O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
OPINIÃO 233 Compartilhados 63 Comentários

Sim, a Nokia está voltando. Mas não se empolgue muito

Quando surgiu a notícia de que a Nokia voltaria ao mundo dos smartphones e, dessa vez, com dispositivos rodando Android, muita gente ficou feliz. Afinal, a marca finlandesa reinou nesse setor durante anos e sempre se destacou por aparelhos de qualidade e com configurações robustas. Mas querem um conselho? Não se empolguem muito com o retorno da companhia. 

Não, eu não quero ser o desmancha-prazeres da festa, mas também sou realista: é muito difícil que essa “nova Nokia” se aproxime da empresa que ela foi um dia. E isso pode jogar mais contra do que a favor da marca. Explico abaixo os motivos.  

O quanto da antiga Nokia teremos na nova Nokia?

Essa talvez seja a pergunta mais difícil de responder.  A marca Nokia agora será administrada por duas empresas: a FIH Mobile Ltd., uma subsidiária da Hon Hai/ Foxconn Technology Group (Taiwan) e a HMD Global (Finlândia), cujo CEO – Arto Nummela - já foi vice-presidente de vendas da própria Nokia para Índia, Oriente Médio e África e ocupava esse mesmo cargo na Microsoft. Para isso, elas fizeram um acordo de licenciamento com a Nokia Techonlogies. 

O fato é que, com exceção do currículo do CEO, não sabemos quantos funcionários da antiga Nokia estarão por trás dessa nova empresa e nem o quanto da filosofia da empresa será mantida. 

Nokia phones android
Quanto da antiga Nokia teremos na nova Nokia? / © Nokia

Ou seja, quem nos garante que smartphones e tablets com hardware robusto e preços justos – grandes características da antiga Nokia – serão a prioridade nesta nova fase? É fato que o foco da companhia está em modelos de entrada e intermediários, mas será que a empresa está disposta a sacrificar uma apertada margem de lucro – algo comum em dispositivos mais modestos – para tentar ganhar mercado?  O que nos leva à questão abaixo:

A concorrência está bem mais pesada

Quando a Nokia reinava no mercado de telefones celulares, a empresa até tinha uma concorrência pesada: Motorola, Ericsson (depois Sony Ericsson), Blackberry, etc. Mas o setor mudou e com ele o seu tabuleiro, com novos players entrando (Apple, Samsung, Xiaomi, Huawei) e outros caindo, entre eles, a própria marca finlandesa, que foi vendida para a Microsoft. E agora volta a ser independente. 

AndroidPIT best smartphones 4
Concorrência não vai faltar à nova Nokia / © ANDROIDPIT

Com isso, a empresa terá de reconstruir seu mercado do zero, algo que será bem complicado de fazer, já que a concorrência está bastante consolidada mundo afora. Claro que usar a marca Nokia ajuda, mas, nessa nova fase, a companhia terá de concorrer em categorias de smartphones onde a margem de lucro costuma ser apertada – modelos de entrada e intermediários – logo, o ganho de escala precisa acontecer. E rápido. 

Será que ela terá fôlego pra isso? 

Quais patentes ficaram com a Microsoft?

No processo de separação da Microsoft, ficou acertado que esta última ficaria com a marca Lumia - o que inclui smartphones topos de linha da série - e a “nova Nokia” cuidaria das categorias de feature phones. Só que mesmo antes disso, é bastante razoável que a fabricante do Windows tenha ficado com o maior número de patentes possível. 

Nokia Lumia 625
É possível que a Microsoft tenha ficado com todas as joias da coroa da Nokia / © Nokia

Logo, mesmo que ninguém saiba quantas e quais patentes ficaram de posse da Microsoft, fica a curiosidade em saber que novas tecnologias a Nokia vai utilizar nessa nova fase. E, acima de tudo, se elas serão boas o suficiente para bater a concorrência. 

O Efeito Phillips

Em 2011, a lendária fabricante de eletrodomésticos Phillips anunciou que vendera a sua divisão de TV para a chinesa TPV, controladora da marca AOC, conhecida por aqui por seus monitores e televisores de baixo custo. E, querendo ou não, muito da força da marca se perdeu nesse processo, já que empresas chinesas de eletroeletrônicos ainda eram vistas com desconfiança por parte do público por causa da qualidade de seus produtos. 

RM
Rui Maciel
A marca Nokia pode perder força a exemplo do que aconteceu com a Phillips quando esta foi vendida para a AOC.
O que você acha?
665 participantes
50
50

E esse “Efeito Philips” pode acontecer também com a nova Nokia. Por mais que a sua controladora tente em passar a imagem de que os bons tempos da marca finlandesa voltarão, todo esse esforço pode ir por água abaixo se os primeiros aparelhos da empresa apresentarem aquela fragilidade típica dos dispositivos chineses de anos anteriores. Ou se design ou configuração não caírem no gosto do público por serem “orientais” demais. 

Ásia, África e Europa devem ser a prioridade da nova Nokia

Como dissemos acima, Arto Nummela, CEO da HMD Global, já foi vice-presidente de vendas da própria Nokia para Índia, Oriente Médio e África e ocupava esse mesmo cargo na Microsoft, o que incluía também diversas regiões da Ásia. 

Logo, é bastante razoável supor que a nova Nokia vai priorizar esses mercados em seus primeiros momentos, até por uma questão de vivência do seu CEO nessas regiões. Logo, o Brasil - e a América Latina em geral – não será uma prioridade durante um bom tempo. Então só colocaremos as mãos nos “Nokias 2.0” via importação.

AndroidPIT China
O mercado asiático é a prioridade das fabricantes / © ANDROIDPIT

E, considerando a crise da nossa economia, o que inclui até mesmo fabricantes de smartphones repensando seus negócios por aqui, talvez essa decisão seja a mais acertada. Uma pena. 

Os primeiros smartphones da nova Nokia ainda são um mistério

Alguns vazamentos na internet até já aconteceram, mas o fato é que os primeiros smartphones da nova Nokia ainda são o mistério. 

O mais recente deles atende pelo nome de Nokia P1, mas, rumores posteriores desmentiram esses vazamentos, dando conta de que se tratava de um modelo da Sharp, chamado Aquos P1 e cuja configuração não bate com modelos mais modestos que a Nokia pretende vender. 

NOKIASHARP
Nokia ou Sharp? Ninguém sabe o que vem pela frente / © ANDROIDPIT

A verdade é que tudo ainda está muito nebuloso e não temos a menor ideia do que vem pela frente quando o assunto são os novos smartphones da Nokia. E nem quando isso acontecerá. 

Os smartphones não serão uma prioridade

Se a Nokia sabe que não terá mais o mesmo tamanho de outrora quando o assunto envolve smartphones, a empresa se prepara para competir em outro nicho de dispositivos móveis: os wearables, uma categoria que ainda engatinha entre o público. 

E para isso, a empresa já começou a dar as suas cartas. ela investiu US$ 191 milhões na compra da Withings, uma das mais promissoras companhias de dispositivos "vestíveis" do setor. 

A aquisição é interessante porque a Withings é uma empresa focada no consumidor: ela faz um ótimo (e bonito) smartwatch chamado Activite, além de diversos acessórios voltados a fitness e saúde. O que ela não tem é uma marca poderosa e a lealdade do público. E é aí que a Nokia entra. 

withingsactivite
A WiThings pode ser a resposta para a volta triunfal da Nokia / © Withings

O carinho do público por uma marca é uma coisa poderosa e a Nokia sabe disso. De acordo com Rajeev Suri, CEO da empresa: "Com esta aquisição, a Nokia está reforçando a sua posição no setor de Internet das Coisas e quer aproveitar o poder da sua marca e da confiança que ela gera, para expandir as possibilidades do mundo conectado, onde podemos fazer uma diferença significativa na vida das pessoas." 

E ele pode estar certo. Os produtos da Withings têm muito potencial e a perspectiva de contar com a grife Nokia é animadora. Seu poder ainda é grande. A própria empresa ainda mostra confiança no seu taco ao dizer que tem "uma herança lindamente projetada em tecnologias inovadoras e confiáveis a serviço de pessoas ao redor do mundo". Quem vai discutir com isso?

E como você acha que será o retorno da Nokia ao mercado de smartphones?

63 Comentários

Escreva um comentário:
  • Se a Nokia voltar com as Câmeras com flash xenon como meu antigo N8 , e N 808 eu vendo meu Note 4 na hora e compro um Nokia , porque hoje em dia o maioria dos smartphones já tem boa memória Ram E bom armazenamento , como eu disse nos comentários do ano passado , meu amigo tem o Nokia N8 câmera 12MP e flash shenon eu tenho o Note 4 com 16 MP e flash led que é igual um vagalume que não clareia nada a diferença esta no flash shenon e a noite o N8 deixa meu NOTE 4 NA POEIRA . Se a Nokia voltar com ótimo hardware como era antes e as câmeras poderosas com flash shenon vale a pena passar para um NOKIA , senão fico com meu Note 4

  • Muito se tem comentado acerca da qualidade dos SmartPhones da NOKIA mas se esquecem também da fragilidade conceitual das carcaças de alguns deles, mormente do meu tão elogiado N95 cuja tampa traseira da bateria já tive de trocar mais de 15 vezes. Hoje ele se encontra renovado e guardado numa gaveta como lembrança do celular com a melhor câmera de 5 megapixels que eu já vi, mas ergonomicamente complicado para se usar como telefone.

  • O Brasil nunca é prioridade de nada. O PT (Lula) rebaixou o país de terceiro para último mundo. Isso aqui deixou de ser um país e virou um covil de políticos e judiciários corruptos e de povo analfabeto funcional. O futebol e a Petrobras era o orgulho internacional. E, hoje, só restou a vergonha!
    Eu tenho orgulho de ser brasileiro aqui dentro. Lá fora eu evito tocar neste assunto.

  • Perder qualidade por causa do controle chinês? Indianos são donos da Jaguar, Land Rover entre outras grandes marcas e os produtos continuam com a mesma qualidade. Volvo pertence a um grupo chinês e continua sendo o carro mais seguro do mundo. Nunca vi um texto tão grande falando tanta asneira. Falta de assunto e total arrependimento da minha parte em perder tempo lendo esse lixo.

  • Saudades do Symbian, esse sim poderia voltar... e melhor imaginem se o Symbian continuasse? Teriamos hoje exelentes smartphones modernos da Nokia e um Symbian atualizado que certamente seria digno de aceitação e um forte concorrente contra o Android. Pena que se foi! : (

  • Nokia deveria chegar dando o pé na porta com ótimos dispositivos

  • pois é, entusiasmando e ao mesmo tempo pé no chão, concordo com a matéria, nokia tá recomeçando do zero, não curti o sistema windows do lumia mas sempre gostei do design externo e nem isso eles poderam usar, nível de expectativa é morno da minha parte

  • Nokia já era, pai!

  • Creio que sim a Nokia pode voltar com tudo o mercado ta saturado de Samsungs e os consumidores de saco cheio.
    Para ela se dar bem tem que vir com uma boa novidade, preço competitivo e o aparelho ser o melhor em todos os sentidos claro em suas respectivas categorias

  • Perdi as esperanças já de ser aquela Nokia que todos conheciam e aprovavam. E, como sempre, não virá para o Brasil. Mas, se vier, vai demorar e muito.

  • Não creio que fará o mesmo sucesso de antes...

  • Novos episódios de The walking dead Nokia... Em exibição nos cinemas... setembro/ 03/2016

  • A Nokia , esta voltando galera... Preparem-se concorrência vem aí: Nokia, a saga Smartphones continua...

  • poderia ter outros smartphones na imagem acima aonde mostra concorrentes da Nokia, só tem praticamente Samsung, fanboy detectado kkkkkk.....

  • Quem sabe o que é qualidade ,vai escolher Nokia ,quem usou seus aparelhos não são modinhas e sim consumidores ávidos por bons aparelhos como os consumidores Nokia sempre foram

  • pelo menos o primeiro eu não compraria, se fizer sucesso talvez o segundo aparelho

  • Nokia não significa nada para o público de hoje. Passei mas de 10 anos morta. Os vínculos que tem são com os coroa. Vejo chances doas de ser uma xiaomi, nunca uma Motorola ou Samsung

Mostrar todos os comentários

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi