O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
208 Compartilhado 213 Comentários

Você lembra quando existia apenas o Moto G?

E como sempre, @evleaks parece estar certo. Na semana passada, Evan Blass nos mostrou o que esperar da Motorola em 2017 e, nos apresentou o Moto GS e o Moto GS+. Ontem, a equipe do AndroidAuthority confirmou de que tais modelos já estão em desenvolvimento e devem fazer parte da família Moto G5, sob os nomes Moto G5S e Moto G5S Plus. Assim, a Motorola deverá lançar quatro modelos da sua popular linha de intermediários este ano, batendo o próprio recorde. E isso me fez lembrar de quando tínhamos apenas o Moto G, você lembra?

Em primeiro lugar, a Motorola está claramente trabalhando para alcançar o maior número de usuários possíveis para uma das suas melhores linhas de smartphones. Sinceramente, não vou julgar a estratégia da empresa por tentar isso. A série Moto G é um sucesso de vendas, isso levando em consideração o mercado nacional apenas, que em 2013 renovou os ares da categoria mid-range.

O tempo passou e empresas como a Asus, Quantum, LG e Samsung trouxeram novas opções ao mercado, aumentando a competição. Para manter o custo/benefício da linha, a cada ano a Motorola foi dividindo as variantes para seduzir clientes de diferentes segmentos. Isso não aconteceu, claro, apenas no Brasil, OnePlus, Xiaomi , Oppo e Honor, por exemplo, competem diretamente com a linha G da Motorola.

evolucao moto g fontes
As variantes da série Moto G foram aumentando com o tempo (clique na imagem para aumentar) / © AndroidPIT

Em 2017, aliás, tivemos a Nokia voltando ao mercado de smartphones com o suporte do Android como sistema operacional e, neste caso, as semelhanças com a série G cresceram, visto que a empresa também oferece o "diferencial" de um software quase puro.

Mas o que realmente me preocupa são as consequências desta quantidade de smartphones sendo jogados a rodo no mercado? 

O custo/benefício que ultrapassa o valor do aparelho

Sejamos sinceros, a maioria das pessoas não sabe qual é a versão do sistema operacional rodando nos seus smartphones, aliás, talvez nem saibam o que é Android enquanto plataforma móvel. Porém, todos sabem o que é atraso e congelamento do sistema, talvez não saibam os termos técnicos para isso, mas sempre que o celular demora para carregar um app ou a mensagem de falta de espaço aparece, reconhecem isso como um problema.

Assim, mesmo não sabendo que o que uma atualização do sistema pode fazer, sabem que um o aparelho demora mais para "ficar ruim" e essa é a característica da linha Moto G para muitos: se pode usar o aparelho por mais tempo. Isso acontece, em grande parte, porque o sistema operacional está atualizado.

Opinion by Camila Rinaldi
Todos sabem o que é atraso e congelamento do sistema.
O que você acha?
50
50
963 participantes

Chamo isso do custo/benefício que ultrapassa apenas o valor da compra. Acredito que os proprietários do Zenfone 2 entendem bem o que isso significa, visto que o modelo realmente possuía especificações e preço atraentes, mas em relação ao update do software acabou deixando muito a desejar.

A Motorola, por outro lado, construiu um nome em cima das atualizações e, sejamos sinceros, oferecer o update de um ou dois modelos rodando com um software quase não modificado até que é fácil, seria um absurdo se demorasse o mesmo tempo que atualizar a TouchWiz, por exemplo. Mas o que vem acontecendo com o tempo é que estes updates estão mais lentos e, grande parte disso se dá devido ao fato de que a empresa possui mais aparelhos, cada qual com um ou dois componentes diferentes e que, no final das contas, implicam em mais testes e testes antes de chegar ao usuário final.

A cada ano, o número de modelos comercializados pela Motorola aumenta, basta ver o gráfico acima, e isso significa mudanças. Uma delas é poder oferecer muito mais opções para uma gama diferente de usuários, a outra é conseguir manter o suporte do pós-venda e o custo/benefício que ultrapassa apenas o valor da compra.

Em 2017, a linha Moto G completa cinco anos, até o momento, sabemos que quatro modelos deverão chegar ao mercado: Moto G5 e Moto G5 Plus (já disponíveis), Moto G5S e Moto G5S Plus (rumores). Agora uma especulação por minha conta: talvez, para completar "cinco", quem sabe ainda tenhamos o anúncio do Moto G5 Play?

Em outras palavras, temos que esquecer o tempo do Moto G!

208 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Lucas N. há 2 meses

    Opa, claro que me lembro...

    Tempos de Setembro de 2013...

    Em um mundo de S2 Lite, SIII Mini, Galaxy Win, Galaxy Gran Duos, L5, L7, L9, Razr D3 e Razr i, o aclamado Google Nexus 5 custando 1799 na época, todos com 4GB - 8GB de interna, aparelhos nojentos no design, que só davam dor de cabeça (Nexus 5 era lindo, mas custava até os pêlos do bolso)...

    O mundo dos smartphones recebeu um membro que desbancava TODOS eles: o tal "falcon"...

    Comprei o Moto G 2013 Colors Edition no lançamento, R$799, o último de 16GB nos primeiros dias de venda, vendeu que nem pinga em boteco, e quando eu tirei da caixa, TODO MUNDO cresceu o olho. Em pouco tempo, o melhor aparelho: compacto, delícia de pegar na mão, totalmente preciso na usabilidade... Esbanjava desempenho, autonomia de bateria, era muito descolado com as 3 tampas coloridas, mas na época o 4.3 Jelly tinha péssimo desempenho nas câmeras (normal, todo aparelho tem o seu calcanhar de Aquiles). Me surpreendi que em 3 meses depois, a versão soak-test do KitKat chegou melhorando as duas lentes, e eu adorei... Logo a versão no XDA se tornou viva com uma das comunidades mais ativas em desenvolvimento em tão pouco tempo... CM, Paranoid, AOSP, AICP, MoKee, Firefox OS, Ubuntu OS...
    Todo mundo comprava o aparelho e ostentava, virou febre na minha cidade, a gente sentava, conversava, comparava, desenvolvia, tirava selfies, cada um com um Moto G de cor diferente na mão... Eu só usava a tampa amarela, adorava a fluidez e velocidade de resposta do sistema, alto e claro som, 1.2GHz quad que NÃO DEIXAVA A DESEJAR EM MOMENTO ALGUM... Ele caía do meu beliche TODA SANTA MADRUGADA e NÃO QUEBRAVA, isso por quase 7 meses, até cair na Dutra... Eu tomava chuva com ele, tirava a tampinha em casa e a água caía que nem clara de ovo, poxa, podia contar com o Moto G 2013 pra TUDO na época...

    Daí veio o lixo do Moto G2, veio o cagado Moto G3, veio o escroto Moto G4, veio o ridículo Moto G5...

  • Niedja A. há 2 meses

    "Você lembra quando existia apenas o Moto G?" Sim! e era bem melhor assim...

  • Marcelo Neri há 2 meses

    Você lembra quando existia apenas o Moto G?
    Eu lembro, quem esqueceu foi a Lenovo!

  • Rodrigo S. há 2 meses

    Lembro quando o Moto G era famoso pela atualização e qualidade, agora é famoso pelo ghost touch e pelo mal atendimento ao consumidor da Lenovo

  • Claudio R. há 2 meses

    Moto G1 e G2 os melhores!

213 Comentários

Escreva um comentário:
  • Tenho o MOTO G2 16GB DTV, depois que consegui fazer root e rodando Android 5.0.2, ficou beleza. Espero que o novo G5S ou G5S+ seja um upgrade decente, acrescentando novos recursos sem tirar nada do G2, como aconteceu com o G3, G4 e G5.

  • Hoje em dia em muitos aspectos o Moto g5 Plus ganha de tops de linha e aparelhos mais caros: o melhor sensor de digitais,usabilidade e sistema ultra-rápido,câmera top e atualizações garantidas por mil reais. Muitas vezes abro mão do Galaxy s7 e uso o G5 Plus que tem aqui em casa. Um celular funcional com coisas realmente úteis. É um celular que você consegue produzir com ele de verdade. Não tem funções do "futuro" de babar o queixo como os da Samsung,mas ele te deixa fazer as coisas de forma rápida dispondo apenas do essencial que você precisa no momento.

  • Não minha opinião,quanto mais melhor ! Mas isso com certeza pode impactar nas atualizações de software,que nem acontece na Samsung. Mas hoje em dia até que a Samsung está atualizando bem seus aparelhos,mas a touch wizz ainda é um terror. Animações desnecessárias,efeitos inúteis,e design excessivo. Hoje em dia no Android,comprar um top de linha não significa atualizações rápidas ou garantidas. O Galaxy s6 por exemplo,recebeu o nougat só agora.

  • Tive o Moto G1, que foi o "pica das galáxias". O melhor celular com custo e benefício da época. Depois veio do G2, que foi tão bom quanto com tela maior, câmera melhor, tv e o mesmo desempenho fabuloso. Depois veio o G3 onde a Motorola / LeNovo começou a mijar fora do penico. Então veio o G4 e G5 onde ela sujou de vez com uma geração que fez muito sucesso. A era do Moto G acabou, mas deixou saudades, pois foi ali que outras fabricantes começaram a fazer celular melhor com bom custo e benefício.

