Nós usamos cookies em nossos sites. Informações sobre cookies e sobre como você pode se opor ao uso de cookies a qualquer momento, ou encerrar seu uso, podem ser encontradas em Política de Privacidade.

2 min para ler 2 Comentários

€ 50 milhões de euros para impulsionar o 5G

A vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, anunciou ontem no MWC, em Barcelona, que a União Europeia vai atribuir € 50 milhões de euros (cerca de R$ 130M) ao longo deste ano, para impulsionar a investigação para o desenvolvimento da tecnologia móvel de 5ª geração, o 5G, com o objectivo de colocar a Europa no topo da indústria de telefonia móvel mundial. A próxima geração de redes móveis deverá surgir por volta de 2020.

"Quero que a Europa seja a pioneira na tecnologia 5G, com base em pesquisas feitas no continente e que, além disso, seja geradora de empregos" disse Kroes. O dinheiro será distribuído por projectos de investigação em que participam instituições académicas e empresas. Num dos projectos apoiados, chamado de Mobile Cloud Networking, a Portugal Telecom é um dos parceiros. Este consórcio de investigação surgiu, com fundos europeus, em Novembro de 2012 com duração prevista de três anos.

Em 2020 o tráfego móvel em todo o mundo será 33 vezes superior aos valores registrados em 2010, segundo dados da Comissão Europeia. De acordo com o comunicado, “Nessa altura, o acesso à Internet será dominado por dispositivos sem fio, como smartphones, tablets, dispositivos e sensores, que requerem uma tecnologia mais eficiente, rápida e omnipresente para transportar o tráfego de dados”.

Desde 2007 até agora, a União Europeia investiu mais de 700 milhões de euros em projetos de investigação dirigidos ao desenvolvimento das redes móveis de nova geração.



2 Compartilhado

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

Recommended articles