os usuários quanto ao consumo de recursos causados por aplicativos gratuitos, e gerar o debate quanto ao uso consciente desses serviços. Não há nada de errado em financiar aplicativos com publicidade. Algumas vezes, contudo, pode valer a pena investir num serviço pago ou remover as propagandas de certo app com as compras internas.

Fonte: Science Daily

Os comentários favoritos dos leitores

  •   15
    OneMoreTime 2/set/2015

    Desenvolver pra Android é uma tarefa arriscada e difícil para nós programadores, pois a monetização as vezes não vale o custo-tempo.
    Muitos usuários querem tudo grátis, mas não pensam que esses programadores podem ter uma familia, e até mesmo filhos para sustentar.

  • Luiz Fernando 2/set/2015

    Não vejo problemas em ter app´s com propaganda. Mas alguns desenvolvedores, esquecem da experiência que encanta o usuário e colocam propagandas que são invasivas, interrompem o uso com vídeos de até 30s que TEM que esperar acabar, para continuar a usar o app, ou conseguir continuar a concluir um jogo, por exemplo. Nestes casos, eu deleto, avalio com 1 estrela e sugiro que coloquem as mesmas no início das configurações, ou no final do serviço. Mas nunca no meio do jogo, no meio serviço que está sendo visto e de repente salta um vídeo do Game of Thrones, por exemplo. É algoritmo, é só programar. Tem vários app´s assim, que não irritam os usuários.

51 Comentários

Escreva um comentário:
  • Para jogos e outros aplicativos que não necessitem de internet é só instalar o Opera Max e selecionar os que você quer que bloqueie acesso à internet, aí não tem nenhuminha propaganda, mesmo se você estiver conectado!

  • Bateria e claro que se vai gastar pois esta feita para isso e assim que as marcas sobrevivem, em relação as apps e como tudo na vida e bom e mau ao mesmo tempo.

  • Se tem uma coisa que todod mundo odeia dentro dos apps sao oa propagandas!!

  • Eu estou vencendo esse problema, não uso apps free inúteis e os que são uteis e percebo que tenho um aumento de produtividade usando-os ou simplesmente pelo fato de eu ter gostado do app, eu compro, como comprei Nova Launcher Prime, Falcon Pro 3, pacotes de ícones, jogos, pago meu Play Music, Evernote, Netflix. Se eu uso, não vejo motivo para não pagar, afinal, há uma série de pessoas que estão trabalhando para que o serviço ou app seja possível.
    Ainda assim, vejo muita resistência de amigos e parentes em comprar aplicativos e sempre falo para eles: o app é 3 reais, se eu sair para comer fora uma noite gasto, no mínimo, dez vezes mais, por que não comprar um app?

    Outra coisa que o artigo deixa bem claro, tem coisas que a gente paga e não é com dinheiro. No caso, é com memória RAM, bateria e dados (que no fim das contas, acaba saindo do seu bolso também).

  • Não vejo problemas em ter app´s com propaganda. Mas alguns desenvolvedores, esquecem da experiência que encanta o usuário e colocam propagandas que são invasivas, interrompem o uso com vídeos de até 30s que TEM que esperar acabar, para continuar a usar o app, ou conseguir continuar a concluir um jogo, por exemplo. Nestes casos, eu deleto, avalio com 1 estrela e sugiro que coloquem as mesmas no início das configurações, ou no final do serviço. Mas nunca no meio do jogo, no meio serviço que está sendo visto e de repente salta um vídeo do Game of Thrones, por exemplo. É algoritmo, é só programar. Tem vários app´s assim, que não irritam os usuários.

  • Nunca tinha me atentado a esses detalhes, mas eh claro q mesmo se for gratuito e necessitar de conexão, vai gastar dados e qlqr coisa q precise ser aberta a mais, propaganda por exemplo, vai exigir um pouco mais do hardware consumindo mais bateria, mas também tenho certeza q a maioria só exige isso no momento do seu uso e não ficam consumindo em segundo plano direto, pois eu tenho mais de 200 apps gratuitos instalados no meu note 3, mesmo assim minha bateria ainda dura um dia todo e não fiquei pobre por causa disso. ..kkkkkk o importante eh eu poder usar meu aplicativo na hora q eu precisar. ..

  • depois de ter lido essa matéria, fui verificar quantos app's grátis com propaganda existem em meu smart, e são apenas dois, Subway Surf e Cymera, os demais são quase todos pagos, sei que tem macetes pra driblar propagandas, mas hoje prefiro comprar a versão premium (se for um app importante) pra não dar trabalho de procurar gambiarra e para se livrar de vez das propagandas, acho que vale a pena

  • Fonte: Science, bitch!

  • Nada e de graça a bem da realidade e essa nao pagamos pelos apks e os dados? mas so acho que propaganda so me atralha quando os vieos entram do nada e somo obrigados a assistir isso acaba com o pacote de dados e ruim tirar mas se me irritar demais eu tiro e pronto,

  • nada que o MinMinGuard não resolva!

  • Jamais devemos acreditar plenamente em tudo o que dizem, principalmente notícias alarmistas, sempre que possível desconfiar e testar, façam então, quem quiser um teste, dêem um reset em seu aparelho, deixe-o ligado uma hora, então instale um aplicativo qualquer, carregue o celular e deixe-o ligado mais uma hora. Perceberá facilmente a diferença (ou a ausência de diferença na bateria), ou seja, muitas notícias são balelas, ou muitas vezes possuem uma verdade inflada.

    • Gosto de pessoas que sabem julgar as coisas e não simplesmente aceitam tudo que vêem na internet como verdade absoluta, porém, neste caso, a matéria é incontestável!

      Se vc abrir um app e ele tiver que abrir uma faixa a mais, com gráficos além do proposto pelo aplicativo, vc estará gastando mais processamento pra que consiga ver tal faixa, logo, mais uso de hardware = mais consumo energético.

      Os anúncios, em sua maioria, só são mostrados quando vc está conectado à internet, já que o objetivo destes é apenas fazer com que vc clique e seja direcionado a alguma página de download ou apenas propaganda pura, logo, mais anúncios = mais uso de dados.

      Resumindo, pode sim parecer alarmante por parte do post, mas a intenção tem que ser essa. Se o mesmo dissesse que não tem problema esse tipo de coisa no smart, ninguém levaria em consideração o uso abusivo de aplicativos grátis que, muitas vezes, não servem pra nada!

      [voz do Pelé] = on

      Entende?!

      [voz do Pelé] = off

      • Não nego a obviedade do uso adicional do processador, dados ou da bateria, mas reafirmo a convicção da verdade inflada bem como da irrelevância dos custos implicados ao usuário (assim como não nego ser comodo acreditar em tudo que lhe é apresentado principalmente quando "embasado em pesquisa... " ).

    • Fiz esse teste sem saber. Resetei meu Moto X 2014 há umas 2 semanas, e autonomia da bateria aumentou consideravelmente. Pretendo manter meu aparelho somente com apps que realmente uso. Sem muitos jogos e apps desnecessários.

    • acho a mesma coisa, tem muito app gratuito que não consome nada amais por ser gratuito... é exagero da matéria.

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi