O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. OK
2 min para ler 16 Compartilhado 93 Comentários

99,3% dos dispositivos com Android rodam versões antigas da plataforma

A Google liberou hoje os dados da distribuição do Android de acordo com informações dos 7 primeiros dias de 2017: a versão mais recente do sistema operacional aparece em 0,7% dos smartphones rodando com Android. Em outras palavras, 99,3% dos dispositivos com a plataforma, basicamente, rodam com uma versão antiga do SO. Além dessa notícia, também tivemos a remoção do Froyo da lista de sistemas operacionais vigentes.

Com a saída do Froyo, o Gingerbread passa a ser a versão mais antiga presente no relatório da Google, e aparece com 1% em participação de mercado. O Ice Cream Sandwich também aparece com uma pequena participação: 1,1%. Já a Jelly Bean apresentou com 11,6%. Depois, temos o KitKat com 22,6% e o Lollipop com 33,4% de participação.

O Marshmallow foi a única versão que registrou crescimento em participação de mercado entre os meses de dezembro e janeiro e agora conta com 29,6%. Se fizermos as contas, 99,3% dos dispositivos com Android rodam uma das 6 versões antigas do Android, enquanto 0,7% contam com a versão mais recente, o Android 7.x Nougat.

relatorio google jan 2017 play store
Fragmentação do Android com base em dados de sete dias de janeiro com fim em 9 de dezembro / © AndroidPIT

Estes dados mostram o óbvio: nem a Google, nem as fabricantes estão se empenhando em atualizar seus dispositivos! Você concorda?

16 Compartilhado

Os comentários favoritos dos leitores

  • Andreu Vasconcelos há 9 meses

    Com essa falta de novidades para mim tanto faz estar no MM ou no Nougat. O bom é que até que enfim muitos passaram a enxergar que a Google tem muita culpa pela fragmentação, não é culpa só das fabricantes.

  • David CD há 9 meses

    As fabricantes não estão nem aí, se seus consumidores estão com a última versão do Android. Um ótimo exemplo é a lenovo, que se recusou atualizar o moto g3, sendo que o moto g4 play tem as mesmas especificações do g3, ou seja uma vergonha. Por isso, só pretendo trocar de smartphone quando o meu quebrar de vez.
    Vou evitar o máximo a dá meu dinheiro por smartphones obsoletos.

  •   75
    Sidney há 9 meses

    Para mim é meio estranho considerar o MM como uma versão antiga.

  • Marcelo Neri há 9 meses

    Concordo Andreu, aliás a Google sempre deixou o Android virar essa bagunça e nunca peitou nenhum fabricante!

93 Comentários

Escreva um comentário:

  • Faço parte com orgulho desses 22% no KitKat.
    Muito provavelmente, daqui uns 3 anos quando aposentar o Maxx, ele ainda vai estar no 4.4. =)


  • Por que será né?


  • Eu uso em todos meus aparelhos o lollipop, e não vou passar disso panos aparelhos não recebem atualização. Então por mim, os números só mostram o que todos já sabem, as fabricantes vendem aparelhos o aparelho tá aí, não se importando nem um pouco com a fidelidade, pois um cliente esquecido pela fabricante tem que ser bem trouxa para continuar. É a lei dá oferta e procura, não importa quem fábrica, desde que quando eu achar melhor trocar eu tenha uma opção plausível de troca. Não vou trocar um aparelho que funciona normalmente por um que custe muito caro, e nem por um inferior sem que haja necessidade.


  • Claro! todo ano tem uma versão nova e o objetivo disso é você trocar de celular sempre, e nem todo mundo esbanja dinheiro pra ficar trocando de celular para poder rodar uma versão mais nova com tranquilidade.


  • Mas também com razão.. as movas atualizações impedem de instalar outros tipos de jogos, ou app que tinha graça, pois muitos apps de hoje só extress.


  • A Google ta pouco se lixando em atualizar e as fabricantes de dispositivos moveis muito menos interessadas.eles querem eh os que compram os telefones que se dane


  • É o caso do meu Moto Maxx, está rodando o Marshmallow 6.0.1 .


  • Já fiz mais questão do Nougat, hoje nem parece tão necessário.


  • se eu fosse ceo da google, não lançaria a nova versão esse ano, começaria a enviar alertas informando que os aparelhos que estão na versão G, H, I e J serão desativados, aparelhos que tem menos de 1gb de ram tambem seriam desativados ou ficariam no K , forçaria a atualização de aparelhos com 1,5 dependendo do processador para a versão M parando nela, se não aguentasse ficaria na L. aparelhos com 2gb seriam atualizados para a versão N


    • Meu antigo Moto G1 rodava o android Nougat 7.1.1 de boa. Os testes da bateria e do desempenho eram bem melhores também, se comparados ao android 5.1 que foi onde a motorola ("lenovo") o deixou abandonado .-.


    • é aquela de deixar o smartphone absolento programado, algo neste sentido, se elas atualizarem ninguém compra o novo smartphone ja que o velho faz o mesmo do novo, só não está atualizado, então elas param de atualizar pra vocês serem obrigados a comprar um novo modelo. tipo sammysunga, atualizando os topos e depois as outras versões anteriores, sendo que deveria segurar tudo e lançar tudo ao mesmo tempo, ao meu ver. Claro.


  • Eu acho muito importante pelo menos que as fabricantes liberarem atualizações de segurança comprei um Samsung J2 e ele já recebeu 5 correções no SO.


  • A questão não é falta de interesse, mas sim culpa das fabricantes que teimam em não querer distribuir o Android como ele veio ao mundo!!! Seria muito mais interessante a Google distribuir seu sistema já roteado para as fabricantes e as mesmas deixarem os próprios usuários se encarregarem das customizações, inclusive as empresas envolvidas poderiam deixar na Play Store seus respectivos aplicativos pra quem quiser instalar. Garanto que esse problema seria resolvido!!!!


  •   75

    Para mim é meio estranho considerar o MM como uma versão antiga.


  • Essa discussão da fragmentação é antiga e pelo gráfico o que se tem cada vez mais certeza é que esse assunto não é importante para o Google. O foco dele está mais em fazer as melhorias no android e dane-se o resto.


    •   21

      Bem colocado Carlos, penso exatamente como você!
      O Sistema Android para Google nada mais é do que uma ferramenta para seu negócio de divulgação, eles não querem ganhar com aparelhos, não são especializados nisso!
      Por isso a atenção dada ao usuário é mínima possível!
      Diferente dá Apple que vive de vendas de Hardware e Software.
      Os preços são altos por que eles garantem por bom um tempo atualização de sistema, é um aparelho que você usa de 2 a 3 anos tranquilo e com todas as atualizações possíveis.
      Essa é a diferença.


  • e eles querem lançar uma nova versão a cada ano


  • acho q a comunidade brasileira é a que mais discute nas matérias do AP kkkkk


  • os maiores responsáveis por esses dados são Samsung e LG. lançam uma penca de modelos todos os anos e largam de mão aqueles mais simples. Lenovo está indo pelo mesmo caminho. não deve demorar muito


  • meu próximo celular vai ser um windows, ai não terei mais me preocupar com atualização


  • Fala algo que eu não sei? A modernidade mobile as vezes imprecisona, mais também as vezes nos faz sentir nojo da injustiça. Números vergonhosos e desrespeitosos ao usuário.


  • Enquanto houverem milhares de Samsungs que caem no esquecimento e sequer se cogitam atualizações, esse número nunca irá reduzir!


  • Vergonhoso esses números. -_-


  • Isso não é novidade!


  • O negócio é comprar um bom intermédiario e ficar com ele no mínimo 2 anos, pq as fabricantes não estão preocupadas em atualizar, e não são obrigadas, tão pouco a Google está preocupada com isso, deveria existir normas pra que houvessem atualização por pelo menos 3 anos em cada aparelho, lançar aparelho e lucrar todas fabricantes querem, mas atualizar e satisfazer o cliente não o fazem.


  • ou seja A google ta querendo fechar o sistema somente para seus aparelhos, ja era assim com os nexus agora com os Pixels ficou ainda mais evidente.

    Acho que as empresas deveriam trabalhar em rom próprias baseadas ainda no android porem customizar ao ponto de depender de pouca coisa do código base do android, ta isso seria um sonho e meio inviolável mas nao impossível, quem sabe um dia, ou melhor criarem algo totalmente novo para bater de frente com o android e o IOS.


  • Por que eu migraria do Lollypop pro MM (que já está disponível no meu Asus) se uma função que acho importante foi retirada do sistema (app2sd) ? O google está indo cada vez mais em direção ao sistema fechado da Apple, perdendo sua identidade de software customizável...


  • Com essa falta de novidades para mim tanto faz estar no MM ou no Nougat. O bom é que até que enfim muitos passaram a enxergar que a Google tem muita culpa pela fragmentação, não é culpa só das fabricantes.


    • Concordo Andreu, aliás a Google sempre deixou o Android virar essa bagunça e nunca peitou nenhum fabricante!


      • pra que peitar ? quem quiser celulares atualizados que comprem o Pixel da própria Google que vamos dizer é muito mais vantajoso para ela!


      • Vitor, a Microsoft fazia exigências a outros fabricantes como a Samsung pra usar o seu SO, inclusive exigindo um hardware mínimo pra rodar o sistema! Engraçado que a Microsoft também comercializava a sua própria linha de smartphones! Não quero importar um Pixel, e agora? Se a Google que enfiar o seu produto goela abaixo dos seus consumidores, pelo menos traga seu produto para o mercado brasileiro e com um preço acessível, aí ninguém vai reclamar da estratégia de mercado!


      • o problema é o terceiro mundo !


      • Tanto exigiu que hoje o SO da Microsoft é quase inexistente. Não estou defendendo a Google mas pense bem, como as fabricantes iriam começar a usar um sistema sem poder trazer suas características para o software? Há pontos positivos e pontos negativos em todos os lados dessa história.


      • Sim Jorge, mas é a questão das atualizações? O fato das fabricantes fazerem alterações no Android, não tira a "obrigação" das atualizações, e nisso a Google é totalmente omissa! E o SO da Microsoft somente não foi pra frente por falta de aplicativos.


      •   75

        Vitor, o mercado não é bem assim. A Google não quer peitar ninguém porque todas as fabricantes são as maiores fornecedoras de consumidores para a sua loja. O lucro da Google vem da Play Store e não da venda de um pixel que vai render no máximo U$ 100 para ela. Cada aparelho vendido no mundo pelos outros fabricantes acaba rendendo bem mais que isso na loja da Google.


      •   75

        Marcelão, vou discordar de você em uma coisa. Nenhuma empresa tem a obrigação de fazer atualizações. A Samsung, por exemplo, me vendeu um Galaxy S7 Edge com Android 6.0.1. Ela não tem nenhuma obrigação de me dar o 7.0 ou 7.1. Se o fizer, será fora do meu contrato de compra.
        É claro que as fabricantes fazem para manter o cliente, mas passa longe de qualquer obrigação.


      • Sim Sidney, é por isso que coloquei entre aspas! A Obrigação seria como um compromisso mesmo com o consumidor. Tive um smartphone da LG, que não me recordo o modelo, onde vinha escrito na caixa a seguinte frase: Atualização para o Android Lollipop garantida.
        Resultado: Nunca recebeu nem atualização de segurança!
        Mas é justamente nesse detalhe que a Google falha, poderia vender o SO para as fabricantes, cobrando pelo menos 2 atualizações de sistema.


      •   75

        Concordo. Aí deveria constar no contrato de venda. Mas, para mim, se ela proibisse as operadoras de destruir o Android já seria um grande avanço.


      • Verdade Sidney!


    • Concordo Andreu...


  • Essa notícia não é novidade. Desde sempre a fragmentação do Android e a obsolência programada são as causadoras desse mal.


    •   75

      O Android não tem a obsolescência programada. Inclusive esse é um dos motivos para não atualizar alguns aparelhos. Quem faz obsolescência programada é a Apple e os consumidores dessa marca aceitam como gado indo pro matadouro. Não consigo entender isso.


  • As fabricantes não estão nem aí, se seus consumidores estão com a última versão do Android. Um ótimo exemplo é a lenovo, que se recusou atualizar o moto g3, sendo que o moto g4 play tem as mesmas especificações do g3, ou seja uma vergonha. Por isso, só pretendo trocar de smartphone quando o meu quebrar de vez.
    Vou evitar o máximo a dá meu dinheiro por smartphones obsoletos.


  • interessante.... quer biscoito?


  • Grande novidade, óbvio que nem as OEMs ou a Google estão preocupados com este fato


  • meu mito g 1 parou no 5.1 ai botei a cm 12.1 rodou liso depois a cm 13 rodou liso e agora tou na ultima versão da cm 14 a do dia 25 de dezembro já que a cm morreu mais ta liso rodo jogos no médio sem lag tranquilo


  • Seria bom se todo modelo pudesse de fato receber um suporte de atualizações mais longo, ainda estamos longe desse patamar. Trocar anualmente de telefone além de ser bastante custoso, nem todos querem ou podem fazer isso. Há coisas mais importantes a fazer que trocar de telefone pelo simples prazer de trocar. O ideal, é fazer a troca por necessidade mesmo.


  • meu Moto G 2014 foi atualizado oficialmente até o 6.0 depois eu instalei uma Cyanogenmod e ele rodou o Android 7.1 tranquilamente, mas ele já tá ficando meio lerdo e com problemas e eu to pensando em trocar ele depois de 2 anos


  • Achei bom. Enquanto tiver mt smart rodando kitkat e lollipop a fragmentação não fará efeito, pois, a google terá de dar um jeito de manter o suporte nas versões mais antigas.


  • só novos e tops de linhas usam as novas...alguns intermediários (novos)


  • Um dia e esse dia vai chegar, que o povo vai se cansar e partir pra outra plataforma, ai eles acordam.


  • eu nao to nem ai com fragmentação rsrsrs


  • Jogada isso! Assim, todos trocamos de smartphone sempre, quase todo ano!


    •   75

      Nivaldo, isso realmente acontece. Mas se você perguntar para essas pessoas a diferença entre um Android L, M ou N, a maioria nem vai saber dizer. Se perguntar que recurso não existia antes da última atualização, é capaz ainda de perguntarem: que atualização?
      Acho tudo isso com mais cara de neurose desenfreada do que de consumo desenfreado.


  • Quer se manter atualizado!? Troque de smatphone todo ano..


    • 😪💤


    • E pensar que o Galaxy S2 lá de 2011 ta rodando o 6.0.1 perfeitamente graças a CyanogenMod.
      Não posso esquecer de falar que já tem para o S2 o projeto em desenvolvimento do Nougat, pela Mão da LineageOS. Então cara, usando esse exemplo de muitos, NÃO. Não precisa trocar de celular todo ano pra ter um aparelho atualizado.


      • isso mesmo vinicius , isso que o maicon ta falando eh consumismo , eu nao sou assim kkkk to nem ai com atts


      • Po cara. Eu tava no 7.1.1, mas voltei pro 6.0.1, porque ainda falta muita coisa, muito app que ainda não está compatível com o 7.1.1, ou não está funcionando direito. Nem é jogo ficar recebendo um sistema tão recente assim.


      • isso se chama Obsolescência programada.. vc compra um smartphone já datado para parar de receber atualizações. quanto a trocar de ROM, isso se aplica a nós que temos mais conhecimento, a maioria dos usuários de Android, ficam à mercê de sistema defasado.

        quer um sistema atualizado??? compra um iphone... mas fique preso as amarras dá Apple.... tenho produtos Apple e as piores coisas são não ter uma personalização no sistema e depender do iTunes para passar uma mísera música.

        #souandroid😉

        PS: acredito que estes dados do Google não levam em conta as custom ROMs.


      • quer um Android atualizado ! compra um Nexus ou pixel dá Google e vai ficar na onda das atualizações por muitos anos ...


      • penso nos usuários como modo geral que não tem acesso a estes tipos de aparelhos.... o Android tem o MKT Share de mais de 80% no Brasil, e quase a totalidade com Androids defasados.....


      • Muitos anos??? 18 meses!!... e com alguma boa vontade da parte da Google pode chegar aos 24 meses...


      •   75

        Vinicius, eu peguei um desses e comparei com o que estrá aqui em casa. Vários recursos da câmera foram tirados, assim como vários recursos que a Samsung mandou embarcado quando lançou o aparelho. Dessa maneira fica fácil atualizar para Android mais recente.


      •   75

        Monica, só 18 meses e olhe lá.


      • Mas o Android da CyanogenMod segue a linha do android puro. Se fosse seguir a linha do android da Samsung, que é pesado e cheio de coisas inúteis, realmente não teria como. Quem gosta do android pura se simpatiza com as ROMs baseadas na CM. Você falou dos recursos da samsung, que obviamente seriam removidos quase 100%, afinal é outra ROM. Mas não comentou os recursos novos, que você nunca verá numa ROM stock. App de camera, você vai na playstore e baixa um de seu agrado. Na CyanogenMod, por ter root você pode pegar e instalar o app no sistema, e excluir o que você não gosta.


    • Errado ! compre um aparelho dá própria Google.


  • "Estes dados mostram o óbvio: nem a Google, nem as fabricantes estão se empenhando em atualizar seus dispositivos! Você concorda?" - Concordo em partes. O que atrasa (e muito) as atualizações de algumas fabricantes são as modificações que elas realizam no Android. Isso, aliado a grande quantidade de modelos e diferenças de hardware, são as maiores responsáveis pelo atraso nas atualizações e da fragmentação do Android.


  • Novidade, desde quando as empresas se interessam muito em atualizar SO. Para elas é mais vantajoso, primeiro, lançar novos aparelhos com o novo sistema para vender mais, o usuário se quiser que espere. E agora sem a CM, apesar de outras como a RR estarem ativa, é que ficou difícil mesmo. Sonho um dia em que o SO de Smartphones sejam livres de Operadoras e Empresas.


  • 😪💤


  • Como se fosse algo bom rodar a versão mais recente né? Eu estava no 7.1.1, voltei para o 6.0.1 por causa da incompatibilidade de certos apps. Muitos apps que eu uso, inclusive que necessitam de root ainda não atualizaram e se adaptaram ao Nougat. O 6.0.1, por mais que tenha um desempenho gráfico inferior ao Nougat, em relação ao meu aparelho, está muito mais estável e otimizado, que essas versões recentes do Nougat. Vou esperar mais um pouco, talvez pro meio do ano eu atualize pro Nougat, na fé de que ele esteja tão estável, e compatível quanto o 6.0.1. Agora, que a Google e as fabricantes estão cagando e andando para as atualizações, isso é um Fato. E só tende a piorar, com a google inventando regrinhas estupidas, a cada versão nova que passa. O android vai ficando cada vez mais gordo. O pior de tudo é saber que existe métodos pra deixar os apps e o próprio sistema mais leve, mas a google simplesmente ignora, justamente pra vender aparelhos, porque é isso que da lucro, a venda. No mundo do android, fabricante nenhuma lucra com atualizações. Pode perceber, que quanto mais aparelhos "diferentes" uma determinada fabricante lança, menos ela se importa em dar suporte a atualizações.


  • Novidade? Cadê você? Triste realidade essa.


  •   21

    Concordo muito, e por isso estou pensando em mudar de plataforma!

O AndroidPIT utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência no nosso site. Mais informações

Entendi