  • A expectativa gerada em torno do ótimo custo benefício, o que o diferenciava à época dos outros modelos (na mesma faixa de preço) foi algo incrível... Uma pena que tanta coisa tenha mudado, e desde então esse "boom", esse diferencial no preço, esse ar! de novidade tenha dado lugar a preços não condizentes e ao mesmo aspecto pouco inovador da época... Uma Pena! :/

  • Chegou a cair uma lágrima dos meus olhos lendo essa matéria. Tenho um S7 edge de Hong Kong que adquiri pensando que iria usar dual chip de boa (particular e trabalho), mas como é híbrido e os 32 GB se mostrou pouco, resolvi comprar um outro baratinho e simples, mas que fosse 4G, com câmera. Seguindo a orientação de colegas que tbm o usam acabei comprando um Moto G2 (versão 4G) usado no Mercado Livre por 350 reais e 3 meses de garantia. Caraaaamba...superou minhas expectativas que eram muito baixas. Encontrei vasta informação sobre ele na internet, mesmo já antigo está com Android 6 e encontrei custom rom do Android 7. A câmera funciona muito bem e tira fotos aceitáveis (melhor que uns Jotas que já testei), GPS bem preciso e rápido, som alto e claro, bateria pequena, mas que dura o dia inteiro e em stand by já durou 3 dias, tela e touch que não deixa a desejar, enfim...tem hora que o uso para muita coisa e deixo o S7 de lado.

  • Claro que lembro de 10 pessoas 7 tinham e as outras 3 Galaxy y kkkkk graças a Deus nunca precisei dessa tranqueira...

  • Acho que o Moto G (primeira e segunda geração) comparáveis, a nível de sucesso, ao Motorola V3 e seu famoso "Hello Moto". Dificilmente outro aparelho fará tanto sucesso.
    O meu Moto G2 vai completar em outubro 3 anos de ótimos serviços prestados; do lazer de ouvir horas de músicas ou ver filmes ao trabalho incomum de realizar atendimento via acesso remoto a PCs com problemas com o Office 2013 e o Photoshop CS5...

  • Eu adoro os aparelhos da Motorola.
    Só tem um probleminha a bateria tem pouca duração poderiam melhorar isso.

  • Moto G1 foi tão bom que tirando o G2, comprei todos da série até hoje!! O G3 FOI UM FIASCO, aqueles 1gb de RAM não serviam pra nada além de travar

  • Lembro sim e, inclusive, estou postando esse comentário a partir do meu Peregrine (Moto G 4G), tunado com LineageOS 14.1 (Android 7.1.2) sem maiores problemas. Só troco esse aparelho quando ele quebrar de vez!

    O meu medo sobre essa fragmentação é o mercado de builds custom. Quem está no meio sabe como é uma droga encontrar boas builds para aparelhos de marcas muito segmentadas (como a Samsung, por exemplo). O Moto G é um dos queridinhos dos modders até hoje por conta dessa unidade global.

  • Lembro de mais,era o melhor intermediário da época,bons tempos viu.
    Depois q vendeu p merda da Lenovo ficou péssima a linha moto g,comprei o g4 e me arrependi!!!

  • Motorola tentando competir com Samsung e LG por cada pedaço do mercado. Quem nao tem 1000 pra pagar num J7 tem outras opções abaixo disso na Samsung. Se o aparelho funciona bem não sei, mas tem. A Motorola deixou de ter 3 linhas apenas pra se inserir nesse mercado. Isso é ruim olhando como consumidor mais exigente, mas olhando como consumidor comum é muito bom.

  • Seu tinha o moto G4 plus usei 4 meses e foi para a assistência técnica 3 vezes e continua lá...comprei a 2 semanas atrás o moto 5 plus e não vi grande coisa...o volume de som do ZAP está a cada dia diminuindo o som...e está travando muito...e a tela apaga....resumindo,outra porcaria da Motorola....

  • Eu tenho moto g1 até hoje não precisei fazer mudança nenhuma desde 2013

  • Motorola foi vendida pra Lenovo que foi fundada em 1984, grupo chinês, grupo segunda linha......

  • Tenho um G4 DTV Android 7, a tv não pega nada, tela fantasma ,tecla sozinho, fotos péssimas e desfocadas. Trata se de um telefone atualmente péssimo de segunda linha e nome tradicional comprado pela China, Motorola!!

  • Eu lembro muito bem dos primeiros Moto G e X... Só não peguei o X na época porque estava com um Nexus 4 e pra mim acabaria sendo trocar seis por meia dúzia. Mas comprei um Moto X2 e foi uma experiência fantástica o tempo que fiquei com ele, meu pai vendo o smartphone comprou um Moto G2 que ficou até o mês passado com ele quando o aparelho tomou chuva e faleceu. Era muito bom ter um aparelho com Android quase puro e atualizações, isso tudo somado ao bom desempenho que eles entregavam.
    Eu fui embora quando vi que não teria um Moto X de terceira geração, afinal tanto Play quanto Style ficavam devendo em algo no que eu buscava. Resultado, voltei pra Samsung com um Galaxy S6, fiquei assustado como tanta mudança na Touchwiz, tudo tava mais bonito e funcional... Hoje eu abandonei o Android Puro pelo customizado, mas não estou mais com a Samsung também, fui pro lado da importação e estou com um Nubia Z11 que pretendo trocar pelo belo Mi Mix.
    E meu pai comprou o feioso do Moto G5 Plus kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi